Voce já ouviu falar de Terapia de Vidas Passadas?

Resultado de imagem para imagens de livros sobre terapias de vidas passadas“A vida é uma grande escola. A Terapia das Vidas Passadas lhe ajuda a entender as matérias, a terminar as suas lições e a passar na prova.” 

(Steven Anthony)

A Terapia das Vidas Passadas (TVP, regressão ou regressão de memória) lhe permite mergulhar dentro de suas existências anteriores para solucionar traumas, problemas e dificuldades que o atrapalham hoje. O fato de “reviver” um evento marcante de uma existência anterior leva a ter um entendimento maior e a libertar-se das consequências negativas, melhorando assim a qualidade da sua vida. 

Todas as nossas vivências e experiências ao passar dos séculos estão accessíveis através da TVP (também conhecida como regressão), como se cada alma tivesse um disco rígido gravado com todos os seus dados. A Terapia das Vidas Passadas tem como premissa que somos seres espirituais na experiência humana.

Em outras palavras, a nossa alma, imortal, encarna muitas vezes em corpos diferentes para experimentar, progredir e evoluir. Antes de encarnar, a alma escolhe as circunstâncias da sua vida, os eventos a encarar e as lições a aprender.

Nesse sentido, a Terra é como uma grande escola, cujos alunos crescem todos a um ritmo diferente. As mesmas lições são repetidas em várias existências enquanto o aluno não conseguir assimilá-las.


Resultado de imagem para imagens de livros sobre terapias de vidas passadasUM GUIA PRÁTICO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS

1 – O que é a Terapia de Vidas Passadas? 

A Terapia de Vidas Passadas é uma forma de terapia que utiliza memórias inconscientes de fatos passados para solucionar problemas e dificuldades das pessoas.Estas memórias podem ser de origem recente (todas as memórias da vida atual a partir do nascimento) ou remota (memórias da vida intra-uterina, vidas passadas e intervidas).A TVP busca no passado a origem de problemas que nos afetam no presente.

2 – O que é regressão de memória?

É uma das técnicas utilizadas na TVP. Nela o paciente relembra e revivencia fatos ocorridos no seu passado e que estão atrapalhando sua vida no presente. Estes fatos passados podem ter ocorrido há um mês, um ano, dez anos, no nascimento, no útero, numa vida passada.Durante a regressão, o paciente continua consciente, percebe tudo o que revivencia e pode julgar e avaliar o que acontece.Durante a regressão a memória do passado aflora na nossa consciência.

3 – Usa-se hipnose na regressão?

A hipnose, conduzida até estágios mais profundos, é utilizada somente em casos específicos. Na maioria das vezes utilizamos técnicas denominadas indutivas.O uso das técnicas indutivas permite com que o paciente mantenha-se plenamente consciente durante a regressão. Este estado de plena consciência ajuda, e muito, a atingir a cura.Através de técnicas indutivas acessamos as memórias passadas com o paciente plenamente consciente.

4 – Vou melhorar se eu recordar meu passado?

Muitas vezes o passado continua atuando sobre o presente produzindo sofrimento e dificuldades. Nestes casos, o motivo para recordar e reviver o passado é justamente conseguir com que o mesmo deixe de atuar negativamente na vida da pessoa.No processo terapêutico, a recordação e revivência do passado são o primeiro momento. O segundo momento é ajudar a mente a se reorganizar. É com esta reorganização que conseguimos atingir os resultados positivos.Para “arrancar o mal pela raiz” a TVP vai na origem do problema.

5 – O que são Intervidas?  

Intervidas é o período entre duas encarnações. Ou seja, é o período em que estamos no mundo espiritual.É possível, durante a regressão, “recuperar” memórias relacionadas à este período. Normalmente, buscamos nesta fase memórias relacionadas ao planejamento da vida atual.Note bem: os conceitos de TVP buscam dar uma explicação teórica para conteúdos mentais que afloram durante a regressão. Portanto, são hipóteses teóricas.No período intervidas encontramos o Plano de Vida desta vida atual.

6 – O que eu lembrar na regressão pode ser apenas fantasia?

Pode. Tudo dependerá de como a regressão for feita, o tipo de técnica utilizada e a patologia do paciente. Fantasias são mais comuns quando o trabalho não está sendo bem feito.Algumas vezes as fantasias são utilizadas, propositalmente, pelo terapeuta para produzir a cura. Ou seja, nem sempre a fantasia é algo ruim na TVP.Um bom terapeuta conduzirá o paciente até suas memórias de vidas passadas, diminuindo as chances de fantasias atrapalharem.

7 – Sofro com dor de cabeça, a TVP pode me ajudar?

A procura pela TVP deve acontecer em conjunto com o diagnóstico médico tradicional. Nesta situação a TVP funciona como uma terapia complementar ao tratamento médico da doença.Muitos casos respondem muito bem ao tratamento com TVP. Principalmente aqueles nas quais a dor de cabeça originou de situações traumáticas vividas nos primórdios da infância, na vida intrauterina ou em vidas passadas.Exemplo: Um paciente foi (em outra encarnação) submetido a um tipo de tortura onde sua cabeça era prensada. Ao trabalharmos este trauma ele se viu livre de um problema de enxaqueca que durava mais de uma dezena de anos.A TVP pode ser útil em vários casos onde existem problemas físicos, mas não substitui o tratamento médico e nem é uma panacéia.

Imagem relacionada8 – A Terapia de Vidas Passadas está ligada a alguma religião?

Não. A TVP é totalmente desvinculada de qualquer religião. A hipótese filosófica da reencarnação é utilizada porque é a que melhor explica os fenômenos que acontecem durante o processo terapêutico.Pessoas de todas as religiões têm se submetido à esta técnica e alcançado curas e melhoras em suas vidas. Não é necessário e nem é solicitado que a pessoa mude suas crenças.O objetivo é chegar a resultados terapêuticos muito positivos. A TVP não está ligada a nenhuma crença religiosa e nem induz à prática de nenhuma religião.

9 – Preciso acreditar em vidas passadas para a TVP dar certo?

De modo algum. A TVP é uma terapia que busca a cura e o aperfeiçoamento do paciente, de todos os pacientes. Ateus, católicos, evangélicos, pessoas das mais variadas religiões que não acreditam em reencarnação já obtiveram e estão obtendo ótimos resultados com o tratamento. A Terapia de Vidas Passadas é uma terapia, por isto visa exclusivamente a cura do paciente.A TVP ajuda pacientes de todas as religiões, classes sociais e culturas.

10 – Existe risco de “não voltar” de uma regressão? 

Não. Simplesmente porque a pessoa “não vai”. O termo regressão é uma figura de linguagem, uma forma de dizer que contatamos memórias antigas. São elas (as memórias) que vem até a consciência e ficam à disposição para o trabalho terapêutico. A consciência é mantida plena e ativa. Portanto, não existe risco da pessoa ficar “viajando” em outra época.Existem, todavia, outros riscos. Riscos que podem ser evitados se o profissional for muito bem treinado, e tiver profundos conhecimentos de matérias como psicopatologia e psicodiagnóstico.Na regressão não somos nós que vamos até o “passado”, é o “passado” que vem até nós.

11 – Eu sofro de síndrome do pânico. A TVP pode me ajudar?

Pode. O primeiro passo é você procurar um profissional treinado em TVP e que tenha formação profissional muito sólida. Ele fará seu diagnóstico e avaliará as condições de sua mente (de preferência, com o apoio de outros profissionais). Caso seja indicado a TVP, o tratamento deverá se iniciar imediatamente.Em nossa prática clínica temos tido bastante sucesso, sendo que a imensa maioria dos pacientes deixam de necessitar de remédios.A TVP pode ajudar pacientes que sofrem de pânico, medos, compulsão alimentar, nervosismo e muitos outros problemas.

Imagem relacionada12 – A Terapia de Vidas Passadas é eficiente?

Sim, a TVP é altamente eficiente na maioria dos casos. Quando você procura um profissional habilitado (não um leigo) a primeira coisa que ele irá realizar é um diagnóstico. Através do diagnóstico ele poderá determinar se a TVP é indicada para o tratamento de seu problema.Em um tratamento sério, realizado com um profissional sério e bem treinado a eficiência da TVP é bastante alta. A quantidade de pessoas que tem sido beneficiados por esta técnica é muito grande. E os depoimentos positivos dos pacientes têm se multiplicado.A TVP é muito eficiente nos casos onde há indicação de uso desta terapia.

13 – Qualquer um pode ser paciente de TVP?

Sim, todos podem ser. Existem, porém, pacientes que exigem cuidados especiais: hipertensos, grávidas, cardiopatas, psicóticos e alguns outros. Nestes casos cabe ao profissional avaliar a conveniência ou não de realizar o processo de TVP, assim como selecionar as técnicas mais adequadas para tratar o pacienteO tratamento só começa após o diagnóstico ser muito bem determinado e houver a concordância (laudo) dos outros profissionais que tratam os pacientes que exigem cuidados especiais. Outras técnicas podem ser usadas caso o diagnóstico não recomende o uso da regressão ou enquanto não há o laudo liberando para o uso de técnicas regressivas.A partir do diagnóstico, o terapeuta propõe ao paciente qual o melhor tipo de tratamento para o seu caso específico.

14 – Quem são os maiores nomes em Terapia de Vidas Passadas no mundo?

São aqueles que estão desenvolvendo as bases metodológicas, teóricas e técnicas da TVP. São os seguintes:

– Morris Netherton – psicólogo norte-americano

– Roger Woolger – psicólogo inglês

– Edith Fiore – psicóloga norte-americana

– Hans Tendam – psicólogo holandês

Todavia, o grande avanço da Terapia de Vidas Passadas ( regressão ) em todos os países do mundo se deve ao trabalho dedicado de milhares de terapeutas bem treinados e dispostos a contribuir para a evolução da TVP.O resultado é que nos últimos 20 anos a terapia TVP atingiu um nível de eficiência que faz dela uma das principais e mais respeitadas terapias emergentes.Existem milhares de terapeutas estudando e aplicando novas técnicas, aperfeiçoando as bases metodológicas e sistematizando novos conhecimentos.

15 – Quem foi o criador da Terapia de Vidas Passadas?

É considerado o criador da TVP o psicólogo, Phd, norte-americano Morris Netherton. Na década de 60 e 70 ele desenvolveu a metodologia básica da Terapia. Seu trabalho, que continua até hoje, é reconhecido em todo o mundo.Antes dele existiam pesquisas sobre lembranças de vidas passadas e tentativas de utilizar estas lembranças terapeuticamente. Foi somente com as pesquisas de Netherton que foi possível criar um processo terapêutico que envolvesse o conhecimento de memórias de outras encarnações.

Obs: a TVP se enquadra no campo das terapias alternativas e ainda não é reconhecida pelo Conselho Federal de Psicologia.


Imagem relacionadaVisão pessoal…

Somos um verdadeiro arquivo vivo de cada instante de nossas existências. Não raramente, nos perguntamos “porque determinada situação só acontece comigo?” A resposta está em nossas próprias memórias e seus condicionamentos conscientes e inconscientes. Existem situações que não conseguimos compreender, pois esquecemos naturalmente alguns fatos e outros não notamos. Trazemos arquivos semi abertos, esperando as situações oportunas para se manifestarem. Nesses registros, muitos são renovados com comportamentos mais aprimorados que adotamos naturalmente pela vida, outros necessitam de alguma interação mais efetiva. A Terapia de Vidas Passadas na realidade é uma  reprogramação bioenergética quântica; é um trabalho poderoso, onde podemos trabalhar várias áreas das nossas vidas, detectando as mais diversas situações, permitindo anular e transmutar tudo o que de nocivo for encontrado. Após o trabalho desenvolvido, a pessoa passa por um processo consciente ou não de processamento dos ajustes efetuados. O tempo de processamento é relativo, pois depende do ritmo e da vontade de cada um. As energias manipuladas surtem resultados muito efetivos, detectando e invertendo a polaridade de cada padrão que se repete de forma prejudicial em nossa vida, retirando verdadeiramente o que está sendo a fonte de desequilíbrio.Um exemplo famoso é o do Dr Brian Weiss;médico e psiquiatra, Brian Weiss conta que teve medo de divulgar os resultados de sua experiência com a terapia de vidas passadas. Ele diz textualmente:-“Levei quatro anos para decidir escrever o que aconteceu, quatro anos para reunir coragem e assumir o risco profissional de revelar esses fatos nada ortodoxos”, revela em “Muitas Vidas, Muitos Mestres”. Ao publicar o livro, Weiss colocou em risco sua carreira e reputação. A regressão à vida antes da concepção não tem reconhecimento científico. Ele poderia se tornar alvo de chacota de seus companheiros de profissão. Segundo Livio Túlio Pincherle, médico psicoterapeuta, a iniciativa de Weiss “requer uma coragem que muitos cientistas não têm, porque o medo de ser criticado e mesmo ridicularizado impede a decisão de enfrentar o paradigma científico vigente”. Devido sua formação acadêmica –graduado na Universidade de Columbia e na Faculdade de Medicina de Yale e diretor do departamento de psiquiatria do Mount Sinai Medical Center–, Weiss era cético.Ele diz que foi treinado para pensar como cientista e médico, se moldando aos estreitos caminhos do conservadorismo na sua profissão; Desconfiava de tudo que não se pudesse provar por métodos científicos tradicionais. Porém, em 1980,uma mulher chamada Catherine mudou a visão de mundo do autor. Com 27 anos, ela buscava ajuda para controlar crises de ansiedade, pânico e fobias, sintomas que se manifestavam desde a infância.  O Dr Brian Weiss ,durante 18 meses utilizou os métodos convencionais; Então decidiu usar a hipnose para tratá-­la. Com a terapia, Catherine passou a narrar experiências de vida após a morte e receber mensagens de seres do “espaço entre vidas”. Esses relatos apresentavam a origem dos traumas em outras encarnações. “Muitas Vidas, Muitos Mestres” surpreendeu a comunidade científica, principalmente por defender abertamente os benefícios terapêuticos da terapia de vidas passadas. “Em toda a história, a humanidade tem resistido às mudanças e à aceitação de novas ideias”, diz o autor. “A tradição histórica está repleta de exemplos”.Vale á pena conferir o livro e estudar a terapia, se possível, fazê-la com um bom profissional na área….


Inspiração…

Muitas Vidas, Muitos Mestres-Dr Brian Weiss

Terapia de vidas passadas-Celia Resende

Nascer várias vezes-As leis que regem a vida e a natureza humana- Regis Mesquita

cropped-cropped-cropped-cropped-preto-e-branco11.jpgMonicavox


Recomendo…

Resultado de imagem para imagens de livros sobre terapias de vidas passadas

 

 

Imagem relacionada

Resultado de imagem para imagens de brian weiss

 

 

 

Anúncios

Um comentário em “Voce já ouviu falar de Terapia de Vidas Passadas?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s