10 teorias que substituem a teoria do big bang

Resultado de imagem para imagens sobre o big bang

O escritor Terry Pratchett descreveu de forma bem humorada a visão convencional da criação do universo: “No começo não havia nada, que explodiu”. A visão atual da cosmologia é a de um universo em expansão que se originou do big bang, que é bem apoiada por evidências como a radiação de fundo cósmico e a mudança de luz distante em direção ao fim vermelho do espectro, sugerindo que o universo está se expandindo constantemente.No entanto, nem todos estão convencidos disso. Ao longo dos anos, várias hipóteses alternativas e variadas para o início do universo foram apresentadas. Algumas são especulações interessantes que permanecem, infelizmente, não verificáveis pelas provas ou tecnologias que temos atualmente. Outras são divertidos, porém menos plausíveis, voos em direção ao mundo da fantasia.

Estado estacionário

De acordo com um manuscrito recentemente recuperado de Albert Einstein, o grande cientista dava credibilidade à teoria do astrofísico britânico Fred Hoyle de que o espaço poderia continuar expandindo indefinidamente, mantendo uma densidade consistente se nova matéria fosse constantemente introduzida pela geração espontânea. Durante décadas, muitos desconsideraram a teoria de Hoyle, mas o documento sugere que Einstein, pelo menos, considerou seriamente suas ideias.A teoria do estado estacionário foi proposta em 1948 por Hermann Bondi, Thomas Gold e Fred Hoyle. Foi derivada do princípio cosmológico perfeito, que afirma que o universo parece essencialmente o mesmo de todos os locais dentro dele em todos os momentos (em um sentido macroscópico). Isso era filosoficamente atraente, pois sugeria que o universo não tem começo nem fim. A teoria foi popularmente aceita por muitos na década de 1950 e 1960.

 Quando confrontados com evidências de que o universo estava se expandindo, os proponentes sugeriram que havia nova matéria sendo criada espontaneamente em uma taxa constante, mas pequena – alguns átomos por milha cúbica por ano.

A observação de quasares nas galáxias distantes (e, portanto, mais antigas, do nosso ponto de vista) que não existem em nossa região estelar atenuou o entusiasmo pela teoria, e finalmente ela foi desconsiderada quando os cientistas conheceram a radiação de fundo cósmico. No entanto, enquanto Hoyle estava promovendo sua teoria favorita, ele fez uma série de estudos que provaram como átomos mais pesados ​​do que o hélio tinham aparecido no universo. (Eles foram criados pela alta temperatura e pressão das primeiras estrelas passando por seu ciclo de vida). Ele também, ironicamente, foi quem criou o termo “big bang”.

 Luz cansada

Edwin Hubble observou que os comprimentos de onda da luz de galáxias distantes deslocavam-se em direção ao fim vermelho do espectro em comparação com a luz emitida por corpos estelares próximos, sugerindo que os fótons perdiam energia de alguma forma. Este “desvio para o vermelho” geralmente é explicado no contexto de uma expansão pós-big bang como sendo uma função do efeito Doppler. Os defensores dos modelos de estado estacionário do universo, entretanto, sugeriram que os fótons de luz perderiam energia gradualmente ao percorrer o espaço, movendo-se para o comprimento de onda mais longo, o fim vermelho menos energético do espectro. Esta teoria foi proposta pela primeira vez por Fritz Zwicky em 1929.

Há uma variedade de problemas com a hipótese da “luz cansada”. Primeiro, não há nenhuma maneira pela qual a energia de um fóton possa ser alterada sem alterar o seu ímpeto, o que resultaria em um efeito de desfocagem que não observamos. Em segundo lugar, ela não explica os padrões observados na emissão de luz das supernovas, que em vez disso correspondem mais aos modelos para um universo em expansão, com a relatividade especial causando dilatação do tempo.

Finalmente, a maioria dos modelos para a teoria da luz cansada baseia-se em um universo não expansível, mas isso levaria a um espectro de radiação de fundo que não corresponde às nossas observações. Com os números, se a hipótese de luz cansada fosse correta, toda a nossa radiação de fundo cósmica observada teria que vir de fontes que estão mais próximas de nós do que a galáxia Andromeda M31 (nossa galáxia vizinha mais próxima), e qualquer coisa além disso seria invisível para nós.

 Inflação eterna

A maioria dos modelos modernos do universo inicial postula um curto período de crescimento exponencial (conhecido como inflação) causado pela energia do vácuo, em que partículas vizinhas rapidamente se separaram por vastas regiões do espaço. Após essa inflação, a energia do vácuo deteriorou-se em uma sopa de plasma quente que eventualmente formou átomos, moléculas e assim por diante. Na teoria da inflação eterna, esse processo de inflação nunca terminou. Em vez disso, as bolhas do espaço teriam deixado de inflar e entraram em um estado de baixa energia e, em seguida, expandiram-se para o interior da inflação. Essas bolhas teriam sido como bolhas de vapor em um pote de água fervente, exceto que, nesta analogia, o pote sempre está ficando maior.

Nesta teoria, nosso universo é uma bolha entre muitos em um multiverso caracterizado pela inflação contínua. Um aspecto desta teoria que pode ser testável é a noção de que dois universos que estão próximos o suficiente para se encontrarem causariam interrupções no espaço-tempo de cada um deles. O melhor suporte para esta teoria seria uma evidência de tal ruptura encontrada na radiação de fundo cósmica.

O primeiro modelo inflacionário foi proposto pelo cientista soviético Alexei Starobinksy, mas ficou famoso no ocidente pelo físico Alan Guth, que teorizou que o universo inicial poderia ter super-resfriado para permitir um crescimento exponencial antes do big bang. Andrei Linde tomou essas teorias e as desenvolveu em sua “eterna expansão caótica”, o que sugeriu que, em vez de exigir um grande golpe, dada a energia potencial correta, a expansão pode acontecer a partir de qualquer ponto do espaço escalar e está acontecendo constantemente ao longo do multiverso.

“Em vez de um universo com uma única lei da física, a eterna inflação caótica prediz um multiverso auto-reprodutor, eternamente existente, onde todas as possibilidades podem ser realizadas”, de acordo com Linde.

Miragem de um buraco negro 4D

O modelo padrão para o big bang afirma que o universo explodiu de uma singularidade infinitamente densa, mas isso dificulta explicar por que ele tem uma temperatura quase uniforme, dado o curto período de tempo (cosmicamente falando) que passou desde esse evento violento. Alguns acreditam que isso pode ser explicado por uma forma desconhecida de energia que fez o universo expandir-se mais rápido do que a velocidade da luz. Uma equipe de físicos do Instituto Perimeter de Física Teórica propôs que o universo possa, de fato, ser uma miragem tridimensional gerada no horizonte de eventos de uma estrela de quatro dimensões que desabando em um buraco negro (!).

Niayesh Afshordi e seus colegas estavam observando a proposta de 2000 de uma equipe da Universidade Ludwig Maximilians, em Munique, que afirmava que nosso universo era apenas uma membrana existente dentro de um “universo a granel” que tem quatro dimensões. Eles perceberam que, se este universo em massa também continha estrelas 4-D, elas podem se comportar de forma semelhante às suas homólogas 3-D em nosso universo – explodindo em supernovas e entrando em buracos negros.

Os buracos negros tridimensionais são cercados por uma superfície esférica chamada horizonte de eventos. Enquanto a superfície do horizonte de eventos do buraco negro 3-D é bidimensional, a forma do horizonte de eventos do buraco negro 4-D seria tridimensional, uma hipersfera. Quando a equipe de Afshordi modelou a morte de uma estrela de 4-D, eles descobriram que o material ejetado formou uma brana 3-D (membrana) ao redor do horizonte de eventos lentamente expandido. Eles então sugeriram que nosso universo pode de fato ser apenas a miragem formada a partir dos destroços das camadas externas de uma estrela colapsante em quatro dimensões.Como o universo em massa 4-D pode ser muito mais antigo, ou mesmo infinitamente antigo, isso explica a temperatura uniforme que observamos em nosso universo, embora alguns dados recentes sugerem que possa haver discrepâncias que melhor se adequam ao modelo convencional.

Universo espelhado

Um problema complicado para a física é que quase todos os modelos aceitos, incluindo a gravitação, a eletrodinâmica e a relatividade, funcionam igualmente bem em descrever o universo, independentemente do tempo estar indo em frente ou para trás. No mundo real, sabemos que o tempo só vai em uma direção, e a explicação padrão para isso é que nossa percepção do tempo é meramente um produto da entropia, em que a ordem se dissolve em desordem. O problema com esta teoria é que ela sugere que nosso universo começou em um alto estado de ordem e um baixo estado de entropia. Muitos cientistas estão insatisfeitos com a noção de um universo inicial de baixa entropia que conserta a direção do tempo.

Julian Barbour da Universidade de Oxford, Tim Koslowski da Universidade de New Brunswick, e Flavio Mercati, do Instituto Perimeter de Física Teórica, desenvolveram uma teoria sugerindo que a gravidade faz a direção do tempo avançar. Eles estudaram uma simulação computacional de 1.000 partículas semelhantes a pontos interagindo entre si, influenciadas pela gravidade newtoniana. Eles descobriram que, independentemente de seu tamanho ou quantidade, as partículas acabariam por formar um estado de baixa densidade e tamanho máximo. Então, o sistema de partículas se expandiria em ambas as direções, criando duas “setas de tempo” simétricas e opostas e criando estruturas mais ordenadas e complexas em dois caminhos.

Isso sugeriria que o big bang causou a criação não de um, mas dois universos, cada um dos quais com o tempo correndo na direção oposta do outro.

“Esta situação de dois futuros exibiria um passado único e caótico em ambas as direções, o que significa que haveria essencialmente dois universos, um de cada lado desse estado central. Se fossem complicados o suficiente, ambos os lados poderiam sustentar observadores que percebessem o tempo em direções opostas. Qualquer ser inteligente lá definiria sua flecha do tempo como se afastando desse estado central. Eles pensariam que agora vivemos em seu passado mais profundo”, teoriza Barbour.

Cosmologia Cíclica Conformal

Sir Roger Penrose, físico da Universidade de Oxford, afirma que o big bang não foi o começo do universo, mas apenas uma transição ao longo doe seus ciclos de expansão e contração. Penrose sugere que a geometria do espaço muda ao longo do tempo e se torna mais emaranhada, conforme descrito por um objeto matemático chamado tensor de curvatura de Weyl, que começa em zero e cresce ao longo do tempo. Ele acredita que os buracos negros atuam para reduzir a entropia no universo e que, à medida que o universo chega ao fim de sua expansão, os buracos negros engolirão a matéria e a energia remanescentes e, eventualmente, um ao outro.

À medida que a matéria deteriora e os buracos negros perdem energia através da radiação Hawking, o espaço torna-se uniforme e cheio de energia inútil. Isso introduz um conceito chamado invariância conformal, uma simetria de geometrias com diferentes escalas, mas a mesma forma. Como o universo não se identifica ostensivamente às condições no seu início, Penrose argumenta que uma transformação conforme suavizaria a geometria do espaço e as partículas degradadas se reverteriam para um estado de zero-entropia. O universo então colapsaria sobre si próprio, pronto para desencadear um novo big bang. Isso significaria que o universo é caracterizado por um processo repetitivo de expansão e contração, que Penrose divide em períodos denominados “eons”.

Penrose e seu parceiro, Vahe Gurzadyan, do Instituto de Física de Erevan, na Armênia, coletaram dados de satélites da NASA sobre radiação de fundo cósmico e alegaram ter encontrado 12 anéis concêntricos claros nos dados, que acreditam ser evidência de ondas gravitacionais causadas por buracos negros supermassivos colidindo no final do eon anterior. Esta é a principal evidência para a teoria da cosmologia cíclica conformal.

Big Bang gelado e universo contraindo

O modelo padrão do big bang postula que depois que toda matéria explodiu de uma singularidade, ela se expandiu para um universo quente e denso e então começou a expandir-se lentamente por bilhões de anos. A singularidade coloca alguns problemas ao tentar se encaixar na teoria da relatividade geral e da mecânica quântica, de modo que o cosmólogo Christoff Wetterich, da Universidade de Heidelberg,na Alemanha, argumenta que o universo pode ter começado como um lugar frio e em grande parte vazio que só se tornou mais ativo porque está contraindo, em vez de se expandir, como no modelo padrão.

Neste modelo, o desvio para o vermelho observado pelos astrônomos pode ser causado por um aumento na massa do universo à medida que ele se contrai. A luz emitida por átomos é determinada pela massa das partículas, com mais energia aparecendo conforme a luz se move em direção ao espectro azul e menos energia movendo-se para a luz no espectro vermelho.

O principal problema com a teoria de Wetterich é que é impossível provar através de alguma medição, pois só podemos comparar a proporção de diferentes massas, e não as próprias massas. Um físico queixou-se de que o modelo é como argumentar que em vez de expandir o universo, a régua com a qual estamos medindo está diminuindo. Wetterich disse que ele não considera sua teoria uma substituição ao big bang. Ele simplesmente observa que ela é tão consistente com todas as observações conhecidas do universo e pode ser uma explicação mais “natural”.

Universo vivo

Jim Carter é um cientista amador que desenvolveu uma teoria pessoal sobre o universo, baseada em hierarquias eternas de “circlons”, que seriam objetos mecânicos circulares hipotéticos. Ele acredita que toda a história do universo pode ser explicada como gerações de circlons emergentes através de processos de reprodução e fissão. Ele apareceu com o conceito depois de observar um anel perfeito de bolhas emergentes de seu aparelho de respiração enquanto mergulhava na década de 1970, e refinou suas teorias com experimentos envolvendo anéis de fumaça controlados feitos com latas de lixo e folhas de borracha, que ele acredita serem manifestações físicas de um processo chamado sincronismo do circlon.

Carter acredita que a sincronicidade do circlon constitui uma explicação melhor para a criação do universo do que a teoria do big bang. Sua teoria do universo vivo postula que pelo menos um átomo de hidrogênio sempre existiu. No início, um único átomo de anti-hidrogênio flutuava em um vazio tridimensional. A partícula tinha a mesma massa que todo o nosso universo atual e era composta por um proton carregado positivamente e um antiproton com carga negativa. O universo estava em dualidade completa e perfeita, mas o antiproton negativo estava se expandindo gravitacionalmente um pouco mais rápido que o próton positivo, fazendo com que ele perdesse massa relativa. Eles então se aproximaram até que a partícula negativa absorveu o positivo, e eles formaram o antineutron.

O antineutron também foi desequilibrado em massa, mas, eventualmente, voltou para um equilíbrio que o faria dividir em dois novos nêutrons, uma partícula e uma antipartícula. Esse processo causou a formação de um número exponencialmente crescente de nêutrons, alguns dos quais não se separaram, mas se aniquilaram em fótons, que se tornaram a base dos raios cósmicos. Eventualmente, o universo tornou-se uma massa de nêutrons estáveis, que existiram por um tempo antes de decaírem e permitirem que os elétrons se acoplassem com prótons pela primeira vez, formando os primeiros átomos de hidrogênio e, eventualmente, preenchendo o universo com elétrons e prótons que interagem violentamente para formar os elementos. Após um período chamado “A Era do Grande Fogo Gelado”, obtivemos a formação de estrelas, planetas e consciência.

A maioria dos físicos considera as ideias de Carter especulações equivocadas que não toleram o rigor da investigação empírica. De fato, as experiências de Carter com anéis de fumaça foram usadas como evidências para a agora desacreditada teoria do éter há 13 anos.

Universo Plasma

Embora a cosmologia padrão considere a gravidade como a principal força orientadora, a cosmologia do plasma ou a teoria do universo elétrico, coloca uma ênfase muito maior no eletromagnetismo. Um dos primeiros defensores desta teoria foi o psiquiatra russo Immanuel Velikovsky, que escreveu um artigo de 1946 sobre o tema, chamado “Cosmos Without Gravitation”, que argumentou que a gravidade é um fenômeno eletromagnético decorrente da interação entre cargas atômicas, cargas livres e os campos magnéticos de sóis e planetas. Essas teorias foram desenvolvidas ainda mais na década de 1970 por Ralph Juergens, que argumentou que as estrelas eram alimentadas por processos elétricos e não termonucleares.

Há uma variedade de diferentes iterações da teoria, mas alguns elementos geralmente são os mesmos. As teorias do universo de plasma afirmam que o Sol e as estrelas são alimentados eletricamente por correntes de deriva, que algumas características da superfície planetária são causadas por “super-relâmpagos”, e as caudas de cometa, tempestades de poeira marcianas e a formação de galáxias são todos processos elétricos. As teorias afirmam que o espaço profundo é permeado por filamentos gigantes de elétrons e íons, que se torcem devido a forças eletromagnéticas no espaço e criam material físico como galáxias. Os cosmólogos de plasma assumem que o universo é infinito tanto em tamanho como em idade, o que limitou a utilidade da teoria aos criacionistas, apesar da oposição à cosmologia do big bang.

Um dos livros mais influentes sobre o assunto é The Big Bang Never Happened (O Big Bang Nunca Aconteceu, em tradução livre), escrito por Eric J. Lerner em 1991. Ele argumenta que a teoria do big bang predica incorretamente a densidade de elementos leves como o deutério, o lítio-7 e o hélio-4, que os vazios entre as galáxias são muito vastos para serem explicados com um quadro de tempo pós-big bang, e que o brilho superficial das galáxias distantes foi observado como constante, enquanto que em um universo em expansão, o brilho deve diminuir com a distância devido ao desvio para o vermelho. Ele também afirma que a teoria do big bang exige muitas coisas hipotéticas (inflação, matéria escura e energia escura) e viola a lei da conservação da energia, já que o universo emergiu do nada.

Em contraste, ele argumenta, a teoria do plasma predica corretamente a abundância de elementos leves, a estrutura macroscópica do universo e a absorção de ondas de rádio como causa da radiação cósmica de fundo. Muitos cosmólogos argumentam que as críticas de Lerner à cosmologia do big bang são baseadas em noções que se sabe serem incorretas quando ele escreveu o livro, e suas explicações de observações que respaldam a cosmologia do big bang causam mais problemas do que podem resolver.

Bindu-Vipshot

Esta lista até agora evitou histórias de criação religiosa ou mitológica para a origem do universo, mas é possível fazer uma exceção para as histórias de criação hindu, que podem ser reconciliadas com teorias científicas com uma facilidade que escapa à maioria das outras cosmologias religiosas. Carl Sagan disse uma vez: “É a única religião em que as escalas de tempo correspondem às da cosmologia científica moderna. Seus ciclos correm de nosso dia e noite ordinários para um dia e uma noite de Brahma, de 8,64 bilhões de anos. Mais do que a idade da Terra ou do Sol e cerca de metade do tempo desde o Big Bang”.

O conceito tradicional mais próximo da teoria do big bang do universo pode ser encontrado no conceito hindu de bindu-vipshot, que significa “ponto-explosão” em sânscrito. Os hinos védicos da Índia antiga sustentavam que o bindu-vipshot produzia as ondas sonoras da sílaba “om”, que representa Brahman, a Realidade Suprema ou Divindade. A palavra “Brahman” vem da raiz sânscrita brh, que significa “crescer grande”, que tem algum vínculo com o big bang, como o fazem com o título das escrituras Shabda Brahman, que podem ser associados à sphota, ou “explosão”. O som primário “om” foi interpretado como a vibração do big bang detectado pelos astrônomos sob a forma de radiação cósmica de fundo.

Os Upanishads explicam o big bang como o único (Brahman) que deseja se tornar muitos, o que ele conseguiu através do big bang com uma expressão de vontade. A criação é ocasionalmente retratada como lila, ou “peça divina”, com a implicação de que o universo foi criado como parte de um jogo e o lançamento do big bang foi parte disso. Afinal, nenhum jogo é divertido quando o jogador onisciente sabe exatamente o que vai acontecer.

Resultado de imagem para imagens sobre o big bangVisão pessoal…

O buraco negro é uma coisa que gera muitas perguntas e dúvidas. Só não ganha da questão que, pra mim é a mais fundamental de todas: se o Big Bang é o início de tudo, o cataclismo que explodiu e deu origem ao nosso universo há 13,7 bilhões de anos, o que foi que o provocou?Três pesquisadores do Instituto Perimeter tiveram uma nova ideia sobre o que poderia ter vindo antes do Big Bang. É uma ideia maluca e quase desconcertante. De acordo com eles, o que percebemos como Big Bang poderia ser a “miragem” tridimensional de uma estrela em colapso em um universo profundamente diferente do nosso. Bom, eu avise que era desconcertante.Para os três cientistas – Robert Mann, Niayesh Afshordi e Razieh Pourhasan -, “o maior desafio da cosmologia é entender o Big Bang em si”.O que a gente normalmente entende sobre o Big Bang, e o que de certa forma faz parte de um senso comum do que se sabe sobre esse fenômeno, é que ele começou com uma singularidade, um momento extremamente quente e denso do espaço-tempo onde as leis normais da física simplesmente deixaram de mandar alguma coisa. E como todo evento singular, temos uma compreensão limitada deles.O problema, na opinião dos autores, é que prever o universo a partir de um momento de insanidade das leis da física parece um tanto improvável.Por isso, talvez algo mais tenha acontecido. Talvez nosso universo nunca tenha sido singular em primeiro lugar.A sugestão dos três pesquisadores é, então, que nosso universo poderia ser um rolo tridimensional em torno de um horizonte de eventos de um buraco negro de quatro dimensões. Neste cenário, o nosso universo teria surgido no momento em que uma estrela em um universo de quatro dimensões caiu em um buraco negro.Em nosso universo tridimensional, os buracos negros têm horizontes de eventos bidimensionais. Ou seja, eles são cercados por uma fronteira bidimensional que marca um “ponto de não retorno”. No caso de um universo de quatro dimensões, um buraco negro teria um horizonte tridimensional. Sendo assim, o nosso universo não está dentro de uma singularidade; em vez disso, ele teria passado a existir fora de um horizonte de eventos, protegido da singularidade. Originou-se como, e continua sendo, apenas uma característica no naufrágio de uma estrela de quatro dimensões.È de dar um belo de um nó na cabeça de qualquer um.Os pesquisadores enfatizam que esta ideia, embora possa parecer “absurda”, é solidamente fundamentada em matemática moderna descrevendo o espaço e o tempo. Especificamente, eles usaram as ferramentas de holografia para “virar o Big Bang em uma miragem cósmica”. Esse modelo também parece resolver enigmas cosmológicos de longa data, e produzir hipóteses testáveis.È claro que a nossa intuição tende a recusar a ideia de que tudo o que conhecemos surgiu a partir do horizonte de eventos de um único buraco negro de quatro dimensões. Na verdade, isso é porque nós não temos noção do que é um universo de quatro dimensões e com o que ele pode se parecer.Mas nossa intuição humana não é infalível. E, como os pesquisadores argumentam, evoluiu em um mundo tridimensional que só pode revelar sombras da realidade.Para ajudar a gente entender melhor toda essa questão, eles traçaram um paralelo com o mito da caverna  de Platão(-tem um post aqui no blog sobre este tema-) .Na história, os prisioneiros passam a vida vendo apenas sombras cintilantes emitidas por um incêndio em uma parede da caverna. “Os grilhões os impediram de perceber o mundo verdadeiro, um reino com uma dimensão adicional”, completaram. Os “Prisioneiros de Platão não entenderam os poderes por trás do sol, assim como nós não entendemos o universo maior de quatro dimensões. Mas pelo menos eles sabiam onde procurar por respostas”. Será que nós sabemos também?

Inspiração….

Origem do universo e do homem –

O Big Bang – UFSM

A história do Big Bang, a teoria da origem do Universo, foi … – UFJ

Big Bang – Evolução de uma Idéia – Astronomia, Astronáutica

Monicavox

Recomendo….

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre big bang

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre big bang

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre big bang

 

 

Anúncios

DNA obscuro pode mudar nossas concepções sobre a evolução

A tecnologia de sequenciamento de DNA tem ajudado cientistas a desvendar questões que a humanidade vem perguntando há séculos. Ao mapear os genomas dos animais, agora temos uma melhor ideia de como a girafa desenvolveu um pescoço mais longo e por que as cobras são tão compridas. O sequenciamento do genoma nos permite comparar e contrastar o DNA de diferentes animais e descobrir como cada um deles evoluiu de maneira única e particular.

 Mas, em alguns casos, estamos diante de um mistério. Em parte dos genomas de animais parecem faltar certos genes, aqueles que aparecem em outras espécies similares e que devem estar presentes para que eles se mantenham vivos. Esses genes aparentemente desaparecidos foram apelidados de “DNA obscuro”. E a sua existência poderia mudar a forma como pensamos a evolução.

Adam Hargreaves, pesquisador de Pós-Doutorado na Universidade de Oxford, junto a seus colegas de equipe, descobriu esse fenômeno pela primeira vez ao sequenciar o genoma do rato de areia (Psammomys obesus), uma espécie de camundongo que vive nos desertos. Em particular, eles queriam estudar os genes do camundongo envolvidos na produção de insulina, para entender por que esse animal é particularmente suscetível à diabetes tipo 2.Mas quando eles buscaram por um gene chamado Pdx1, que controla a secreção de insulina, descobriram que ele estava ausente, assim como outros 87 genes envolvidos no processo. Alguns desses desaparecidos, incluindo o Pdx1, são essenciais e, sem eles, um animal não pode sobreviver. Sendo assim, onde estariam?

Pistas e evidências

A primeira pista encontrada sinalizou que, em vários tecidos corporais desses ratos desérticos, foram localizados os produtos químicos que os genes “desaparecidos” ou obscuros são capazes de criar. Isso só seria possível se os genes estivessem presentes em algum lugar do genoma, indicando não estarem realmente perdidos, mas apenas escondidos.As sequências de DNA desses genes são ricas em moléculas G e C, duas das quatro moléculas “base” que compõem o DNA.

 Sabe-se que as sequências ricas em GC causam problemas em certos procedimentos de sequenciamento de DNA. Isso faz com que seja mais provável que os genes perdidos sejam difíceis de detectar, e não que estejam perdidos ou ausentes. Por esse motivo, a equipe nomeou a sequência oculta como “DNA obscuro” em referência à matéria escura, o material que aparentemente compõe cerca de 25% do universo, mas que ainda não conseguimos detectar detectar.

Muitas mutações

Ao estudar o genoma desse camundongo com maior precisão e atenção, descobriu-se que uma parte dele, em particular, tem muito mais mutações do que se pode encontrar em outros genomas de roedores.

Todos os genes dentro desse ponto de acesso à mutação agora têm DNA muito rico em GC e mutaram a tal ponto que são difíceis de detectar por métodos tradicionais. A mutação excessiva geralmente impedirá que um gene funcione, mas de alguma forma os genes do camundongo ainda conseguem cumprir seus papéis, apesar das mudanças radicais no sequenciamento do seu DNA. Esta é uma tarefa muito difícil para a genética. É como ganhar contagem regressiva usando apenas vogais.

Resultado de imagem para imagens sobre dnaPesquisas anteriores

Esse tipo de DNA obscuro já foi localizado em aves. Os cientistas descobriram que 274 genes estão “perdidos” em genomas de aves atualmente sequenciados. Estes incluem o da leptina (um hormônio que regula o equilíbrio energético), que cientistas não conseguiram localizar por muitos anos.Mais uma vez, esses genes têm um teor de GC muito alto e seus produtos são encontrados nos tecidos ao longo do corpo dos pássaros, mesmo que os genes pareçam ausentes nas sequências do genoma.

Iluminando o DNA escuro

A maioria das definições e conceitos da evolução indica que ela ocorre em duas etapas: mutação seguida de seleção natural. A mutação de DNA é um processo comum e contínuo, e ocorre completamente ao acaso. A seleção natural, depois, age para determinar se as mutações serão mantidas e transmitidas ou não, conforme o sucesso reprodutivo de cada alternativa.

Em suma, a mutação cria a variação no DNA de um organismo, a seleção natural decide se ele fica ou se será descartado, e portanto influencia o direcionamento da evolução.

Mas haver pontos de alta mutação dentro de um genoma significa que, em certos locais, os genes têm uma maior chance de se modificar em relação aos demais. Isso significa que esses pontos fortes podem ser um mecanismo subestimado que também influenciam os destinos da evolução, o que significa que a seleção natural pode não ser a única força motriz.

Até agora, o DNA obscuro parece estar presente em dois tipos de animais muito diversos e distintos. Mas ainda não está claro o quão geral essa condição pode ser. Todos os genomas de animais podem conter DNA obscuro? Se não, o que torna os camundongos e as aves tão únicos?

O quebra-cabeça mais emocionante a ser resolvido será descobrir o efeito que o DNA obscuro exerceu sobre a evolução animal.No exemplo camundongo, o ponto de acesso da mutação pode ter tornado possível a adaptação do animal para a vida no deserto. Mas, por outro lado, a mutação pode ter ocorrido tão rapidamente que a seleção natural não foi capaz de agir de forma rápida o suficiente para remover qualquer elemento prejudicial ao DNA.

Se for verdade, isso significaria que as mutações prejudiciais poderiam impedir a sobrevivência do camundongo fora do ambiente desértico.

A descoberta de um fenômeno tão incomum certamente levanta questões sobre como os genomas evoluem e o que se pode ter perdido em projetos existentes para o sequenciamento genético. Talvez seja necessário voltar atrás e observar melhor.

Resultado de imagem para imagens sobre mutação geneticaVisão pessoal….

Segundo uma nova pesquisa, uma mutação genética, possivelmente ligada à resistência à malária, pode ter ajudado a impulsionar a evolução do gênero Homo, o ancestral dos humanos antigos.A mutação afetou um tipo de molécula de açúcar, Neu5Gc, produzida pelos hominídeos primitivos, os primeiros grandes símios (macacos).Cerca de 2 milhões ou 3 milhões de anos atrás, conforme nossos ancestrais Homo ergaster e Homo erectus surgiram na África, uma mutação genética interrompeu a produção dessa molécula, e o sistema imunológico pré-humano começou a reconhecê-la como uma ameaça.Como resultado, alguns hominídeos já não teriam sido capazes de acasalar e produzir descendentes com outras populações, potencialmente separando os primeiros seres humanos de outros primatas.“Com o tempo, esta incompatibilidade reduziria e eliminaria os indivíduos com Neu5Gc”, concluiu o pesquisador Pascal Gagneux da Universidade da Califórnia, EUA.As células se comunicam com outras células usando moléculas de açúcar que ligam as laterais de suas membranas. Um tipo de molécula de açúcar é o ácido siálico, que é encontrado em todas as células animais.Até cerca de 3 milhões de anos atrás, os ancestrais comuns de humanos e outros primatas compartilhavam Neu5Gc, um tipo de ácido siálico; então, algo mudou.Uma mutação genética parou a produção de Neu5Gc em ancestrais humanos, possivelmente porque esta mutação ajudou a evitar um tipo de malária que infecta os chimpanzés até hoje.Em vez disso, os ancestrais humanos com a mutação criaram uma versão diferente do ácido siálico, Neu5Ac.Aqui é onde o sistema imunológico entra em ação: o corpo do ancestral humano começou a ver o Neu5Gc como uma ameaça, e criou uma resposta imune contra ele. Essa resposta teria um grande efeito sobre a reprodução humana no passado.Os pesquisadores testaram a ideia expondo esperma de chimpanzé com Neu5Gc a anticorpos humanos para a molécula. Com certeza, os anticorpos mataram o esperma de chimpanzé.Em outras palavras, uma pequena mudança em uma pequena molécula poderia ter ajudado as populações antigas a se divergirem umas das outras, pois só ancestrais Neu5Ac positivo poderiam acasalar com outros Neu5Ac positivo , e os ancestrais humanos sem a mutação eram incapazes de produzir uma prole maior.

Inspiração….

MUTAÇÕES GÊNICAS E MUTAÇÕES CROMOSSÔMICAS

Mutação – UFSM

REVISÃO DA ESTRUTURA E FUNÇÃO DO DNA

DNA – Estrutura do Cromossomo – UENF

Monicavox

Recomendo….

Resultado de imagem para imagem de livros sobre dna

Resultado de imagem para imagem de livros sobre dna

 

 

 

 

Experienciando Tudo-Que-Existe

Imagem relacionadaPodemos fazer uma conexão direta com o Todo através das In-formações que trocamos com Ele. Essa é a maior realização, o maior prazer que existe. Isso permite que entremos em fase, nos fusionemos numa experiência cósmica inigualável. Tudo está vivo, tudo está vibrando, tudo é onda, tudo é consciência, tudo é informação, tudo é energia, tudo está interconectado, tudo é sagrado, tudo que existe é Ele. Transcendente e Imanente ao mesmo tempo. Tudo é possível porque tudo é energia. O livre arbítrio existe porque Tudo-Que-Existe não pode se restringir. Tem de se expandir, infinitamente, em todas as possibilidades infinitas. Evoluindo e expressando-se em infinitas formas e maneiras; multidimensional, em universos paralelos e multiversos. Podemos ter essa experiência, se quisermos. Ela está disponível. Tudo é In-formação. Você pode experienciar tudo. Você escolhe.

Este é um Universo de pura In-formação, que nunca se perde.

Portanto, tudo evolui e se torna mais e mais complexo a cada instante pelo acréscimo de In-formação constante e infinita que acontece todo o tempo. Isso permite gerar uma Consciência cada vez mais complexa e infinita em todas as direções. Quando entramos em “fase” com essa Consciência trocamos In-formações sem cessar e nos acrescentamos desta In-formação e acrescentamos a nossa a ela. O ferramental para isso já está disponível para aqueles que querem um crescimento acelerado em todos os sentidos. Sempre fica com a pessoa a última palavra sobre o quanto ela quer evoluir e que In-formações quer assimilar. Em termos práticos não existe qualquer limite para isso. E quando falamos de In-formação estamos falando sobre tudo que existe em todos os sentidos, conforme explicado antes. Você pode aumentar a complexidade da sua consciência o quanto quiser, mudando a freqüência que emite para o Universo. Quando fizer isto passará a manifestar os seus desejos com facilidade e isso significará libertar-se totalmente dos condicionamentos. Fica à disposição dos que desejam atingir o máximo de realização em suas vidas. São infinitas as possibilidades.

TREINANDO A RESSONÂNCIA COM OS ARQUÉTIPOS-

Arquétipos negativos e/ou fracos

São aqueles que inibem a produção dos neurotransmissores, que não dão poder nem felicidade. Alguns exemplos de utilização negativa e/ou fraca:

1-Árvore nua, retorcida: solidão falta de vida.

2-Banana: é a pessoa que não tem personalidade, todo mundo faz de bobo.

3-Cigarro: sexualidade.

4-Coelho: Extrema fertilidade, sexualidade, alvo fácil para os predadores.

5-Crâneos, ossos, monstros, morte, bandeiras de piratas, fantasmas, monstros, etc., são extremamente negativos, induzindo ao comportamento autodestrutivo. Péssimo em relação ao nível de endorfinas. É o arquétipo mais poderoso do lado negativo. Deve-se dar atenção também aos seus correlatos, tais como: terremotos, maremotos, seqüestros, assassinatos, conflitos, guerras, crimes passionais, sensacionalismo, desastres, enfim tudo que estiver relacionado com morte e destruição. Provocara o conformismo, passividade, negativismo, impedindo o pensamento analítico. Juntamente com esta técnica, veicula-se um número muito grande de informações que não têm como ser digeridas pelo consumidor, isto impede que ele pense. Junte-se à esta técnica mais outra que é  classificar alguém, um fato ou um produto e o consumidor aceitará passivamente esta classificação. Tudo deve ser afirmado, pois o consumidor tem a tendência de acreditar no que é transmitido, e a seguir quem parece saber o que fala. Quanto mais for afirmado, mais ele acreditará, não importando se é mentira ou não. Veja inúmeros exemplos ao longo da história, sobre uma mentira ser tão repetida que o público passou a acreditar que é verdade. E o que a pessoa acredita que é verdade, é “verdade” para ela, para todos os fins práticos. Este arquétipo permite dosar exatamente quanto de depressão se quer numa determinada população. Isso tem implicações evidentes na atividade econômica, social, etc. Portanto, nada é por acaso. Tudo pode ser determinado e previsto em termos de comportamento humano. Não existem surpresas nessa área. Não após tantos milênios de conhecimento acumulado. O que existe é falta de conhecimento, de profissionalismo, etc.

6-Elefante: Burro de carga, peso excessivo, falta de agilidade e depressão.

7-Formiga: trabalha demais, sem individualidade, fácil presa.

8-Galinha: Procria sem cessar, fácil presa.

9-Macaco: Fraco por imitar, falar demais, roubo, agitação.

10-Papagaio e suas variações: Muito fraco, imitador, fala muito, presa fácil. Pato: Símbolo extremamente fraco, usado como referência de fraqueza, falar muito, ser passado para trás facilmente, otário, etc.

11-Pingüim: Excessiva lentidão, presa fácil, uma fria.

12-Ratos: Inquietação, doença, demônio, mal, ladrão, sempre foram considerados entre os piores símbolos possíveis, baixíssima autoestima, desonestidade, provoca desconforto assim que é visto, etc.

13-Sapo: Bruxaria, alucinação, volúpia, avareza, fecundidade, pântano.

14-Tartaruga: Excessiva lentidão, não produz, demora, devagar quase parando.

15-Vaca: Animal de corte, puxar arado, burro de carga, sacrifício.

Arquétipos positivos e/ou fortes

São aqueles que induzem a produção dos neurotransmissores que geram poder e felicidade. Produzem resultados positivos e fortes, como crescimento, riqueza, prosperidade, elevada autoestima, sistema imunológico forte, alegria, criatividade, etc. Alguns exemplos de utilização positiva e/ou forte: Águia, falcão, gavião, coruja: Produz dopamina. É um dos mais poderosos arquétipos que existem. Provoca elevadíssima autoestima, prosperidade, crescimento, realização, sabedoria, poder, etc. O impacto emocional deste arquétipo nunca deve ser subestimado. Provoca a superação de qualquer desafio, perda, luta e etc. Indispensável para vencer na vida. Sempre relacionada com deuses, Zeus, o Sol, o Cristo, São João Evangelista, adorna pias batismais na Itália, etc. Citada na Bíblia em dezenas de versículos. É o símbolo dos presidentes, empresários, campeões, líderes, impérios antigos e modernos, etc. Inúmeros casos são relatados sobre aumento de ganhos, ofertas de emprego, novas oportunidades surgidas após o início do uso deste símbolo. É extremamente forte, devendo ser usado com critério. Todas as pessoas expostas ao arquétipo receberão seu efeito, isto é, passarão a crescer, evoluir, produzir mais, etc. É o arquétipo do Macho Alpha e da Fêmea Dominante.

UMA BREVE LISTA CORRELACIONADA-Pode ser usada como referência para identificar tanto a parte positiva,para despertar qualidades,potenciais ou evitar manipulações e propagandas subliminares

1-Alce: Grande prosperidade, muita firmeza e decisão, fecundidade.

2-Âncora: Apoio, constância, garantia nas dificuldades, esperança, calmante.

3-Arco: Poder vital, força, flexibilidade, intenção, dinamismo.

4-Arco-íris: União dos opostos, ascensão da consciência, as cores ativam os respectivos chacras. Destino, visão, esperança.

5-Árvore: Importantíssimo símbolo de vida e prosperidade. Proteção, vida, abundância, crescimento. Provoca a união entre as pessoas. Estimula os relacionamentos. Poderoso símbolo para induzir estados de consciência.

6-Automóvel: sexualidade, poder, penetração, sexo, qualquer emoção pode ser associada a um carro, dependendo de sua aparência. Evidentemente nenhum carro pode ter todas as emoções associadas a ele.

7-Aquário: Provoca calma e relaxamento induzindo ondas cerebrais alfa.

8-Balança: Equilíbrio, justiça, decisão.

9-Baleia: Paz, tranqüilidade, harmonia, relaxamento, amor, relacionamento.

10-Bolo: nascimento, sexualidade, recompensa.

11-Borboleta: Transmutação, mudança, renascimento, libertação, leveza.

12-Bússola: Direção, orientação, determina o destino, precisão, rigor, imparcialidade.

13-Caixa: Algo que protege; verdade escondida, segredo, útero.

14-Cálice: Destino, grande quantidade, opulência, relacionamentos, comungar da mesma crença, em termos cósmicos de onde flui a energia vital inextinguível.

16-Canguru: Maternidade, força, velocidade, combatividade.

17-Cão: Amizade, proteção. Provocam diminuição da ansiedade.

18- Capacete: Poder, defesa, potência, inatacável.

19-Carvalho: Força, virilidade, perseverança, grande poder de relacionamento, proteção, vitória.

20-Cavalo: Elevada autoconfiança. Velocidade, decisão, independência. É o símbolo dos gerentes e diretores.

21-Chama: Regeneração, purificação, renascimento, sexualidade, expansão da consciência, divindade, um dos quatro elementos primordiais, fé, defesa, luz.

22-Chapéu: Poder, autoridade, idéia, pensamento, valor.

23-Chifre: Força, poder, virilidade, fertilidade, masculino, atividade

24-. Círculo: Unidade, sexualidade, absoluto, divindade, perfeição, iluminação, infinito, proteção, alma.

25-Colméia: Expressivo, indústria, trabalho, organização, produção.

26-Conchas: Feminilidade, geração, órgão sexual feminino, símbolo fálico, fertilidade, nascimento.

27-Cornucópia: Chifre, opulência, abastança, fálico.

28-Coroa: Poder, autoridade moral, honestidade, honra, vitória, respeitabilidade.

29-Corvo: Inteligência, predador.

30-Cristal: Pureza, transparência, clareza, arquivo de conhecimento, união.

31-Crocodilo: Poder, paciência, determinação, assimilação.

32-Cubo: Solidez, estabilidade, firmeza, solidez, segurança, completo.

33-Dado: Sorte, imprevisibilidade, fortuna, destino.

34-Escada: Ascensão espiritual ou descida ao inconsciente.

35-Escudo: Defesa, amparo, auxílio, proteção. Esfera: Universo, totalidade, terra, excelência, primor, completo.

36-Espada: Força, coragem, poder, fálico, decisão, separação, autoestima, autoconfiança.

37-Espelho: Saber, autoconhecimento, consciência, imaginação, criatividade, magia.

38-Estrela: Sorte, aspiração, destino, divindade, humanidade, pontos cardeais, cooperação.

39-Faca: Poder masculino, decisão, afastar, defender, decidir.

40-Fadas: agradável, segurança.

41-Ferradura: Ligada ao cavalo representa boa sorte e autoconfiança.

42-Ferro: Durabilidade, força, robustez, inexorável, implacável, inflexível.

43-Flecha: Poder vital, força, decisão, intenção, fálico, dinamismo.

44-Flores: Sucesso, harmonia, prosperidade, calma, paz, relaxamento, possibilidades.

45-Floresta: A vida da pessoa, a mente consciente e inconsciente, vida, sociabilidade.

46-Fonte: Inconsciente, geração da vida, retorno, abundância, conhecimento, inicio e vida.

47-Fruta: Maturidade, realização, desenvolvimento, vida, abundância, prosperidade, sucesso.

48-Garfo: Alimentação, devorar, poder.

49-Gatos: Independência, intuição, autoestima.

50-Geladeira: segurança, reserva de alimentos.

51-Golfinhos: Sociável, coragem, inteligência, movimento, alegria de viver. Ideal para lugares de reuniões, festas, etc. Não colocar no local de trabalho.

52-Grão: Abundância, riqueza, prosperidade, possibilidade, morte e vida, semente.

53-Hera: Amizade, fidelidade, sensualidade, feminilidade, crescimento, abundância.

54-Herói: aquele que dá segurança, conforto, controle, sobrevive, comanda, vivo, governa.

55-Íris: Espelho, janela, abertura, possibilidade, potencial, verdade

56-. Jardim: Lugar ideal, agradável, imaginação, feminilidade, descanso, relaxamento, esperança, realização, criatividade.

57-Jóias: Poder, riqueza, conhecimento, tesouro, realeza, nobreza.

58-Lago: Inconsciente, magia, feminilidade, abertura, profundidade.

59-Lagarto: Menos poderoso que crocodilo.

60-Lâmpada: Luz, sabedoria, previsão, inteligência, prudência, ligado ao divino, espiritualidade, escolha, conhecimento.

61-Lança: Poder, fálico, masculino, direção, decisão, coragem.

62-Leque: Proteção, nobreza, conjunto.

63-Leopardo: Ação, determinação, rapidez, altivez, força, fertilidade.

64-Leste: Onde o sol nasce; despertar, renascimento, novas oportunidades, vida.

65- Limão: Vida, pureza, proteção, incisivo, penetrante, cortante, defesa, limpeza.

66-Lírio: Luz, fálico, prosperidade, vida e morte.

67-Livro: Totalidade, Ego, conhecimento, poder, conjunto, regra, destino, lei, possibilidade, fechamento, abertura, autoestima.

68-Lontra: Guia, esperteza, rapidez, vida, feminilidade, felicidade, distração, prazer.

69-Lótus: Espiritualidade, pureza, vida, totalidade, renascimento, criação, harmonia, desenvolvimento, pureza, tranqüilidade, ascensão.

70-Lua: Fertilidade, sexualidade, feminilidade, transição, mudança, poder, inconsciente, fecundidade, receptação, suavidade.

71-Luta: sexualidade, sadismo, virilidade, trajes, grande atração sobre o público feminino (fêmeas admiram o macho alpha).

72-Luva: Direito, nobreza, realeza, pureza, defesa, poder.

73-Maçã: Fertilidade, sabor, mundo, escolha, conhecimento, afeto.

74-Machado: Força, poder, decisão, abertura, culto, justiça, separação.

75-Mãe: amor, filhos, gratidão, recompensa, sexualidade.

76-Martelo: Poder, força, decisão, razão, modelagem.

77-Milho: Prosperidade, riqueza, crescimento, abastança.

78-Montanhas, vales e nuvens: provoca um maior relacionamento entre as pessoas. Firmeza, durabilidade. Ascensão espiritual, impassibilidade, esconderijo, realização, revelação, ideal. Ótimo para comércio, restaurantes, etc.

79-Navio: Criatividade, aventura, alegria, coragem, proteção, mental, adaptação.

80-Nuvem: Relaxamento, feminilidade, fecundidade, transformação.

81-Obelisco: Culto, poder, fálico, direção, ligação.

82-Olho: Espírito, visão, atividade, futuro, visão interior, divindade, visão ampla, percepção, vigilância, onipresença, sabedoria, penetração, magia, proteção.

83-Orelha: Comunicação, lembrança, memória, percepção, inspiração, sabedoria, escolha, fálico.

84-Orquídea: Sorte, riqueza, proteção, suntuoso, luxo, brilho.

85-Ouro: inteligência, luz, eternidade, perfeição, conhecimento, purificação, prosperidade e riqueza.

86-Ovo: Fecundidade, sexualidade, vida, procriação, totalidade, inicio, nascimento, abundância, possibilidade, potencial, perfeição.

87-Palavras: dependendo do significado das palavras teremos a resposta fisiológica.

88-Palmeira: Vitória, eternidade, flexibilidade, vida, alegria, paz.

89-Pantera: Ação, volúpia, sensualidade, autoestima.

90-Pássaro: Denota a personalidade da pessoa. Alma, imortalidade, destino, força vital, evolução, criatividade.

91-Pé: Vontade, avançar, tomar conta, vencer, fálico, humildade, movimentação. Pedra: Eterno, imutável, força concentrada, proteção.

92-Pena: Poder, asas, posição social, ágil, delgado, veracidade, gracioso, tênue, ligeiro, suave, delicado.

93-Pilar: Solidez, força, sustentação, firmeza, fálico.

94-Pinha: Fertilidade, felicidade, fortuna.

95-Pinheiro: Fertilidade, vida, energia, crescimento.

96-Plantas: Unidade, sociabilidade, transmutação, vida, mudança.

97-Portão: Passagem, segredo oculto, proibição, convite e revelação.

98-Puma: Velocidade, força, autoestima, sutil, trabalha só.

99-Quadrado: Matéria, terrestre, humano, realidade.

100-Raposa: Transformação, dissimulação, esperteza, sábia.

101-Rede: Contato com o inconsciente, recolher, apanhar, pescar, laço, engenho, artifício, logro, embuste, estratagema, alçapão.

102-Relva: Humildade, paz, obediência, subordinação, dependência, docilidade.

103-Remo: Ação, decisão, flexibilidade, fálico, direção. Rombo: Sexual, fálico.

104-Rosa: Amor, simpatia, romance, alívio, ativa o chacra cardíaco, segredo, complexidade.

105-Roupa: auto aprovação, autoestima.

106-Rua: Novas experiências, contatos, vivência, vida.

107-Sabão: Trabalho, dedicação.

108-Sal: Força, proteção, purificação, firme.

109-Semente: grão, vida e morte, fertilidade, crescimento, prosperidade.

110-Sempre-viva: Proteção, vida, prosperidade, crescimento, eternidade.

111-Serpente: Proteção, alma, mudança, fálico, energia, vida, libido, inteligência, auto-renovação, universo.

112-Sexo: todo tipo de associação entre sexo e um produto criará uma resposta fisiológica em relação ao produto. Significa poder e força no caso masculino e receptividade no feminino

113-Sino: Chamado, provoca ansiedade. Sol: Luz, inteligência, vida, fertilidade, ressurreição, calor, justiça, poder.

114-Tatuagem: virilidade, rebeldia, vivência, potência, virilidade, força.

115-Tempestade: transmutação, mudança, intervenção, limpeza.

116-Terra: Mãe, útero, vida, alimentação, equilíbrio.

117-Tigela: Sexual, fálico, recepção, permanência.

118-Tigre: Força, ferocidade, protetor, esforço, provoca ação, efeito muito forte. Também não deve ser usado sem critério.

119-Tornozelo: Decisão, encruzilhada, vital. Triângulo: Poder, luz, magia, força, sabedoria, beleza, divindade.

120-Trono: Grandeza, glória, poder, sabedoria, autoridade.

121-Unicórnio: Poder, fálico, transparência, sinceridade, cura.

122-Urso: Poder, ação inconsciente, força, resistente, determinado, firme.

123-Uvas: Abundância, vida, renascimento, conhecimento, prosperidade, alegria.

124-Vela: Luz, sexualidade, proteção, pedido, orientação, fé.

125-Vinho: sociabilidade, raiz, terra, lar.

126-Vulcão: prosperidade, crescimento, morte e renascimento, ciclo.

Arquétipos e Civilizações

Todas as civilizações deram nomes diferentes aos mesmos Arquétipos. Os gregos e romanos entenderam bem isto e perceberam que estavam falando do mesmo deus com nomes diferentes. Uma lista pormenorizada destas civilizações e Arquétipos está fora do escopo deste livro. Seria refazer o que Campbell e Eliade, por exemplo, já fizeram. Existe extensa literatura disponível sobre o tema. Listaremos aqui apenas os gregos e romanos como exemplo, mas para quem quiser pesquisar, recomendo a Enciclopédia Britânica. Como indicação das infinitas possibilidades do assunto, temos arquétipos: Mesopotâmicos, Sumérios, Babilônicos, Germânicos, Nórdicos, Celtas, Egípcios, Hindus, Africanos, Incas, Maias, Toltecas, Olmecas, Nativos Americanos, Afrobrasileiros, Haitianos, Tailandeses, Vietnamitas, Chineses, Japoneses, Polinésios, Aborígenes, Tupi-guarani, etc. Apenas como exemplo da importância de entender o tema, a Segunda Guerra Mundial era prevista, porque Wotan, Deus da Guerra Nórdico, estava sendo vivenciado. Esse simples exemplo mostra o quanto vale este conhecimento para pessoas, empresas, países e instituições.

Arquétipos e a Mitologia

Existe uma extensa bibliografia sobre estes Arquétipos e inúmeros dicionários de mitologia. Todos são excelentes e dão uma ótima idéia do poder e força ou fraqueza e negatividade. Conforme a ação de cada Arquétipo tem-se a produção de determinados neurotransmissores ou não, conforme já explicado anteriormente.Foge do escopo deste post uma análise individual de cada Arquétipo. O interessante é o leitor entender o conceito, já que cada aplicação é um caso. É preciso ressaltar que cada povo ou civilização deu nomes diferentes para o mesmo Arquétipo; sendo assim é fácil perceber que o mesmo Princípio é entendido por todo o mundo com nomes diferentes, pois os Arquétipos são universais. Cada um pode dar o nome que quiser, mas a essência é a mesma. Por isso uma marca ou logotipo arquetípico funciona ou vende no mundo inteiro. Daí a importância que tem a definição de um logotipo para uma empresa ou instituição.

Arquétipos Gregos

1-Adônis: Beleza física, sexualidade não resolvida, extrema atração sobre as mulheres.2- Afrodite: Amor, sexualidade. 3-Apolo: Inclui os aspectos masculinos, beleza, sexualidade, ação, etc. 4-Aquiles: Luta, competição, guerra, ponto fraco, insensível à crítica. 5-Ares (Marte): Guerra, militarismo, etc. 6-Ariadne: Inteligência. 7-Ártemis: Independência, fertilidade. 8-Asclépio: Cura, medicina, imposição de mãos. 9-Atena: Poder, atividade. 10-Atlas: Trabalho pesado, executivo, produção, responsável. 11-Cairós: Tempo propício. 12-Circe: Feiticeira. 13-Cirene: Atividade física.14- Cronos: Tempo. 15-Dafne: Feminilidade, juventude. 16-Deméter: Fertilidade, maternidade.17- Dionísio: Vinho, alcoolismo.18- Édipo: Inteligência. 19-Eros: Sexualidade demasiada. 20-Hades: Morte, subterrâneo, profundezas. 21-Hera: Instabilidade psicológica e emocional.22- Hércules: Herói. 23-Hermes: Conhecimento oculto, inteligência. 24-Héstia: Vida doméstica. 25-Medéia: Destruição. 26-Medusa: Monstro. 27-Midas: Sorte. 28-Minos: Sublimação. 29-Narciso: Autoestima. 30-Nêmesis: Justiça. 31-Orestes: Trabalhar para cumprir o dever. 32-Orfeu: Música, amor, poesia. 33-Pã: Negatividade. 34-Perséfone: Extrema feminilidade, mundo subterrâneo. 35-Perseu: Empreendedor.36- Poseidon: Poder destrutivo. 37-Prometeu: Humanidade. 38-Selene: Deusa da Lua, intimidade, noite. 39-Teseu: Egoísmo.40- Tífon: O Inconsciente. 41-Ulisses: Herói, habilidade, militar. 42-Urano: Paternidade.43- Zeus: Poder.

Arquétipos Romanos;1- Júpiter: Poder 2-Netuno: Mar 3-Marte: Guerra 4-Apolo: Sol. 5-Juno: Deusa, Poder.6- Minerva: Ciência. 7-Vênus: Amor. 8-Vesta: Fogo 9-Ceres: Agricultura

ALGUMAS APLICAÇÕES DOS ARQUÉTIPOS

Qualquer atitude mental ou emocional negativa, visão de mundo negativa, excesso de ansiedade, atrapalha o processo. É preciso limpar tudo que esteja impedindo vir à tona uma personalidade cativante e amorosa. Que emana alegria e compaixão. O amor é o sentimento mais magnético que existe e todos os grandes mestres o tem em larga escala. Esse trabalho não pode ser confundido com levar vantagem sobre os demais a qualquer custo. É preciso limpar os tabus, preconceitos, sair da zona de conforto, não sabotar-se e mudar de paradigma para se ter os resultados excelentes que são possíveis. E são possíveis para qualquer pessoa que tenha boa vontade de mudar e grandes objetivos.

Profissionais liberais

No caso de profissionais liberais que não podem divulgar seu trabalho porque questões de ética, isto é resolvido, mudando-se o magnetismo do profissional. Atração magnética, carisma ou presença é uma qualidade física que pode ser implantada, mudada, aumentada, etc. Toda a realidade física pode ser manipulada da maneira que se quiser. Portanto a divulgação do trabalho do profissional liberal está resolvida.

Resultado de imagem para imagens sobre coachingCoaching

Todas as qualidades e habilidades são In-formações que podem ser acrescentadas ou expandidas. Desta forma, as possibilidades de crescimento são infinitas. Basta determinar os objetivos e quais os conhecimentos são necessários para alcançá- lo. Tudo que for necessário pode ser transferido para quem deseja o conhecimento.

Empregos

Num mercado tão competitivo como o de hoje é fundamental que a pessoa tenha um bom magnetismo para atrair as respostas aos currículos enviados. O controle da ansiedade, do medo, do desespero é vital para que sejamos chamados para a entrevista. Emanando-se a freqüência certa de magnetismo isso acontece rápidamente. São inúmeros os casos de solução deste problema em pouquíssimo tempo. Basta que a pessoa emita a freqüência certa que a “porta” se abra.

Competências

Todas as competências que você precisa são In-formações que podem ser acrescentadas ou potencializadas a você. Todas as habilidades são In-formações. Seja mental ou emocional tudo é Informação. No futuro todos serão formados muito cedo com toda a Informação requerida para o desenvolvimento máximo do potencial de cada um.

Resultado de imagem para imagens sobre stressStress

O controle do nível de stress é extremamente importante para que consigamos atingir todos os nossos objetivos. Isso é resultado do nível de controle emocional que temos. Tal capacidade e equilíbrio podem ser implantados e desenvolvidos no nível que se desejar. Desta forma a longevidade de nossa carreira está garantida. Além do que , quando se atinge este nível, nossa produtividade é máxima, produzindo os resultados e promoções que almejamos.

Resiliência

É a capacidade de a pessoa atuar sob pressão e mesmo assim conseguir um alto nível de produtividade e realização. Essa habilidade também pode ser implantada e exponenciada.

Relacionamentos

Nos relacionamentos o efeito é impressionante, pois o campo magnético da pessoa é mudado para uma atração positiva e em pouco tempo a pessoa começa a atrair outras. Isso também muda a produção de dopamina e a pessoa “brilha” e atrai. Os relacionamentos que não tem mais sentido desaparecem e novos são atraídos. As amizades mudam para o novo estado de freqüência da pessoa. Desta forma, atraímos pessoas sem cessar e aí acaba o problema de como achar um relacionamento. Nós atraímos aqueles que têm afinidade conosco, pela freqüência em que vibram, pelos seus pensamentos e sentimentos. Elevando estes pensamentos e sentimentos, estamos num patamar mais alto de vibração e atraímos melhores pessoas. Aliando-se ao conhecimento de como funciona o amor e os Arquétipos, torna-se muito simples conquistar o amor que se deseja. Isso tudo sem ferir ninguém e respeitando o desejo de cada um. Lembre-se de que é dando que se recebe. Amar incondicionalmente é a coisa que mais atrai em qualquer pessoa.O amor é a essência do Universo e tudo é feito de amor. Os físicos ainda descobrirão como funciona essa energia, mas talvez não dêem o nome de amor para ela. De qualquer forma o amor ressurge sempre porque ele é a nossa essência. Desta forma ele nunca deixa de existir e renasce sempre. É por isso que nós sempre procuramos amar e ser amados. É uma questão vital para nós, porque, sem isso, fenecemos.

Yin/Yang

Nos relacionamentos, as polaridades Yin e Yang são complementares. Quando se tem essa complementaridade equilibrada, forma-se um campo de atração magnética, que atrai 110 com extrema facilidade o que desejamos. É como um imã formado pelas duas pessoas. É necessário que haja um campo em funcionamento com alguém. As possibilidades de formação de um campo são infinitas e podem ser de diversas maneiras. Quando não há campo a pessoa precisa estar equilibrada em si mesma, nas energias Yin e Yang para ela mesma formar um campo consigo mesma. Normalmente isso não ocorre, portanto, é preciso formar com alguém. Esse equilíbrio pode ser implantado, aumentado, equilibrado, sendo extremamente importante que ele seja conseguido. Qualquer impossibilidade de formar campo com o outro, acarretará inúmeros problemas tanto no relacionamento quanto em outras áreas da vida. Lembrando que Yin é In-formação, Yang é In-formação. E o ideal é que sejamos equilibrados contendo as duas energias. Isso pode ser conseguido com a In-formação correta.

O poder da Ressonância Harmônica-Prof.Hélio Couto

Visão pessoal….

Para que possamos utilizar todo o potencial de uma ferramenta como a Ressonância Harmônica é preciso uma mudança total de paradigma. Uma abertura de visão de mundo para entender que estamos num Universo de infinitas possibilidades. Um Universo onde tudo é uma onda que, na sua essência, é escalar. Um Universo de pura energia, pura consciência. E que essa consciência manifesta a matéria após reduzir sua freqüência. Daí surgem os quarks, prótons, nêutrons, elétrons, moléculas, células, órgãos e seres. Toda a matéria orgânica e inorgânica.Como, na origem, não existe matéria, sómente uma onda infinita, ela pode se manifestar de infinitas maneiras. É por esta razão que a realidade pode ser manipulada da forma que se quiser. Mas a expansão da consciência é fundamental, pois sem ela é impossível entender um conceito como este.Todas as dimensões (freqüências) co-existem no mesmo lugar. Ninguém troca o rádio de lugar para sintonizar outra emissora. Sómente muda para a freqüência que quer acessar. Da mesma maneira, todas as dimensões da realidade estão no mesmo lugar. Apenas estão em oitavas acima ou abaixo da nossa. A in-formação destas dimensões também está disponível.Podemos acessar a informação de qualquer pessoa que existe, existiu ou existirá. Dela, pode-se experimentar sua visão de mundo, suas capacidades, seus pensamentos, seus sentimentos, seus desejos, toda a personalidade ou partes dela, como se queira.Podemos acessar qualquer pedaço da In-formação. Assim, enriquecemos nossa consciência com inúmeros conhecimentos e experiências, sem limite de espaço, tempo e dimensão. À medida que vamos acrescentando novas In-formações ao nosso campo, nossa capacidade de assimilá-las também aumenta intensamente.   O raciocínio e a intuição são potencializados. Passamos a ter uma visão abrangente da realidade. Nossa capacidade de análise e síntese vai aumentando progressivamente. E assim, passamos a querer mais e mais, seguindo o ritmo de evolução ininterrupta do Universo.É extremamente prazeroso crescer e evoluir em todos os sentidos. Experenciar o que já foi experenciado por outros, agregando uma nova In-formação ou personalidade à nossa; É importante salientar que nunca perdemos nossa individualidade, apenas crescemos em consciência, sem cessar.Os Arquétipos são as inteligências primordiais do Universo, energias conscientes e supra-inteligentes. Os modelos da perfeição em todos os setores. Porém, são também In-formações, como tudo que há. Existem Arquétipos para todas as áreas e atividades imaginadas. Literalmente para tudo. Isso também pode ser transferido e assimilado.Desta maneira, podemos ter um crescimento sem precedentes, em todos os sentidos.Para se ter todo o benefício disto é preciso expandir o paradigma pessoal, pois é ele que impede que cresçamos todo o possível. O que você acredita que é possível, é o seu limite.Na prática não existe limite algum, mas as crenças das pessoas é que limitam as possibilidades para elas. Quando você expandimos o que acreditamos, não existem mais limites para nós.O mesmo ocorre com o que você que está lendo agora. Será que acredita ou acha que é loucura ou ficção científica? Caso não acredite, não usará o potencial relatado aqui. Aqueles que não duvidam, trazem uma lista do que querem e já começam a receber o que pediram.Lembre-se que, em última instância, o Universo respeita o que acreditamos e não irá fazer nada à força. Ele esperará que nós tenhamos as experiências necessárias para mudar por nós mesmos o que acreditamos.O Universo é absolutamente congruente com nossos pensamentos e sentimentos.Para aqueles que querem crescimento acelerado, ele atende e propicia os meios para adquirir esse crescimento.Cada nova assimilação provoca um salto quântico na consciência, no grau de felicidade, na capacidade de realização, de análise e síntese, na produtividade, etc.Como existem Arquétipos para todos os tipos de conhecimentos não há limites para quem deseja crescer e evoluir.Os neurotransmissores são substâncias produzidas por nosso cérebro que determinam a forma como nos sentimos. Fica evidente que é possível manipular o que sentimos da maneira que quisermos. A Ressonância Harmônica transfere qualquer neurotransmissor, de maneira a propiciar o equilíbrio ideal da bioquímica cerebral, de forma que acabe o sofrimento.   A dor e o sofrimento podem ser transmutados, resolvidos e liberados.Como tudo é energia e toda energia tem um endereço, um sentimento ou dor tem um endereço. Neste local, os átomos deste sentimento estão emanando uma determinada freqüência. Essa freqüência está criando ou impedindo a criação dos neurotransmissores que nos interessam. A energia destes átomos pode ser liberada para que deixem de emitir a freqüência negativa.Desta forma, restam apenas os pensamentos e sentimentos positivos que geram a serotonina, endorfina, dopamina, etc., que nos fazem felizes, alegres, corajosos, criativos, amorosos, proativos, etc.Está claro que, com a transferência de In-formação, podemos resolver e liberar a energia negativa seja ela qual for. Como conseqüência, podemos ser extremamente positivos, alegres e tudo o mais que nos trará o sucesso que desejamos. Somados aos pensamentos corretos que acessamos, temos um conjunto perfeito.Finalmente somos capitães da nossa vida. Estamos no comando. Pensamos o que queremos pensar. Sentimos o que queremos sentir. Podemos nos realizar plenamente. E isso, sem limite.

Inspiração…..

Eletromagnetismo http://pt.wikipedia.org/wiki/Electromagnetismo http://pt.wikipedia.org/wiki/

Electromagnetismo http://www.ufsm.br/gef/Eletro.htm http://www.ufsm.br/gef/Eletro.htmhttp://axpfep1.if.usp.br/~gref/eletromagnetismo.htmlhttp://axpfep1.if.usp.br/~gref/eletromagnetismo.htmlhttp://axpfep1.if.usp.br/~gref/eletromagnetismo.html

Bio-physical Information Therapy http://www.bit-org.de/ http://www.bit-org.de/

LIVROS DO PROF. HÉLIO COUTO-AQUI
ARTIGOS DO PROF HÉLIO COUTO;AQUI

Monicavox

 

Recomendo….

Resultado de imagem para imagens sobre ressonância harmonica

 

A TÉCNICA-Aplicação da Ferramenta de Ressonância Harmônica

Como já  vimos tudo que existe é uma onda e vibra. No Vácuo Quântico está gravada toda informação que já existiu, existe e existirá. Essa informação consiste de tudo que existe, tais como todo livro, documento, curso, conhecimento, experiência pessoal, memórias, sentimentos pessoais, habilidades pessoais, pensamentos, emoções, Arquétipos, dimensões, tempos, universos, etc. Tudo que existe é pura informação. Tudo que existe tem uma In-formação intrínseca, que permanece para sempre. Essa In-formação pode ser utilizada da maneira personalizada, isto é, para uma determinada pessoa, para seu crescimento e evolução. Nós escolhemos qual In-formação queremos e como utilizá-la. Podemos usar vários meios para portar a In-formação. Uma das opções é usar um cd contendo um som de ondas de mar durante vários minutos. A In-formação está contida em ondas eletromagnéticas e escalares. E sendo assim não tem som. Portanto, deve-se colocar o cd e “tocá-lo” no volume zero. Sem som. Como a onda está em todos os locais ao mesmo tempo, não há necessidade de ficar perto do aparelho que toca o cd. Pode-se ficar a qualquer distância que seja. Isso significa que só se gasta um segundo por dia com esse método. Basta apertar a tecla “play” e pronto. Pode-se cuidar da vida que a In-formação estará chegando até você. Isso deve ser feito uma única vez ao dia. Nunca se deve repetir o processo.

OS RESULTADOS

A In-formação é absorvida pelo campo atômico da pessoa e integrada gradativamente na mente e corpo através dos receptores celulares. Depois de um mês deve-se fazer um ajuste nas freqüências, de acordo com a evolução pessoal; novos pedidos de informações podem ser feitos. Isso por, pelo menos, seis meses. Porque a cada seis meses há um salto qualitativo profundo em todos os aspectos pessoais. Até se chegar à perfeição. Durante os primeiros meses, há uma limpeza de tudo que impede o progresso da pessoa; ao mesmo tempo em que as informações solicitadas são assimiladas. Esse é um período de grandes transformações, pois há uma mudança de atitude em relação à vida. Saindo do negativo para o positivo. Muita coisa começa a dar certo e ser resolvido. O que estava parado anda.

Pessoas negativas se afastam e novas pessoas com freqüências positivas chegam. A atração pessoal é ativada e chamamos a atenção onde quer que estejamos. Nesse período deve-se deixar para trás tudo que não serve mais para nós. Alça-se vôo depois de mais ou menos seis meses, embora, depois do terceiro mês a mudança já seja muito perceptível. No sétimo mês há um grande salto de atitude e consciência. Isso se acelera mês a mês e saltos significativos acontecem a cada seis meses. Até chegar a um ponto de imensa consciência expandida, de percepção aguçada, quando se vê e se percebe o que nunca se tinha percebido.

O condicionamento é desfeito, passo a passo, e nos libertamos. A capacidade de análise de qualquer situação torna-se superior e resolvemos os problemas com facilidade, segurança e centramento. Essa mudança magnética, mental e emocional permitirá que a pessoa atraia tudo que deseja. Pois desde o instante inicial na primeira vez que “ouvir” o cd, ela já estará sendo extremamente potencializada. Aos poucos a pessoa irá mudando seu paradigma e limpando tudo que impede seu progresso. O conhecimento ou informação é armazenado no subconsciente e inconsciente, e 37 pouco a pouco será assimilado e transformado para ser usado na vida prática.

O processo é muito rápido e pode ser ajustado de inúmeras formas de acordo com as necessidades pessoais. Como é um processo que requer ajuste de acordo com a evolução da pessoa, todo mês é feita uma nova avaliação e refeitas as freqüências de acordo com a necessidade e vontade da pessoa. É comum as pessoas pedirem mais conhecimento, habilidades, etc., à medida que entendem as possibilidades do processo. Como é uma onda quântica que foi captada pela pessoa, a mudança é inevitável, pois o conhecimento já é parte da pessoa pela interferência construtiva.

Só depende dela, facilitar o entendimento e uso do conhecimento que ela mesma pediu. A mudança é contínua e cumulativa. No início, a percepção da mudança é imediata porque tudo estava parado e estagnado. Então, assim que as coisas andam, fica muito evidente. Depois a mudança continua, sutil e eficiente. Basta fazer uma série de perguntas para que a pessoa perceba o quanto mudou em todos os sentidos. Capacidade de análise, auto percepção, visão de mundo, disposição física, mental e emocional, centrada e equilibrada, segura de si, com elevada autoestima e autocontrole, focada nos resultados, atraindo tudo que quer; pessoas, negócios e oportunidades, com imenso magnetismo pessoal. A pessoa começa a perceber que sua mente cria a sua realidade. Temos casos de empresários que estavam totalmente paralisados nos negócios e que, em dois meses, retomaram todas as atividades, clientes, negócios, lucros, etc. Como se diz, tudo andou na vida da pessoa, quando se alterou a energia, informação e magnetismo pessoal. Alterando-se o magnetismo pessoal ou energia, o crescimento pessoal pode ter seu curso normal. Primeiro acontecem transformações interiores e depois exteriores, inevitavelmente. É por isso que quando se faz um trabalho como esse as coisas tomam outro rumo.

Resultado de imagem para imagens sobre ressonância harmonicaMudando-se o magnetismo da pessoa, ela passa a atrair novas oportunidades, negócios, 38 relacionamentos, vendas, emprego, etc. Porque, em suma, tudo depende do magnetismo que a pessoa emana. Através dos seus pensamentos e sentimentos. E isto é possível de se modificar. As possibilidades deste trabalho são infinitas porque se pode trabalhar com qualquer conhecimento e In-formação que se quiser. Isto é, não existe limite até onde uma pessoa pode chegar ou crescer. O conhecimento é infinito em todos os sentidos, seja mental, emocional, espiritual, etc. É só uma questão de quanto à pessoa quer se desenvolver. Caso a pessoa queira aprender pouco ou limitar a sua evolução naquele período é uma escolha pessoal. O livre arbítrio da pessoa é que decide o que ela quer, em todos os sentidos. Como tudo é infinito podem-se colocar a cada mês novos conhecimentos, habilidades, etc., de acordo com a capacidade de a pessoa absorver aquela quantidade de informação. A única limitação é a vontade da pessoa em processar a informação. Durante o processo acontece o seguinte:

1-Saímos da zona de conforto- 2-Mudamos de paradigma Limpamos os traumas e bloqueios-3- Superamos os tabus e preconceitos-4- Eliminamos a auto-sabotagem Eliminamos o condicionamento anterior-5- Libertamos nossa personalidade 6-Expressamos o Self

Depoimento do Prof Hélio Couto

“No meu caso,  fiz durante mais de uma década todo tipo de experiências com as freqüências para avaliar seu resultado, o que poderia fazer, em que quantidade, que tipo de conhecimento, que qualidade de resultado em todos os sentidos de quantidade e amplitude, etc. Todas as possibilidades foram testadas de todo tipo de conhecimento, habilidade, potencial, situação, etc. Fiz esse laboratório em mim mesmo para poder avaliar o que é possível 39 com a ferramenta. Esta pesquisa continua, mas o que já foi descoberto é infinito em termos de possibilidades. Para se ter todo o beneficio disto é preciso expandir o paradigma pessoal, pois é ele que impede que cresçamos todo o possível. O que você acredita que é possível é o seu limite. Na prática não existe limite algum, mas as crenças das pessoas é que limitam as possibilidades para ela. Quando você expande o que acredita, não existem mais limites para você. É a mesma coisa com o que você está lendo. Será que acredita ou acha que é ficção científica? Caso não acredite não usará o potencial relatado aqui. Aqueles que não duvidam, trazem uma lista do que querem e já começam a receber o que pediram. Lembre-se que, em última instância, o Universo respeita o que você acredita e não irá fazer nada à força. Ele esperará que você tenha as experiências para mudar por si mesmo o que acredita. Para aqueles que querem crescimento acelerado o Universo atende e propicia os meios para adquirir esse crescimento. O Universo é absolutamente congruente com seus pensamentos e sentimentos. Logo que a pessoa muda de freqüência é preciso ajustar novas freqüências de acordo com a nova situação e com as Informações requeridas. Nós mudamos o tempo todo e devemos ajustar tudo continuamente.”

Porque as pessoas tem tanta dificuldade em crescer

Todos os seres nascem e recebem imprints e condicionamentos os mais diversos. Isto passa a fazer parte da personalidade e a limitar o seu desenvolvimento em todos os sentidos. É possível resolver isso limpando esses imprints e condicionamentos. Transfere-se uma nova In-formação e um novo potencial é aberto. Algumas das situações mais comuns: Inveja 41 Esse é um sentimento altamente destrutivo para quem o emite. Emana-se carência de algo, pois se existe a inveja é porque a pessoa acha que o outro é melhor ou tem algo que não possui. Tudo que se emana volta para quem emanou. Chama-se eletromagnetismo. Portanto, resolver isso e transformar-se numa pessoa centrada e equilibrada deveria ser nosso objetivo máximo. Auto sabotagem Isso acontece quando, depois de um período de crescimento, a pessoa atinge uma fronteira onde está a programação limitadora. Normalmente há medo do crescimento e do sucesso. Desta forma temos as pessoas que começam e recomeçam muitas vezes; sempre apresentando um padrão de comportamento de fracasso e autodestruição. Podem perceber que existe um limite, uma fronteira bem definida; podendo ser um determinado salário, felicidade pessoal ou sucesso comercial. Podemos superar a auto sabotagem mudando as Informações que nos foram colocadas. E podemos nos programar conscientemente para o sucesso e a evolução contínuas. Zona de conforto Esse é outro problema generalizado. Como o crescimento é o normal no Universo, assim que ele é estimulado, em pouco tempo, a pessoa terá de sair da zona de conforto e crescer ilimitadamente. Conseguindo com isso tudo o que deseja e almeja. É um requisito fundamental para a pessoa que quer ter sucesso em qualquer área deixar para trás a zona de conforto. Também é possível mudar essa atitude de relutância em sair da zona de conforto implantando-se as In-formações que desejamos para o nosso sucesso. Conformismo 42 Esse é outro grave problema. Quando alguém se conforma com as condições existentes, mesmo que sejam ruins, está se condenando a uma existência muito aquém das possibilidades humanas. Paradigma O paradigma é o sistema de crenças em que a pessoa vive. Ele foi implantado desde o nascimento e passa a condicionar toda a vida da pessoa. São crenças limitadoras que impedem sua evolução. Como toda informação, pode ser trocada por outras do seu melhor interesse. Com a Ressonância fica fácil a pessoa perceber essas crenças limitadoras e substituí-las. É preciso considerar sempre que somos um campo eletromagnético e atraímos tudo que pensamos e sentimos. Consciente e inconscientemente.

 

Sendo assim atraímos os resultados de nossas crenças. Pode-se perceber o paradigma de uma pessoa de várias formas:

Como ela se veste? Como se alimenta? Como anda? Como se expressa corporalmente? O que lê? O que compra? Quais os pensamentos mais profundos? Quais os sentimentos de fundo? Como se comporta? Como trabalha? O que estuda? Como conversa com os amigos, colegas, chefe, relacionamento? Faz sexo ou faz amor? Como trata a mulher? Como trata o marido? Como trata os filhos? Como estuda? Como planeja para o futuro? Como dirige o carro? Que tipo de viagens faz? Como trata os parentes? O que fala para os filhos? Qual sua visão de mundo? Como se sabota? Quais seus preconceitos? O que pensa do passado? E do futuro? Vive o presente? Como reage às traições dos amigos, sócios, etc.? Fica procurando “chifre em cavalo”? Como é a percepção da realidade desta pessoa? Consegue soltar o que não serve mais? Procura entender como funciona o Universo? Todos esses sentimentos, pensamento, comportamentos, etc., atraem ondas com freqüências semelhantes para nós. Ondas são matéria em outro estado. Portanto, nós atraímos o que emanamos. Os acidentes de percurso são exceção à regra.

Preconceitos e tabus

Essa é outra área que também tem o mesmo procedimento de implantação na nossa infância. É preciso rever tudo isso para entender que os resultados que temos são fruto de tudo que pensamos e sentimos. Podemos mudar tudo isso com novas Informações através da Ressonância. Com esta limpeza uma nova vida de oportunidades contínuas estará aberta para nós.

Arquétipos

Arquétipos são as idéias primordiais, conforme Platão disse. O que ele quis dizer com isso? São as primeiras energias manifestas ou emanações; O Ideal;. O Modelo;. O Ser Perfeito.;Que tem um fundamento atômico, não importa de que dimensão está se falando.

Deve ficar claro para se entender como funciona este trabalho que o substrato de tudo que existe é atômico. Quando se entende que ondas eletromagnéticas e escalares atuam em todas as dimensões, entende-se todo tipo de manifestação ou fenômeno. Os Arquétipos estão localizados numa determinada dimensão. 

Existem, fisicamente falando.  Antes que qualquer coisa possa aparecer no nosso Universo, ela deverá ter um projeto arquetípico. São energias vivas, conscientes, que se expressam no nosso mundo. Pelo efeito, pode ser conhecer a causa.

São símbolos que determinam o que sentimos quando os vemos, ouvimos ou percebemos, não importa se de forma consciente ou inconsciente. Existem inúmeras definições para os Arquétipos e cada uma delas mostra um aspecto da verdade. Os Arquétipos podem ser formas, sons, gestos, símbolos, comportamentos, atitudes, situações, odores, toques, personalidades, etc. 

Como já disse, a forma mais fácil de entendê- los é pelo resultado que produzem. Por exemplo: fazer testes sobre a química cerebral de uma pessoa, em seguida ela seria estimulada por um Arquétipo e em seguida os testes seriam refeitos. Com certeza os testes mostrariam o efeito daquele Arquétipo sobre os neurotransmissores. Uma das principais características dos arquétipos é a de induzirem os seres vivos a sentirem emoções de uma forma ou de outra. Antonio Damásio no seu livro “O Erro de Descartes”, deixa bem claro que os homens estão programados para reagirem a determinados estímulos, como tamanho, envergadura de asas, tipos de movimentos, sons, etc., que seriam processadas pelo sistema límbico. É o que se chama de emoção primária. Esta é uma forma de falar de Arquétipos em termos de neurologia. Toda a gama de emoções pode ser induzida, usando-se o Arquétipo correto. Seus resultados para os seres humanos poderão ser positivos ou negativos, fortes ou fracos, bons ou maus. Resultados positivos são os efeitos que demonstram: crescimento, prosperidade, realização, saúde, alegria, amor, etc. Resultados negativos são: depressão, pobreza, doença, suicídio, vício, morte, miséria, desemprego, separação, etc. 

É claro que cada pessoa avalia se é positivo ou negativo dependendo dos seus interesses, o que não impede que exista objetivamente algo que se possa classificar como positivo ou negativo.

Isso poderá ser comprovado verificando-se os resultados em longo prazo. Hoje em dia existem vários recursos técnicos para medirem-se os efeitos dos Arquétipos: eletroencefalograma, tomografia por emissão de pósitrons, ressonância magnética funcional e exames laboratoriais para medição de neurotransmissores e hormônios. Com estes exames, é possível saber com muita precisão, o efeito que um determinado arquétipo provoca no ser humano.

Quando uma pessoa vê, ouve ou percebe um Arquétipo, determinados neurotransmissores e hormônios são produzidos pelo seu organismo, gerando emoções, depois sentimentos e provocando comportamentos. Isto tem uma tremenda implicação, porque a pessoa não tem a menor idéia da influência, que está recebendo daquele arquétipo. Ainda mais quando a percepção é inconsciente. Evidentemente, a pessoa racionalizará o seu comportamento, criando e pensando em desculpas ou razões para determinado comportamento. Quando o Arquétipo está associado a um determinado produto, inevitavelmente ela associará aquelas emoções e sentimentos com o produto associado. Isto se chama neuroassociação. Toda a percepção ocorrida num determinado momento será armazenada conjuntamente. Quando se vê um Arquétipo positivo e um produto juntos, nós imediatamente temos uma reação emocional e associamos está resposta ao produto que está junto do Arquétipo. O que pode não ter nada a ver com ele,  mas para o cérebro isso não faz diferença.

Por exemplo: uma mulher seminua perto de um produto fará com que a nossa reação fisiológica total seja associada também ao produto. O que se sente por um homem nu ou uma mulher nua é gravado no nosso cérebro junto com a marca, símbolo ou imagem do produto. Existem muitas formas de criar neuroassociações. Porque os anúncios fixam tanto uma determinada personalidade a um produto determinado? Todas as qualidades daquela personalidade estão sendo transmitidas para o produto. Aquela personalidade pode estar vivenciando um Arquétipo e pode ter um efeito tremendo no consumidor. Por isso vende e por isso pagam tanto pelo artista, esportista ou personalidade. 

Isto fará com que na hora de decidir entre um produto e outro ela tenderá a ficar com o que provoca as emoções, que serão ativadas pela exposição à que já foi condicionada (associada). Neurotransmissores A produção de neurotransmissores por uma pessoa depende de que Arquétipo ela esta vivenciando. Mudando-se isso, alteramse imediatamente os neurotransmissores e em que quantidade serão produzidos e assimilados. Neurotransmissores são componentes químicos fabricados pelos neurônios para inibir ou estimular outras células nervosas.

Acredita-se hoje que existam 100 bilhões de neurônios no ser humano. Estas substâncias provocam emoções, sentimentos e comportamentos. Podemos criar a emoção que quisermos em nós ou em outros, estimulando a criação dos neurotransmissores em nós ou em outros. As possibilidades são infinitas quando se conhece a química das emoções. O potencial de produção de neurotransmissores é variável e por isso os estímulos são extremamente importantes. Como o cérebro produz os neurotransmissores a uma determinada velocidade, o tempo de exposição ao estímulo é de suma importância. Os estímulos, como por exemplo, imagens associativas ou neuroassociações, provocam a reação do circuito  de recompensa do cérebro, fazendo com que a cada vez que seja estimulado, haja um reforço do circuito e assim por diante. Por isto o consumidor precisa ver um anúncio pelo menos seis vezes.

O Dr. Eric J. Nestler demonstrou que a exposição repetida a um estímulo provoca uma alteração na arquitetura e química cerebral. O importante é entender que o que sentimos depende de qual neurotransmissor está sendo produzido, em que quantidade e momento. Podendo regular isso, temos o comportamento humano entendido bioquímicamente e controlado. Determinados Arquétipos induzem a produção de determinados neurotransmissores e eles induzem os sentimentos e comportamentos. Essa é a explicação de como os Arquétipos controlam nossos sentimentos e comportamentos. Na realidade, a coisa é mais complexa que isso, mas para efeito de entendimento prático é suficiente. Essa é uma explicação bioquímica.

Existem outras formas de explicar a ação dos Arquétipos, mas como as pessoas querem provas científicas, podem obter estas provas analisando a produção de neurotransmissores. Por isto o marketing funciona, por isto vende, por isto os filmes dão lucros fabulosos, as músicas idem, os eleitores votam e é possível controlar completamente o comportamento humano. Existe uma vasta bibliografia sobre o tema. (Ver a matéria “Assumindo o Controle do Estresse”, de Robert Sapolsky, sobre o papel da dopamina, serotonina, norepinefrina, na revista Scientific American Brasil de outubro de 2003.).

Existem vários neurotransmissores e estes são alguns dos seus efeitos:

1-Dopamina: gera prazer, alegria, força, êxtase, euforia, poder, sexualidade, confiança, sentimento de poder enfrentar qualquer desafio. Estimula o amor de pai e mãe. É estimulante para algumas partes e inibidor para outras. Indispensável para ação motora, força de vontade, alegria e bem-estar. Toda vez que a pessoa recebe um estímulo positivo, forte, agradável, etc., seu cérebro gera esta substância, que dá a sensação de felicidade, de  estar de bem com a vida, em fluxo com o universo e todos os sentimentos decorrentes disso. A falta do nível adequado gera insegurança, inferioridade, etc. Veja a relação entre falta de dopamina e doença de Parkinson, no site “Saúde Geriátrica”. A dopamina é um neurotransmissor extremamente potente. Sua falta é arrasadora para o estado geral de felicidade e força pessoal. Sua presença traz um sentido de controle total da situação, de poder enfrentar qualquer desafio, qualquer inimigo, qualquer problema. É o neurotransmissor básico do Macho Alpha ou da Fêmea Dominante. A edição de maio/2004 da revista Harvard Business Review América Latina, trás um artigo sobre os altos executivos, ressaltando que 70% deles são Alpha.Portanto, caso um empresário ou executivo, queira ter sucesso ele precisa desesperadamente de dopamina, caso não a produza na quantidade exata para vencer os outros machos Alpha. Não se esqueçam de que na planície do Seringueti, na África, existem muitos candidatos à Macho Alpha. (Ver relação entre libido e dopamina)

2-Acetilcolina: é estimulante. Encontrada em grande quantidade e controla o funcionamento de inúmeros órgãos, movimentos, memória, concentração, atividade sexual e emoções. Controla a liberação do hormônio pela pituitária, envolvido na aprendizagem.

3-Noradrenalina: é estimulante. Deixa alerta e com boa memória. Alivia a depressão.

4-Serotonina: é estimulante para uma parte do cérebro e inibidor para outras. Alivia a depressão, a ansiedade e ajuda no sono. Atua no controle da dor, humor e provoca sono. Estabilidade emocional. Extremamente importante quanto ao sentimento de felicidade. Suicidas apresentam baixo nível de serotonina. Controla a ansiedade, proporciona serenidade, calma e otimismo. Com serotonina você é feliz e está em paz com o mundo. Usando o arquétipo correto você terá mais serotonina, sendo, portanto, feliz. A falta de serotonina lhe deixará infeliz.  Desta forma podemos regular o estado emocional de qualquer população, regulando a exposição que ela tem a determinados Arquétipos. “A serotonina é um dos principais neurotransmissores, substâncias cujas ações contribuem para virtualmente todos os aspectos da cognição e do comportamento. Um dos efeitos da serotonina nos primatas consiste na inibição do comportamento agressivo. De um modo geral, o aumento do funcionamento da serotonina reduz a agressão e favorece o comportamento social”. (O erro de Descartes, António Damásio-veja em –Antonio Damásio: A Neuropsicologia, O Cérebro a Procura da Alma).

5-Endorfinas: são extremamente importantes para o sentimento de felicidade, euforia, êxtase, relaxamento e bem-estar geral. Tem propriedades analgésicas, age como calmante, aliviando a dor. Está intimamente ligada à existência de dopamina no organismo. Provoca um sentimento de prazer generalizado, aliviando sobremaneira a depressão. Controla a resposta do organismo ao estresse, regulando a liberação de hormônios. Tem atuação variada, como em relação à memória, humor, resistência imunológica, estado mental, recuperação orgânica, aliviar a dor, adiar o envelhecimento, etc. A produção de endorfinas está relacionada com as coisas boas e positivas, diminuindo em relação à estímulos negativos. Ao recebermos estímulos positivos temos mais endorfina, senão temos menos. Ficou claro isso? As beta endorfinas proporcionam conforto, sendo a mais potente das morfinas encefálicas. Fortalece a imunidade, reforça a memória, aumenta a paciência, calma interior, diminuem o stress psicológico. Indispensável para o sistema imunológico. Daí a razão do porque as pessoas depressivas ficarem doentes mais facilmente.

6- Ácido gama-aminobutírico (GABA): diminui a ansiedade significativamente. Calma. Sem pânico.

7-Glutamato: indispensável para prevenir a esquizofrenia. Várias regiões cerebrais se comunicam com o sistema de recompensa através da liberação do neurotransmissor glutamato. Glutamato gerado pelos arquétipos: força, raio, fachos de luz.

8-Norepinefrina: ambição, energia, alegria. Pelo explicado acima e pela extensa bibliografia sobre o tema, fica claro que nosso comportamento é regulado também pela presença ou não de determinados neurotransmissores. Desta forma, qualquer estímulo que provoque sua liberação ou retarde sua absorção, terá um efeito extremamente significativo nas emoções, sentimentos e comportamentos humanos. Os Arquétipos podem induzir tudo isto.

Resultado de imagem para imagens sobre ressonância harmonicaArquétipos e neurotransmissores

Os arquétipos são poderosos ou não, positivos ou negativos, fortes ou fracos. (Veja Jung em “Os Arquétipos e o Inconsciente Coletivo”, página 188, por exemplo.) Os arquétipos provocam reações emocionais, sentimentais e comportamentais. É perfeitamente possível prever o comportamento de um grupo de pessoas em relação a um determinado arquétipo. Essa reação será o resultado da média das reações de todas as pessoas expostas a ele. É possível mensurar a reação individual a qualquer arquétipo com exames laboratoriais. Com relação à parte prática, o que interessa é que as pessoas entendam esse potencial e poder. Com isto elas podem se beneficiar destas descobertas, já que as pessoas querem resultados práticos e no fim das contas este é o melhor método para se aferir se algo funciona ou não. Já ouvi técnico de futebol dizendo que se descobrisse algo que aumentasse por menor que fosse a produtividade da equipe, ele o usaria. Resta saber se ele usaria uma ferramenta de Arquétipos, que produzisse um super time. Aí entra o que já falamos sobre auto sabotagem. É a questão da árvore que dá frutos ou não. Ficamos com as que dão frutos e cortamos as que não produzem.

 Os Arquétipos podem ser experimentados na forma de símbolos, objetos, formas, sons, odores, comportamentos, gestos, escritas, traços riscados, personalidades, etc. Eles provocam uma resposta no mais profundo nível inconsciente, trazendo à tona sentimentos, emoções, comportamentos primordiais, arquivados profundamente na mente humana. As pessoas devem estar cientes deste fato e do profundo poder que reside no âmago dos Arquétipos. Isto não é um brinquedo para crianças, pois as possibilidades de manipulação dos sentimentos e comportamentos são incomensuráveis. Usar Arquétipos é usar um poder ilimitado. Daí a importância de entender seu funcionamento.

Nunca é demais ressaltar isso porque as pessoas normalmente julgam que as estatuetas que têm em casa não provocam nenhum efeito emocional sobre elas. Vejam a geometria que os gregos usavam. Por exemplo: mudando-se o tipo de Arquétipo que uma pessoa vê, pode-se mudar profundamente a sua personalidade, sua visão de mundo, seus sentimentos e comportamentos, sua reação aos acontecimentos, sua força, seu poder pessoal, sua saúde, sua atração sexual, etc. Enfim, pode-se estimular a pessoa para qualquer tipo de sentimento e emoção, tanto positiva quanto negativa. Acrescente-se aí a possibilidade dela ser estimulada inconscientemente.

Todas as possibilidades estão em aberto, para a saúde e para a doença, para o vício ou não, para a pobreza ou riqueza, e assim por diante. Existem Arquétipos para todos os tipos de sentimentos, bastando apenas saber qual utilizar para a obtenção dos resultados desejados. Quando se define o logotipo de uma empresa estamos fazendo algo fundamental para o sucesso ou não do empreendimento. O uso de um logotipo mal definido vai causar muitos problemas e prejuízos à empresa e talvez provocar a sua falência. Muitas vezes estas questões não são devidamente analisadas por quem decide isto. Inúmeros alunos descrevem situações em que após ouvirem uma palestra minha, a empresa trocou o símbolo e passou a crescer imediatamente.

Garanto que vocês já viram muitas vezes empresas gigantescas trocarem de logotipo, cores, slogans sem uma razão aparente e com uma  freqüência, que mostra a tentativa e erro na definição dos símbolos da empresa; isto quando já não é tarde demais. Nunca será demais repetir que símbolos e Arquétipos são extremamente poderosos na definição e indução de sentimentos e comportamentos. Veja o que vale uma marca. Existem várias marcas que valem bilhões de dólares; Para quem não conhece o assunto, não estamos falando da empresa e sim somente da marca. Quanto custa para a empresa colocar uma placa em volta do campo de futebol numa Copa do Mundo? Elas são vistas numa final por três bilhões de pessoas. Quando custou por pessoa? É um bom investimento se for um Arquétipo definido corretamente e um péssimo caso contrário. Vocês sabiam que quando acontece um gol, às vezes os jogadores correm comemorando e passam por onze placas diferentes? Imagine que a sensação do gol está sendo associada com as marcas que os telespectadores estão vendo. A mesma coisa acontece quando um determinado símbolo é projetado na tela quando acontece um gol. Existem inúmeras possibilidades neste campo.Considere-se o uso que se faz dos Arquétipos como decoração de ambientes e poderá se avaliar a personalidade de quem usa essa simbologia.

As pessoas não percebem que os Arquétipos influenciam decisivamente as suas emoções, conservando em casa estímulos fraquíssimos, que afetam profundamente as suas vidas em todas as áreas. Você pode conhecer a pessoa pela decoração da casa ou da empresa. Vejam as camisetas que as pessoas usam.

Atente-se que o efeito dos Arquétipos é intensificado pela repetição, quanto mais se estimula, mais efeito faz. Antes de vermos alguns dos significados dos Arquétipos vamos verificar como o povo os usa nas suas conversas normais. Aqui veremos que as pessoas intuitivamente sabem do significado deles (já que estão armazenados no inconsciente pessoal e coletivo). Sabe-se que uma imagem vale mais do que mil palavras, portanto fica muito mais barato usar um Arquétipo como exemplo, do que explicar detalhadamente.

Visão pessoal….

As metáforas e arquétipos são a melhor forma de passar um conhecimento para alguém e por isso são usadas desde tempos imemoriais. Exemplos: A vaca foi pro brejo (o time está perdendo). A bola está na zona do agrião (usado no futebol). Eu vi um gato (um rapaz bonito). Uma gata (moça bonita). Cada macaco no seu galho/ Ele caiu como um pato (otário)/ Ele é uma raposa (esperto)./Ele é um banana (que passam para trás)/. Ele é um rato (um ladrão)./Ela parece um elefante (gorda)/ Rápido como um cavalo de corrida./Olhos de águia (vê as oportunidades)/ Firme como uma rocha./Tirar o chapéu (reconhecer o valor de outro)/ Isto sem citar o uso dos arquétipos com conotações agressivas, obscenas, etc.Os Arquétipos devem ser classificados pelos resultados que propiciam. Veja Jung, já citado anteriormente. Em relação ao lado positivo temos: crescimento, desenvolvimento, poder, autoestima, realização, dinheiro, prosperidade, emprego, saúde, união, felicidade, prazer, etc. Quanto ao lado negativo temos: doença, depressão, melancolia, tristeza, depressão do sistema imunológico, pobreza, desemprego, suicídio, morte, separação, auto sabotagem, etc.Vejamos, se prestarmos atenção podemos compreender como é que criamos a nossa própria realidade. Como re-criamos as mesmas histórias;Como sabotamos a nossa própria vida.;Como fazemos escolhas baseadas em uma crença errônea de que não somos dignos, que não somos merecedores, que não temos valor.O modo como criamos a nossa realidade é através de nossas crenças sobre quem somos e sobre a realidade. Isto é o que cria a nossa realidade percebida; podemos dizer que os nossos pensamentos, idéias e crenças são como a casa em que vivemos e que tudo ocorre dentro desta estrutura de idéias, de crenças e de pensamentos.Nossa estrutura, tanto a material como a não- física, é criada da energia e a energia é consciência. Assim ,somos um corpo de consciência. Esta energia de que somos compostos é eletromagnética, em natureza e somos realmente grandes magnetos, grandes ímãs.Agora, o universo nos dá 100% de apôio,com as novas descobertas e os novos métodos e poderosos como somos; assim seja o que for que acreditemos, acontecerá. Isto é o que percebemos como realidade. Não se trata de realidade no sentido mais amplo, mas o que percebemos, é a nossa realidade. Quando mudarmos a percepção, mudaremos também a nossa realidade. É assim que funciona. O outro componente muito poderoso para criar a nossa realidade é a emoção (e-moção/e-motion), energia em movimento. Nós podemos dizer que a emoção se liga às idéias, aos pensamentos e crenças, e o universo as supre. Semelhante atrai semelhante de/em todos os sentidos, não sómente as manifestações físicas em nossa vida, mas também as nossas experiências emocionais.A maior parte de nós vem de um espaço de carência na vida. Nunca há o suficiente, seja o amor ou o dinheiro, um novo emprego, mais diversão, uma nova casa. Quando não conseguimos, não considerando as nossas idéias e crenças sobre quem somos realmente e o que merecemos, ficamos focados no que não tems (ISSO É CARÊNCIA) e isto é o que criamos. Esta é a freqüência de nossa criação. A Ressonância Harmônica vem para quebrar este paradigma antigo e nos colocar no patamar de co-criadores, que é o que nos somos, mas esquecemos por uma série de razões que estamos agora tendo de administrar e reverter o processo, para nos despir destas idéias errôneas e vestir outra roupagem com outro foco.Continuaremos no próximo post.

Inspiração….

LIVROS DO PROF. HÉLIO COUTO-AQUI
ARTIGOS DO PROF HÉLIO COUTO;AQUI

Monicavox

Recomendo….

 

A METÁFORA DA LUZ-Ressonância Harmônica

Resultado de imagem para imagens de livros do helio coutoNormalmente, quando uma pessoa quer ter luz numa sala, não precisa fazer um curso de engenharia eletrônica, nem de engenharia elétrica para ter acesso à luz. Basta que vá até o interruptor e aperte um simples botão. E terá luz. Quando se compra um carro, ninguém discute a qualidade do aço do câmbio, nem faz curso de metalurgia ou engenharia automobilística para usá-lo. Mesmo quando há uma mudança gigantesca de paradigma, como aconteceu com o surgimento dos primeiros televisores (eu vivenciei isso), ninguém fez curso de eletrônica para assistir televisão. Por incrível que pareça, todo o planeta usa telefones celulares sem nenhuma pergunta sobre como ele funciona. Acontece que, no caso da Ressonância Harmônica, inúmeras pessoas questionam como pode funcionar. Para entenderem, seria necessário lerem e estudarem mecânica quântica até um ponto em que só faltaria freqüentar uma faculdade para tirar um diploma de físico; Isso mostra que existe algo muito especial na mecânica quântica. O acontece com ela não acontece com nenhum outro conhecimento. E isso prova que esse conhecimento é o mais poderoso que existe. Essa é a razão de tanta resistência. E prova mais uma vez até que ponto as pessoas se sabotam.

Engenharia da Informação Humana Acesso e Transferência de Informação

1-Tudo que existe tem fundamento atômico.

2-Tudo que existe tem um campo eletromagnético.

3-Todo campo eletromagnético tem uma In-formação intrínseca.  

4-Tudo que existe emana de Tudo que existe emana de um Campo Escalar.

5-Tudo que existe é uma onda. Quando os picos de duas ondas se chocam cria-se uma interferência construtiva.

6-Tudo que existe vibra em determinada freqüência.

7-Tudo é Energia e In-formação.

8-Toda In-formação existe para sempre.

9-Toda In-formação pode ser acessada independentemente da dimensão em que esteja não importa se a In-formação é Local ou Não-Local.

10-Toda In-formação pode ser transferida personalizadamente.

11-Toda In-formação pode ser transferida à distância.

12-Toda In-formação pode ser usada independentemente do Tempo. Existe uma Onda de Possibilidade. A Onda de Possibilidade transforma-se em Onda de Probabilidade. Existem Infinitas Possibilidades.

A primeira coisa que uma pessoa teria de aprender é que existe o átomo e como ele se comporta. A maioria dos seres humanos não sabe que existe o átomo. Ele é a substância da realidade. O fundamento de tudo o que existe. As leis que regem o átomo regem todo o resto. Sem entender isso, como entender todo o resto? Como responder as seguintes questões: Quem sou? Onde estou? O que estou fazendo aqui? De onde eu vim? Para onde vou? Por que sou assim? Como funciona o mundo? Quais minhas limitações?São realmente limitações? Podem ser mudadas? Onde posso chegar?

Para poder entender esse método é preciso ter uma visão quântica da realidade. Isto é, de como realmente é o Universo e de como ele funciona. Isso significa trocar o paradigma totalmente. Não é uma pequena alteração na visão de mundo. É uma mudança total, pois de uma visão de partícula, passamos para uma visão de partícula e onda ao mesmo tempo. Nós é que escolhemos com que lado da realidade vamos trabalhar. E isso traz consequências de toda ordem. Se escolhermos o lado partícula (massa ou matéria), limitamos extremamente nossas possibilidades. Ao contrário das infinitas possibilidades da Onda.

É o que a humanidade vem fazendo há milênios. Age como se só houvesse a partícula e usa a onda somente quando lhe interessa, como no caso da eletrônica e suas aplicações tecnológicas. No resto, todo o paradigma existente é voltado para a matéria, para a massa, para o materialismo enfim, onde tudo esta separado, e não existe uma unidade fundamental no Universo. Daí vem todos os problemas atuais, como os econômicos, sociais, políticos, educacionais, etc. Tudo está contaminado pela visão materialista de que tudo é partícula.

Age-se como se não houvesse a onda, mas usam celulares, televisões, rádios, bilhete único do metro, passe livre no pedágio, GPS, telescópios, mísseis e toda a parafernália eletrônica que aparece a cada dia. Usa-se tudo isso com a maior tranqüilidade, esquecendo-se qual é o fundamento que faz tudo isso funcionar. A Onda. Acontece que a Onda é o fundamento de tudo o que existe, a realidade última. A massa como conhecemos é, simplesmente, uma diminuição de frequência dessa onda, para que possamos tratá-la também como partícula. Dessa forma, um oceano primordial de energia infinita, como o Vácuo Quântico gera o que se convencionou chamar de massa ou matéria. Assim são criados os quarks, prótons, átomos, moléculas, células, órgãos e seres. 

Portanto, tudo é formado por uma Onda que vibra de diferentes formas. Além do mais, tudo isso é In-formação ao mesmo tempo em que é Energia. Toda Energia é Informação. E como nada é fixo, pois tudo vem desta Onda, dependendo de como ela vibra a massa é formada e todas as possibilidades de manifestação estão em aberto. Assim, podemos ter os Elementos da Tabela Periódica da Química, a Eletrônica e etc. Quando se começa a usar o estado de Onda? Nós daremos o primeiro passo aqui e vocês verão como as Infinitas Possibilidades estão em aberto.

ENERGIA/INFORMAÇÃO

Quando se fala em Infinitas Possibilidades em Mecânica Quântica, significa que se o Universo e a Realidade são formados puramente por energia/informação e esta energia se manifesta tanto como onda como partícula; é possível criar qualquer realidade material a partir de um “oceano de energia potencial infinita”. Isto é, o Vácuo Quântico, de onde tudo emerge. Emergir é só uma forma de expressão porque, na verdade, o Vácuo se organiza em múltiplos níveis, como sistemas dentro de sistemas. Como se fosse uma boneca russa, uma boneca menor dentro de outra, repetidas vezes. É daí que surge a primeira manifestação da matéria ou massa. Seja através do bóson de Higgs ou de Supercordas, de fato, o que importa é que uma onda de energia também pode ser tratada e manipulada como partículas, átomos, moléculas, células, órgãos, seres e assim por diante.

Esta realidade tem profundas implicações, porque tudo pode ser tratado como partícula ou como onda, ou seja, como massa ou como energia. Todos que já viram um filme mostrando uma explosão atômica, como a que aconteceu em Hiroshima em 1945, tem de acreditar que massa é energia, como prova a famosa fórmula de Einstein. Porém, também existe outra forma de usar uma das quatro forças fundamentais da natureza, o eletromagnetismo. (as outras três são a Força Forte, a Fraca e a Gravidade). Massa é energia e pode ser usada em qualquer destes dois estados. No entanto, quando se fala de eletromagnetismo estamos falando de energia e In-formação. Tudo é energia e In-formação. Portanto, podemos tratar toda partícula como onda ou como In-formação.

Existe uma In-formação intrínseca dentro da onda eletromagnética de qualquer coisa. Essa in-formação nunca é perdida e permanece para sempre. Devemos sempre lembrar que toda nossa percepção seja visual, auditiva, tátil ou olfativa envolve a captação e processamento de ondas eletromagnéticas. 

Isto significa que já usamos naturalmente a onda como In-formação também. Só que não em todo seu potencial. Tudo vibra em uma frequência que pode ser medida em Hertz. Podemos incorporar a in-formação de qualquer coisa através da interferência construtiva de duas ondas, a nossa e a da informação que nos chega. Desta maneira, assimilamos a Informação e o conhecimento. A melhor maneira de apreender um conhecimento é vivenciá-lo. Senão torna-se muito intelectual e abstrato. Quando usamos a In-formação temos certeza de que o Universo é dessa forma. Como consequência, todas as portas se abrem e as infinitas possibilidades tornam-se reais para nós.

Pois uma descoberta leva à outra e assim por diante. Nesse caminho, é preciso ir deixando de lado tudo que se mostra ultrapassado ou que não descreve mais a realidade.

Segundo o professor Hélio Couto;

“Foi assim que acabei descobrindo que tudo que existe é In-formação. Minha pesquisa prática de mais de quinze anos, testando todo tipo de frequências, me fez compreender como funciona o Universo e acessar as In-formações. Na Física encontrei as respostas de como é possível fazer tudo que se quer com In-formação. Durante esses quinze anos, isso foi feito dia e noite; todos os dias do ano, incessantemente. Pensando e testando. É assim que se descobre como funcionam as coisas. Ciência pura é algo que não tem limites de forma alguma. É preciso aceitar os fatos que vamos descobrindo e mudar as teorias que já não funcionam em relação aos novos dados. Quem deve decidir os rumos da pesquisa são os resultados alcançados. Devese querer saber a verdade, custe o que custar, ou não é  É preciso pagar o preço da descoberta, do aventurar-se no desconhecido, de rever e abandonar, às vezes, tudo que se acreditava. É preciso soltar a bagagem no meio do caminho e estar aberto a todas as infinitas possibilidades. Quando uma pessoa se apega a um determinado paradigma, sua pesquisa fica comprometida, porque é preciso aceitar os dados encontrados, não importa quanto eles estejam fora do paradigma existente. Por exemplo, no momento é muito difícil para alguns aceitar as outras dimensões da Teoria das Super Cordas. Alguns anos atrás, poucos aceitavam a Mecânica Quântica e hoje todos usam os produtos desenvolvidos a partir da sua descoberta. Portanto, em ciência, falar que é impossível é prematuro. Toda teoria é aprimorada sempre; todos os dias são descobertos dados que mudam a visão que era tida como certa até aquele momento. Em virtude disto, é preciso experimentar e vivenciar para saber se é possível ou não.”

ABRINDO AS PORTAS DA PERCEPÇÃO DA REALIDADE


Todos os seres biológicos estão limitados normalmente a só perceber um pequeno espectro eletromagnético da realidade. Nós, humanos, ouvimos numa faixa de 20 a 20 mil Hertz. Um cachorro ouve mais que isso. Existem animais que não vêem as cores que nós vemos e assim por diante. É um parâmetro. Uma limitação codificada no nosso DNA. Desta forma o cérebro atua como um filtro ou redutor das ondas e freqüências que nos chegam. Deixando-nos perceber apenas uma pequena fração da realidade que nos cerca. 

Isso cria uma série de problemas para a compreensão da realidade. Ficamos presos numa caixa de percepção e achamos que é só isso que existe. Quando temos acesso a outras In-formações da realidade esse véu naturalmente se esvai, pouco a pouco, e passamos a ter acesso a novas camadas ou dimensões da realidade. Essa é uma vantagem extrema em todos os sentidos. Porque, quanto maior a nossa visão do todo, mais eficientes, saudáveis, amorosos, conscientes e felizes somos. É por esta razão que quem usa a Ressonância expande sua visão de mundo sem cessar,até um ponto em que é feliz por si só.

 

O Universo e tudo o que existe tem um fundamento atômico.

Isto é, toda a realidade, nossos corpos, o ar que respiramos, as outras pessoas, o planeta, o sistema solar, a 18 galáxia, as outras dimensões, etc., tudo é formado por átomos. E diferentes formas de átomos, de moléculas, variando a distância entre os componentes do átomo e sua freqüência, composição, etc. Isso forma o tecido do continuum espaço/tempo e outras dimensões da realidade. O Espaço Calabi/Yau dá uma ideia de como é construído esse tecido. Também existe a Energia Escura e a Matéria Escura, mas não nos interessam no momento para estas aplicações. Uma excelente descrição do mundo atômico é encontrada no livro “A Dança do Cosmos”, de Felix Weber. O importante é a pessoa entender o conceito do átomo e a descrição feita pela física quântica.

Quando aprofundamos a observação sobre o organismo de uma pessoa, vemos os órgãos, as células, depois as moléculas, os átomos, depois as partículas quânticas, supercordas e, por último, o Hipercampo Escalar ou Vácuo Quântico ou Singularidade ou Campo de Torção ou Campo Unificado.

Para facilitar nosso entendimento devemos, por enquanto, ficar no nível dos átomos e subpartículas, como quarks e léptons. Os átomos são formados por prótons, nêutrons e elétrons, que se combinam de algumas formas específicas formando os Elementos Químicos, que estão listados na Tabela Periódica dos Elementos da Química. Manipulando-se os átomos temos todos os produtos químicos e manipulando-se o campo quântico temos toda a eletrônica.

DUALIDADE PARTÍCULA-ONDA

Uma coisa muito importante que devemos entender é a dualidade partícula-onda, já que a energia se comporta com onda e partícula ao mesmo tempo. Da mesma forma podemos escolher entre energia, matéria ou informação. Sobre vibração , o excelente livro de Itzhak Bentov “À Espreita do Pêndulo Cósmico”. O Universo é um sistema aberto porque, nele, tudo vibra; nada é estático. Desde as cordas até o Universo inteiro, tudo emite uma vibração numa determinada frequência.

Tudo está organizado em sistemas dentro de sistemas. Desde o nível mais fundamental, o que existe é uma energia que vibra. À medida que decresce a vibração, temos novos níveis de 19 organização; podemos utilizá-los e interagir com eles. Por exemplo: os prótons, nêutrons e elétrons são formados por outras subpartículas, tais como os quarks e léptons e muitas outras existem. Estas subpartículas também estão vibrando e se transformando o tempo todo. Desta forma podemos trabalhar com o nível dos átomos como faz a química e podemos trabalhar no nível quântico como faz a eletrônica. Unindo-se os átomos temos as moléculas e depois as células e depois os órgãos e depois os seres.

Manipulação e alteração do DNA

Trabalhando-se com as células temos a genética e a biologia e podemos manipular isso de inúmeras formas quando se entende o DNA, como aconteceu recentemente e começa-se a patentear formas de vida. Como o DNA é um código ele também é aberto e todas as formas de vida e suas características podem ser manipuladas e alteradas.

 Desta forma, a vida biológica também é um sistema aberto. Podemos perceber que não existem limites em nenhum sentido, nem no mundo micro nem no macro. Uma vez que podemos manipular as energias primordiais ou o microcosmo, podemos alterar ou criar qualquer coisa desde que entendamos as leis que regem isso tudo.

Até momento, a Física identificou quatro forças fundamentais: O Eletromagnetismo, A Força Nuclear Forte, A Força Nuclear Fraca e a Gravidade. Quando se entender a interação entre todas essas forças teremos dado um grande passo para entender tudo(veja o livro “A Face oculta da natureza”, de Anton Zeilinger).É um fato que ondas eletromagnéticas transportam energia e In-formação. Por exemplo, televisão, rádio, celulares, bilhete único do metrô, passe livre no pedágio, GPS, internet sem fio, etc. Portanto, tudo que existe no Universo é energia e In-formação.

Tudo está codificado e armazenado de uma forma ou de outra. Por exemplo: as ondas de propagação das transmissões de rádio feitas durante a Segunda Guerra Mundial ainda não ultrapassaram os limites do Sistema Solar. Uma transmissão de Marte para a Terra leva dez minutos. Isto nos leva a concluir que, para nós, a transmissão da Segunda Guerra é passado, mas para quem está exatamente no local da onda ,no momento, é o presente e para quem está fora do Sistema Solar é futuro. Tudo depende da Relatividade do Espaço/Tempo. É apenas uma questão de referência local/tempo. O que nos interessa, no momento, é o que se pode fazer com ondas eletromagnéticas e escalares. A aplicação prática dessas ondas é praticamente infinita e inicia um potencial infinito de progresso e evolução para qualquer pessoa. Isso está à disposição de todo mundo, porque o Universo é um sistema aberto que responde à nossa intenção.

O importante é entender certos conceitos para se obter os benefícios destas descobertas. Como esse assunto está na fronteira do conhecimento, é necessário um pouco de explicação, para que as pessoas percebam que é viável o que é explicado aqui. Da mesma maneira que um programa de televisão, de rádio ou celular é transmitido por ondas, isto é, as ondas portam a Informação que se codificou e se enviou através delas; é possível uma onda portar qualquer tipo de conteúdo, de conhecimento, de In-formação, em última instância. Uma excelente discussão sobre a informação está no livro “A Natureza do Espaço e do Tempo”, de Stephen Hawking e Roger Penrose.

Quando se entende isso inúmeras possibilidades se abrem. Um programa de televisão nada mais é que ondas eletromagnéticas transmitidas com uma informação codificada e que é decodificada pelo nosso televisor. Além disto, nós somos “banhados” o tempo todo pelas ondas da televisão, do rádio, celulares, GPS, etc. Estamos imersos num enorme oceano eletromagnético. Uma onda pode portar um curso de português, de matemática, de vendas, o Arquétipo de um jogador de futebol, de guitarrista, de cantor, de vendedor, um livro, um filme, um pensamento, uma emoção, uma consciência, um evento histórico, enfim de qualquer coisa, porque tudo é onda e informação.

Quando duas ondas se chocam em seus picos ocorre o que se chama de interferência construtiva; somam-se os efeitos ou amplitude de onda. A revista Scientific American trouxe recentemente uma matéria sobre os quatro espelhos dos telescópios da ESO no Chile. Quando se faz uma interferometria das quatro ondas dos espelhos de 10 metros cada um, tem-se um 21 resultado como se fosse um espelho de 200 metros. Isso é um exemplo de interferência construtiva. Podemos usar as ondas para transportar qualquer Informação que desejemos.

No nosso caso, usamos como ferramenta para a educação, negócios, esportes, música, etc. A Informação pode ser acessada e transferida personalizadamente. Essa é a grande vantagem. Que a informação pode ser transmitida à distância é algo que já está mais do que provado, tanto pelo uso diário das telecomunicações como pela mecânica quântica, com a comunicação entre duas partículas emaranhadas. Não importa a distância em que elas estejam, quando uma delas sofre uma alteração a outra imediatamente também se altera. E isso acontece de forma mais veloz que a luz. Portanto, existe uma comunicação não-local entre elas, como dizem os físicos e não-local é uma forma de dizer que não é deste Universo ou dimensão. É possível usar qualquer conhecimento e transmiti-lo porque tudo basicamente é eletromagnético e/ou escalar. Portanto, toda informação seja ela de que forma for, mental, emocional, espiritual, etc., pode ser transferida. Tudo que existe é pura energia. Se é energia, é informação. E não importa em que dimensão, brana ou tempo está. Cada informação que recebemos de um Arquétipo cria um novo Túnel de Realidade, que provoca um salto quântico em nosso eu e isso altera o mundo ao nosso redor. Nós mudamos a nossa realidade quando mudamos de Arquétipo(vejam uma descrição elaborada em “Psicologia Quântica”, de Robert Anton Wilson).

A prova da Transferência de Informação à Distância

A mudança que ocorre depois que recebemos as freqüências com as informações que pedimos prova, cabalmente, que a realidade se comporta como é descrita aqui. Não pode haver efeito sem causa. As transformações são profundas em todos os sentidos e áreas de atuação humana. Elas acontecem no mais profundo nível e de forma permanente. E isso pode ser repetido ad infinitum.

Repetindo: Tudo é In-formação. Tudo que existe, todos os sentimentos, todos os pensamentos, todas as coisas, todas as dimensões, todos os comportamentos, toda a consciência, enfim, tudo. Mudando-se a In-formação muda-se o resultado. Finalmente, a solução de todos os problemas está ao nosso alcance. Todas as portas estão abertas. E consegue-se isso tratando tudo como onda. O Universo inteiro é uma onda. Sem limites, sem fronteiras, sem tempo.

PESQUISAS E EXPERIMENTOS

Campos eletromagnéticos portadores de informação

Em 1908 o físico Joseph John Thompson, prêmio Nobel de Física de 1906, especulou num discurso perante assembléia da Sociedade Britânica para o Progresso da Ciência, sobre a possibilidade de que campos eletromagnéticos fossem portadores de In-formações entre pessoas.

Pressentimento

Um teste realizado com minhocas mostrou que elas tiveram um resultado consistente com os resultados humanos. Este teste foi realizado para testar a hipótese do anestesista Stuart Hameroff, da Universidade do Arizona e do matemático Sir Roger Penrose, da Universidade de Cambridge.

Mente Holográfica

Karl H. Pribam, professor emérito de psicologia e psiquiatria na Universidade de Stanford, desenvolveu um trabalho sobre a natureza holográfica da realidade. Desenhou um modelo de como as memórias ficam armazenadas no cérebro.

Emaranhamento quântico

Esse experimento mostra que quando se correlaciona duas partículas, os spin (momento angular) das duas ficam emaranhados mesmo quando são disparadas em direções opostas, não importa a distância entre elas. Elas continuam em comunicação entre si, pois quando se muda o spin de uma o outro se ajusta imediatamente, mais veloz que a velocidade da luz. Isso significa uma comunicação não-local, na terminologia dos físicos.

Superposição

Como o elétron está em todos os estados possíveis no experimento da dupla fenda; pois passa só por uma, pelas duas, retroage no tempo no experimento de tempo retardado (onde a fenda é aberta ou fechada depois que ele já passou e ele se comporta como se já soubesse o que iria acontecer), significa que há uma superposição do elétron, estando ele em todas as posições ao mesmo tempo.

Efeito Zenão-quântico

Testado em laboratório, esse efeito mostra que o ato de observar sem interrupção um átomo, faz com que ele fique nesse estado para sempre. Não há transições para outros estados. O observador congela a realidade e impede as transformações que poderiam ocorrer. E como emitimos uma determinada freqüência 27 se a mantivermos assim o resultado não mudará. Isso explica a questão de colocar o foco onde se quer resultados. Quando se deseja algo material, como casa, carro, apartamento, viagem, etc., deve-se apenas desejar e sentir que já se conseguiu a coisa(por ex; Acreditar que o carro já está na garagem, que o apartamento já foi adquirido). Depois solte, deixe que o Universo manifeste na forma de matéria ou massa, aquilo que você já criou na forma de onda. Não gere ou produza o efeito Zenão, senão você “congela” o que desejou e aquilo não acontece. 

Teoria Observacional

Essa teoria diz que o ato de observar um evento quântico altera o resultado probabilístico. Foi feito um teste gravando bits aleatórios por computador num arquivo magnético, sendo que 50% eram zeros e 50% eram uns. Depois que os bits já estavam registrados é que era feita a escolha retardada e foi um sucesso. A escolha após a gravação afetou a quantidade de zeros e uns gravados anteriormente. .

Experimento com hemácias

Esse experimento foi feito pelo Dr. William Braud, citado no livro “O coração da mente”, de Russel Targ. As células sanguíneas eram colocadas num ambiente hostil onde morreriam senão houvesse alguma intervenção. As pessoas deveriam focalizar sua atenção em algumas delas e procurar que vivessem o máximo possível. Os resultados mostraram que o fato de focalizar a atenção aumentou o tempo de vida das hemácias. 

Experimento com ratos anestesiados

Os pesquisadores Anita e Graham Watkins pesquisaram como a focalização da intenção de acordar os ratos poderia influir sobre os ratos anestesiados para acordarem mais cedo. Os resultados foram também significativos, mostrando que a intenção de acordar os ratos fez efeito sobre eles.

Informação não se perde

Segundo a Mecânica Quântica os estados quânticos evoluem de uma maneira que nenhuma informação poderia se perder. Em princípio, a informação permanece na espiral de fumaça de uma biblioteca ou livro queimado. Veja Scientific American de novembro de 2009, “Estrelas negras não buracos”.

O Universo como um gigantesco holograma

Os físicos Leonard Susskind e James Lindsay no livro “The Holographic Universe” propõem que ondas quânticas microscópicas poderiam conter toda a informação do Universo. Isso leva ao seguinte raciocínio: todos os pensamentos e sentimentos são ondas quânticas e já estão gravados para sempre; não importando o passado, presente ou futuro ou as diversas dimensões da realidade.Essas dimensões são constituídas de “grânulos” do tecido espaço/tempo. No espaço de Planck. São dodecaedros que formam o tecido e que podem variar de formato de inúmeras formas. Como cada forma emite uma freqüência podemos ter infinitas dimensões de acordo com o formato de cada “grânulo”.

O Todo e a Parte In-formada

O Todo tem o Potencial Infinito de In-formação e Possibilidades. Para que essas possibilidades possam se manifestar é preciso que as partes tenham livre-arbítrio relativo. Cada Parte tem uma parte da In-formação total. Quanto mais as Partes tiverem in-formação, mais elas estão perto do Todo. Até um ponto em que não há mais diferenciação entre Um e Outro. Neste ponto eles são Um. Eles compartem a mesma e toda In-formação. É por isso que evoluímos. Para acrescentar informação a nós e, gradativamente, entrarmos em fase com o Todo. A Ressonância Harmônica permite acelerar esse processo de maneira exponencial.

Microfone Quântico

A revista Scientific American de julho de 2010 trás uma matéria sobre um objeto visível a olho nu e com tanta “estranheza quântica” quanto um átomo. Esse objeto é formado por 10 trilhões de átomos e é um ressonador quântico. Ele permite captar a vibração de quanta individuais, como o que acontece com as moléculas durante uma reação química. O físico Wojciech Zurek, do Laboratório Nacional de Los Alamos, disse: ”Confirma aquilo em que muitos de nós acreditamos, mas alguns continuam a não aceitar – que nosso Universo é essencialmente quântico”.

Principio da Incerteza

Foi o físico Werner Heisenberg, ganhador do Nobel, que definiu esse princípio fundamental da mecânica quântica. Não podemos saber a posição e o momentum da partícula ao mesmo tempo. Ou sabemos um ou outro. Isto faz com que a Incerteza seja a natureza do Universo. Não-Localidade Alain Aspect executou um experimento que mostra a conexão entre dois objetos sem troca de sinal entre eles. Eles estão correlacionados não-localmente. Duas partículas correlacionadas mudam de estado simultaneamente, com troca de estado dos seus spins de maneira mais veloz que a velocidade da luz. (veja página 149 do livro “O Universo Autoconsciente”, de Amit Goswami). 

Condensado de Bose-Einstein

O Dr. Jeffrey Satinover, relata no seu livro “A verdade por trás do Código da Bíblia”, que dois átomos podem de fato coexistir no mesmo lugar. Cita um condensado de 16 milhões de átomos, grande o suficiente para ser visto a olho nu e fotografado.O Princípio da Inseparabilidade do Quantum, descrê a impossibilidade da separação do observador e o observado. Descrito pelo Dr. Nick Herbert.

Salto Quântico ou Tunelamento Quântico

É o que acontece quando um objeto quântico desaparece de um lugar e aparece simultaneamente em outro sem passar pelo espaço entre eles (Página 28 de “O Universo Autoconsciente”, 31 Amit Goswami e página 188 de “O Cérebro Quântico” de Jeffrey Satinover). Para citar como exemplo prático, isso é o que acontece com a energia que sai da tomada quem temos em nossa residência. Quando ligamos qualquer eletrodoméstico na tomada, a energia salta dela e aparece (entra) no plug do eletrodoméstico que está conectado.

Informação através de laser

Para ter uma idéia de como a In-formação pode ser usada para os mais diversos fins, já é possível recebê-la através de vários meios.  Apenas um laser passando por uma amostra da substância e a partir daí já está portando a Informação da substância, que, em seguida, atinge qualquer parte do nosso corpo. Um processo que terá larga aplicação no futuro.

Teleportação Quântica

Esse experimento foi realizado pela primeira vez em 1997 pelos físicos Anton Zeilinger e A. Francesco De Martini(veja descrição em “O tecido do cosmo” de Brian Greene, página 509). Quando duas partículas estão emaranhadas a mudança de spin em uma afeta o spin da outra instantaneamente; isto é, mais rápido que a velocidade da luz. Os físicos chamam isso de comunicação não-local. É assim que uma informação é transmitida instantaneamente para o Universo inteiro.

O efeito DNA-(esses experimentos foram relatados no livro “A Matriz Divina” de Gregg Braden-. Foram realizados por Vladimir Poponin e Peter Gariaev, na Rússia.)

Na presença de DNA humano os fótons se organizaram de maneira diferente do que quando estavam sem esse material. A presença do DNA afetou os fótons. Quando o DNA foi retirado do tubo os fótons continuaram ordenados. Mostrando que restou um campo atuando nos fótons. Em outro experimento uma amostra de DNA de uma pessoa foi retirada e colocada distante desta pessoa. O DNA foi medido eletricamente para saber se continuava conectado com a pessoa à distância. Quando a pessoa tinha emoções dezenas de metros distante da amostra, esta mostrava uma poderosa resposta elétrica. Significando que continuava ligada à pessoa. Outro experimento foi feito por Glen Rein e Rollin McCraty do Institute HeartMath. Usaram amostras de DNA distantes da pessoa que doou. As emoções destas pessoas afetaram as amostras dentro do tudo de ensaio. As moléculas de DNA se enrolaram e se desenrolaram; apenas com o despertar de emoções nas pessoas.

O futuro afeta o passado-(essa experiência foi citada no livro “O coração da mente” de Russel Targ e Dra. Jane Katra.)

Foi realizada por Helmut Schmidt no Mind Science Foundation no Texas. Uma pessoa pode afetar a perfuração de fita de papel feita no passado, com um gerador de números aleatórios, zeros e uns. Como ninguém viu o resultado antes, isto é, não foi observado; houve uma alteração no resultado que teria de ser de 50% para zeros e uns. A única explicação é que a pessoa voltou no passado na hora da perfuração da fita e a afetou na hora da perfuração. Até a taxa de respiração de uma pessoa antes registrada, mas não observada, foi alterada pela atividade mental de uma pessoa depois de ser registrada.

Resultado de imagem para imagens de livros do helio coutoVisão pessoal…

Existem inteligências dirigindo a evolução em todo o universo.Será que é tão difícil aceitar que no nível mais profundo da realidade existe uma única energia, da qual tudo emanou? E que esta energia é consciente, inteligente e amorosa?Nada pode surgir do nada. Isto é absolutamente lógico. Para existir um universo material como o que habitamos é preciso que os átomos surjam de alguma forma. E já foi descoberto de que forma eles se formam. E eles são energia condensada. Que percebemos como matéria ou massa. Essa energia primordial é que forma tudo o que existe. Não há nada de abstrato nesta explicação. É absolutamente concreto e lógico. E já explicado pela ciência. A questão é a Realidade Última. De onde vem tudo. O que é esta energia de onde tudo surge? Falando em outros termos essa energia “cria” tudo o que existe. Ela simplesmente transforma energia pura em massa (átomos). E faz isso de forma consciente, já que existe uma extrema organização no universo. Com leis matemáticas, físicas, químicas, etc. Leis físicas não surgem por acaso. E também tem as constantes cósmicas. São fruto de uma inteligência que administra tudo isso. E que mantém tudo isso funcionando o tempo todo. Exatamente agora se essa Inteligência parasse de manter o universo (colapso da função de onda), este desapareceria imediatamente.Tudo depende de alguém colapsar uma função de onda para algo passar a existir. Sem isso só existem infinitas possibilidades. Para que vire uma probabilidade alguém tem de colapsar. Exatamente como o carro que a pessoa quer que apareça na garagem da casa dela.Portanto, para fins didáticos damos o nome de O Todo para essa energia de onde tudo emergiu e emerge. Este é o Ser Perfeito que emana tudo.

Inspiração….

LIVROS DO PROF. HÉLIO COUTO-AQUI
ARTIGOS DO PROF HÉLIO COUTO;AQUI

Monicavox

Recomendo….

Resultado de imagem para imagens de livros do helio couto

Resultado de imagem para imagens de livros do helio couto

Resultado de imagem para imagens de livros do helio couto

 

PADRÕES QUÂNTICOS-Mensagem de Kryon, por Lee Carroll

NOTA IMPORTANTE-Para ajudar o leitor, esta mensagem foi re-canalizada [por Lee e Kryon] e complementada, para permitir um entendimento mais claro. Inclusive algumas informações foram incluídas. Geralmente as canalizações ao vivo têm uma energia implícita que carrega um tipo de comunicação que o texto escrito não traz. Então, aproveite esta mensagem aprimorada, transmitida em San Antonio, Texas.
—-…..—==II==—-…..—-
Saudações, queridos, Eu sou Kryon do Serviço Magnético.Este é o momento em que meu parceiro se afasta. Dizemos isto mais uma vez, para que vocês saibam que ele não faz parte da consciência desta mensagem. Canalizar pode parecer algo misterioso e estranho para vocês, pois utiliza o intelecto, a educação, a voz, a maturidade e a sabedoria do Ser Humano, mas a mensagem vem de outro lugar. Meu parceiro chama isto de um fluxo constante de grupos de pensamentos intuitivos. Meu parceiro está aqui, mas não está aqui. Quando digo que ele “se afasta”, é porque ele literalmente abre este recipiente [corpo] e, através da sua pineal e do seu Eu Superior, vem a mensagem que vocês ouvem. Estou lhes contando isto para que saibam não é ele que está falando.

Existe energia ao redor de vocês, assim como há coisas invisíveis à sua volta. Hoje de manhã nós falamos sobre a “Comitiva de Kryon”, e ela ainda está aqui. Ela não é calculável, pois é pura energia. Muito do que vocês vêm, percebem e sentem em torno de si é energia. A energia vem de muitas e muitas formas, e algumas, inclusive, nem são consideradas energia. Para acreditar nesta mensagem sobre energia, geralmente os Seres Humanos precisam quantificá-la e qualificá-la. Vocês querem medir seus atributos vibratórios e algumas vezes não conseguem. A razão disto é que sua Ciência ainda não chegou lá. Isto não é uma crítica à Ciência, mas o simples fato de que há mais a aprender. O som acontece independentemente de haver ouvidos para escutá-lo, e a luz está aí independentemente de haver olhos para vê-la.

AS IDEIAS PRECONCEBIDAS DA CIÊNCIA

Há uma pergunta para Kryon que já me fizeram antes: “O mundo esotérico é algo que algum dia conheceremos melhor através da Ciência?” A resposta é SIM. Neste momento, devido à Terra ainda não ter sido reconhecida pelo que ela é, existem muitas coisas que são separadas e linearizadas e, por isto, não são bem entendidas. Já falamos sobre isto antes – os melhores colégios e universidades do planeta resolveram separar todos os estudos em categorias, tendo em vista a especialização. Mas isto tem um preço.Física, Química, Biologia e Medicina são abordadas como se fossem Ciências independentes. É claro que elas são relacionadas, mas não existe nenhum lugar no campus universitário onde haja um “edifício de integração” para colocá-las todas juntas. Alguns dirão: “É óbvio que tem que ser assim, porque cada uma precisa do seu próprio currículo de estudo. Simplesmente não existe nenhuma forma de juntarmos todas elas, já que precisam ser estudadas de forma independente; há coisas demais para serem aprendidas sobre cada uma delas.”

Deixem que lhes diga algo, queridos Humanos. Na verdade, existe um modo de juntar essas coisas. Vocês simplesmente ainda não pensaram nele e ainda não consideraram a “fase de integração” deste quebra-cabeça. Se conhecessem a profundidade do relacionamento que tudo tem com tudo, entenderiam imediatamente que é necessária uma mudança. Vocês poderiam ter “etapas de integração” ou revisões. Mas até mesmo isto está faltando.

Uma coisa leva a outra e descobertas são feitas. Mas como vocês estudam as propriedades isoladas de cada área da Ciência, as descobertas geralmente beneficiam apenas uma única Ciência. Química leva a mais Química, por exemplo… e somente os químicos são envolvidos. De fato, existem enigmas em cada estudo independente que só podem ser resolvidos pela integração com o estudo de outras Ciências. Mas geralmente eles continuam sendo enigmas, porque ninguém está “olhando ao redor” para as outras áreas de estudo. Vocês sabiam que foi apenas recentemente que a Ciência postulou a ideia de que o campo magnético da Terra é necessário à vida? Eu lhes contei isto em 1993, mas ainda não existe nenhuma Ciência exata que apresente isto, mesmo com todos os seus recursos. A tendência a separar as Ciências tem mantido muitas coisas distantes de vocês. Vocês simplesmente não querem juntar Física com Biologia!

Existem meios de integrar todas elas, especialmente Química e Física. Quando começarem a fazer isto, queridos, serão levados a grandes descobertas, mas isto não acontecerá enquanto elas estiverem separadas. Vocês têm especialistas num campo e especialistas em outros. Às vezes eles se reúnem em festas e só isto. Eles não se reúnem realmente para discutir suas especializações. Como podem separar estas coisas e ser um cientista completo?

Foram necessários mais de 20 anos para se descobrir que mais de 90% do DNA é informação e não química codificada. Durante esse tempo todo isso foi chamado de “sucata”, porque vocês fizeram um diagnóstico errado. Foi preciso que linguistas descobrissem isso! Eles enxergaram padrões de linguagem e não padrões químicos. É isto que acontece quando se tem apenas químicos e biólogos tentando decifrar complexos e desconhecidos enigmas da Química. Suas suposições e idéias preconcebidas os mantiveram afastados desta bela informação durante décadas.

A CHEGADA DA INTEGRAÇÃO DA CIÊNCIA

Então, a primeira previsão que lhes oferecemos é acadêmica. Há uma nova consciência chegando e, com ela, uma nova sabedoria. Haverá certo “bom senso científico” que perceberá o valor incrível de alinhar confluências de estudos que costumavam estar separados. Isto é o melhor que posso lhes oferecer… sem os detalhes. Entretanto, é tão óbvio que precisa ser assim, que chegará um dia em que vocês olharão para trás e dirão: “O que será que estávamos pensando?!” Vocês podem imaginar um mundo em que nenhum alimento fosse misturado com outro para uma refeição, até que, de repente, alguns chefs especializados se unissem e fizessem descobertas importantes na área de alimentação? Ingredientes fáceis de serem cultivados se combinam e criam refeições melhores. Que idéia!Podem imaginar como seria a comunicação se, ao tentarem aprender um idioma, vocês tivessem que frequentar o edifício dos verbos, depois o departamento de adjetivos e, finalmente, o pavilhão dos substantivos?! Ninguém seria capaz de falar o idioma; apenas discutiriam sobre as peças que o “quebra-cabeça” contém. A linguagem da Física será descoberta e lhes trará algumas revelações sobre Biologia, Química e consciência.

A canalização de hoje é sobre a nova consciência que está chegando e como isto mudará tudo. Há algumas coisas que desejamos lhes contar e outras que desejamos discutir com vocês. Amamos conversar sobre o futuro da humanidade e os potenciais que estão diante de vocês.

O VASTO MUNDO INVISÍVEL QUE SE ENCONTRA DIANTE DE VOCÊS

O que sabem sobre coisas invisíveis? Falemos primeiro de coisas invisíveis que não são esotéricas – aquelas que são reais para vocês, mas também invisíveis. Vamos à mais básica das coisas invisíveis. Existem inúmeras energias físicas, intensas e poderosas à sua volta, que interagem com vocês todos os dias, mas que são totalmente invisíveis para vocês como Seres Humanos. Entretanto, vocês as aceitam e trabalham com elas e dizem: “Bem, elas são invisíveis, mas as coisas são simplesmente assim. Isto não me incomoda.”

GRAVIDADE – Todas as pessoas da Terra são afetadas pela gravidade! Mas ela é invisível! Já lhe oferecemos várias canalizações sobre a Física da Gravidade, e lhes dissemos que ela é variável e controlável, e que vocês acabarão descobrindo por quê. Dissemos-lhes que ela não é necessariamente ligada à massa da maneira empírica que vocês pensam. De fato, vocês podem ajustá-la ao valor que desejarem, se conhecerem um pouco mais sobre como alterar a massa dos objetos. É apenas uma questão de tempo e descoberta, e o que se seguirá será muito razoável e cientificamente lógico. Uma coisa leva à outra e à outra e, finalmente, haverá descobertas que lhes permitirão fazer coisas que, no passado, pareciam cientificamente ridículas. Um dia será possível ver e medir a gravidade com instrumentos que vocês ainda não descobriram. Quando conhecerem mais sobre a Física da Gravidade, vocês saberão como enxergá-la em toda sua glória. Isto está chegando!Qualquer tipo de Ciência torna-se mais real para vocês quando vocês conseguem enxergar seus padrões físicos. A propósito, quando finalmente puderem ver os padrões da gravidade, entenderão um pouco mais sobre como alterá-la. Alguns segredos serão revelados nos padrões que vocês não conseguem enxergar neste momento. As coisas quânticas não existem numa forma que vocês possam vê-las do jeito que estão acostumados na terceira dimensão. Serão necessárias descobertas – que estão chegando! – descobertas científicas desenvolvidas com um novo entendimento e uma nova consciência. Esta é apenas uma(1).

OS PRÓXIMOS PADRÕES

Meu parceiro fala constantemente sobre o campo magnético. Vocês sabem que ele existe porque suas bússolas apontam para o topo dele. Alguma coisa está fisicamente aí, mas é invisível. Esta camada de consciência na qual vocês se encontram, e que está intimamente ligada à força vital do planeta, é completa e totalmente invisível. Entretanto, chegará um tempo em que não será mais. Seus olhos não a verão, queridos, mas ela será vista pelos instrumentos que estão para chegar. Já se imaginaram vendo a gravidade? Já se imaginaram vendo o campo magnético? Como serão eles? O que lhes dirão os instrumentos sobre as cores e vibrações? Haverá padrões, ou simplesmente uma massa rodopiante de energia?Deixem-me contar-lhes um segredo que não é segredo para nenhum físico ou biólogo. Tudo tem padrões – tudo. Os fractais estão sempre lá. Do grande ao pequeno, do pequeno ao grande, e as próprias formas dos padrões e desenhos de tudo que vocês veem, são literalmente revelações daquilo que os criou. Isto os levará à etapa seguinte, onde entenderão por que a grade magnética faz o que faz e como ela se alia à Biologia e ao pensamento humano. Vocês serão capazes, inclusive, de sintonizá-la ligeiramente para a saúde! Estas coisas estão todas chegando. Tudo isto será Ciência e não será esotérico, mas conduzirá a belas descobertas esotéricas.

Já lhes dissemos inúmeras vezes que chegará um tempo em que estes instrumentos serão direcionados para o Ser Humano e ocorrerá uma revelação na Ciência. Será revelado claramente que os Seres Humanos possuem uma espécie de aspecto quântico ao redor deles. À medida que os instrumentos se tornarem mais afinados, haverá formas de realmente enxergar e medir os padrões ao redor do Ser Humano. Queridos, esta é a Física Sagrada do Ser Humano – a Merkabah.É bom vocês juntarem logo estas coisas, porque se continuarem dentro das caixas e compartimentos, não receberão respostas. Não entenderão as correlações e confluências e como cada uma trabalha com a outra. Cientistas, está na hora de pensar fora da caixa da especialização! Esta é uma abordagem linear para resolver problemas que são circulares.

AS PREVISÕES DO FUTURO

Prevejo todas estas coisas acima. Posso prevê-las porque os potenciais estão aqui. Potenciais idênticos a estes foram vistos antes, em outras sociedades que chegaram ao ponto em que vocês estão agora, com a Ciência semelhante à que vocês têm. Posso prever isto porque já aconteceu antes, e alguns que estão nesta sala entenderão que “a bola está rolando” . É inevitável. Neste exato momento, existem cientistas que estão tendo insights que levarão a estas mesmas descobertas no futuro. Tudo isto está vindo ao encontro de vocês. Existe uma progressão lógica para o pensamento e a sabedoria. Vocês andam antes de correr e, portanto, posso lhes dizer que estas coisas estão chegando.Deixem-me contar-lhes uma coisa sobre esta sala onde vocês se encontram – não tenham medo! [Kryon fazendo graça]. Sabem que existem coisas invisíveis nesta sala que são perigosas? Sabem que agora mesmo, nesta sala, existem coisas invisíveis movendo-se furtivamente por aqui e que podem levar a doenças, se vocês não tiverem cuidado? Sabiam disto? Elas estão aqui com vocês! Epa!…Mas não tenham medo, porque são apenas germes!Agora, se eu tivesse dito isto há 100 anos atrás, ninguém acreditaria. “Ah, isto não passa de conversa esotérica; tal coisa não pode ser real! ” Muitos dariam gargalhadas diante desta ideia. Mas a sua Ciência tornou isto real para vocês. Quando desenvolveram instrumentos que poderiam ver os minúsculos atributos de vida, todo um mundo novo se abriu. Ele estava escondido, até então, mas de repente a Ciência o tornou real. Estão percebendo onde quero chegar com isto? Queridos, vocês têm a incumbência de chegar a um ponto em que sua Ciência, sua Física e seu Conhecimento comecem a se unir às confluências de uma consciência nova e mais sábia. Vocês terão novas invenções, e estas descortinarão muitas áreas que lhes serão tremendamente úteis.Estas invenções lhes assegurarão toda a água que precisarem para cultivar o que quiserem e para beber, em quase todos os lugares da Terra. O sal dos seus oceanos será facilmente removido com invenções eficientes que usarão o magnetismo. A energia será obtida com mais facilidade e produzida em abundância, com aquecimento gratuito e abundante. O crescimento populacional não será um problema, pois a consciência mais elevada criará a sabedoria para se saber quando ter filhos e se é oportuno tê-los (como os indígenas vêm fazendo há milhares de anos). Um dia vocês olharão para trás e dirão: “Como éramos tolos! Não sabíamos nada de nada; é até espantoso que tenhamos sobrevivido.” Estou lhes contando isto devido ao que está por vir. Isto me leva a falar sobre a consciência Humana.

A CONSCIÊNCIA HUMANA

O que vocês acham que a consciência é? “Bem, Kryon, é o pensamento. É o jeito que as pessoas pensam. Pode-se dizer que consciência é a descrição do paradigma do pensamento.” De fato é! Mas vocês deixaram de lado a avaliação de pensamento superior e inferior. O que aconteceria se vocês desenvolvessem instrumentos que conseguissem realmente ver a consciência? “Kryon, você quer dizer que ela é visível?” Claro, ela é física! O que acontece quando alguém está frustrado e seu computador trava ou uma bateria descarrega? Isto não é uma interação com coisas físicas? Uma descoberta importante, usando satélites meteorológicos, mostrou uma correlação constante entre variações na intensidade do campo magnético e a consciência coletiva de compaixão Humana. Em outras palavras, ao contrário do que supõe o conhecimento predominante, o campo magnético reage a desastres e celebrações mundiais!(2) A consciência está relacionada à Física. Com o equipamento certo, um dia vocês enxergarão os padrões. Isto está chegando.

OS PRÓXIMOS PADRÕES DA HUMANIDADE

Quero lhes revelar algo que nunca revelei antes… como serão os padrões de consciência da Humanidade. Bem, nós estabelecemos a premissa de que a Física Multidimensional tem o potencial de revelar muitos padrões de coisas antes invisíveis. Quase tudo que envolve energia quântica terá padrões para serem vistos. Não é surpresa nenhuma. Como vocês acham que seriam os padrões, se pudessem enxergar a consciência de uma pessoa? Estamos falando da consciência individual e não da consciência de massa. Este padrão será físico, individual e terá um campo. Finalmente, graças a isto, ela será mensurável e terá uma padronização – a sua padronização pessoal.

Acham que isto é exagero? Se descobertas e experimentos simples já captaram a Física da alteração da consciência coletiva, por que duvidar que isto será aprimorado no futuro? Como será isso? Vou lhes dar dois exemplos. Os dois maiores produtores de energia de consciência estão em pares: medo e ódio, compaixão e amor. Eles se encontram nas duas extremidades do espectro e ambos são poderosos, extremamente poderosos. Eles podem disparar alarmes; podem travar o seu computador; podem abrandar seu coração; podem afetar sua química, e podem fazer isto através da sala ou através do planeta. Vocês nunca se sentaram em uma sala onde alguém estava com raiva e vocês perceberam? Isto é palpável; vocês podem senti-lo. Quando isto acontece, vocês não querem permanecer lá; vocês têm vontade de ir embora. Quando alguém está bravo ou com raiva, vocês dizem: “Há uma nuvem escura aqui.” , porque estão sentindo a energia e seu padrão específico. Seria uma energia diferente se a pessoa fosse um mestre e estivesse vibrando amor? Sim! Então vocês diriam: “Amo este lugar! Quero ficar aqui e absorver este sentimento.” Vocês acabaram de definir o padrão de consciência!

Toda energia, em qualquer lugar do Universo, tem um jeito de ser medida e vista. Sempre haverá um modo de enxergar padrões em tudo. Podem começar como simples ondas, mas, com o tempo e melhores instrumentos, serão vistos padrões elegantes. Aqueles que estiveram no mesmo ambiente que os grandes mestres deste planeta sentiram o amor intenso e a compaixão da fonte criativa. Estes vêm em ondas de euforia; e fazem as pessoas chorarem de alegria porque estão conectadas a tudo. Isto é energia! Percebem o que estou dizendo? Pode-se medir o amor? Sim! Ele é padronizado e vocês podem vê-lo. Todo um novo mundo acabará se abrindo. Deixem-me mostrar-lhes o que são os padrões.

PADRÕES INFERIORES

Agora, estas são as previsões. Mas são previsões devido ao potencial que está a caminho. O potencial é tão forte que é uma certeza! Chegará um dia em que estes padrões poderão ser vistos. Quando forem padrões de consciência Humana, vocês verão algo muito interessante. Os padrões dos quais vou lhes falar agora serão validados quando isso ocorrer. Esta canalização será ouvida por milhares de pessoas, portanto será fácil de ser encontrada para referência.

Primeiro, falemos sobre a consciência que é a mais baixa, mas muito poderosa. Entendam que a consciência inferior traz consigo um poder incrível, da mesma forma que a consciência superior. Entretanto, inferior e superior não são medidas do seu poder efetivo, mas apenas uma medida de vibração. Não confundam isto com frequência, pois a tecnologia disto não é tão linear. O que é visto na padronização é a vibração do pensamento e aonde ele pode ir ou aonde ele não pode ir, ou o quanto ele é restritivo ou expansivo. Poder, ou força, é algo muito profundo. Vocês já sabem disto. O poder do ódio cria o mal, e o medo é muito forte. O poder do medo pode escravizar nações se elas não tiverem cuidado. Vocês conhecem este poder devido ao seu passado. Então, falemos sobre o padrão específico que ele vai criar num instrumento que está para chegar, quando for medido em um indivíduo que tem esse atributo.

A consciência inferior criará padrões extremamente básicos e simples. Estes padrões criarão ou emanarão um círculo forte – uma confluência de energias que se juntarão para formarem uma barreira contra vibrações superiores. Parecerá um círculo ao redor do indivíduo ou da energia de consciência que o indivíduo está criando. O círculo é como uma prisão padronizada, ou um fractal básico que não se repete. Ele se mantém dentro de si mesmo, e o padrão não terá consciência de nada que esteja fora do seu próprio círculo. A força vem do fato de ele ser tão poderoso, que outros podem ser influenciados por ele e facilmente se unirem a ele, formando um círculo mais forte. Este círculo se tornará mais amplo e maior em sua capacidade de aprisionar consciência ao seu redor, tornando-se um círculo maior ainda, mas continuando a ser apenas um círculo único.

Talvez estejam pensando que estou falando numa linguagem que vocês não entendem. Pode ser que sim, mas o fato é o seguinte: ele é simples. É um recipiente que é um círculo e que não consegue enxergar nada do lado de fora de si mesmo; só enxerga a si mesmo, e só sabe do seu próprio mal. Ele faz julgamentos e toma decisões baseadas apenas no que conhece dentro de si próprio. Esta é a consciência inferior. Sua programação é ela mesma, e ela não consegue ver nada mais. O círculo pode escravizar aqueles que estão pensando do mesmo modo; pode tornar-se um círculo maior, mas nunca pode sair de si mesmo; não consegue ver além daquilo que ele conhece. Não existe nenhum padrão fora do círculo que pertença ao círculo. Ele é restritivo, limitador. Será profundamente óbvio: simples, de baixa vibração e sobrevivência básica.

PADRÕES SUPERIORES

Falemos agora do outro padrão. Esta é uma consciência mais elevada, de amor, compaixão, pensamento generoso, carinho e integridade. Como se parece? Esperem, porque não posso lhes dar a informação toda… Essa consciência cria fractais múltiplos. Cria uma confluência de energia que, por sua vez, cria mais de si mesma em forma de harmônicos de si própria [muito mais fractais de frequências superiores, que são múltiplos específicos do original]. Estas ondas fractais irradiam para fora, ampliando o que está ao redor delas num ciclo infinito. Essa consciênca é expansiva, é cativante, é estruturada de um modo complexo; e os harmônicos criam outros fractais muito além do seu próprio âmbito. Ela tem uma influência junto a outras matérias em todo lugar.

Então, do mais simples ao mais complexo, o que vocês percebem que é a verdadeira diferença entre os dois padrões? Um é restritivo e poderoso em sua singularidade. O outro é expansivo e poderoso em sua expansividade múltipla. Até este momento, queridos, a consciência Humana neste planeta vem tendendo a se fechar no círculo da vibração mais baixa possível: ódio, guerra, atitudes críticas, grosseria, indelicadeza – porque tudo isto fazia parte da sobrevivência. Vencer era a única coisa dentro do círculo. Foi assim que os Humanos sobreviveram! Depois passou a ser grupo contra grupo, nação contra nação, círculo contra círculo, e foi isto que vocês obtiveram deste padrão. Ele criou morte em massa e uma tristeza incrível. Humano contra Humano foi outra coisa que vocês obtiveram. E o padrão circular era aquele onde a consciência não podia se expandir. Então, tudo o que ela fazia era repetir-se, repetir-se, repetir-se. Bem-vindos à história deste planeta!

Não havia nenhum harmônico para enviar para fora, e não havia nenhuma expansividade. Não havia nenhum crescimento, apenas estagnação, e ela se repetia. Ela não tinha para onde ir, uma vez que não conseguia “enxergar” nada superior a ela mesma.

Queridos, a energia deste planeta vai mudar os velhos padrões. Os padrões de consciência encontram-se nos atributos da grade magnética do planeta, conforme alterados pela heliosfera do sol. Esta grade, combinada com o novo lugar que vocês ocupam no espaço [para onde seu sistema solar está se dirigindo], vai modificar os padrões destes dois exemplos de consciência e vão fazer com que o mais complexo – o dos fractais – seja muito mais poderoso do que o da sobrevivência básica. Conseguem entender isto? A nova energia está mudando o modo da humanidade reagir a outros fractais Humanos! Está na hora de crescer! A consciência Humana vai evoluir e não haverá mais uma escala de luz e sombra como a balança da justiça, porque a influência do mal terá um peso muito menos poderoso em relação às vibrações harmônicas e compassivas. A luz simplesmente superará os padrões simplistas do mal por uma margem enorme!

AS TREVAS NÃO CONSEGUEM ENXERGAR PARA ALÉM DE SI MESMAS

Quero lhes oferecer, mais uma vez, uma prova de algo incomum e muito revelador do modo que as baixas vibrações funcionam. Na primeira canalização deste ano [2016], falei sobre o jovem líder norte-coreano. Vou falar de novo, como um exemplo profundo de como a consciência inferior não consegue enxergar acima de si mesma. Isto significa que ela só consegue trabalhar com o que enxerga e conhece. Por mais poderosa, esperta e intelectual que ela pense que é, não consegue sair do seu próprio círculo.

O ex-líder da Coreia do Norte foi um egotista clássico. Quando ele faleceu, seu filho assumiu e poderia fazer qualquer coisa que quisesse. Este menino vinha observando seu pai há décadas e sabia que algum dia ele próprio teria que assumir a liderança. Naturalmente, ele herdou os atributos que seu pai lhe ensinou de presunção e ostentação e também passou a ser conduzido pelo máximo do egocentrismo. Quando assumiu o poder, ele teve a oportunidade de fazer mudanças que lhe permitiriam ser maior ainda do que seu pai. Ele queria algo que elevasse seu nome e sua posição à situação mais egocêntrica que se possa imaginar. Seu pai era o modelo, e naquele momento, ele poderia fazer o que bem entendesse para ser ainda mais famoso. O que aconteceu é clássico. Ele perdeu completamente a maior oportunidade que qualquer homem teve de se tornar a pessoa mais famosa e amada na Terra. Esta idéia nunca lhe ocorreu. Embora tenha sido educado no mundo ocidental, ele a deixou escapar.

Se tivesse considerado o caminho mais elevado e incluído o planeta todo ao invés da população limitada do seu próprio país, ele teria sido o líder mais famoso e querido da Terra, por toda sua vida. No momento em que assumiu, ele só tinha que pensar além do seu círculo. Ele estava na posição rara de um “curinga”, onde poderia fazer algo incrível – como unificar a Coreia do Norte e a do Sul, acabar com a zona de morte que havia entre as duas nações, unir novamente as famílias depois de gerações de separação, suspender os programas nucleares dos quais ele não precisava, a não ser para parecer importante, e assim, dar a seu povo abundância, alimento para todos e paz em sua região. Toda a Coréia o adoraria e a Terra daria um suspiro de alívio em agradecimento pela sua sabedoria e coragem.

Ele seria ovacionado em pé ao entrar no salão das Nações Unidas e todos se curvariam diante dele e lhe ofereceriam os maiores prêmios de paz. Seu ego seria afagado, afagado e afagado, e ele seria infinitamente maior do que seu pai jamais fora. Mas isto nunca lhe ocorreu. Ao contrário, ele perpetuou a caixa escura que herdou, e agora preside a energia mais baixa possível, representando a energia mais perigosa e repudiada do planeta. À custa de manter seu povo pobre e depauperado, e criando instabilidade em sua região, ele consegue ser uma pessoa poderosa e famosa por um momento no tempo, em um pequeno povoado. Ele não durará muito. Ele não consegue ver que o que está fazendo não tem o apoio da maioria da população do planeta, e que ele vai perder tudo.

Não é interessante que o círculo seja tão forte a ponto de manter a baixa vibração sempre baixa? Tudo isto está começando a mudar, queridos. Se observarem as pessoas individualmente e a forma que elas agem, vão ver que a mudança está chegando. Vocês vão reconhecê-la.

OS INDIVÍDUOS

Digamos que um indivíduo se aproxime de vocês com muita raiva. Ele é rude e indelicado. Tudo que sai de sua boca é grosseiro e detestável. Quando vocês saem dessa experiência, ficam pensando: “O que há de errado com ele?!” Quero lhes dizer o seguinte: não há nada de errado com ele. Ele simplesmente está investindo na sobrevivência. Indelicadeza e grosseria vão chamar a atenção e fazer com que esse indivíduo seja notado. Elas carregam uma energia que, embora talvez não lhes agrade, impõe atenção e até mesmo autoridade, através do medo. Repito, vocês podem não gostar, mas é disto que uma pessoa como essa sobrevive, e muitas são assim. Numa energia antiga, isto funcionava para elas, e essas pessoas não conseguem ver nada que possa substituir esse tipo de comportamento. Para elas, isso garante que elas sobreviverão num mundo onde todos querem o que elas possuem. De fato, muitas culturas de hoje – ainda hoje! – continuam investindo na grosseria, porque dizem que compaixão e bondade é sinal de fraqueza. Pensam: “Não vamos conquistar ninguém com bondade e compaixão. Isto é para os fracos deste planeta!” Do ponto de vista dessas pessoas, elas não podem sair do círculo da sobrevivência, então até hoje abordam os outros com baixa energia, grosseria e indelicadeza. Elas não têm nem ideia de que exista algo melhor.

Hoje em dia, quando vêem isso, vocês estão começando a sentir que é algo que não querem. A maioria dos Seres Humanos está cansada desse tipo de abordagem e está procurando um modo muito mais elegante de ser. Uma pessoa compassiva não é, de forma alguma, uma pessoa fraca. A energia que envolve uma pessoa compassiva é convidativa, acolhedora. Enquanto a que envolve uma pessoa rude os repele, os empurra para fora. Conseguem perceber as diferenças das quais estamos falando? Qual dessas duas vocês prefeririam ter?

Eu apenas lhes apresentei padrões. O que estou lhes dizendo é o seguinte: a consciência Humana está começando a se elevar acima do que era, porque a proporção entre luz e trevas do planeta mudou, e a luz está começando a vencer. Isto significa que compaixão, integridade e bondade irradiam uma luz tão intensa, que as pessoas as verão muito mais fácil e rapidamente do que a indelicadeza e a força. Grosseria e descortesia vão acabar sendo vistas como comportamento disfuncional e vocês se afastarão delas. Elas dizem muito a respeito da energia da pessoa, do ponto onde ela se encontra e o que ela pensa. Para muitos, esse é o velho modo de sobreviver. Mas o novo tipo de sobrevivência será uma consciência elevada e leve, e muitos vão começar a vê-la.

Aqueles que têm atributos mais elevados vão viver mais tempo. Acabarão tornando-se seus líderes, e isto é o que vocês querem. As eleições vão mudar por causa disto, os negócios vão mudar por causa disto, e vocês vão ver mais luz, mais compaixão e soluções mais reais devido ao efeito cascata, onde os harmônicos dos fractais vão para todo lugar. Quando vocês são compassivos, todo mundo percebe isto. Sabem que uma pessoa compassiva é considerada de confiança? Segura, de confiança! “Vamos ficar junto dessa pessoa porque ela ouve e porque é agradável sentar perto dela. Sentiu a energia ao redor dela? Não é maravilhosa?”

Estes indivíduos equilibrados dão uma impressão de segurança… é seguro estar junto deles. Eles não vão feri-los; não vão competir com vocês, nem vão lhes dizer coisas indelicadas ou insensíveis; eles vão ouvi-los e amá-los. Vocês vão querer isto nos negócios, não vão? Ou isto é estranho demais para vocês? É estranho demais pensar que, no futuro, este será o normal? Vocês serão capazes de ver e medir esse padrão e, inclusive, de saber como ele funciona. Isto vai mudar o planeta!

Isto não é apenas Ciência, queridos. A consciência Humana vai acabar saindo da sobrevivência. Ela vai sair da escuridão e entrar num tipo de sobrevivência mais elegante – um sistema no qual os que sobreviverem serão capazes de juntar as coisas elegantemente, e não através de conquista violenta e destruidora. Estas serão pessoas normais que enxergarão acima do julgamento e das diferenças dos sistemas de fé. São indivíduos que verão Deus em todo lugar, em todos os sistemas, e esperam coisas boas em primeiro lugar. Eles verão as diferenças dos sistemas de crenças do mesmo modo que veem diferenças na escolha do tipo de alimentação. Assim será [e assim é] o Ser Humano sábio e equilibrado.

Tudo isto está chegando, e algumas coisas já estão aqui. Era isto que eu queria lhes dizer nesta mensagem.

Onde vocês estão? Qual é o seu padrão? Estão começando a sentir a realidade disto tudo? Está começando a ficar seguro, queridos. É seguro relaxar, baixar a guarda um pouco, olhar ao redor e ser mais compassivo e mais bondoso. Alguns de vocês ainda estão esperando algo ruim. É como se tivessem saído de uma caverna e ainda não estivessem totalmente seguros de que o tigre de Bengala tenha realmente ido embora. Os tigres são a velha energia, e eles estão fugindo em todas as direções. Os remanescentes desta energia antiga – o mal e as trevas – estão perdendo terreno por todo lado. A realidade da diminuição dessa escuridão está em todos os lugares; e ela está começando a se mostrar, a se concentrar, sabendo que seus dias estão contados. Quando virem esta luta, saibam que é uma boa notícia. Significa que está chegando o fim da consciência deste velho mundo.

Se fizerem uma pesquisa nas nações do planeta, entre homens e mulheres com famílias, verão que eles querem paz! Eles não querem conquistar uns aos outros, e não querem líderes que façam isso. Eles não querem aniquilar uns aos outros por recursos escassos ou apenas para serem mais poderosos. A maré mudou e a consciência do planeta também deseja, intensamente, o que cada mãe e pai deseja para seus filhos. Isto é o início de um movimento de centenas de países se unindo e planejando modos de criar uma paz equilibrada e uma unidade – para se relacionarem bem e progredirem. Diferenças culturais sempre existirão. Mas compaixão e equilíbrio são atributos comuns a todos os Seres Humanos. Vocês todos têm muitas coisas em comum que a nova sabedoria vai lhes mostrar.

Vocês não tinham este equilíbrio há 100 anos atrás. É isto que é diferente hoje e que é diferente para o seu futuro. Vocês vão parar de repetir o passado e, em vez disto, vão crescer em maturidade e na sabedoria dos belos fractais e harmônicos da compaixão.

Bem-vindos à Nova Terra! Ela está chegando!

E assim é.

KRYON

—-…..—==II==—-…..—-
OBSERVAÇÕES IMPORTANTES-(1) Esta canalização ocorreu alguns dias antes da descoberta das ondas gravitacionais pela LIGO Scientific Collaboration, no dia 11 de fevereiro. Considerada uma das maiores descobertas da Física, ela ajuda a provar as ideias originais de Einstein, apresentadas há quase exatamente 100 anos atrás, em 1916.
(2) https://www.heartmath.org/research/global-coherence/
Esta informação é gratuita e está disponível para que a imprima, copie ou distribua como desejar. No entanto seus Direitos Autorais proíbem sua venda de qualquer forma, exceto pelo editor.
Lee Carroll
Fonte: http://www.kryon.com/CHAN2016/k_channel16_sanantonio-16.html

Inspiração e Recomendação…

LIVROS DE KRYON

Os livros estão disponíveis em português nos links abaixo;

Monicavox

Nosso universo pode existir dentro de um buraco negro???

A maioria dos cientistas concorda que nosso universo foi moldado por um Big Bang, uma enorme explosão que ocorreu bilhões de anos atrás.Mas de onde ela veio? Uma teoria criada por um grupo de físicos sugere que nosso universo esteja dentro de um buraco negro.Neste caso, o ele seria apenas um de muitos outros, e os buracos negros podem ser as passagens entre eles.

Buracos negros e a criação de universos

O Dr. Nikodem Poplawski, da Universidade de New Haven (EUA), é um dos defensores desta teoria.Os buracos negros são geralmente considerados “armadilhas mortais”, com uma gravidade que funciona como um vácuo de alta potência de onde nada, nem mesmo a luz, pode escapar.Pensa-se que eles estão no centro de cada galáxia, incluindo nossa Via Láctea. Poplawski crê que, uma vez que esses buracos negros alcançam o limite de sua singularidade, isso leva a um grande estrondo.

O motivo desse limite (e, posteriormente, da explosão criadora de universo que se segue) é que os buracos negros giram. Eles giram a velocidades próximas da luz. Isso, por sua vez, produz uma enorme quantidade de torção. Assim, tais buracos negros maciços não são apenas extremamente pequenos e extremamente pesados, como também são torcidos e comprimidos.

As forças agindo sobre esse objeto são tão poderosas que um ponto de ruptura é finalmente atingido. Essa teria sido a forma como o Big Bang aconteceu.

Multiverso

A ideia dos buracos negros para explicar o Big Bang é apoiada pela teoria do multiverso.Mas, embora seja um pensamento provocativo, alguns cientistas veem grandes problemas na hipótese.Por exemplo, o Dr. Michio Kaku não acha que o Big Bang descreve efetivamente o nascimento de nosso universo, argumentando que a teoria das cordas poderia explicá-lo melhor.

Parece cada vez mais plausível que vivemos em um multiverso

Poderia o nosso enorme universo ser apenas um de muitos?Cada vez mais os físicos acham que sim;Antes cautelosos com a hipótese de multiverso, os cientistas agora estão mais inclinados a esta forma radical de pensar, em parte porque ela ajuda a explicar por que nosso universo é o único com os ingredientes físicos certos para tornar a vida possível.Até agora, não encontramos nenhuma outra forma de vida em nenhum outro local que não a Terra. Pelo menos não no nosso universo.A teoria do multiverso, se for verdadeira, pode sugerir que a vida é mais comum do que pensamos – ela pode existir também em outros universos.O problema dessa hipótese, no entanto, é como testá-la.

Os defensores da ideia de multiverso devem mostrar que, entre os universos raros que sustentam a vida, o nosso é estatisticamente normal. A dose exata de energia do vácuo, a massa precisa do bóson de Higgs e outras anomalias devem ter chances altas de surgirem dentro do subgrupo de universos habitáveis.

Se as propriedades desse universo ainda parecerem atípicas mesmo no subconjunto habitável, então a explicação do multiverso é falha.
Mas o infinito sabota a análise estatística. Em um multiverso eternamente inflado, onde qualquer bolha (qualquer universo) pode se formar infinitamente, como medimos o que é “típico”?

Em um único universo, vacas nascidas com duas cabeças são mais raras do que vacas nascidas com uma cabeça. Mas, em um multiverso infinitamente ramificado, há um número infinito de vacas de duas cabeças e um número infinito de vacas com uma cabeça.

Como fica essa relação, então?

Durante anos, a incapacidade de calcular as razões de quantidades infinitas impediu a hipótese do multiverso de fazer predições testáveis sobre as propriedades deste universo múltiplo. Para a hipótese amadurecer em uma teoria da física de pleno direito, a questão da vaca de duas cabeças exige uma resposta

“O Big Bang não diz o que explodiu, quando explodiu, como explodiu. Apenas diz que isso aconteceu. Precisamos de uma teoria que vá antes do Big Bang, como a teoria das cordas. Ela diz que possivelmente dois universos colidiram para criar o nosso, ou talvez nosso universo venha a partir de outro”, afirma Kaku.

Nosso universo foi criado por um buraco negro de quatro dimensões?

Com base no que sabemos do nosso universo, muitos cosmólogos – e um popular seriado de televisão – acreditam que tudo começou com o Big Bang. Entretanto, muitas questões permanecem. É por isso que um astrofísico canadense sugeriu que há uma outra possibilidade: talvez nosso universo tenha começado com um buraco negro 4D.

Escrevendo na revista Nature, a jornalista especializada em ciência Zeeya Merali explica a teoria sugerida pelo astrofísico Niayesh Afshordi, do Instituto Perimeter de Física Teórica.

Segundo ela, o modelo padrão do Big Bang indica que o universo explodiu a partir de um ponto infinitamente denso, também conhecido no meio científico como uma “singularidade”. “Ninguém sabe, porém, o que teria provocado essa explosão: as leis conhecidas da física não podem nos dizer o que aconteceu naquele momento”, escreve.

Afshordi e seus colegas acreditam que o nosso universo tridimensional é apenas uma membrana que flutua através de um universo maior – este com quatro dimensões espaciais. A equipe de Ashfordi percebeu que, se esse universo maior contém suas próprias estrelas de quatro dimensões, algumas delas podem entrar em colapso, formando buracos negros 4D, da mesma forma que as estrelas maciças do nosso universo o fazem: elas explodem como supernovas, violentamente ejetam suas camadas exteriores, enquanto as camadas interiores se transformam em um buraco negro.

Em nosso universo, um buraco negro é limitado por uma superfície esférica chamada de horizonte de eventos. Enquanto que, no espaço tridimensional comum, é preciso um objeto bidimensional (uma superfície) para criar uma fronteira dentro de um buraco negro, no universo maior, parte do horizonte de eventos de um buraco negro 4D seria um objeto 3D – uma forma chamada de hiperesfera. Quando a equipe de Afshordi estudou o modelo da morte de uma estrela 4D, eles descobriram que o material ejetado formaria uma membrana tridimensional que envolveria o horizonte de eventos 3D, e se expandiria lentamente.

Os autores argumentam que o universo 3D em que vivemos pode ser apenas uma espécie de membrana, cujo crescimento é detectado pelos cientistas como expansão cósmica, de uma estrutura maior. “Os astrônomos medem essa expansão e extrapolam ao afirmar que o universo começou com um Big Bang – isso é apenas uma miragem”, afirma Afshordi.

A teoria de Afshordi poderia ajudar na explicação da temperatura uniforme do universo (que permanece sendo um mistério). Suas ideias também podem fornecer pistas para a compreensão do famoso evento do Big Bang. O que desencadeou esse hipotético evento, que teria transformado uma singularidade em uma enorme explosão, sempre em expansão?

“Pelo que todos os físicos afirmam, dragões poderiam ter surgido voando para fora dessa singularidade”, diz Afshordi. O ponto positivo da nova teoria do canadense é de fato explicar a explosão inicial e suas consequências.

Visão pessoal….

Um buraco negro tecnicamente suga tudo ao seu redor – deixar escapar qualquer coisa não é algo que se vê todo dia. Mas a sua força pode enfraquecer lentamente, se o universo tiver dimensões extras, não conhecidas, algo que os pulsares poderiam nos ajudar a descobrir.A teoria das cordas, que tenta unificar todas as forças conhecidas, diz que existem dimensões espaciais extras, além das três que conhecemos. Porém, testar essa teoria não é nada fácil.Agora, pesquisadores dizem que buracos negros orbitando estrelas de nêutrons, conhecidas como pulsares, poderiam provar a teoria, se pesquisas cósmicas conseguissem localizar tais pares.Os cientistas acreditam que buracos negros perdem massa ao longo do tempo por causa das partículas que emitem, um fenômeno chamado radiação Hawking.Sem dimensões extras, este processo está previsto para ser dolorosamente lento para buracos negros gigantes, que pesam algumas vezes mais do que o sol, tornando qualquer medição impossível.Dimensões extras ofereciam as partículas mais formas de escapar, acelerando o processo. Esta perda de peso rápida afrouxaria a força (puxo) gravitacional de um buraco negro sobre todos os objetos em órbita, levando-os a “espiralar” para fora alguns metros por ano.Um pulsar em órbita de um buraco negro poderia revelar essa distância. Isso porque o tipo de radiação que os buracos negros emitem variaria um pouco, dependendo do tamanho da estrela em órbita.Se o distanciamento puder ser provado, muito provavelmente a teoria das cordas também.

Inspiração….

Buracos Negros – Instituto de Física Teórica – Unesp

Buracos Negros G áalcticos – Instituto de Física / UFRJ

Stephen Hawking e os Buracos Negros (PDF Download Available)

Monicavox

Recomendo….

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobremichio kaku buracos negros

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre buracos negros

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre buracos negros

 

 

 

 

Nosso cérebro controla nosso tempo de vida

Pesquisadores do Albert Einstein College of Medicine, em Nova York, testaram com sucesso um novo procedimento em camundongos que poderia controlar e prevenir doenças relacionadas com a idade e até mesmo o próprio envelhecimento. Relatando suas descobertas na revista Nature, os pesquisadores descobriram o papel crucial que o hipotálamo – a região do cérebro responsável pelos processos hormonais e metabólicos do corpo – desempenha no envelhecimento.

“Nossa pesquisa mostra que o número de células-tronco neurais hipotalâmicas naturalmente diminui ao longo da vida do animal, e esse declínio acelera o envelhecimento”, diz o pesquisador chefe Dongsheng Cai. Eles descobriram, no entanto, que o processo não é irreversível.

A fim de descobrir se o desaparecimento de células-tronco foi causado por ou devido ao envelhecimento, eles injetaram uma toxina nos ratos que matou 70% de suas células-tronco neurais. “Esta ruptura aumentou muito o envelhecimento em comparação com os ratos de controle, e aqueles animais com células-tronco interrompidas morreram antes do normal”, explica Cai.Em um segundo experimento, os pesquisadores implantaram células-tronco prontas para se tornarem neurônios novos no cérebro de ratos mais velhos. Isso prolongou a vida dos camundongos em 10 a 15% e manteve-os fisicamente e mentalmente em forma durante vários meses.

 Controle no cérebro

Anteriormente, outros pesquisadores sugeriram o papel do hipotálamo no envelhecimento – embora nunca antes isso tenha sido identificado com tanta clareza. A equipe de Cai parece ter fornecido o elo perdido, que poderia impulsionar significativamente a pesquisa na área. “É um avanço. O cérebro controla quanto tempo vivemos”, diz David Sinclair, da Harvard Medical School.

As pesquisas no campo do envelhecimento aumentaram ao longo dos últimos anosà medida que a ideia de que envelhecer é uma doença que pode e deve ser curada está sendo aceita. Sem nenhuma surpresa, muitos destes tratamentos potenciais têm base em alguma função do cérebro. Um estudo examina as mitocôndrias, enquanto outros observam drogas que já estão sendo usadas para tratar os efeitos do envelhecimento. Um estudo está chegando até a explorar o potencial anti-envelhecimento das transfusões usando sangue jovem.Para a pesquisa de Cai, o próximo passo é testar o procedimento em seres humanos, e a equipe quer iniciar ensaios clínicos em breve. No entanto, isso pode levar um tempo ainda. “É claro que os humanos são mais complexos”, diz Cai. “No entanto, se o mecanismo for fundamental, você pode esperar ver efeitos quando uma intervenção é baseada nisso”.

Resultado de imagem para imagens sobre envelhecimentoGanhadora do Nobel afirma ter descoberto a chave para frear o envelhecimento

Novas pesquisas continuam a produzir descobertas sobre o tema do envelhecimento. Mas como aplicá-las na vida real?A bióloga molecular Elizabeth Blackburn, que recebeu o Prêmio Nobel por sua pesquisa no processo antienvelhecimento, pode nos ajudar.Confrontada com as dificuldades de expandir seu conhecimento além da academia, ela fez uma parceria com a psicóloga Elissa Epel, e coescreveu um livro intitulado “The Telomere Effect: A Revolutionary Approach to Living Younger, Healthier, Longer” (em português, algo como “O Efeito Telômero: Uma Abordagem Revolucionária para Viver Mais Tempo, Mais Jovem, Mais Saudável”).O resultado é um roteiro compreensível para o público em geral, prescrevendo fatos científicos como um motivador para mudar hábitos insalubres. A obra foi lançada em 3 de janeiro deste ano, e ainda não tem edição em português.

Resultado de imagem para imagens sobre envelhecimentoEstilo de vida

O livro veicula a mensagem de que as pessoas estão no controle de seu envelhecimento através de hábitos saudáveis.O foco está nos telômeros, que são as partes finais do DNA. Segundo Blackburn, eles “ouvem seus comportamentos, ouvem o seu estado de espírito”.Ao ouvir seus comportamentos, seus telômeros irão alongar ou encurtar. Quando eles encurtam, as células são menos propensas a continuar se dividindo, e eventualmente morrem.Com um estilo de vida estressante, o efeito é maior morte celular e envelhecimento acelerado. Para os susceptíveis de sofrer de doença cardiovascular, telômeros encurtados poderiam aumentar suas chances de uma condição debilitante a uma idade mais jovem.

 Dúvidas

O geneticista e pesquisador antienvelhecimento da Universidade de Harvard, David Sinclair, desconfia dos riscos da simplificação excessiva da ciência dos telômeros.

“Eu acho que é uma coisa muito difícil de provar conclusivamente”, afirmou Sinclair em relação à mudança de estilo de vida. “Saber causa-efeito em seres humanos é impossível, por isso [as afirmações] são baseadas em associações”.

Judith Campisi, do Instituto Buck para Pesquisa sobre o Envelhecimento, acrescentou que, embora senescência celular possa realmente aumentar o risco de doenças relacionadas com a idade, também pode ser causada por outros fatores.

“Se todo o envelhecimento fosse devido aos telômeros, nós teríamos resolvido o problema da longevidade há muito tempo”, Campisi comentou.

Resultado de imagem para imagens sobre envelhecimentoMais pesquisas

O objetivo de Blackburn e Epel é fornecer aos leitores medidas úteis e práticas a serem tomadas para aumentar a expectativa de vida, a saúde geral e diminuir a probabilidade de doenças em uma idade precoce.A pesquisa antienvelhecimento focada em telômeros é um grande campo. Outros cientistas encararam o desafio de entender o que pode ser ligado ao processo de envelhecimento dentro do corpo humano.

A Dra. Lisa Chakrabarti e seus colegas da Universidade de Nottingham descobriram uma proteína em células humanas que poderia resistir aos efeitos do processo de envelhecimento. Chama-se anidrase carbônica, e é encontrada nas mitocôndrias das células cerebrais. Eles descobriram que a proteína é vista em maior quantidade no cérebro de meia-idade em comparação com um mais jovem, e querem desenvolver uma droga que visa a anidrase carbônica nos cérebros das pessoas.

Cientistas do Instituto Salk, na Califórnia, descobriram uma técnica para estimular fatores Yamanaka, que são uma coleção de quatro genes responsáveis pelo desenvolvimento no útero. Eles esperam criar uma droga que imita a habilidade dos genes de transformar as células adultas em seu estado de células-tronco, o que poderia reduzir potencialmente o risco de doenças relacionadas com a idade.

Resultado de imagem para imagens sobre envelhecimentoVisão pessoal….

Cientistas britânicos têm tratado o envelhecimento como uma doença, e não um processo natural. Para eles, envelhecer é um processo biológico que pode ser manipulado, tratado e prorrogado. Os médicos estão concentrando seus esforços em algo que eles chamam de “atrasar o relógio biológico”.A essência da idéia, basicamente, é a seguinte: a medicina produz remédios específicos para as doenças que precisam ser tratadas no momento. Assim, a pessoa se cura apenas daquilo que necessita, mas o resto do seu corpo segue sofrendo o processo natural de deterioração: não existe um “remédio para envelhecimento”. Para que se possa retardar o envelhecimento, ele deve ser tratado como uma doença.A meta é aumentar cada vez mais a expectativa de vida. Para isso, o desafio é tratar de maneira mais eficaz as doenças cerebrais diretamente relacionadas com a velhice. Problemas como o Mal de Alzheimer, que de acordo com o estudo terá mais de 60 milhões de doente em 2030. Para a pesquisa, as doenças chegam mais facilmente nos idosos justamente por conta da fragilidade que a terceira idade traz, e que seria possível, geneticamente, diminuir essa fragilidade. O estudo é ambicioso: querem entrar no nosso DNA para nos fazer envelhecer mais lentamente.Mesmo assim, eles destacam que não é a idade atingida o que importa, é preciso que haja saúde para a idade. De nada adiantaria viver até os 100 anos tendo problemas de saúde desde os 90, seria melhor viver bem até os 85, por exemplo. Uma projeção dinamarquesa apontou que mais da metade das pessoas nascidas no século XXI, em países ricos (sublinhe-se o “países ricos”), passarão dos 100 anos de idade….

Inspiração….

Relatório Mundial sobre Envelhecimento e Saúde

Características biológicas e psicológicas do envelhecimento

ENVELHECIMENTO ATIVO E PROMOÇÃO DA SAÚDE – UFJF

envelecimento humano.indd – UNESP – Marilia

Monicavox

Recomendo…

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre envelhecimento

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre envelhecimento

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre envelhecimento

 

O MARCO PRINCIPAL: O ORGANISMO ULTRACOERENTE

O fato do organismo vivo ser coerente como um todo não nos surpreende, o que é surpreendente é o grau e a forma de sua coerência. A coerência do organismo vai além da coerência de um sistema bioquímico em alguns aspectos; ela consegue atingir a coerência de um sistema quântico.Evidentemente, se os organismos vivos não devem sucumbir ás restrições do mundo físico, suas partes componentes e seus órgãos precisam estar correlacionados com precisão, e, no entanto, com flexibilidade uns com os outros.

Na ausência de tal correlação, os processos físicos logo desagregariam a organização do estado vivo,aproximando-o do estado inerte de equilíbrio térmico e químico, no qual a vida como a conhecemos, é impossível.Sistemas próximos do equilíbrio são, em grande medida, inertes, incapazes de sustentar processos como o metabolismo e a reprodução, que são essenciais para o estado vivo.Um organismo está em equilíbrio térmico e químico quando está morto.Enquanto está vivo, está em equilíbrio DINÂMICO, no qual armazena energia e informação, mantendo-as disponíveis para que desempenhem e direcionem as funções vitais.

Em um organismo complexo, como o corpo humano, o desafio de se manter o equilíbrio dinâmico é gigantesco.Não há no corpo, uma substância que seja constante, embora as células do coração e do cérebro vivam mais tempo que a maioria.E as substâncias que coexistem em um dado tempo produzem milhares de reações bioquímicas no corpo a cada segundo.

Sempre existe algo novo, algo que resulta de uma combinação, de uma criação, e que ocorre á medida que o processo permanece em andamento. Como uma Sinfonia, o organismo vivo pode mudar a tonalidade, a escala,mudar o ritmo, ou o tom, conforme a situação o exija, espontaneamente e sem hesitação. Há estrutura, mas a verdadeira arte está nas incessantes improvisações, onde cada um dos músicos, por menor que seja o seu papel, desfruta da máxima liberdade de expressão, enquanto permanece em perfeita harmonia com o Todo.

Vendo sob este prisma, podemos  juntar estas conexões todas que ocorrem no interior de um organismo e que abrangem os genes e chamá-lo de GENOMA.Ele se comprova dinâmico e adaptativo;quando desafiado, ele cria rearranjos complexos e praticamente instantâneos. Um exemplo é quando plantas e insetos ficam sujeitos á substâncias tóxicas e com frequência, produzem mutações no seu ” Pool Genético” precisamente de tal maneira, que desintoxica os venenos e cria resistência á eles.A resposta adaptativa do genoma também é evidente quando campos eletromagnéticos ou radioativos são irradiados sobre o organismo;isto também exerce um efeito sobre a estrutura de seus genes.

O QUEBRA CABEÇAS DE COERÊNCIA NOS ESTUDOS SOBRE A CONSCIÊNCIA

A consciência é o fato de nossa experiência que conhecemos de maneira mais íntima e imediata. Ela nos acompanha desde o nascimento, até, presumivelmente á morte. Ela é a única, e parece pertencer exclusivamente a cada um de nós. No entanto, a “minha” consciência pode não ser única e exclusivamente minha. As conexões que ligam a “minha” consciência com a consciência dos outros, e que eram bem conhecidas de” povos primitivos”, mas que, na verdade em muitos aspectos são altamente sofisticados–estão sendo redescobertas atualmente em experimentos controlados que envolvem a transferência de pensamentos e de imagens, bem como o efeito da mente de um indivíduo sobre a mente e o corpo de outro.


Sómente ao chegarmos á esse nível de consciência,poderemos experimentar a Consciência Cósmica.Ela se baseia em sermos conscientes em todos os momentos, e em não permanecer por mais tempo em estados de medo ou em erros conceituais. A Lei do Tempo diz que nunca se terá consciência contínua, a menos que se rompa com o tempo inferior e se dissolva o fator condicionante do medo, que nos mantém bloqueados na inconsciência. A maioria das pessoas caminha dormindo e pensa que isso é a vida.

Mas, há vários estados de se “caminhar dormindo”. O macro-encantamento do Calendário Gregoriano deve ser rompido e todos os outros encantamentos podem ser facilmente quebrados depois deste; Primeiro, rompemos o falso tempo e retornamos ao tempo harmônico natural, o AGORA.De acordo com a Lei do Tempo,no processo de evolução, criamos esta situação da Noosfera, que é um campo telepático universal. Só com o advento dela poderemos chegar aos seguintes níveis de evolução; a Hiperorgânica e a Superconsciente.

A Consciência Hiperorgânica refere-se á habilidade do humano para utilizar os órgãos dos sentidos como pontos de emissão de energia e consciência. Isto significa que os órgãos dos sentidos são expandidos telepaticamente para fora, o que dá como resultado fenômenos naturais tais como a Clarividência e a Clariaudiência;esta é outra condição total evolutiva.

Nesta etapa estaremos irradiando/emanando plasma através dos sentidos.Os plasmas são partículas subatômicas, eletronicamente carregadas, que saturam o campo inteiro do Universo. Recebemos plasma o tempo todo, já que tudo é feito dele. A direção consciente do plasma propicia o poder mental da telepatia, que só pode se desenvolver em uma etapa de Consciência Contínua, para emanar, através dos órgãos dos sentidos, o que a História Cósmica chama de “Campos Plásmicos”.

A etapa Hiperorgânica da Consciência é também o ponto de evolução onde o humano virá a ser Autotrófico de segunda etapa. Isto significa que o ser humano poderá ser como as plantas e poderá catalisar dinamicamente o sol, com a energia solar dentro de seu próprio corpo.A maioria dos seres humanos hoje é heterotrófica, dependem das plantas(ao invés de si mesmos), para catalisar energia solar. Os humanos estão evoluindo para auto-heterotróficos, o que significa que o humano não só poderá catalisar energia solar, como também poderá emana-la através dos sentidos, para criar  novos campos dos sentidos Hiper ou Super orgânicos.

A Superconsciência  é um estado virtualmente omnisciente da mente, onde se tem uma “sensibilidade de radar” em todo o campo da realidade. Isto está baseado na habilidade para estabelecer um campo sensorial hiperorgânico telepático, coletivamente unificado.Neste campo sensorial se terá pensamentos como;”Eu sou o planeta e o planeta está pensando este pensamento”. E se compreenderá que, na verdade, todos é que estão pensando esse mesmo pensamento.

Quando se alcançar a consciência subliminar, ver-se-á que a Superconsciência é o ponto mais elevado que se pode alcançar no lado orgânico da evolução. A Consciência subliminar se refere ao momento em que seremos entidades absolutamente desencarnadas, isto é, entidades em um nível de oitavas de Luz. Subliminar significa que se está operando independentemente do passado ou futuro, isto é,  as pessoas podem contatar diferentes entidades, em diferentes planos de existência. Já que a consciência subliminar é independente de passado e de futuro, poderemos nos afinar com ela em nível consciente.


Quando se entender o Banco Psi e a Noosfera, como contendo também os códigos de tempo para a liberação e estabelecimento da informação para diferentes mudanças e mutações no processo evolutivo, então ver-se-á que estamos nos equipando para a próxima e maior mudança evolutiva. Qualquer conhecimento que aproveitemos em relação á Noosfera e ao Banco Psi , acelera e precipita a mudança Quântica/Mental/Espiritual, em nossa inconsciência e em nossa autopercepção.

È surpreendente considerar que tudo isto foi realmente cronometrado e programado; Faz parte desse grande programa de Tempo Total, predominante na Noosfera, para chegar a um estado de máxima reflexividade.Tudo isto é informado pela História Cósmica.Este post tem o propósito de tornar consciente o programa da História Cósmica, que sempre existiu, mas que anteriormente era um programa inconsciente esperando para ser aberto neste encerramento de ciclo.

Agora, tentando abrir este programa, e o fazendo, estamos descrevendo o vasto armazém do conhecimento contido dentro desta História Cósmica e este ato está sim, sendo registrado na Noosfera, fazendo desta mesma História Cósmica, um componente diretor altamente consciente do Banco Psi e, portanto, um mecanismo guia da Noosfera.

“Nem memória nem consciência podem ser a limitação da existência. Há um estado de superconsciente. Tanto este como o estado consciente são privados de sensação, porém com uma enorme diferença entre si – a mesma diferença que existe entre o conhecimento e a ignorância. A concentração da mente é a fonte de todo conhecimento”

Swami Vivekananda

Visão pessoal….

A ascensão do novo Humano Planetário exige a necessidade de uma análise mais ampla e informativa;Este é o propósito da História Cósmica,que é o mais alto nível de informação e compreensão, á qual a história prévia chega a ser subordinada e pela qual vem a ser transformada e reparada.O padrão mais profundo do ser humano planetário é, precisamente,outro eterno retorno a mais um amplo ponto no aspecto evolutivo.Há dois tipos de ser humano;- O desperto e o não desperto; Ambos os tipos compartilham, em comum, o fato que suas vidas, sua mente e sua consciência, são moldadas por fatores tecnosféricos, que são realmente inoperantes,ou ainda irrelevantes.O humano planetário não desperto, opera inconscientemente das influências tecnosféricas, e crê que as formas relativamente tradicionais de pensamento ainda funcionam. O humano planetário desperto está consciente desses fatores de influência tecnosférica e vê a situação como a oportunidade para uma nova espiritualidade global. O humano não desperto opera com uma mente confusa, quase consciente, altamente polarizada e tênuamente alvorecida consciência global.O Humano Planetário do terceiro milênio, operará com uma compassiva consciência noosférica, afinada com a vida inteira do Planeta.A etapa final deste ciclo evolutivo do inconsciente humano planetário ou o híbrido mutante humano, está agora se concluindo. Neste momento final da história desta Era de Peixes com a entrada na Era de Aquário , a inteligência vai deixando aos poucos de ser limitada,por causa do habitual condicionamento e comportamento mecanicista e vai sendo substituída por uma inteligência emocional/espiritual, detonada por uma “dinamite”, que é a alavanca que faz voar aos pedaços o autolimitante  pensamento condicionado do ser humano, enquanto apresenta, simultâneamente, um método de estrutura e uma visão do novo conhecimento e das novas possibilidades, de modo que o ser humano possa sentir-se “refrescado , elevado e iluminado”,por sua própria contemplação.Em razão de estarmos neste ponto tangencial da Noosfera, temos de nos empenhar para aumentar a AUTOPERCEPÇÃO PLANETÁRIA UNIFICADA.Toda rixa, guerra e lutas não tem validade , já que somos um Ser Planetário. Tudo deve ser construído sobre esta base e todas as percepções acumuladas devem ser apagadas á luz da verdade de que há só uma tradição, uma espiritualidade, uma Terra ,um Ser.A História cósmica absorve todas as tradições, ensinamentos espirituais e civilizações e as coloca em um contexto mais elevado, sem negar nada de positivo ou negativo.È importante descrever a natureza do Humano Planetário de modo  que entendamos que a História Cósmica é uma espécie de psicologia cósmica ou descrição dos processos psicológicos cósmicos,ou estados da mente.Ainda,os inquietos humanos inconscientes na vida do mundo atual,são um aspecto desta psicologia cósmica.Todos criam um campo, que é um nível relativamente baixo de involução do espírito na matéria,especialmente no dia a dia cotidiano, no envolvimento com pessoas que estão buscando sua sobrevivência alimentar,nas batalhas por emprego e moradia ou qualquer coisa que faça suas vidas mais confortáveis,sem compreender que estão tratando do corpo físico, que nada tem a ver com sua Alma ou sua Consciência.Esses exemplos representam um dos mais baixos níveis da involução do espírito na matéria,onde a Consciência está presa por um processo inconsciente condicionante,ocasionando que os humanos se comportem automáticamente de alguma  forma–isto é o materialismo histórico.De fato,podemos definir o corpo inteiro coletivo do atual Humano Planetário, em sua ainda esmagadora  maioria, como um ser robótico, que responde rotineiramente a fatores condicionados que são estabelecidos e mantidos pelo programa de várias Matrix, onde uma delas é o Calendário Gregoriano.Metafóricamente,como um peixe dourado no aquário, os humanos não despertos involuídos não sabem que a água está suja, pois sempre viveram ali .Esta é a forma do campo mental coletivo da maioria deste tipo de Homem Planetário e é o campo mental  da História Cósmica, que vem como um feixe de energia ou raio de Luz, golpear este campo através de dois agentes específicos,2 tipos de seres humanos–o desperto e o não desperto–dando como resultado, uma aceleração para todos.Elevar-se ao conhecimento indubitável é elevar-se ao conhecimento sem nenhuma dúvida;esta é a única forma para que possamos ir além desta situação planetária.Isto significa que o Homem Planetário está passando por sua INICIAÇÃO.Isto significa dedicar o seu tempo para a busca da totalidade do Ser.De fato, não pode haver nenhum avanço dentro da Matrix de uma velha estrutura para uma Nova Matriz, sem uma iniciação, que significa sacrifício do velho em detrimento do novo.Este é um ponto crucial,individual e intransferível.

Inspiração…….

*HISTORIA COSMICA DE LA HUMANIDAD 

História Cósmica: infográfico mostra evolução do Universo em grande …

Astrosofia: A HISTÓRIA CÓSMICA DA TERRA

“Acessando seu Ser Multidimensional – Uma Chave para a História …

Monicavox

Recomendo….

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre a historia cósmica

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre a historia cósmica

 

Cosmósis

Uma vez que aprendamos a controlar nossos pensamentos, é importante entender o que está envolvido na construção das imagens do mundo. Diferentes sentidos criam o imaginário mental.È importante entender como as imagens do mundo chegam a ser estereotipadas em diferentes imagens.Como criamos novas imagens no mundo? aqui vemos a diferença entre o conhecimento condicionado e as novas percepções sensoriais. Uma vez que um padrão condicionado é estabelecido na mente, muitas impressões serão recusadas automáticamente, e as que forem aceitas serão filtradas através da mente conceitual, ou a que está em conformidade com a percepção particular da realidade.

QUAL É A REAL ENTÃO?

COSMÓSIS  é um bom termo.Sabemos que a osmose depende de que exista uma membrana semipermeável, que possa ser penetrada por um fluído ou por outra substância.Do outro lado dessa membrana o fluído vai para uma forma mais altamente concentrada, que logo retorna e equilibra o outro lado.Por exemplo, as plantas tomam água por osmose;se colocamos água na terra, as membranas semi permeáveis das células a absorvem por osmose. A mesma coisa acontece dentro de nossos corpos, dentro de certas células(como no revestimento do estômago e das áreas digestivas) há uma passagem de diferentes fluídos através das paredes celulares.

Análogo á osmose, a Cosmósis é como o organismo psicobiológico humano, que absorve a energia cósmica, o Prana ou o plasma radiônico para o sistema corporal, incluindo o corpo etérico, e o reconstitui em formas concentradas antes de secretá-las de volta através das paredes do corpo para criar o que poderíamos chamar de “aura mais luminosa”. È por meio da Cosmósis, que o corpo físico é finalmente cuidado. De fato,tudo o que necessitamos é realmente nos cuidar fazendo uso do processo da Cosmósis.

A Cosmósis é só uma nova palavra, não um novo processo.Os sistemas Yóguicos sempre falam do PRANA entrando no corpo,porém, no caminho evolutivo ou no caminho da evolução espiritual, a admissão do Prana e dos plasmas não ocorrem exclusivamente através do nariz e garganta, mas, por todo o corpo.

 PRANA é a energia cósmica do universo (pelo menos a parte que está acessível à nossa dimensão). Os hindus a chamam de Prana (ou Purana), os chineses de Chi (ou Ki), Wilhelm Reich chamava de Orgone, e no espiritismo se conhece por Energia imanente (ou primária).

A ciência moderna descobriu que nosso tão aparentemente mundo sólido, vibra em uma eterna dança de redemoinho de átomos. Esses na verdade,consistem de minúsculos pares de partículas, que finalmente tornam-se pura energia (Prana) densificada em várias ondas que se agregam e permitem formar matéria.O Prana não está somente no ar, ele está em toda parte. Não existe um lugar onde ele não esteja; ele existe até mesmo no vácuo ou no vazio. Nada existe sem o Prana, nenhum ser animado ou inanimado.

O Prana é o menor e mais refinado bloco construído em miniatura de vida, energia sutil que cria e sustenta simplesmente tudo (matéria física, pensamentos, sentimentos…etc.). Prana, é a mais alta energia criativa dimensional e inseparavelmente conectada ao Espírito, Plenum/Deus ou a Energia Criadora.

Informações recentes sugerem que uma vez nós realmente fomos conscientemente e continuamente conectados à Infinita Fonte de Prana e existimos puramente disto. Há pouco tempo atrás – aproximadamente 13000 anos – antes da última mudança de polos apagar nossa memória consciente disto , nós respirávamos de tal modo, que enquanto o ar entrava através de nossa boca e nariz, nós poderíamos tomar Prana através do topo de nossas cabeças, que uma vez foi o ponto por onde entrava o principal fluido plásmico espiritual da Fonte.

O canal do Prana vai através do corpo como um eixo vertical e tem aproximadamente duas polegadas de diâmetro. Ele se estende uma palma acima da cabeça e uma palma abaixo dos pés e se conecta com o campo de energia cristalina (Mer-ka-ba) ao redor do corpo. O Prana então circula  acima e embaixo do corpo e se encontra em um dos Chacras. O Chacra onde o Prana se encontra, depende de onde você esta mentalmente, emocionalmente, e dimensionalmente “afinado.”

Assim, equilibrando e criando um mais alto nível de biohomeostasia(que é a propriedade de um sistema aberto, especialmente dos seres vivos, de regular o seu ambiente interno, de modo a manter uma condição estável mediante múltiplos ajustes de equilíbrio dinâmico, controlados por mecanismos de regulação inter-relacionados), a estabilização das funções biológicas ocorrerá, de tal modo, que, assim como podemos controlar a respiração,possamos também, controlar o ingresso plásmico(PRANA) do corpo físico para levar a energia cósmica ao sistema.

Esta energia cósmica vai direto aos chacras, reconstituindo e logo entra no sistema nervoso etéreo, antes de passar de regresso pelas paredes celulares físicas, para o entorno biopsíquico imediato(dando como resultado o que usualmente chamamos de AURA). Este plasma “reconstituído”,chega a ser uma “espécie de bateria” ou sistema de energia para o corpo. Amplificando a Aura(nosso campo eletromagnético), os plasmas reconstituídos, também começam a alterar sutilmente o entorno ou BIOSFERA.

Deste modo, a Cosmósis depende de todos os sistemas clássicos da yoga, como os temos definido(post anterior), como também do mais avançado entendimento, no que estamos evoluindo. Esta é a direção dos novos órgãos dos sentidos do corpo etérico, evoluindo para a Noosfera como campo morfogenético coletivo da espécie humana, estabelecendo seu campo mental como um palpável mecanismo planetário. Nesse processo cada ser humano está funcionando como uma espécie de célula nervosa psicofísica da Noosfera.

Resultado de imagem para imagens sobre cosmosisVisão pessoal….

Nesse momento, podemos participar conscientemente deste processo de Cosmósis, utilizando-o continuamente sintetizando e transformando a energia cósmica para a nossa própria manutenção. Mediante o processo consciente da Cosmósis, chegamos a sermos “cósmicos”, enquanto a unidade celular do corpo é a História Cósmica.Isso significa que chegamos a ser uma entidade cosmótica, vivendo pela Graça  e finalmente retornando á um estado onde o Plenum Cósmico está nos dando as faculdades e capacidades para penetrar ainda mais longe em algo do conhecimento oculto, que existe mundo afora na natureza.No entanto, este conhecimento só pode ser penetrado pela Divina Graça, e com o cultivo destes mais elevados órgãos dos sentidos etéreos, que se acomodam á coordenação mais alta dos sistemas de conhecimento. Estes sistemas  de conhecimento são definidos pela História Cósmica como sendo “Sistemas Integrais”.

Nós somos uma maneira do Cosmos conhecer a si mesmo
Carl Sagan
Inspiração….