A Teoria dos Anjos Caídos na Transição Planetária

Resultado de imagem para imagens de mudanças no planeta

Como já tivemos oportunidade de afirmar em diversas ocasiões, a transição planetária é a mudança de ciclo evolutivo de um corpo celeste, é o balanço de fim de era, é o chamado juízo final, é a ocasião em que as pessoas se autoavaliam e escolhem para onde querem ir. No caso da Terra, estamos vivendo um processo, que teve início nos anos 50 e que caminha para o seu desfecho final, no decorrer do próximo século/milênio. Para que as pessoas possam ter uma idéia global de todo o processo, e para que não fiquem pensando que tudo não passa de castigo divino, dizemos que todos os mundos têm os seus ciclos evolutivos, e, ao término de cada ciclo, há um balanço, em que se avaliam as condições, sob o aspecto físico/espiritual do planeta e de seus habitantes. Segundo Trigueirinho, “a transição da Terra é a fase de preparação mais intensa de uma nova humanidade e uma nova Terra.”O Juízo Final, a separação do joio e do trigo, o final dos tempos, a suposta volta de Jesus, o processo de reintegração cósmica, o primeiro contato oficial com os extraterrestres, a reciclagem planetária, a ascensão da Terra na escala de progressão dos mundos — quando deixará de ser um planeta de expiação passando a ser um mundo regenerado —, todos esses conceitos representam uma espécie de final de ciclo existencial, que teve início em um momento situado além das fronteiras do que pode ser observado, pelo conhecimento moderno.

Somos, portanto, uma família planetária, que desconhece a própria origem, já que o elo com esse passado, há muito se encontra perdido nas noites do tempo. A pista mais plausível, quanto aos fatos localizados no pretérito longínquo, registrada na literatura antiga, refere-se à doutrina do Anjos Decaídos, que pode ser exatamente o elo perdido, em relação a uma possível origem extraterrena dos que, na atualidade, vivem na Terra.

Segundo os mentores espirituais, o início de todo um ciclo existencial que ora se encerra, converge para um tempo em que seres de outras realidades existenciais — na antiguidade chamados de anjos, por falta de nomenclatura mais adequada —, por contingências de uma constituição celeste desconhecida para nós, tiveram que deixar os mundos nos quais viviam e se deslocarem para a Terra, cumprindo o processo de exílio, necessário ao soerguimento moral e intelectual de suas consciências.

Seria, assim, a doutrina dos Anjos Decaídos, o simples começo de uma série de etapas históricas — algumas das quais tidas como lendas, pois que ocorridas em uma antiguidade muito remota —, cujos momentos cruciais estariam sendo exatamente estes que estão sendo vividos pela geração de espíritos atualmente encarnada. Por ser uma etapa histórica de difícil resgate, através dos instrumentos hoje disponíveis no chamado método científico, a Espiritualidade Maior houve por bem retomar este assunto,através de Revelações de Època, pois que os tempos finalmente estavam propícios. No livro “A Gênese”,de Kardec,ele deixou para a posteridade a visão que tinha sobre a questão, afirmando que a vinda de seres exilados para a Terra não contrariava o princípio da retrogradação espiritual defendido pelos preceitos da codificação. Alguns segmentos atuais do movimento, entretanto, não enxergam este tema com bons olhos.

A questão extraterrena encontra-se ali intrínsecamente contida, o que perturba o aparente domínio da exclusividade que o desavisado orgulho espiritual pretende ter sobre o que sequer consegue perceber como sendo verdade. Afinal, é prudente não se dar por sabido aquilo que ainda precisa ser descoberto(?) com a precisão do nível de certeza imposto pelos padrões atuais da busca moderna(falando da ciência).

O contexto espiritual já havia sido dado ao mundo, no século XIX, pela codificação espírita. Era imperioso que, no século XX, fossem dados os primeiros vislumbres do contexto cósmico que tudo envolve. Muitas outras obras surgiram a partir deste marco fincado no panorama espiritual terrestre. Concluindo, poder-se-ia mesmo pensar que o processo de Reintegração Cósmica aqui descrito, nada mais representa do que a etapa atual de um processo histórico que teve, um dia, na chegada dos anjos decaídos à Terra, o seu início. È urgente que reflitamos sobre este assunto, pois, sem entendermos o significado dos componentes espiritual e extraterreno que nos envolvem, jamais compreenderemos a origem e o significado da vida humana na Terra.

Segundo médium espírita Trigueirinho, “a transição da Terra é a fase de preparação mais intensa de uma nova humanidade e uma nova Terra.”. Do ponto de vista externo, a transição planetária teve início em 08.08.1988, data em que se intensificou o processo de transformação planetário e solar(Convergência Harmônica). A transição da Terra vem sendo preparada há milênios, o que se fez notar, sobretudo nos últimos tempos. Caracteriza-se pela purificação de sua superfície, em âmbito global e pelo resgate dos seres, que se capacitaram para trilhar caminhos evolutivos, segundo as leis que passarão a reger a existência, no ciclo vindouro. É período em que se fazem mudanças profundas, entre as quais se destacam:

1-A sutilização da vida planetária,

2-A reestruturação dos níveis de consciência,

3-O juízo em todos os reinos da Natureza,

4-A mudança da inclinação do eixo da Terra,

5-A reconfiguração dos continentes e mares,

6-O implante de novo código genético, na parcela da humanidade, que prosseguirá na Terra, ou, em mundos mais evoluídos,

7-O relacionamento aberto do ser humano da superfície terrestre, com civilizações intraterrenas e extraterrestres evoluídas,

8-E a maior integração do planeta na vida solar e cósmica.

Corresponde também a importante avanço no processo iniciático do Logos Planetário. Essa transição permitirá a superação dos aspectos materiais  como regentes da evolução na 3D. São os atuais conflitos e desarmonias que proporcionam, em parte, o ajuste  necessário para essas mudanças. A transição da Terra como um todo é conduzida por Inteligências e chamados de seres intergalácticos, energias supra-físicas e entidades intraterrenas, que representam leis imateriais. Paralelamente á esse movimento liberador, que visa à redenção da vida terrestre, há outro, obscuro, organizado pelo poder material da presente civilização. Este tem por objetivo exterminar grande parte da população da superfície pelo incentivo à guerra e ao uso de drogas, pela fome, pelas enfermidades e pela miséria, aumentadas com a permissividade do chamado poder judiciário e com a omissão dos governos.

Por meio da dominação econômica e da corrupção dos políticos, os representantes desse movimento (empresas multinacionais, nas quais se incluem certas organizações religiosas) planejam apoderar-se das regiões menos contaminadas de radiações nucleares e epidemias, regiões que ainda possuam recursos naturais mínimos, tais como água potável e área cultivável, e manter a população nativa em condição servil ou de apatia e não-reação. Todavia, apesar dessas aparências, nos níveis internos da existência está assegurada a continuidade da Terra, em condições de harmonia e integrada na ordem cósmica. O comportamento da humanidade na atual transição pode conduzir o transcurso de certos fatos dolorosos, mas não alterar a consumação de um processo redentor, já determinado com elementos extraplanetários, que transcendem as forças obscuras,mas dependente da vontade e do aumento da consciência dos seres humanos. Aos indivíduos despertos cabe aperfeiçoar a sintonia com as leis evolutivas superiores e com a Hierarquia espiritual e efetivamente servir, sabendo que o verdadeiro governo da Terra é invisível, interior, conhecedor dos ciclos e tudo dirige para o Bem.

Visão pessoal…

O nosso planeta, devido ao grau de poluição e de devastação que alcançou, graças aos desmandos de sua humanidade, atingiu um ponto considerado irreversível, de modo que a Terra terá que passar necessáriamente por uma purificação global para a sua recuperação, devendo ser expurgadas as forças involutivas e reequilibrados os níveis materiais. Contribuíram para a situação atual em que a Terra se encontra: – A dissolução da camada de ozônio da atmosfera, camada protetora da vida na superfície terrestre; – A poluição química; – A elevação da temperatura do planeta e conseqüente subida dos mares; – As enfermidades desconhecidas; as guerras; a superpopulação; a falta/contaminação de alimentos e de água; -A radiação nuclear. Pelas leis naturais, em dado momento não será mais possível à sobrevivência, e até lá, cada vez maior será o sofrimento da humanidade. Nos próximos momentos da transição, quando o caos se tornar global, o ser humano contará com a assistência mais efetiva e aberta de energias que fluirão dos níveis sutis da vida.  A Terra sofrerá ainda modificações na conformação dos continentes, que fazem parte das atualizações, pelas quais o planeta cíclicamente passa.Com relação ao processo que passamos atualmente, podemos dizer que os seres humanos vivem hoje uma situação de acomodação, pois entregaram a sua vontade para que fosse manipulada por outros, em vez de exercerem a sua própria vontade. Isto porque quando usamos a vontade, adquirimos compromisso, responsabilidade, e muitos tentaram fugir às responsabilidades, aos compromissos. No caso da Terra, muitos aguardavam a transformação, queriam a transformação, mas muitos que queriam, às vezes também não a queriam, porque achavam que devia haver mais um tempo, para consolidar o conhecimento, ou, por outras injunções que criaram, no sentido de não cumprirem os compromissos assumidos. Também houve outro aspecto, que pesou na consciência de muitos que foi não quererem entregar-se realmente ao processo, e deixaram-se levar pelos comentários reinantes de que os conhecimentos que recebíamos através de canais espirituais,eram conhecimento de fanáticos, de lunáticos. Todos aqueles que previram, que profetizaram, que pregaram, tornaram-se fanáticos ou mesmo loucos, aos olhos daqueles que não acreditavam, mas que ouviam, e de alguma forma até acreditavam que iria ocorrer alguma coisa, mas que para eles era melhor que não ocorresse. Essa situação também era e é sustentada por energias que querem continuar existindo, que querem que tudo isso continue como está, pois se alimentam das emanações mentais caóticas geradas pelos habitantes do planeta, e sabem que quando ocorrer a purificação da Terra,( e tais emanações não mais existirem como hoje), será o final de sua existência aqui, e terão que buscar outra realidade para continuar existindo, para continuar sobrevivendo. De tudo isso resultou que a maioria da população mundial, cerca de 60%, não queria que as transformações viessem, que houvesse a purificação, e foi esse estado de espírito do homem terreno que criou essa consciência, e uma consciência que se cria no mundo físico mantém realidades físicas, que não deixam a CONSCIÊNCIA passar para outra dimensão e o que hoje existe aqui é uma realidade criada pelo mental humano, pelo mental da maioria da nossa humanidade, e que, apesar de não ser real, é plasmada e pode ser palpável. Todas as criações são mentais, todo o universo é uma criação mental, ele se materializa quando se plasma, e o que dá a forma física é o ectoplasma. Por ser essa uma criação mental, estamos num planeta que não mais existe, mas se estamos aqui, automáticamente também criamos este plano, de modo que estamos vivendo uma breve realidade alternativa, o que quer dizer que tudo que está ao nosso redor não devia mais estar, aliás, nós mesmos não devíamos estar aqui.Mas dependemos da concientização de uma maior massa de indivíduos que querem a mudança DE VERDADE,  e é com as atitudes e mudanças de hábitos  que vamos conseguir fazer esta Transição; Esse desvio foi sustentado pela vontade de muitos de manter as coisas como estavam. Porém, foi com a permissão das Hierarquias Cósmicas que tudo está sendo mantido, com o propósito de dar mais alguns instantes(lembremos que o tempo linear não é o tempo das outras dimensões,portanto, não dá para determinar datas) para que todos se preparem. Esse tempo extra pode ser comparado com o tempo que se leva para “respirar fundo e mergulhar”. É isso: o tempo a mais que a humanidade obteve é apenas o suficiente para “respirar fundo e mergulhar”, nada mais do que isso……

Inspiração…

Curso sobre a Transição Planetária pelo Prof Laércio da Fonseca

Livro “Projeto Terra” 

cropped-cropped-cropped-cropped-cropped-preto-e-branco11.jpgMonicavox

Recomendo…

Resultado de imagem para imagens de livros sobre a transição do prof laercio d afonseca

Imagem relacionada

Resultado de imagem para imagens de livros sobre a transição

 

Anúncios

Um comentário em “A Teoria dos Anjos Caídos na Transição Planetária

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s