A verdade sobre os alienígenas já é uma realidade entre nós-Pesquisas e depoimentos

Divulgadas imagens secretas de Vênus que mostram possível existência de vida no planeta

O Instituto de Pesquisa Espacial da Academia de Ciências publicou uma série de fotografias, tiradas pela sonda Venera, que mostram supostos organismos vivos em Vênus. Pelo menos foi isso o que explicou o doutor em ciências físicas e matemáticas Leonid Ksanfomaliti, do Instituto de Pesquisa Espacial. Segundo Ksanfomaliti, as imagens captadas há 30 anos revelam a movimentação de objetos estranhos sobre a superfície de Vênus. Para defender sua hipótese, Ksanfomaliti publicou as fotografias, as quais, supostamente, retratariam vários objetos que aparecem e desaparecem, por meio de uma sequência de fotogramas. Após a recente descoberta de vários exoplanetas com condições similares às de Vênus, o pesquisador decidiu voltar a estudar a possível existência de vida nesse planeta.

A Força Aérea dos EUA informa sobre Roswell-24/06/1997Em 24 de junho de 1997, oficiais da Força Aérea dos EUA publicaram um relatório de 231 páginas negando relatos de longa data sobre um acidente com uma nave espacial em Roswell, no Novo México, quase 50 anos antes.

O interesse público em objetos voadores não identificados, ou óvnis, começou a surgir nos anos 40, quando avanços em viagens espaciais e o início da era atômica fizeram com que muitos americanos voltassem suas atenções para os céus. A cidade de Roswell, localizada perto do rio Pecos, no sudeste do Novo México, virou um ímã para os que acreditavam em óvnis devido a estranhos eventos no início de julho de 1947, quando o fazendeiro W.W. Brazel encontrou um estranho e brilhante objeto espalhado em um trecho de sua terra. Ele, então, mostrou-o ao xerife, que, por sua vez, entregou-o às autoridades de uma base da Força Aérea nas proximidades. Em 8 de julho, oficiais da Força Aérea anunciaram que haviam recuperado restos de um “disco voador”. Um jornal local noticiou a história em suas manchetes e lançou Roswell ao centro das atenções do fascínio público por óvnis.

Mas logo a Força Aérea voltou atrás na sua história, dizendo que os destroços eram apenas de um balão meteorológico. À exceção dos fanáticos por óvnis ou ufologistas, o interesse público no chamado “Caso Roswell” foi desaparecendo até o final dos anos 70, quando surgiram alegações que os militares tinham inventado a história do balão meteorológico como um acobertamento. Apoiadores dessa teoria argumentavam que os oficiais, na verdade, haviam recuperado vários corpos alienígenas da nave acidentada, os quais estavam alojados na misteriosa Área 51, em Nevada. Para afastar essas suspeitas, a Força Aérea lançou um relatório de mil páginas em 1994, afirmando que o objeto acidentado era, na realidade, um balão meteorológico de grande altitude lançado de um local de teste de mísseis nas proximidades, como parte de um experimento confidencial que pretendia monitorar a atmosfera para detectar possíveis testes nucleares soviéticos.

Em 24 de julho de 1997, quase uma semana antes da comemoração exótica do 50º aniversário do incidente, a Força Aérea publicou outro relatório sobre o controverso assunto. Intitulado como “The Roswell Report, Case Closed” (O Relatório de Roswell, Caso Encerrado), o documento afirmava, em tom definitivo, que não havia nenhuma evidência no Pentágono(?) de que qualquer forma de vida havia sido encontrada na área de Roswell com relação a supostos avistamentos de óvnis, e que os “corpos” encontrados não eram alienígenas, porém manequins utilizados em testes de paraquedas realizados naquela região(???!!!);isso supostamente colocaria um fim à discussão sobre o acobertamento,que foram em vão, já que ufologistas furiosos correram para apontar as inconsistências do relatório. Com teorias de conspiração ainda vivas e sólidas na internet, Roswell continua sendo um assunto obrigatório quando flamos em Òvnis.

Esta é a pedra encontrada perto de Roswell com inscrições parecidas com a de um círculo inglês ou alguma mensagem intergaláctica-Pedra encontrada em Roswell pode ser de origem extraplanetária

Uma pedra com propriedades magnéticas incomuns, com marcas profundas que parecem ser as fases da Lua, um eclipse solar e a representação de uma supernova, foi descoberta nos arredores de Roswell, Novo México, assustando os investigadores, cientistas e todos que a examinaram. Se for provado que esta pedra é de origem extraterrestre, será a segunda vez em menos de um século que a área de Roswell se envolve com contatos do espaço. Sam D. LaGrone, prefeito de Roswell, e que de fato viu e tocou a pedra declarou: “É uma pedra muito estranha. Toquei nela, a senti e não identifiquei como poderia ter sido produzida”, completando que ela é mais um elemento que evidência o mistério que envolve a cidade, o Caso Roswell, mesmo 61 anos depois e que supostamente foi acobertado pelas autoridades militares. O objeto é colorido e tem uma cor avermelha bem intensa, mede menos de cinco centímetros e pesa aproximadamente 40 gramas. Ela foi encontrada em setembro de 2004, por Robert Ridge, enquanto caçava cervos na Cedar Hill, que fica 17 milhas do incidente ocorrido em 1947. “Vi algumas pegadas recentes no solo e as segui. Foi quando notei a pedra parcialmente exposta ao lado de um buraco na areia. Mas não a peguei porque pensava que havia cervos um pouco mais para cima da colina”, declarou Ridge alegando que depois voltou ao local só pegar a pedra. Depois de mostrar a pedra para a família e seus amigos, ele a guardou em uma caixa num depósito seguro até o ano passado, quando teve a curiosidade para descobrir sua verdadeira história.

 

Em julho do ano passado que Robert Ridge foi apresentado aos ufólogos Chuck Zukowski e Debbie Ziegelmeyer e mostrou o material. Ridge informou que os ufólogos ficaram bastante impressionados chegando até a mostrar a pedra a vários especialistas, incluindo os melhores antropólogos do Novo México e todos eles afirmaram que jamais viram algo parecido com isto. Segundo Zukowski não havia nenhum jeito desta pedra ter sido marcada ou perfurada sem equipamentos modernos e sofisticados e sem o uso de laser ou jatos d’água de alta velocidade para alimentarem as brocas. A imagem do artefato parece literalmente ter sido arrancada da superfície da pedra de minério ferroso e vermelho. Este objeto retém polaridades magnéticas capazes de fazer o ponteiro de uma bússola girar e registrar seu campo magnético há metros de distância. “A pedra oval também irá girar quando um imã for colocado em cima da superfície da imagem dependendo de sua posição” acrescentou Zukowski. Arqueólogos que viram a pedra querem submetê‐la a uma análise de laboratório, o que eles chamam de fase dois de suas investigações. Um antropólogo descreveu a pedra como sendo semelhante a um magneto. Os magnetos foram mencionados na literatura durante séculos como pedras possuindo propriedades mágicas e místicas. Existem lendas antigas onde as pessoas informam que quando seguravam os magnetos em suas mãos o seu corpo tremia e que este tipo de pedra já curou uma porção de doenças, inclusive picadas de cobra e dores de cabeça.

Enquanto isso, os ufólogos afirmam que o desenho contido na pedra é parecido com os círculos ingleses que apareceram em várias cidades da Inglaterra, indicando a possibilidade da pedra conter uma mensagem do espaço. Priscilla Woolf, de Tijeras, uma norte‐americana conhecida por ter poderes sobrenaturais, visitou o local onde a pedra foi encontrada e afirmou que sentiu uma vibração em suas mãos quando segurou a pedra e que percebeu que uma luz veio do céu quando a colocou no local onde foi encontrada. “Embora a pedra tenha sido encontrada parcialmente exposta na superfície, a área arenosa na qual esta foi achada é conhecida por sua erosão constante, o que possivelmente escondeu a pedra durante vários anos”, explicou Zukowski. “Depois que tive contato com esta pedra por alguns meses, comecei a pensar que ela poderia ser algum tipo de código, ou até mesmo uma mensagem”, finalizou Ridge.

FORMATO IMPRESSIONOU OS PESQUISADORES

Novas imagens apontam para autenticidade do agroglifo de Prudentópolis

A Ufologia Brasileira tem acompanhado com interesse crescente o fenômeno dos agroglifos nos últimos anos, desde seu surpreendente surgimento em Ipuaçu, Santa Catarina, a partir de 2008. Agora, pela primeira vez, esses enigmáticos desenhos surgem no Paraná. O agroglifo surgiu da noite de segunda‐feira (05) para terça‐ feira (06) na Chácara Santini, bem à beira da estrada que liga a BR‐277 a Prudentópolis, e a não mais do que 1 km da cidade, de onde pode ser visto com clareza. Pode‐se então chegar à primeira conclusão, seria impossível alguém ou um grupo de pessoas fazer a figura sem ser visto. Mas esta não é a única razão para a imagem ser dada como autêntica, como se verá. O agroglifo estava em uma plantação de trigo ainda verde e muito viçosa, nesta fase impropria para colheita. A figura foi descoberta na tarde de terça‐feira (06) e filmada naquela mesma noite, mas sem clareza. Na manhã seguinte, quarta‐feira (07), foi filmada novamente por Tito Santini, um dos proprietários da localidade, que enviou fotos e vídeos à Rede RPC, levando ao conhecimento do fato à Revista UFO. Ele próprio ficou impressionado em ter visto aquilo na chácara, que está com sua há décadas. Disse que ali nunca ocorreu nada de anormal. A Revista UFO recebeu as imagens às 13h00 de quarta‐feira (07) e às 14h00 seu editor, A. J. Gevaerd, já se dirigia para o local, onde chegou às 16h00. Lá foi constado que a figura tem exatamente os mesmos padrões de várias outras anteriormente analisadas, tanto no Brasil, em Santa Catarina, de 2008 a 2014, quanto na Inglaterra. Chamava a atenção o fato de seu formato não poder ser visto a partir do solo, por ser muito grande. Para as imagens aéreas contou‐se com a ajuda do drone pilotado por Cauê Quadros, contratado pela Novelo Filmes para um documentário sobre agroglifos para o History Channel para o qual a Revista UFO é parceira, e que sobrevoou detidamente a imensa figura. A partir de 150 metros de altura ficaram nítidos o impressionante formato e suas enormes medidas, que foram uma grande surpresa. O drone esteve ativo por mais de uma hora e registrou as imagens de vários ângulos. Enquanto o trabalho de filmagens e fotos do alto era realizado, deixando cada vez mais clara a autenticidade da figura, Gevaerd e o grupo de estudiosos Rama, de Guarapuava, faziam as medidas dos elementos da gigantesca figura. João Gabriel de Oliveira, um dos membros da equipe, providenciou um croqui inicial, que será usado como base para a elaboração do croqui oficial pelo perito criminal e conselheiro especial da Revista UFO, Inajar Antonio Kurowski. FORMATO IMPRESSIONOU OS PESQUISADORES A figura contém dois anéis de diferentes tamanhos, mas com cerca de 50 metros cada, que se interseccionam em cerca de 35% de sua área, dentro de qual há um círculo central de 20 metros de diâmetro. Tanto os anéis quanto o círculo têm as plantas dobradas, mas não quebradas, em sentido anti‐horário, o que se verifica também em 4 círculos menores, mas de tamanhos diferentes, encontrados a leste, na extremidade do além à direita. Seus tamanhos aumentam gradativamente. É importante destacar que havia chovido um pouco em dias anteriores, o que fez com que parte do trigo dobrado, pelo solo molhado, tendesse a voltar à posição normal, mas isso se verificou com a minoria das plantas. Não foi notado danos extensivos à lavoura e ao agroglifo por pisoteio de curiosos até o final da tarde de quarta‐feira (07). Entretanto é provável que isso ocorra, pois os interessados e curiosos já formavam uma pequena multidão no final da tarde de quarta‐feira.

Quaisquer vestígios de ação humana ou mesmo ferramentas esquecidas, já foram verificadas em tentativas de fraudes, e cuja ausência, assim verificada, igualmente contribui para a autenticidade da figura. Também deve ser notado que a plantação é entrecortada por rastros de pneus de trator usado para fumigação da lavoura. Isso é absolutamente comum em cenários de agroglifos. É muito importante o detalhe de que várias testemunhas relataram ter visto luzes sobre a propriedade tanto da noite de segunda-feira (05) para terça-feira (06), quanto por volta de 22h30 de terça-feira. Seus depoimentos estão nos arquivos da Revista UFO. Pessoas também relataram que faltou energia elétrica em toda a cidade no meio da madrugada que precedeu terça-feira. Não se sabe se estes fatos estão interligados ao agroglifo. A Revista UFO seguirá acompanhando o caso, e em breve, em sua edição impressa, apresentará a completa cobertura de mais uma ocorrência de agroglifos no sul do país, como vem se repetindo incessantemente desde 2008.

 

Em 1998, o engenheiro elétrico John J. Williams encontrou o que parecia um conector elétrico projetando-se do solo. Ele começou a cavar e descobriu que o conector de três pinos estava embebido numa pequena rocha.Segundo Williams, o artefato foi descoberto durante uma excursão realizada numa área rural na América do Norte, distante de assentamentos humanos, complexos industriais, aeroportos, fábricas ou instalações nucleares. Embora isso possa ferir a credibilidade de sua descoberta, Williams se recusa a revelar a localização exata do achado, por medo de que a revelação possa provocar a pilhagem de outras relíquias misteriosas no local.Conhecido como “Enigmalito”(uma combinação de das palavras ‘enigma’ e ‘monólito’) ou “Petradox”, o artefato apresenta a aparência indiscutível de um componente eletrônico embutido numa pequena pedra de granito natural sólido composta de quartzo e feldspato (incluindo uma pequeníssima porcentagem de mica).

O relativo sigilo sobre o local da descoberta e teorias de caráter ufológico sobre o objeto têm levado muitas pessoas da comunidade científica a categorizarem o achado como uma farsa produzida para trazer fama e fortuna a seu proprietário. Não obstante, Williams diz que o Petradox está à disposição de qualquer investigador que queira analisá-lo científicamente, mas cientistas têm ignorado a oferta.Segundo Williams, que consultou engenheiros e geólogos para verificar o espécime, o componente eletrônico embutido no granito não apresenta sinais de ter sido colocado ou soldado na pedra e, se isto ocorreu, certamente foi feito por algo ainda desconhecido pela ciência atual; na verdade, chegou-se à dedução de que o objeto já existia no momento em que a pedra se formou em torno dele. Análises geológicas posteriores da pedra, estimaram que a mesma tem cerca de 100 mil anos de existência, o que torna o objeto técnicamente impossível de existir se levarmos em conta a cronologia aceita atualmente.

MAS O QUE SERIA ESSE OBJETO?

O objeto embutido no Petradox tem sido comparado por alguns cientistas a um conector eletrônico tipo XLR ou algo similar. Ele apresenta um leve campo magnético e leituras de ohmímetro para verificar condução elétrica demonstram a presença de resistência próxima a que conhecemos hoje em circuitos abertos.Seus três “pinos” parecem ser compostos por algum tipo de metal e a matriz inserida na pedra foi identificada como cerâmica ou outro material parecido. Foi totalmente descartada a possibilidade desta peça de 8 mm de diâmetro ter sido feita de madeira, plástico, borracha, metal ou algum material semelhante.Embora Williams não permita que se quebre a rocha, análises com potentes raios-x (porque raios-x comuns não conseguiram penetrar a pedra) indicam que o componente matriz se prolonga numa estrutura interna opaca que inclui uma cavidade.

Apesar do ceticismo extremo, Williams está convencido de que a relíquia é genuína de uma tecnologia humana antiga ou alienígena e espera que cientistas possam autenticá-la, mas insiste que ele esteja presente durante as análises, que a rocha na seja danificada e que ele não tenha de pagar pela pesquisa.Alguns acreditam que cientistas se distanciem do artefato porque estão temerosos do que podem encontrar(?). Embora análises científicas possam vir a confirmar que esta seja uma elaborada farsa, isso também poderia mudar radicalmente nosso entendimento da história humana.Se o espécime for genuíno, pesquisadores teriam também de considerar seu design. Por que tal componente estaria embutido numa rocha? Que propósito teria esse objeto?Williams acredita que a localização do artefato oferece mais evidências de uma civilização perdida ou uma presença extraterrestre. Ele tem buscado uma equipe de cientistas de mente aberta para investigar o local.

Vistas do Petradox (Internet)

Oopart (Out Of Place ARTifact), ou “Artefatos Fora do Lugar”, é o termo aplicado a dezenas de objetos pré-históricos encontrados em vários lugares ao redor do mundo os quais possuem um nível tecnológico que está em completo desacordo com a idade do objeto determinada com base em características físicas, químicas e/ou geológicas. Ooparts frequentemente são frustrantes para os cientistas convencionais e atiçam os investigadores aventureiros e indivíduos interessados em teorias científicas alternativas.

PROGRAMA ESPACIAL MERCURY

O Programa Espacial Mercury tinha como objetivo colocar um único homem a bordo de uma cápsula espacial, dando poucas voltas ao redor da Terra. O primeiro astronauta norte-americano foi ao espaço através do Programa Mercury. Já na primeira missão tripulada houve registro de objetos luminosos no espaço

Em quase todas as missões espaciais houveram registros de naves alienígenas. Tais objetos foram fartamente registrados, documentados, filmados e fotografados. Foram criados termos específicos para serem utilizados pelos astronautas em suas missões, em caso de presença alienígena. Bogey (duende), Papai Noel, fogo, entre outras denominações. Desde as primeira missões tripuladas houveram avistamentos de OVNIs. O Projeto Mercury foi pioneiro, pois foi o programa que colocou o primeiro norte americano no espaço. Em cada missão da Mercury eram enviados ao espaço um astronauta, que dava poucas voltas ao redor da Terra.

Missão Mercury Atlas ­ 6

Um dos primeiros registros de avistamento de OVNI`s foi o do astronauta John Gleen Jr. John foi enviado ao espaço na missão Mercury Atlas ­ 6, no dia 20 de fevereiro de 1962. Ele foi o primeiro norte americano a ir ao espaço. Em órbita da Terra, o astronauta observou pequenas luzes voando no espaço próximo à sua capsula espacial. Não havia vazamentos ou pedaços da nave ou do foguete impulsor que pudessem ser confundido naquele momento. Ao reentrar na atmosfera terrestre, ele viu um globo luminoso. Ao retornar à Terra, o Dr. Roberto Boas, que foi responsável pelo treinamento psicológico do astronauta, afirmou que ele estava visivelmente surpreso com a experiência. Missão Mercury Atlas ­ 8 Nas missões posteriores, os avistamentos de OVNIs continuaram. Scott Carpenter foi ao espaço na missão Mercury Atlas 8, em 24 de maio de 1962. Sua missão era dar três voltas ao redor da Terra. Este astronauta observou durante o vôo orbital um OVNI, o qual fotografou. Este objeto era cilíndrico, e houve confirmação de um outro menor, de formato discoidal que saiu deste primeiro. Ao regressar para a Terra aconteceu algo estranho: A nave estava orientada perfeitamente, seguindo para o ponto previsto para aterrissagem. No entanto, a cápsula se desviou 400 quilômetros, o que é muito, visto que a missão foi extremamente planejada. O mistério que ainda não foi explicado pela NASA é como a cápsula se desviou de sua trajetória.

Missão Mercury Atlas ­ 9

Na missão seguinte foi a vez do astronauta major Gordon Cooper, que foi ao espaço 16 de maio de 1963, a bordo da cápsula espacial Mercury. No espaço, a cápsula passava sobre a estação Muchea, na Austrália, quando Cooper avistou um objeto luminoso, de coloração esverdeada vindo em sua direção. Na estação de Muchea, os radares captaram o objeto, o que confirma o acontecimento. Houveram aproximadamente 200 pessoas em Terra, que puderam observar a cápsula do astronauta e o outro objeto. Durante a quarta passagem do astronauta sobre o Havaí, no dia 15 de maio de 1963, as comunicações entre os controladores em Terra e a cápsula foram interrompidas por uma misteriosa linguagem. Esta interrupção causou espanto e irritação nos oficiais da NASA. As investigações posteriores não puderam identificar a natureza da linguagem. Gordon Cooper já tinha avistado OVNIs anos antes, quando voava a bordo de F­86 Sabrejet, sobre a Alemanha Ocidental. Os objetos observados na ocasião, eram metálicos e de formato discoidal. Em uma outra ocasião, Gordon Cooper discursou nas Nações Unidas, afirmando que: “Eu acredito que veículos extraterrestres e seus tripulantes estejam visitando nosso planeta … a maioria dos astronautas eram relutantes em discutir os UFO`s”.


O FENÔMENO ÓVNI NO MUNDO-COMO OS PAÍSES ENCARAM ESTA QUESTÃO

O Fenômeno OVNI manifesta-­se em todos os lugares do planeta Terra. Todos os países, desde aqueles localizados em regiões polares até os países localizados ao longo da linha do Equador são palco de ocorrências envolvendo estranhos objetos voadores cujas principais características são a alta tecnologia empregada na construção destes veículos e a presença de uma inteligência controlando suas evoluções. Por essa natureza insólita os mais diversos países ao redor do globo criaram comissões específicas com o objetivo de pesquisar as ocorrências ufológicas em seus territórios. Os Estados Unidos foram os mais envolvidos com a questão, não só registrando as ocorrências mas também criando unidades específicas com o objetivo de abater estes objetos para estudo. Em algumas oportunidades o Governo Estad­unidense teve êxito em resgatar estes objetos acidentados em território americano bem como barganhar estes objetos com governos de outras nações. Através da captura e posterior análise destes objetos foi possível desenvolver novas tecnologias empregadas em diversas áreas. Os norte-­americanos foram também pioneiros no acobertamento de fatos envolvendo o Fenômeno OVNI. Os outros países apenas seguiram as determinações ou adotaram o padrão americano. Entretanto, nos Estados Unidos este acobertamento foi muito mais intenso e atuante que em outros países. O Governo Americano utilizou diversos meios lícitos e alguns ilícitos com o objetivo de acobertar os casos e denegrir a imagem de pesquisadores. Existem indícios muito fortes de vários ufólogos foram silenciados por esta máquina governamental. Em outros países, felizmente, a situação foi menos delicada. Desde 1947, quando o Fenômeno OVNI passou a preocupar, vários países admitiram, em alguma ocasião, a realidade do Fenômeno ou ainda estiveram seriamente envolvidos com o estudo do tema.

O EXEMPLO FRANCÊS

A França, históricamente, foi o primeiro pais a criar uma lei específica destinada ao acesso à documentos do governo no ano de 1974. Na área ufológica também foi pioneira. O GEPAN, entidade criada com a finalidade de investigar fenômenos aeroespaciais anômalos, gerou uma grande quantidade de informações e documentação. Um dos documentos, o Relatório Cometa, repercutiu no mundo inteiro. Outros países seguiram o exemplo francês. Em fins de novembro de 2002, a Inglaterra liberou, por meio da Lei de Liberdade de Informação, mais de 200 páginas de documentação sobre OVNI`s. Atualmente são mais de 790 páginas de documentos oficiais sobre OVNIs, disponíveis no site do Ministério da Defesa da Inglaterra. O Brasil, também já realizou investigações sobre o fenômeno OVNI. Sempre de caráter confidencial, estas investigações foram confirmadas através de documentos ufológicos do governo brasileiro que “vazaram” e chegaram às mãos de ufólogos. Nos links abaixo, poderemos conhecer um pouco da relação entre governos mundiais e o Fenômeno OVNI. Procuraremos disponibilizar todos os documentos governamentais que já conseguimos acesso (mais de 10 mil páginas estarão à disposição em breve). Estes documentos são bem conhecidos da maioria dos ufólogos e provém de diversas instituições nacionais e internacionais.

Documentos Oficiais
Austrália
Brasil
Canadá
Chile
Dinamarca
Espanha
Estados Unidos
França
Reino Unido

ATUALIZAÇÕES

1-Os participantes do Instituto SETI fizeram uma declaração de “princípios” sobre como devemos nos comportar durante o contato com seres de outros planetas. Nela, constam os seguintes conselhos: certifique-se de que o sinal que você recebeu é realmente de origem alienígena antes de anunciar a descoberta; a confirmação deve ser espalhada imediatamente a toda a imprensa e canais científicos; antes de levar a notícia ao público, porém, recomenda-se avisar outros estudiosos do assunto; e, por último, deve-se fazer um estudo minucioso da mensagem antes de enviar qualquer resposta.

2-Circulou recentemente na internet um falso boato de que a ONU teria criado um órgão e até um embaixador para “assuntos extraterrestres”. O organismo seria a UNOOSA (Agência das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Exterior) e o embaixador (ou embaixatriz), a astrofísica malaia Mazlan Othman. Ela seria a responsável pela diplomacia no caso de um provável primeiro contato. Ocorre que a UNOOSA realmente existe e Othman é, de fato, sua responsável, mas a função do órgão é promover a cooperação internacional no uso pacífico do espaço e fortalecer o uso da ciência e tecnologias espaciais. Nada de embaixador para assuntos extraterrestres, portanto.

3-Os lugares do Sistema Solar mais propícios à vida extraterrestre são o planeta Marte,(já houve a divulgação oficial da existência de água pela NASA) além das luas Europa (do planeta Júpiter), Titã (do sistema da Saturno) e Tritão (de Netuno).Até agora foram descobertos em torno de mil planetas fora do Sistema Solar, mas os astrônomos suspeitam que esse número seja infinitamente maior. Alguns acreditam que a maior parte das estrelas possui planetas girando ao seu redor. Levando em conta que as galáxias menores possuem cerca de 100 bilhões de estrelas e as maiores, como a M87, trilhões de astros… quantos planetas você acha que existem no Universo? Um lembrete: existem outras 100 bilhões de galáxias no Universo visível.

VISÃO PESSOAL….

Estamos abordando aqui casos famosos ,depoimentos, artefatos,abduções, avistamentos e todo tipo de informação á respeito de vida e presença ET de que se tem notícia.Mas, cabe aqui na altura das informações já disponibilizadas,fazer uma pequena  recapitulaçao de algumas terminologias, que consideramos necessárias para que os leitores e interessados possam melhor se situarem no contexto extraterrestre.

1-OVNI é a sigla para Objeto Voador Não Identificado, também chamado de UFO (sigla de Unidentified Flying Object) em inglês.

2-A expressão disco voador (flying saucer) é usada para definir o OVNI como um objeto com características semelhantes a pires ou pratos voadores.

3-Além do formato disco voador, foram classificados outros dois tipos de OVNIs: o cigarrete (naves longas, normalmente em forma de charuto) e as esferas (naves no formato de esferas).

4-Ufologia é o estudo dos registros visuais, evidências físicas e relatos relacionados aos objetos voadores não identificados.

5-Contatos imediatos é uma expressão normalmente usada para se referir a contatos de seres humanos com supostas naves e seres alienígenas. Os contatos imediatos de zero grau são avistamentos de naves à longa distância. Contatos de primeiro grau é quando as testemunhas avistam detalhes da espaçonave. Contatos de segundo grau, é quando o possível OVNI pousa e deixa vestígios de sua passagem. De terceiro grau são as observações de tripulantes/ETs na nave. Os de quarto grau ocorrem quando há contato direto e comunicação com os tripulantes. Com os de quinto grau ocorrem viagens na nave e contatos normalmente chamados de abduções.

6-A abdução acontece quando a pessoa é levada por entidades não-humanas contra a vontade para o interior do OVNI, onde é submetida a experiências e exames clínicos.

7-SETI é um projeto que visa analisar sinais enviados por possíveis civilizações alienígenas. A sigla em inglês significa Search for Extra-Terrestrial Intelligence, que quer dizer Busca por Inteligência Extraterrestre. Os sinais são recebidos por radiotelescópios como o de Arecibo, em Porto Rico.

Com estes postulados bem explicados, alguns /fatos/testemunhos e estatísticas deixaremos registrados;

1-São José dos Campos, no interior de São Paulo, é a cidade com maior número de relatos de abduções do mundo.

2-Os países com o maior número de fenômenos OVNIs (contatos de zero a quinto grau) são os Estados Unidos, México, Peru, Brasil, Rússia e Chile.

3-Os ufólogos estimam que o número de ocorrências/contatos em todo o mundo esteja na casa dos 8 milhões desde 1 947.

4-Ninguém sabe o porquê(?!), mas mais de 60% dos casos de avistamento de OVNIs ocorrem nos Estados Unidos.

5-Pesquisas feitas no final da década de 1 990 revelaram que 12% dos norte-americanos acreditam que já viram UFOs e outros 48% acreditam nos relatos de quem afirma ter visto.

6-Segundo o Centro para Estudos Ufológicos de Chicago, a maior parte das aparições de OVNIs ocorrem por volta de 9h da noite ou 3h da madrugada.

7- Várias personalidades/autoridades que afirmaram categóricamente já terem avistado OVNIs:Uma delas,foi Jimmy Carter (ex-presidente dos Estados Unidos).

8–O fenômeno UFO mais conhecido do mundo (e o preferido dos ufólogos) é o caso Roswell, supostamente ocorrido na cidade de mesmo nome, no oeste dos Estados Unidos.

9-No Brasil, o caso que mais deu o que falar foi o do ET de Varginha, no interior de Minas Gerais. A história ganhou inúmeras versões, até se transformar em uma das principais e mais difundidas lendas(?) urbanas no país(abordaremos em breve,aqui no blog)

10-Outros casos de grande repercussão no Brasil foram a Noite Oficial dos UFOs e a Operação Prato. A Noite Oficial dos UFOs ocorreu em 1 986, quando radares detectaram cerca de 20 OVNIs nos céus de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. O incidente durou cerca de 3 horas e, segundo os ufólogos, a Força Aérea chegou a acionar diversos aviões de combate para seguir os objetos. No dia seguinte, ele foi confirmado pelo próprio ministro da Aeronáutica. Mais tarde, o governo justificou que pode ter havido uma falha nos radares. A Noite Oficial dos UFOs ainda intriga estudiosos do assunto no Brasil e no exterior(já abordamos em nossa série)

11-Operação Prato foi o nome dado à investigação de uma série de aparições de supostos OVNIs nos Estados do Pará e do Maranhão em 1 977. Brasília enviou diversos estudiosos para o local, que acabaram confirmando as aparições.

12- Área 51 é uma base secreta do estado norte-americano de Nevada onde, acredita-se, são realizadas pesquisas e feitos testes com tecnologia alienígena. Muitas pessoas já declararam ter visto objetos estranhos sobrevoando o local. O governo nega, mas o fato é que o local realmente serve de base para operações secretas das forças armadas dos Estados Unidos(Já abordada aqui no blog).

13-Outras cidades e locais que ganharam fama por supostas aparições de naves e OVNIs: Peruíbe (SP), Serra do Roncador (MT), Guarabira (PB) e Itaara (RS).

14-O Triângulo das Bermudas é uma área do Oceano Atlântico entre o estado norte-americano da Flórida, a ilha de Porto Rico e o arquipélago das Bermudas que ficou famosa pelos súbitos desaparecimentos de aviões, barcos e navios. Ocorreram mais de 50 eventos dessa natureza, a maioria entre 1 945 e 1 950. Muitas teorias foram criadas para explicar o fenômeno e um deles é justamente a ação de extraterrestres.(na pauta do blog para realizarmos a matéria)

Com tantas evidências e fatos comprovados,além de políticas oficiais e extra-oficiais sobre o assunto “vida extraterrestre”,pesquisas ouvindo a população e evidências materiais(Crop Circles e artefatos que “vazaram”,sem contar os ocultados em áreas militares),não estamos discutindo mais se há ou não vida extraterrestre,mesmo considerando sómente a existência de água e microorganismos;estamos ampliando o conceito de vida no Universo inteiro já que, até o incidente de Roswell, só tínhamos evidências arqueológicas,alegorias bíblicas,aparições consideradas milagrosas ,fotos de avistamentos ridicularizadas e consideradas forjadas e depoimentos considerados fantasiosos.Vamos prosseguindo com esse tema,pois temos inúmeros fatos e evidências ainda por esclarecer e informar,para que cada um de nós possa tirar suas próprias conclusões e ampliar seus conceitos deste tema tão apaixonante e necessário nesta Transição Planetária.

Inspiração…

Exopolitica
Paola Harris
 Biblioteca Documento UFO- A pedra de Roswell-O caso dos Agroglifos no Brasil
UFO Magazine
A Ameaça
David Jacobs-PhD
Human Encounters with alies-Abduction
 John Macks-PhD
 Acidente alienígena-
Jesse Marcel
 Segredo de Estado
Javier Serra
Recomendo….
Anúncios

O CÉREBRO CÓSMICO

Nosso cérebro é elétrico e cheio de células individuais e neurônios, conectados uns aos outros pelos dendritos e axônios.Toda vez que pensamos, nos movimentamos, sentimos ou nos lembramos de alguma coisa, nossos neurônios estão em operação.Essa operação é realizada por pequenos sinais elétricos que se movem rápidamente de neurônio para neurônio(Sinapses).Esses sinais são gerados por potenciais elétricos diferentes carregados pelos íons na membrana de cada neurônio.Todas as nossas percepções físicas são registradas em nosso cérebro físico.Entretanto, nosso cérebro físico é um componente do holograma de nossa realidade 3D.

Nossa mente, por outro lado, é o que nos conecta à nossa Mente Cósmica, que ressoa além do holograma 3D.Enquanto que nosso cérebro é um sistema operacional físico de nosso vaso terreno, nossa mente é a eletricidade que faz esse sistema operacional funcionar.Esta “eletricidade” é a nossa consciência.Nossa mente, que é na verdade nossa consciência, está nos assistindo ativamente na conexão com nossa Mente Cósmica.

A CONEXÃO COM A MENTE CÓSMICA

Nosso estado de consciência determina se nós somos ou não capazes de nos conectar com sucesso com nossa Mente Cósmica e operar a partir dela.Visto que estamos no processo de mudarmos de nosso sistema operacional tridimensional para nosso sistema operacional multidimensional, é vital que nós despertemos nossa consciência multidimensional.Nossa consciência multidimensional é bloqueada pelo medo e ativada pelo amor incondicional.O amor incondicional é isento de todo julgamento, e o julgamento é uma das formas-pensamento principais que baixa nossa consciência e o julgamento é uma forma-pensamento, um pensamento reunido a uma emoção, que sempre é baseada no medo.Sempre que julgamos alguma coisa, há um resíduo de medo, mesmo se ele estiver oculto em nossa mente subconsciente.Portanto, a liberação de todo julgamento é um componente vital para a ativação de nossa consciência multidimensional.

Nossa consciência física está sómente conectada aos nossos sentidos físicos.Assim, nós somente podemos perceber aquilo que ressoa dentro do holograma.Por outro lado, a emoção baseada no amor – que é o amor sem condições – permite que nossa mente se conecte com a nossa Mente Cósmica.Nossa mente, que é o estado de consciência que está conduzindo nosso cérebro, é direcionada ou para sobrevivência/medo ou para criação/amor.O amor condicional é uma forma de medo, enquanto que o amor incondicional é isento de todos os resquícios de medo.Nós passamos a maioria de nossas encarnações físicas conhecendo sómente o amor condicional.O amor condicional é baseado em “Eu amarei você se você…” ou “Se você não… eu não amarei você”.

O FATOR DOS SENTIMENTOS SOBRE A ATIVIDADE DA MENTE CÓSMICA

O amor normalmente era utilizado como uma recompensa.Se nós fôssemos bons (bom sendo determinado por uma fonte externa), nós recebíamos amor.Se nós fôssemos maus (novamente determinado por uma fonte externa), o amor nos era negado.Este amor condicional nos prendia ao holograma 3D, pois ele nos mantinha em um estado de medo.Este medo, não importa se pequeno ou inconsciente, baixava nossa consciência para a ressonância da terceira dimensão.Assim, nossas percepções eram limitadas aos cinco sentidos físicos de nossa forma física.Para ativarmos totalmente nossas percepções multidimensionais, nós precisamos sair do “jogo do bom o suficiente”.Este “jogo” é baseado numa fonte externa que julga se nós somos ou não bons o suficiente para receber amor.O único modo de sairmos desse jogo é amarmos o nosso eu incondicionalmente.Assim que nós nos lembramos de como amamos nosso eu incondicionalmente, as opiniões de fontes externas apenas são um componente do Jogo 3D, ao qual nós não estamos mais limitados.

Em outras palavras, nós podemos ainda estar escolhendo fazer este jogo, mas nós não estamos mais ligados ao resultado dele.Nós não mais buscamos encontrar reforço para nossos empenhos nessa realidade, pois nós sabemos que ainda estamos fazendo esse jogo porque escolhemos fazê-lo e não porque nós temos que fazê-lo.Assim que nossa mente nos conecta com nossa Mente Cósmica, nossa consciência é multidimensional e o Jogo 3D é apenas uma das inúmeras realidades de que participamos.É sensato permanecermos em contato constante com nossa Mente Cósmica, pois o Jogo 3D vicia muito.Este jogo vicia tanto porque ele ativa quaisquer medos ocultos de não sermos bons o suficiente.Se nós permitimos nossa consciência desligar-se do amor incondicional em que TODO feedback externo é uma ilusão, nosso subconsciente pode assumir o leme.Quando nosso subconsciente está no comando, nós somos governados por nossa criança/ego ferido.

Portanto, enquanto jogando no holograma 3D, é importante continuamente permanecermos cientes da constante necessidade que nossa mente subconsciente tem de amor incondicional.Em outras palavras, é vital nos mantermos como os mestres de nosso vaso 3D, que constantemente abastecemos com amor incondicional pelo nosso eu.Amar incondicionalmente nosso eu imediatamente nos liberta do Jogo 3D, pois a qualidade viciante desse jogo é que nós NÃO somos bons o suficiente.Portanto, se nós pudermos fazer, ser ou ter aquilo que o jogo dita em algum tempo determinado, nós seremos bons o suficiente – de acordo com algum julgamento externo.

O FATOR TEMPO

O tempo é outro gancho do Jogo 3D.Enquanto vivemos no AGORA, nosso passado não existe como uma fonte de julgamento e o futuro é a criação de nosso AGORA eterno.É quase impossível nosso cérebro viver no AGORA, exceto quando todo o nosso DNA 97% multidimensional estiver totalmente ativado.Cair de novo no tempo é um desafio constante enquanto esse DNA ainda está em ativação.Nosso cérebro tridimensional diz: “Se eu não FIZER ou SER ou TER o que essa fonte externa exige, eu não serei ‘bom o suficiente’”.Ser “bom o suficiente” é a principal qualidade viciante do Jogo 3D, pois ela nos mantém no nosso ego ferido que NÃO é bom o suficiente.Então, o fluxo constante de amor incondicional para o nosso eu é vital para nos proteger de nosso vício de julgamentos tridimensionais.E também, quando nossa mente cria uma ponte robusta para a nossa Mente Cósmica multidimensional, nós podemos manter uma conexão forte com nossas expressões superiores do EU que existem fora do holograma 3D.

Da perspectiva de nossa Mente Cósmica, nós podemos usar nossas percepções expandidas de clarividência (visão de frequência superior), clariaudiência (audição) e clarisenciência (sentidos) para perceber as dimensões superiores de nossa realidade que ressoam além dos limites da Matriz 3D.Visto que nossa ascensão para além da ilusão começou, nossas percepções superiores podem mais facilmente ser ativadas.Novamente, é o nosso vício ao Jogo 3D que limita nossa capacidade de mudarmos para as nossas percepções multidimensionais, as quais INCLUEM as percepções tridimensionais.Em outras palavras, nós não precisamos ignorar o mundo físico.Na verdade, enquanto estivermos usando um vaso 3D, nós não podemos ignorar essa frequência sem colocar em perigo esse corpo.Felizmente, com a prática, nós poderemos perceber as frequências superiores de realidade, que agora romperam a ilusão do Jogo 3D.Entretanto, as frequências superiores podem conscientemente perceber as frequências inferiores, mas as frequências inferiores não podem perceber as frequências superiores.Por exemplo, nosso vaso terreno pode perceber uma pedra, mas a pedra não pode nos perceber.Nossas percepções tridimensionais são semelhantes a essa pedra quanto a elas ancorarem nossas percepções multidimensionais em nosso planeta.

Felizmente, o planeta também é um ser multidimensional.Portanto, ele também tem frequências superiores de expressão, tal como nós temos.Então, quando expandimos nossas percepções para uma frequência mais alta de ressonância, há um planeta esperando nessa frequência, pronto para a nossa habitação.Toda a criação é multidimensional, mas nem toda a criação reduz sua ressonância para a frequência do reino físico.Assim que sentimos que concluímos nossa experiência de polaridade, densidade, limitação e separação, uma ponte energética torna-se perceptível para o nosso cérebro, mas se nossa mente (estado de consciência) puder ser expandida para se conectar com a Mente Cósmica multidimensional, nossas percepções começarão a incluir frequências de realidade que ressoam além do mundo físico.

O desafio maior é se nós não acreditarmos que uma frequência mais alta de realidade existe, ou se nós não acreditarmos que somos “bons o suficiente” para perceber ou visitar essa realidade superior, nosso cérebro limitará a consciência de nossa mente.Então nossa mente não será capaz de se conectar com nossa Mente Cósmica, e o mundo além da terceira dimensão permanecerá além do nosso campo perceptivo.Uma doutrinação principal do Jogo 3D era que se nós não podemos perceber alguma coisa com os nossos sentidos físicos, ela não é real.Entretanto, se um cego não consegue nos ver a determinada distância dele, isso nos torna não reais?

Se um surdo não ouve nossa voz, isso significa que nós não temos uma voz?De fato, os corajosos que escolheram o desafio de perder um de seus receptores físicos oferecem orientação para todos.Quando um receptor sensorial não funciona, a potência dos outros sentidos é amplificada.Da mesma maneira, nós podemos amplificar a nossa visão para clarividência, a nossa audição para clariaudiência e nosso tato/olfato/instintos para clarisenciência.Nós recuperamos o uso de nossas percepções expandidas por retornarmos à nossa consciência multidimensional.Para fazê-lo, nós precisaremos meditar ou fazer o que nos coloca em um estado superior de consciência.Uma vez num estado superior de consciência, nossa mente pode interagir com as frequências superiores de nossa Mente Cósmica para conectar nossas percepções superiores ao nosso cérebro tridimensional.

Assim que nosso cérebro 3D está conectado à nossa Mente Cósmica multidimensional, nós podemos começar a liberar nosso vício à terceira dimensão e substituir o nosso hábito de perceber SÓMENTE com os nossos cinco sentidos físicos.

Novamente, nós precisaremos acreditar que nossas percepções superiores são possíveis e que nós somos bons o suficiente para tê-las.Então, nós poderemos manter um link ativo entre nosso cérebro, nossa mente e nossa Mente Cósmica.Nós começamos esse processo por amarmos nosso eu incondicionalmente.Então, mesmo se não pudermos perceber com nossas percepções expandidas – ainda – nós AINDA amaremos nosso eu incondicionalmente.

E também, o amor incondicional gera perdão incondicional e aceitação incondicional.Portanto, se não podemos ainda perceber com nossas percepções superiores, nós perdoamos incondicionalmente nosso eu e aceitamos incondicionalmente que essas percepções se ativarão quando estivermos preparados.E nesse meio tempo, nós podemos nos focalizar em manter nossa consciência calibrada para os estados superiores de consciência.Enquanto estamos ressoando à consciência em onda beta, os desafios do mundo físico preenchem nosso cérebro.Existem “horas” em que essa consciência é importante.Enquanto estamos na consciência em onda alfa, sentimo-nos criativos em nosso mundo físico e experimentamos momentos intermitentes de conexão com nossa Mente.Felizmente, quando expandimos nossa mente para a consciência em onda teta, nós vivemos em nossa mente e conduzimos nosso cérebro a partir de uma perspectiva superior de vida.Quando estamos na consciência em onda delta e acima, nós vivemos dentro de nossa Mente Cósmica e conduzimos nossa mente e cérebro para as frequências superiores de realidade.

Viajar em Consciência

Viajar em consciência é como mudar as estações em um rádio ou televisão.Nosso EU MULTIDIMENSIONAL é a torre de transmissão, que transmite mensagens para nós através de muitas frequências diferentes.Nossa CONSCIÊNCIA é o rádio ou TV de banda larga, que recebe as mensagens de muitas frequências diferentes e nos permite escolher um canal;Nossas ONDAS CEREBRAIS são os canais que calibram o rádio ou TV para a frequência da estação desejada.Quando nós calibramos nossa consciência (rádio ou TV) para as ondas cerebrais (canais) diferentes, nós estabelecemos nossa expectativa para filtrar a entrada das percepções dentro do alcance de frequência dessa expectativa de filtragem.Então nós experimentamos a realidade que vibra a esse comprimento de onda/onda cerebral.
Quando nós sintonizamos o Canal de Onda Cerebral Beta, nós calibramos nossa consciência para filtrar e excluir as percepções que não pertencem ao nosso mundo tridimensional externo.Neste canal, nosso EU Multidimensional nos dá informação a respeito de nosso eu ego consciente em nosso mundo físico.
Nossa “realidade beta”, que é a nossa consciência individual, é cheia de inúmeros estímulos.
Ela é direcionada para a sobrevivência, pensamentos, decisões e ações.Nossa consciência individual direciona nossa atenção e, portanto, nossas percepções, para nossa avaliação individual da realidade.

Canal de Onda Cerebral Alfa

Quando nós sintonizamos o Canal de Onda Cerebral Alfa, nós calibramos nossa consciência para filtrar e excluir quaisquer percepções tridimensionais alheias que não pertencem à atividade criativa.
Neste canal, nosso EU Multidimensional nos dá informação sobre nosso mundo físico a partir da perspectiva de nosso eu tetradimensional superconsciente e também lembranças e estímulo esquecidos relativos ao nosso verdadeiro potencial, que nós anteriormente filtramos e excluímos.
Nossa “realidade alfa”, que é a nossa consciência coletiva, é uma realidade de criatividade, foco artístico, relaxamento e imaginação.Nossa consciência coletiva direciona nossa atenção e, portanto, nossas percepções, para uma avaliação da realidade baseada na consciência de toda a humanidade.

Canal de Onda Cerebral Teta

Quando nós sintonizamos o Canal de Onda Cerebral Teta, nós calibramos nossa consciência para filtrar e excluir todas as frequências tridimensionais, exceto a de manutenção de nosso corpo físico.Neste canal, nosso EU Multidimensional retransmite informação de nosso eu superconsciente relativa ao nosso mundo pentadimensional, nossas percepções extrassensoriais tetra e pentadimensionais, momentos de iluminação vindos do passado, e novas ideias relativas a atingir nossas metas presentes.Nós também podemos experimentar sensações eufóricas e momentos de iluminação neste canal.Nossa “realidade teta”, que é a nossa consciência planetária, é profundamente espiritual e introspectiva.Nossa consciência planetária direciona nossa atenção e, portanto, nossas percepções, para uma avaliação da realidade baseada na consciência multidimensional de todas as formas de vida do planeta.

Canal de Onda Cerebral Delta

Quando nós sintonizamos o Canal de Onda Cerebral Delta, nós calibramos nossa consciência para filtrar e excluir todas as frequências tridimensionais externas.Neste canal, nosso EU Multidimensional nos dá informação provinda de nossa mente superconsciente relativa ao nosso vaso terreno uni e bidimensional;Nossa “realidade delta”, que é a nossa consciência galáctica, é focalizada na nossa realidade celular e subatômica e no nosso eu interdimensional.Nossa consciência galáctica direciona nossa atenção, e, portanto nossas percepções para uma avaliação da realidade baseada na consciência multidimensional de nosso planeta, nosso sistema solar e nossa galáxia.

Canal de Onda Cerebral Gama

Quando nós sintonizamos o Canal de Onda Cerebral Gama, nós calibramos nossa consciência para filtrar e excluir os estímulos individuais e se mover para além de todo tempo, espaço e dimensão para integrar a informação que recebemos dos outros canais para que possamos estar conscientes de nosso processo.
Nossa “realidade gama” é verdadeiramente multidimensional, pois ela é TODO no TODO.
Essa consciência cósmica direciona nossa atenção e, portanto, nossas percepções para uma avaliação de realidade baseada na consciência multidimensional de nosso universo.Fisiologia – Ondas cerebraisMedicina TotalMedicina total

ONDAS CEREBRAIS E CONSCIÊNCIA

As ondas cerebrais, que são medidas por um eletroencefalógrafo (ou EEG), representam a linguagem do cérebro.Um EEG mede as ondas cerebrais de frequências diferentes no cérebro pela colocação de eletrodos em locais específicos no couro cabeludo para detectar e registrar os impulsos elétricos do cérebro.As ondas cerebrais, tal como todas as ondas, são medidas de duas formas.

1-A primeira é frequência ou número de vezes que uma onda se repete em um segundo.Então a frequência é medida em ciclos por segundo (cps, às vezes também chamado de HZ), variando de 5 a 38 cps.

2-A segunda medição é amplitude, que representa a potência dos impulsos elétricos gerados pelo cérebro.As principais categorias de ondas cerebrais são Gama, Beta, Alfa, Teta e Delta(ver acima).Quando estamos acessando nosso EU Multidimensional, nós somos capazes de utilizar uma combinação de todas as quatro ondas cerebrais.

Sons para Aumentar a Inteligencia: Ondas BETA

ONDAS CEREBRAIS BETA-As ondas predominantes
13 a 39 cps

Ondas Beta, em que nossas ondas cerebrais pulsam entre 13 e 39 cps, estão associadas com a nossa vigília do dia a dia.Essas ondas são as mais altas em frequência e as mais baixas em amplitude e também são mais dessincronizadas do que as outras ondas.Isto é, as ondas não são consistentes em seu padrão.
Essa ausência de sincronismo se deve à atividade mental diária de nossas muitas atividades e experiências cognitivas, sensoriais e motoras.E também, é durante a Consciência Beta que nosso foco é dessincronizado, pois nossa vida diária tem muitas distrações interiores e exteriores.As ondas Beta são vistas em ambos os lados do cérebro e são mais evidentes no lóbulo frontal onde decisões e expressões de nossa persona são iniciadas.

As ondas cerebrais Beta estimulam o pensamento racional e analítico e a consequente ação;Neste estado, nossa atenção está focalizada em nossas atividades externas, e nosso cérebro está acessando principalmente os pensamentos lógicos e sequenciais para processar, organizar e agir sobre os inúmeros estímulos que chegam através dos nossos cinco sentidos físicos.

Se toda essa informação não for colocada em algum tipo de ordem, nós ficaremos confusos e sobrecarregados.A voz de nosso eu interior ainda pode ser vagamente ouvida, mas tal como conversar com alguém num aeroporto lotado e barulhento, nós podemos ouvi-la, mas nem sempre podemos entender o que ela está falando.As ondas Beta são as ondas cerebrais predominantes na nossa vida cotidiana.Sem as Ondas Cerebrais Beta seria difícil operar eficazmente em nosso mundo diário.

 

ONDAS CEREBRAIS ALFA
8 a 12 cps

Ondas Alfa, que são entre 8 e 12 cps, são mais lentas em frequência, mais altas em amplitude e mais sincronizadas do que as ondas Beta.Quando nós reservamos um tempo em nosso dia atarefado para tirar uma soneca revigorante, refletir, ouvir música, ler um poema ou meditar, nós entramos na Consciência Alfa.Quando nos concentramos atentamente em um pensamento, emoção ou atividade, nós temos menos estímulo para processar e nosso cérebro pode entrar no foco intenso das ondas Alfa.
As ondas Alfa atingirão o pico por volta de 10 cps.O pensamento em onda Alfa promove a capacidade mental e ajuda em nossa habilidade de coordenar mentalmente o estímulo para que possamos rápida e eficazmente concluir a tarefa a ser realizada.

Quando Alfa predomina, a maioria das pessoas se sente calma e à vontade, o que serve para controlar o estresse e beneficiar nossa saúde.O imaginário vívido e ciência relaxada e afastada servem para criar links conscientes tanto para a nossa mente consciente como para a inconsciente.Alfa é o principal ritmo visto em adultos normais e calmos e está presente durante a maior parte da vida especialmente acima dos 13 anos.

As ondas Alfa são predominantes na massa encefálica branca, que é a parte do cérebro que conecta todas as outras partes entre si.Alfa é um estado comum para o cérebro e surge quando uma pessoa está alerta, mas não processando informação ativamente.

As ondas Alfa, mais fortes no lóbulo occipital (na parte de trás da cabeça), córtex e também córtex frontal (a testa), têm sido ligadas à extroversão, audição ativa e solução de problemas melhorada, e atividade mental criativa.

Enquanto que as ondas cerebrais Beta são predominantemente do pensamento lógico e sequencial, as ondas cerebrais Alfa incorporam a operação criativa e holística.Logo, quando na Consciência Alfa nós perdemos a noção de tempo e espaço.Uma hora parece um minuto e uma milha parece uns poucos blocos.Com o foco concentrado em uma tarefa criativa na Consciência Alfa, nós experimentamos menos distrações e ouvimos mais facilmente nossa própria voz interior.É neste estado de consciência que nós temos os nossos momentos de “A-há!”.Muitos intérpretes, artistas, cientistas e atletas consciente ou inconscientemente se colocam num estado Alfa para obter inspiração e atingir seu melhor desempenho.

ONDAS CEREBRAIS TETA
4 a 7 cps

As ondas Teta nos permitem acessar nossa criatividade inata, inspiração e conexão espiritual.As ondas Teta, de 4 a 7 cps, são até mais lentas que as ondas Beta e Alfa e são tipicamente de uma amplitude até maior.Quando restringimos nosso foco principalmente em nosso eu interior, nós podemos entrar nas ondas Teta, que normalmente estão associadas à meditação profunda ou sono.Neste estado é difícil manter contato consciente com o mundo exterior.Nossos corpos precisam estar em um local seguro quando acessamos a Consciência Teta, para manter esse estado, nossos corpos precisam estar parados e nossos olhos fechados.E mesmo nesse estado, o mero ato de abrir nossos olhos ou ouvir ao mundo exterior poderia captar estímulo demais e voltar nossa consciência para ondas cerebrais mais rápidas e nossas experiências de onda Teta se perdem.Para trazer nossas experiências no estado Teta para nossa mente consciente, nós precisamos ser capazes de comunicar essas experiências aos nossos centros de linguagem para que possamos “gravá-las” em nosso córtex cerebral.Tirar tempo para relaxar, escrever e/ou desenhar após o sono ou a meditação profunda nos ajudará na tradução de nossas experiências de onda Teta para nossos pensamentos de onda Alfa e Beta.Nesse caso, nossas experiências Teta normalmente são recuperadas pela linguagem imagética e simbólica de nosso cérebro direito e não pela área de linguagem sequencial de nosso cérebro esquerdo.Relaxar para o estado Alfa pode traduzir essas imagens em nossa área de linguagem onde podemos pensar sobre elas ou anotá-las.

Meditação p/ Visualização Criativa – Ondas Theta – Amparo Divino

O ESTADO TETA

As ondas Teta são anormais em adultos que estão acordados, mas são perfeitamente normais em crianças até 13 anos de idade.Elas são normais para todas as idades durante o sono.Acredita-se que o estado Teta reflete a atividade do sistema límbico e das regiões do hipocampo dentro do lóbulo temporal, que estão relacionados às emoções, conversão da memória de curto prazo em memória mais permanente e recordação de relacionamentos espaciais.A Consciência Teta promove comportamentos adaptativos e complexos tal como aprendizagem e memória.As ondas cerebrais Teta promovem a paz interior profunda, o “saber”, sentimento de unidade, verdades místicas, transformação das crenças limitantes inconscientemente mantidas, criando uma qualidade melhor de vida, cura física e emocional e descoberta de nosso propósito.A Consciência Teta proporciona o “pico” na experiência paroxística (peak experience).

ONDAS CEREBRAIS DELTA
0,5 a 4 cps

A ondas Delta, normalmente indo de ,5 a 4 cps, estão envolvidas com nossa empatia e também com nossa interação e conexão à nossa percepção multidimensional total.Essas ondas cerebrais estão envolvidas com nossa habilidade para integrar e deixar ir.As ondas Delta são da maior amplitude e da frequência mais lenta e é o ritmo dominante nos bebês até um ano de idade.As ondas Delta nunca descem até zero porque significaria que estaríamos mortos.As ondas Delta frequentemente são associadas com estar em coma.Neste estado de consciência, nossos corpos estão em um modo de hibernação.Iogues experientes podem atingir conscientemente esse estado.Enquanto na Consciência Delta, eles são capazes de regular a temperatura do seu corpo e o ritmo cardíaco.Eles podem até parecer estar mortos, mas eles são capazes de se reavivar.As ondas Delta são o nível mais profundo do sono sem sonhos em que nossos corpos desligam para completamente focalizar na cura e crescimento.Intérpretes máximos diminuem as ondas Delta quando alto foco e desempenho máximo são necessários.

Entretanto, a maioria dos indivíduos diagnosticados com Distúrbio do Déficit de Atenção (DDA) naturalmente aumenta ao invés de diminuir a atividade Delta quando tenta se focalizar.

A resposta Delta inadequada normalmente restringe severamente sua capacidade de focalizar e manter a atenção.É como se o cérebro se encontrasse em um estado sonolento perpétuo.Entrar na Consciência Delta é como dirigir um carro e engatar a primeira marcha.Não podemos andar muito rápido em primeira (Delta), mas nós temos controle máximo do carro.As ondas cerebrais Delta promovem a cura milagrosa, conhecimento divino, ser interior e crescimento pessoal, renascimento, recuperação de trauma, unidade com o universo, samadhi e experiências de quase morte.As ondas cerebrais Delta proporcionam a intuição profunda, sintonização empática e insight instintivo.

MUSICA BINAURAL sanar energias, ativar glândula pineal, estado alfa, lei de atração

Mudança das Ondas Cerebrais

Quando caímos no sono, nosso cérebro muda as marchas e nossas ondas cerebrais começam a desacelerar.Nós começamos em Beta e então passamos para Alfa, Teta e então Delta.Quando vamos acordar, nossas ondas cerebrais revertem a ordem de Delta, Teta, Alfa e finalmente Beta.Tal como nós inconscientemente mudamos nossas ondas cerebrais no sono, nós podemos aprender a mudar conscientemente nossas ondas cerebrais enquanto estamos acordados.Para manter nosso cérebro em um padrão eficaz de onda cerebral Beta, nós podemos determinar restringir nosso foco a umas poucas coisas por vez e escolher não nos permitirmos entregarmo-nos ao pensamento obsessivo ou de medo.Nós podemos separar um tempo para relaxar, contemplar nossas vidas e desfrutar nossa criatividade para induzir as ondas cerebrais Alfa; podemos meditar e/ou orar e colocar nosso foco total em nosso Eu interior numa base rítmica regular para induzir as ondas cerebrais Teta;podemos dormir muito, deixar ir e nos entregar à nossa Alma para induzir as ondas cerebrais Delta.É importante separarmos uma hora pelo menos três a cinco dias por semana para passarmos dentro de nosso EU.

Se pudermos separar essa hora especial, nós podemos aprender a obter mestria consciente sobre nossa consciência e perceber que nós escolhemos nossa consciência por escolher os pensamentos que nós permitimos que fixem residência em nossa mente e as emoções que permitimos que se demorem em nosso coração.Quando nos acostumarmos a manter estados superiores de consciência em nossa vida diária, nós nos lembraremos de viver num sentimento de amor incondicional por nosso eu e nosso mundo.Desta perspectiva, nós estaremos além de todo sentimento de medo.Assim, seremos capazes de manter uma conexão constante com a nossa Mente Cósmica multidimensional.Nossa Mente Cósmica silenciosa e continuamente orientará nossa mente para ensinar nosso cérebro a liberar nosso sistema operacional tridimensional e a aceitar nosso sistema operacional multidimensional.Felizmente a luz superior do Centro Galáctico está de forma consistente ativando nosso DNA 97%, o que acelerará nossa transição para nosso sistema operacional multidimensional até ele se tornar o sistema operacional dominante para o nosso cérebro.Então nosso cérebro, mente e Mente Cósmica se fundirão em UM.

PERCEPÇÃO-Funções cerebrais+Consciência expandida

Nós precisamos nos lembrar de amar nosso eu e permanecer pacientes.Nós usamos vasos físicos por inúmeras encarnações e temos um forte hábito/vício de perceber o plano físico como nossa realidade dominante.Entretanto, conforme mais e mais de nós mudamos para nossas percepções superiores, esta frequência de realidade tornar-se-á “normal”.Eventualmente, nossas percepções expandidas tornar-se-ão dominantes e nossas percepções 3D tornar-se-ão apenas a mais baixa frequência das nossas inúmeras escolhas perceptivas.

Visão pessoal….

Conhecemos muito, porém também ainda nos resta muito. O cérebro tem 80 bilhões de neurônios interconectados de forma extraordinariamente complexa. Conhecer todos os segredos funcionais de um órgão dessa natureza leva tempo, muito trabalho e o desenvolvimento de técnicas muito elaboradas. Ainda temos muito para aprender, porém já aprendemos muito desde o fim do século 19, quando Santiago Ramón y Cajal revelou que o cérebro está formado por células individuais, os neurônios. Pode ser que nem sequer estejamos capacitados para entender algumas coisas. É preciso não esquecer que é com nosso cérebro que estamos tentando entender o cérebro.Penso que talvez não estejamos capacitados para entender como pensamos porque só alguns de nós são capazes de elaborar uma hipótese.Porém, no caso do cérebro, como a subjetividade se torna possível, a imaginação, a consciência, o pensamento, é o que, a priori, não temos nem sequer idéia como é processado. Essa dificuldade faz imaginar que o cérebro não tem capacidade de entender-se a 100%. Há, porém, quem não concorde com essa idéia e acredite que é apenas questão de tempo ou técnicas.Então poderemos perguntar;A tecnologia que permeia nosso cotidiano está atrofiando nosso cérebro?Não é que ela o atrofia: ela o redireciona. Uma das vantagens modernas do processo evolutivo é que agora podemos condicionar o desenvolvimento do nosso cérebro. O que fizermos vai condicionar o cérebro do futuro, que capacidades ele terá, quais serão as melhorias, quais as desvantagens, que capacidades novas surgirão. Anteriormente ao desenvolvimento tecnológico industrial, nós não tínhamos tanta influência em nosso próprio desenvolvimento cerebral. Agora, conforme desenvolvemos tecnologias, cada vez mais podemos colocar meios que condicionem por onde vai evoluir o cérebro no futuro. Se desenvolvermos muito a visão nos computadores, a visão vai ser um sentido em evolução permanente. Se não desenvolvermos certos tipos de memória porque tudo o que precisamos saber está no celular ou no computador, perderemos certa capacidade de memória que tínhamos, porém ganharemos outros tipos de habilidades.Podemos perguntar;será que somos livres para tomar decisões?É um tema antigo que não está totalmente resolvido. Ninguém chegou a uma conclusão definitiva. A ciência se inclina bastante pelo fato de que nossa sensação de liberdade não é mais do que ignorância sobre o que acontece no nosso cérebro. Se fôssemos mais conscientes, perceberíamos que tudo está sendo preparado lá. Não se pode cometer o erro de pensar que você é diferente do seu cérebro. Meu cérebro toma decisões por mim antes de que eu as tome? Porém quem é você, a não ser o seu cérebro? O que resta se eu tiro o cérebro? Este é um problema maior. Tem-se a sensação de que o pensamento consciente é alguma coisa diferente do corpo, porém não é verdade.Na hora de tomar decisões, costuma-se dizer que a razão deve prevalecer sobre a emoção. Podemos dizer que é uma situação real? É errado acreditar que razão e emoção funcionam de formas independentes. Basta conhecer o cérebro por dentro para ver que os circuitos implicados nos sentimentos estão muito relacionados com os circuitos da razão. Na prática, quer dizer nossos sentimentos estão influenciados por nossa forma de pensar e raciocinar e vice-versa. O que devemos admitir é que não há emoção pura nem razão pura. Embora não percebamos, às vezes o que dizemos que é produto exclusivo da razão que está influenciado pelos sentimentos.Enfim, nesta série do blog sobre o cérebro, discutimos inúmeras possibilidades, aprendemos sua morfologia biológica, suas reações ás drogas,remédios,humor, sono,som,dor,alimentação, consciência,mente,sexo e Eu Superior.Podemos afirmar que é uma aventura incrível entrar no mundo do nosso cérebro, conhecê-lo,estudá-lo e senti-lo, porque nao? O futuro dirá o quanto ele é importante em nosso processo evolutivo e o quanto ele pode nos render em inteligência,memória, aprendizado,prazer e….espiritualidade.

Inspiração….

JEFFREY SATINOVER-WEBSITE
QUINTIUM ANALYTICS-DR JEFFREY SATINOVER

Monicavox

Recomendo….

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Visualizando áudio-frequências

O QUE A GEOMETRIA PRESENTE NA NATUREZA, NA MÚSICA E NO CORPO HUMANO QUER NOS DIZER

Somos vibração. Tudo é vibração, e tudo é impermanente, pois tudo está o tempo todo em movimento. Nossa mente também é movimento, e movimento precisa de harmonia para criar eficiência. Harmonia é ritmo. Assim, afinamos nossa mente como afinamos um instrumento musical, até que ela funcione em harmonia e emita um “som afinado”.A natureza destes fenômenos nos leva a indagar sobre as possíveis forças vibratórias que agem na estruturação dos processos e formas da natureza. Somos levados, por analogias, a visualizar o mundo como um grande entretecer de vibrações e harmonias, consonantes e dissonantes, estruturando e dissolvendo a substância em ciclos de caos e ordem, regidos por uma vontade e matemática invisíveis.Nossa mente trabalha com as mais diversas faixas vibratórias (freqüências), até porque nosso corpo foi criado para captar e processar todas essas energias.

Uma onda é uma perturbação oscilante de alguma grandeza física no espaço e periódica no tempo. A propagação das perturbações no ambiente formam as ondas, que possuem algumas características que lhe identificam, como a frequência e a amplitude (energia).A frequência das ondas é a quantidade de oscilações que aconteceram num determinado intervalo de tempo. As oscilações que ocorrem dentro do intervalo de tempo de um segundo são medidas em Hertz (nome do cientista que estudou o fenômeno). Portanto, para 20 oscilações por segundo, diz-se 20 Hertz ou, abreviadamente, 20 Hz.A amplitude da oscilação revela a quantidade de energia que a onda transporta. Quando maior a perturbação, maior a amplitude da onda.
O melhor exemplo e o mais comum é o fenômeno que se produz quando jogamos uma pedra na água, gerando uma perturbação. A propagação desta perturbação forma ondas, normalmente concêntricas, que se espalham pela superfície da água até dissipar energia e não ser mais percebida.

Em 1787, o jurista, músico e físico Ernst Chladni publicou “Entdeckungen über die Theorie des Klangesor”,ou seja, ” As descobertas sobre a Teoria da Música”.Neste e em outros trabalhos pioneiros, Chladni lançou as bases para  a disciplina dentro da física que veio a ser chamado de acústica, a ciência do som.Entre as idéias de  Chladni, uma delas era encontrar uma maneira de tornar visível o que gerava as ondas sonoras. Com a ajuda de um arco de violino que ele colocou perpendicularmente ao longo da borda de placas planas cobertas com areia, ele produziu esses padrões e formas . Chladni demonstrou de uma vez por todas, que o som  realmente afeta a matéria física e que tem a propriedade de criar  padrões geométricos.

Em 1967, o falecido Hans Jenny, um médico suíço, artista e pesquisador, publicou o livro bilíngüe “Kymatik-Wellen und mit ihrer Struktur und Schwingungen Dynamik ‘/’ Cymatics – a estrutura e dinâmica de ondas e vibrações. Neste livro, Jenny, como Chladni duzentos anos antes, mostrou o que acontece quando se leva diversos materiais como areia, esporos, limalha de ferro, água e substâncias viscosas, e coloca-os em placas de metal vibrando, com membranas. O que então aparece, são as formas e padrões de movimento que variam entre os quase perfeitamente ordenados e estacionários objetos, e para aqueles que estão em movimento.
Quando Jenny experimentou com vários tipos de fluidos, ele produziu movimentos das ondas, espirais e padrões de onda em circulação contínua. Em sua pesquisa com esporos de plantas, ele encontrou uma enorme variedade e complexidade, mas mesmo assim, havia uma unidade na forma e evolução dinâmica que surgiu conforme a pesquisa avançava. Com a ajuda de limalha de ferro, mercúrio, líquidos viscosos, plástico- ou com substâncias e gases, que ele  investigou os aspectos tridimensionais dos efeitos da vibração.

O termo Cymatics  foi inventado pelo Dr. Hans Jenny, que é derivado da palavra grega “Kyma ‘significa’ onda ‘ou’ ta kymatica”, significando ” questões relacionadas com as ondas. 

Um fenômeno interessante apareceu quando ele usou uma placa vibratória coberta com líquido e inclinou-a. O líquido não cedeu à influência gravitacional e fugiu da placa vibratória, mas permaneceu na placa e passou a construir novas formas, como se nada tivesse acontecido. Se, no entanto, a oscilação fosse  desligada, o líquido começaria a cair. Segundo Jenny, este foi um exemplo de um efeito anti-gravitacional criado por vibrações.O que Hans Jenny quis ressaltar  é a semelhança entre as formas e padrões que vemos ao nosso redor, na realidade física e as formas e padrões que ele gerou em suas investigações. Jenny estava convencido de que a evolução biológica foi o resultado de vibrações, e que a sua natureza determinou o resultado final. Ele especulou que cada célula tinha a sua própria frequência e que um número de células com a mesma freqüência criou uma nova freqüência que estava em harmonia com a original, que por sua vez, possívelmente, formou um órgão que também criou uma nova frequência em harmonia com os dois anteriores.

A RESSONÂNCIA DO CORPO HUMANO

As células do nosso corpo ressoam automáticamente com as vibrações sonoras recebidas.As diversas partes do nosso corpo apresentam freqüências diversas e cada um dos seus órgãos tem o seu próprio tom de freqüência. 

O nosso corpo vibra. Cada vez que o nosso coração bate esta batida faz tremer o nosso corpo. Se colocarmos um pequeno sismógrafo ele detectará este fato. Quando o sangue é lançado no ventrículo esquerdo gera um pico neste gráfico, as porções entre estes picos são recortadas e irregulares. A razão desta ocorrência é a vibração de todo o corpo relacionada à ação do sangue na aorta, a sua maior artéria.Se pararmos de respirar, o gráfico até então irregular torna-se liso e regular, semelhante à uma onda senoidal. Qual foi o milagre? A transformação do sistema da aorta em sistema ressoante: e o comprimento da aorta formando meio comprimento de onda desse sistema. Uma das características: exigência de quantidade mínima de energia para ser mantido.

Todos nós mantemos uma certa freqüência vibracional, para não mencionar nos nossos corpos são estimados cerca de 70% de água … então podemos provávelmente esperar que as freqüências musicais podem alterar nosso próprio estado vibracional. Alguns podem chamar isso de “pseudociência”, no entanto, a ciência e os padrões acima não mentem. Toda expressão através do som, emoção ou pensamento tem uma freqüência específica que influencia tudo ao seu redor, muito parecido com o que uma única gota de água pode criar um efeito cascata maior em uma grande massa de água.

 Com esse conceito em mente, vamos trazer a nossa atenção para a frequência da música que ouvimos. A maioria das músicas em todo o mundo foi ajustada para A = 440 Hz desde a International Standards Organization (ISO) promoveu em 1953. No entanto, estudos sobre a natureza vibratória do universo indicam que este passo é desarmônico com a ressonância natural da natureza e pode gerar efeitos negativos sobre o comportamento humano e da consciência. Certas teorias sugerem mesmo que o regime nazista foi a favor da adoção deste passo como padrão, após a realização de pesquisas científicas para determinar qual faixa de freqüências melhores provocam o medo e a agressão. Então, a conspiração é factual, e estudos interessantes e observações apontam para os benefícios da música para afinação A = 432 Hz em seu lugar.

Quando os nossos átomos e DNA começam a ressoar em harmonia com o padrão espiral da natureza, o nosso senso de conexão com a natureza é ampliada. O número 432 também se reflete em índices do Sol, a Terra e a Lua, bem como a precessão dos equinócios, a Grande Pirâmide do Egito, Stonehenge, o Sri Yantra entre muitos outros locais sagrados.
“De minhas próprias observações, alguns dos parciais harmônicos de 12T5 A = 432hz aparecem para alinhar a padrões naturais e também a ressonância de Sólitons. Sólitons precisam de um intervalo específico para formar o reino da densidade e extensão do micro ao macro cosmos. Sólitons não só são encontrados em mecânica de água, mas também na respiração íon-acústica entre elétrons e prótons.O ouvido interno do ser humano é construído em C = 128 hz – Por esta razão, sugiro que cada um de nós façamos a nossa própria pesquisa sobre o assunto com uma mente aberta e ainda mais exigente, pois estamos procurando validação científica. No entanto, todos nós possuímos a intuição e a capacidade de observar sem julgamento-o que pode ser tão valioso (se não mais) como preencher nossas mentes com dados externos e até mesmo conceitos científicos. Assim, cabe a nós atenuar o impulso de saltar para conclusões e em vez de experimentar a diferença entre A = 440 Hz e A = 432 Hz. Para isso, é preciso ouvir com todo o nosso corpo e uma consciência neutra ao invés de com as nossas ideias mentais, julgamentos e preconceitos.

AS PALAVRAS E A VIBRAÇÃO DO SOM QUE EXPRESSAMOS Á TODO MOMENTO 

As palavras que pensamos em nossa mente, que dizemos em voz alta ou entoamos, têm uma vibração que pulsa como uma onda através do nosso corpo físico e em todos os nossos corpos energéticos. Estas palavras que são expressas têm uma influência poderosa em nosso ser.Nosso corpo e os corpos energéticos estão vibrando constantemente, e enquanto a luz entra em nós, a vibração do nosso corpo e dos corpos energéticos se acelera, tornando-se uma vibração mais pura, mais alinhada com  a Fonte/Criador. Se  produzimos palavras negativas em nossa mente, ou em voz alta, isto pode ter um efeito redutor em nossa vibração energética. Como trabalhadores da luz, podemos estar nos concentrando em nossa própria cura, ancorando mais luz e invocando a assistência divina para servir á nossa ascensão; mas,  expressamos palavras com uma vibração menos elevada, estaremos sempre encorajando uma vibração energética instável que não irá apoiar o nosso crescimento espiritual.

Nossas palavras têm uma influência poderosa em nosso ser, porque este aspecto do nosso ser está conectado à nossa habilidade de criar e de co-criar com  a Fonte/ Criador. As palavras têm a habilidade de moldar a nossa realidade e até o nosso corpo físico.A fim de adquirir uma vibração segura e constantemente intensificada, há uma necessidade de observar as palavras que  escolhemos usar em voz alta e em nossa mente momento á momento,diáriamente; não sómente as palavras, mas o tom e a maneira com que as expressamos com os outros.Estamos no momento de desintoxicar os nossos pensamentos e o nosso vocabulário, de modo que possamos trazer maiores volumes de luz e de amor ao nosso Ser, através do processo de pensar e de se expressar. É importante que cada expressão de qualquer forma do nosso Ser, seja profundamente amorosa para nós mesmos e para os outros.Vamos nos permitir  pensar em padrões de amor e a nos expressar não sómente com o imenso amor que flui do nosso coração, mas que cada palavra seja cuidadosamente escolhida por nós, para que seja da vibração/sintonia/ressonância de amor mais elevada.Assim, aquele que sabe manipular a vibração pode transformar as coisas ao seu redor. Toda oração é invocação ou chamado. Toda palavra/som, primeiramente influi no corpo de quem o emite, e só depois alcança seu objetivo externo. É por isso que tudo que desejamos (e pela palavra cristalizamos) para o próximo, á nós mesmos estamos desejando. De toda palavra inútil teremos que prestar contas. Nossa palavra é nossa lei e as palavras são pensamentos manifestados. Entretanto, palavras não manifestadas também carregam uma ressonância e nós as chamamos de “pensamentos.” Quando pensamos sobre alguma coisa, um tipo particular de vibração nos rodeia.

A TERAPIA DE CURA PELO SOM

O “arrastamento” é muito importante como princípio, para a compreensão de como o corpo humano reage aos sons. Há 300 anos um cientista holandês,Christian Huygens, notou o “arrastamento” pela primeira vez. A sua experiência foi a seguinte: colocou dois relógios de pêndulo pendurados juntos e em ritmo combinado. Observou que os dois pêndulos mantinham este ritmo combinado, com exatidão. Pareciam, segundo o cientista, manterem uma simpatia entre eles e o desejo de marcarem o tempo juntos: isto se chama hoje de ARRASTAMENTO. Técnicamente, é a combinação da fase mútua de dois osciladores. O arrastamento é um fenômeno universal. 
Os organismos vivos são osciladores e quando vibram aproximadamente na mesma freqüência, tendem a entrar num ritmo único , então, o relax pode ser definido como estar em harmonia consigo mesmo e com o mundo.

O Dr. Steven Halpern compôs uma música chamada SPECTRUM SUITE, um verdadeiro “banho de saúde”. Fácil e automáticamente, todo o corpo responde á ela, no mesmo  nível celular.A “Spectrum Suíte” foi testada por uma equipe da Califórnia e foi observada a mudança espetacular nas medidas do RCG e na imagem Kirlian nos indivíduos testados. Foram feitos outros testes: eletro-acupuntura, cinesiologia e cinesiosonia e a música mostrou-se eficiente corroborando os outros resultados

(Nota do Monicavoxblog;Quando quisermos relaxar ,e deveríamos fazê-lo diáriamente, usemos música tranqüilizadora. A música indiana, New Age,Celta,Chinesa são excelentes para o relax. Concentrar-se na música não é processo crítico ou analítico quando queremos relaxar: é um processo imaginativo. Pense que os sons se transformam em um regato refrescante que corre sobre o seu corpo. Ou que as ondas sonoras massageiam os seus músculos tensos ou doloridos, ombros tensos, têmporas latejantes; Que a música está respirando por você, que você está boiando em um mar de sons relaxantes, enfim USE A SUA IMAGINAÇÃO.Todos pensam que qualquer uma das músicas clássicas são um excelente relaxante: pode não ser… você pensa que está ficando calmo, mas a sua mente “mente” para você. E o seu corpo, o que ele lhe diz? No relax é ideal a união do corpo e da mente.)

O Spectrum Suíte favorece a saúde automática e fácilmente, sejam os ouvintes jovens, velhos, homens e mulheres. Seus corpos respondem afirmativamente e seu estímulo musical é apreendido e assimilado a nível celular.Há também outro fator importante na cura de uma pessoa: sua MENTE. É necessário o estudo do que o som da música provoca nas faculdades emocionais, intelectuais, imaginativas e associativas da mente humana. Neste caso entra a música clássica, que pode provocar reações psicológicas benéficas, muito úteis, no sentido da cura. Uma abordagem (a física) não exclui a outra (a mental). Ambas podem chegar a cumprir a sua finalidade agindo através de motivação diversa.Nosso meio ambiental não se adapta a nós. Precisamos aprender a nos adaptarmos á ele, ou mudá-lo. Está na hora de nós nos sintonizarmos em nós mesmos.

A MEDICINA DO FUTURO

Recentemente, algumas pessoas inteligentes e sensíveis insatisfeitas com os SISTEMAS VIGENTES na medicina, começaram a dar um brado de alerta:Afinal, o corpo humano é também um SISTEMA ELETROMAGNÉTICO, um sistema oscilador de vibrações. Neste sistema é que entra o SOM.A evidência de que campos elétricos aplicados a fraturas ósseas com recuperação lenta podem intensificar a cura e que a regeneração parcial de membros dos mamíferos é possível com a aplicação de campos elétricos ao coto do braço ou da perna amputados.

Gideon A. Fodan, Lizabeth Baurret e Louis Norton, da Faculdade de Medicina da Universidade de Connecticut – Farmington, fizeram o relato de que “campos elétricos oscilatórios provocaram a síntese do DNA em células cartilaginosas”. Eles usaram um campo elétrico externo de corrente direta pulsante, oscilando a 5 hertz e conseguiram estimular a incorporação da timidina na molécula do DNA.Este fato constatado é de importância capital na terapêutica, pois sugere que “a comunicação normal entre as células não é feita com a mediação das membranas celulares sómente, mas envolve também o fluxo de íons. Modulando o fluxo de íons através de certas freqüências elétricas oscilatórias pode-se, ao que parece, afetar a “informação” para as células e influenciar sua aparência.

O corpo humano é também um sistema oscilatório.Esta perspectiva é importante para a pesquisa da cura e da manutenção da saúde, quando são usados campos vibratórios como a luz, a eletricidade, o magnetismo, cor e som. Alguns pesquisadores já exploram essas possibilidades com pleno sucesso.Uma pessoa saudável emite uma radiação de 6.500 unidades angstrom. Os que fumam, ingerem álcool e grandes quantidades de carne, têm a sua radiação mais baixa.O sonho  é que a medicina do futuro utilize fones de ouvido para diagnosticar,sintonizando nas freqüências emitidas pelos órgãos fragilizados e então curar transmitindo vibrações mais saudáveis para esses órgãos.“O próximo grande salto no tratamento da saúde será dado quando as pessoas aprenderem a tomar conta de si mesmas”. Dr. John Knowles. Para este fim desejável, nada melhor do que seguir a “dieta saudável do som” do Dr. Steven Halpern e do Dr. Louis Savary.A principal molécula organizadora dos sistemas vivos, é a melanina (a que traz pigmento à pele, também).  A melanina e suas conexões compreendem os olhos da mente, mantém o controle de toda a atividade fisiológica e psicológica: “É feita de neurotransmissores capazes de converter energia luminosa em energia sonora e vice-versa. Dr. F. Barr.A melanina é um semicondutor elétrico e evidencia-se também como um supercondutor da temperatura ambiente. Como une e liberta outras moléculas essenciais, parece ser capaz de auto-síntese.A melanina converte energia de luz em som e vice-versa, oferece uma razão científica poderosa para curas e terapias que dependam da luz, cor, som, biofeedback, acupuntura, visualização e semelhantes, muito mais do que os medicamentos e a cirurgia.

O SOM E A GEOMETRIA DOS CROP CIRCLES

Fazendo uma breve retrospectiva,nas formações de agroglifos genuínas, as hastes das plantas não são quebradas, mas sim dobradas, normalmente á alguns centímetros do solo, próximo ao primeiro nódulo da planta.  Em casos especiais, as hastes são dobradas a 15 centímetros da “cabeça” da planta, onde estão as sementes.  Tais características derrotam os argumentos de que sejam ações humanas, já que uma tábua, ou um rolo de jardim, que seriam usados para achatar as plantas até o solo, resultaria em danos às mesmas.As plantas parecem estar sujeitas a uma curta, mas intensa explosão de calor, a qual amolece as hastes, deitando-as logo acima do solo a 90°, onde elas enrijecem novamente para sua nova e permanente posição, sem dano causado.  Biólogos estão intrigados por esta característica, e este é o único e melhor método de se identificar um fenômeno real.

Pesquisas e testes de laboratório sugerem que um infra-som (som abaixo de 20 Hz) é capaz de produzir tal efeito: Infra-som de alta pressão é capaz de ferver a água dentro das hastes das plantas em um nanosegundo, expandindo a água e deixando minúsculos buracos nos nódulos das plantas. 

 A pressão aplicada também causa a vaporização da água, e fazendeiros têm relatado que quando encontram um novo agroglifo, eles vêem vapor subindo de dentro dos mesmos.  Este processo torra a superfície ao longo das hastes.Uma grande aplicação de calor local é também responsável pela alteração da água no solo, já que milhões de litros de água da superfície e do subsolo é evaporada.Com o calor, associado às frequências eletromagnéticas aplicadas, foi científicamente documentado que as amostras do solo tiradas de dentro dos agroglifos mostram mudanças em suas características cristalinas e composição mineral.

Os agroglifos também mostram a existência de ultra-som (som acima da capacidade de audição humana) e tais frequências são encontradas em locais antigos, como círculos de pedra, túmulos pré-históricos, dólmens and menires. 

E como todo o local sagrado, templos e lugares de adoração, tais como catedrais góticas, os agroglifos aparecem em pontos de intercessão das rotas de energia magnética da Terra.  Assim, o tamanho e a forma de um agroglifo é típicamente determinada pela área desses pontos na hora de sua aparição.

Esta energia elétrica e magnética pode interagir com os padrões de ondas cerebrais, e devido ao fato do corpo humano ser eletromagnético, os agroglifos podem afetar os ritmos biofísicos das pessoas.

Nas formações genuínas há também a reorganização da estrutura cristalina da planta Outra evidência dos agroglifos, mostra como as plantas são colocadas em um redemoinho dentro de proporções matemáticas relativas ao vórtice fundamental usado pela natureza para criar organismos, tais como conchas, girassóis, galáxias e até mesmo a relação espacial dos ossos na mão humana.  O tapete formado em um agroglifo pode ter até cinco camadas entrelaçadas, todas contrárias umas às outras, com cada cabeça de semente intacta e colocada uma ao lado da outra, como se fossem organizadam em uma vitrina de museu.

Agroglifos genuínos não são círculo perfeitos, mas levemente elípticos (um agroglifo forjado, o qual requer uma corda fixada em um ponto central, não pode duplicar isso de forma adequada).

As arestas dos agroglifos genuínos são super definidas, como se fossem desenhadas com um compasso, mostrando uma precisão cirúrgica(geometria sagrada). Os forjados, como comparação, se parecem com tufos de cabelo engraxado e despenteado e, é claro, suas plantas são achatadas, quebradas e machucadas.

Fonte;Crop Circles secrets

O músico neozelandês Nigel Stanford lançou uma canção chamada “Cymatics”, nomeada em homenagem ao estudo das ondas, como vibrações sonoras (em português, “Cimática”).O videoclipe é uma verdadeira aula de ciência. Não só exibe a arte da visualização do som, como outros conceitos científicos.O videoclipe é uma verdadeira aula de ciência. Não só exibe a arte da visualização do som, como outros conceitos científicos, por exemplo ferrofluido, placas de Chladni, bobinas de Tesla e um tubo de Rubens.

ASSISTAM AO INCRÍVEL VÍDEO E OBSERVEM COM ATENÇÃO AS GEOMETRIAS E IMAGENS DO SOM-IMPERDÍVEL

http://nigelstanford.com/Cymatics/

Filmado em 4K com o uso de vários experimentos que mostram os efeitos do som na matéria, no fogo, no ar, na água e até mesmo na eletricidade (ou o contrário) o videoclipe Cymatics vai agradar tanto pela qualidade musical e visual como pelo aspecto científico ao reunir vários experimentos reais (sim, sem truques aqui) que devem inspirar muito acadêmico descolado por aí.Os making-of´s dos experimentos são explicados em detalhes, incluindo uma coleção de vídeos, e podem ser acessados aqui (em inglês).Está tudo lá: a placa de Chladni, água, fluido férrico,  bola de plasma, tubo de ruben, e a Bobina de Tesla . O grande diferencial desse videoclipe foi realizar todos esses experimentos associando à uma música e ainda registrar com uma cuidadosa produção.A cimática é quase uma ferramenta mágica. É como um espelho para um mundo escondido. E, através das inúmeras formas de aplicar a cimática, podemos de fato começar a desvelar a essência daquilo que não vemos. Aparelhos como “cimascópio”, tem sido usados científicamente para observar desenhos cimáticos. E a lista de aplicações científicas cresce a cada dia.Em oceanografia, por exemplo, está sendo criado um glossário da linguagem dos golfinhos básicamente pela visualização das ondas sonoras que os golfinhos emitem. E espera-se que no futuro sejamos capazes de entender mais profundamente como eles se comunicam. Também podemos utilizar a cimática para tratamentos e para a educação. Também podemos usar a cimática como uma linda forma de arte natural.

A FREQUÊNCIA DA CURA

A maior parte da música mundial é afinada em 440Hz, desde que a International Standards Organization (ISO) aprovou em 1953. As descobertas recentes da vibração – oscilação natural do universo, indica que essa afinação contemporânea pode gerar um efeito prejudicial à saúde ou um comportamento antissocial na consciência dos seres humanos.Não se trata de um protesto quanto ao estilo musical, seja heavy metal ou sertanejo. Esta afinação vale para todos os estilos que ouvimos atualmente. Até um Mozart ou um Verdi.Hoje, práticamente todos os instrumentos e todas as músicas que escutamos estão afinadas na frequência 440 Hz (vibrações por segundo – afinal, som é uma vibração). Mas não foi sempre assim. Na época de Mozart, Verdi e todos os outros compositores até o início do século XX, a frequência usada para afinação na música era de 432 Hz.

A escala musical de 432Hz vibra sobre os princípios do número Áureo PHI  e unifica as propriedades da luz, tempo, espaço, matéria, gravidade e magnetismo com a biologia, o código do DNA e da consciênciaEssa frequência de 432 Hz, está por trás de toda a criação. A sintonia natural de 432 Hz tem efeitos profundos sobre a consciência e também no nível celular de nossos corpos. É a frequência dos batimentos cardíacos. Estimula a produção de serotonina e o lado direito do cérebro.Essa é a frequência de afinação dos violinos Stradivarius que, não por acaso, soam muito melhor do que os violinos convencionais.Está de acordo com padrões matemáticos perfeitos. E, como convenção, utiliza-se o Lá como base de afinação, sendo que a afinação das outras notas são uma consequência.Há uma teoria que diz que a mudança de 432Hz para 440Hz foi ditada pelo ministro de propaganda nazista,Joseph Goebbels . Ele usou-a para fazer com que as pessoas pensassem e sentissem de uma certa maneira, e para fazê-los prisioneiros de uma certa consciência. Então, por volta de 1940, os Estados Unidos introduziram mundialmente o 440Hz, e finalmente em 1953, tornou-se o padrão pela ISO.440Hz é o padrão antinatural de afinação, removido da simetria das vibrações sagradas e harmônicos que tem declarado guerra ao subconsciente do homem do ocidental. E, por estar de acordo com o universo e suas leis, a frequência 432 Hz inspira paz, lógica, harmonia, perfeição e universalidade.

Em um manuscrito intitulado “Musical Cult Control” (Controle de culto musical),Dr. Leonard Horowitz  escreveu: “A indústria da música tem essa frequência imposta que conduz populações para uma maior agressividade, agitação psicossocial e sofrimento emocional que predispõe a doenças físicas”.

Os poderes da Elites estão, com sucesso, reduzindo as vibrações, não só das jovens gerações, mas também de todos nós também. Estas frequências destrutivas arrastam os pensamentos para a interrupção, desarmonia e desunião. Além disso, elas também estimulam o órgão controlador do corpo – o cérebro – para a ressonância desarmônica, que em última análise cria a doença e a guerra.Frequência e vibração detêm um poder extremamente importante, ainda escondido que afeta as nossas vidas, nossa saúde, nossa sociedade e nosso mundo. A ciência da Cymatics prova que frequência e vibração são as chaves mestras e fundação organizacional para a criação de toda a matéria e da vida neste planeta.Quando as ondas sonoras se movem através de um meio físico (areia, água, ar, etc), a frequência das ondas tem um efeito direto sobre as estruturas que são criadas pelas ondas sonoras que passam por esse meio particular.A música tem um poder oculto para afetar nossas mentes, nossos corpos, nossos pensamentos e nossa sociedade. Quando a música é baseada em um padrão de afinação propositadamente retirados dos harmônicos naturais encontrados na natureza, o resultado final só pode ser a intoxicação psíquica da mente em massa da humanidade.

Todos nós somos “transformadores vibratórios”. Os nossos corpos são bio-osciladores vivos, quase iguais aos conjuntos de cristais de recepção que captam os sons de rádio do ambiente.A terra possui e emana correntes vibratórias elétricas que nós todos compartilhamos. Todos nós temos também, uma relação harmônica semelhante com todo o universo, as bases destas relações são os “padrões genéticos vibratórios programados e codificados na nossa estrutura molecular.Bioquímicos, astrofísicos e antigos yogues concordam que, ao nível de realidade molecular, nossos corpos são sistemas de partículas atômicas vibratórias“.

Hoje em dia, há diversos músicos e institutos lançando movimentos para se voltar ao padrão de afinação de 432 Hz.
A nossa Biblioteca Virtual dispõem de programas para baixar e alterar a frequência de suas músicas.

Visão pessoal…

Uma das principais portas da percepção humana sem dúvida são os sentidos. Sentidos estes que nos permitem descobrir e perceber o mundo que esta á nossa volta. No entanto, mesmo sem nos darmos conta, eles acabam por vezes nos levando a vivenciar coisas que estão muito além da nossa compreensão.Podemos afirmar que possuímos ao todo cinco sentidos (para alguns cientistas seriam seis, com a intuição), e todos são de extrema importância, porem dentre eles temos um bastante essencial para a evolução e a sobrevivência: a audição e este é o sentido pelo qual percebemos o som.Então o que tudo isso significa? Considere por um momento que o som tenha forma. E já vimos que ele pode afetar a matéria e criar novas formas; então vamos dar um salto e pensar sobre a formação do universo. Pensemos sobre o enorme som da formação do universo e se pensarmos nisso,  a cimática tenha exercido influência sobre a formação do universo.A ciência está apenas agora começando a descobrir essas inter-relações do som e da matéria. O Dr. Masaru Emoto provou repetidas vezes, através de fotografar cristais de água, que existe uma correspondência entre o pensamento geométrico e as emoções humanas e a forma muito da matéria que nos rodeia.   Emoto demonstrou nas águas “tratadas” com o amor ou uma bela música, como sofrem mudança molecular em bonitas e harmoniosas formas geométricas. E o mesmo acontece no sentido inverso: o caótico ou “pensamento” negativo e emoção negativa causam alteração nos cristais de água, que tornam-se informes e desagradáveis.Essas idéias são reflexos dos princípios modernos intemporais conhecidos de todas as culturas antigas e indígenas.Como Yellow Billy, um xamã de medicina Navajo, resume: “Nossa tarefa é absorver e aprender o canto do mundo, cantar a beleza. O mundo é um reflexo do nosso canto.”A força oculta do som é exatamente o que tanto os cientistas quanto os metafísicos estão pesquisando atualmente. Descobrindo o real potencial do som, e principalmente da ressonância, poderemos transformar o mundo em torno de nós.Penetrar nas vibrações do som sob esses padrões, é uma chave para dar forma ao nosso mundo exterior. Uma vez feito isso, poderemos formar de novo o mundo, a partir de dentro.

Inspiração…

Mais dois vídeos para completar as informações

David Helpling – Sticks and Stones in 440 hzhttp://www.youtube.com/watch?v=PewsS9Y9pVo&feature=youtu.be

 David Helpling – Sticks and Stones in 432 hz:: http://www.youtube.com/watch?v=w8KEVikJMck&feature=youtu.be
1-Cymatics
 Hans Jenny
2-A cura pelo som
 Olivea Dewhurst Maddock
3-Taças Tibetanas- a cura pelo som
 Ingrid Ortelbach
4-Geometria Sagrada
 Stephen Skinner
5-Theta Healing
 Vianna Estibal
6-Frequência Vibracional
 Penney Pierce
7-Cura Esotérica
Alan Hopking
8-Cura Energética
Sílvio Camargo
9-Crop Circles
 Michael Glickman
Monicavox
Recomendo….

Conhecendo as Merkabas e como elas podem mudar sua vida

A Merkaba é o veículo de luz do ser humano, capaz de transportar o espírito (em estágios mais avançados até o corpo físico) para outras dimensões.

Mer Ka Ba são palavras egípcias que significam: MER (LUZ), KA (ESÍRITO), e BA (CORPO). Esta Estrela Tetraédrica de oito pontas é o nosso veículo pessoal de Luz , onde os dois triângulos separaram-se com o ponto de cada triângulo juntando-se no terceiro olho para criar um diamante: A MER-KA-BA é um campo de Luz que gira ao contrário e que afeta o Espírito e o corpo simultâneamente. Os dois triângulos fundidos representam a alma e o seu Eu do Raio Divino que recriam seu Corpo de Luz. Trata-se de um veículo de Luz interdimensional.

O MERKABA é um campo contra rotacional de luz, gerado pela rotação de formas geométricas específicas, que afetam positivamente e em simultâneo o nosso espírito e o nosso corpo. É um veículo que pode ajudar a mente, o corpo e o espírito á elevação e experimentar outros planos da realidade, outros potenciais de vida. Efetivamente, o MERKABA é muito mais do que isso. O MERKABA é uma ferramenta que ajuda os seres humanos a alcançar o seu pleno potencial. É um campo de energia cristalino que é composto de geometrias sagradas específicas, que alinham a mente ao corpo e ao coração. Este campo de energia criado a partir da Geometria Sagrada, estende ao redor do corpo até uma distância de cerca de 20 metros. Estes campos de energia geométricos giram normalmente ao redor do nosso corpo a uma velocidade próxima da velocidade da luz, mas para a maioria de nós eles tornaram-se mais lentos ou pararam de girar completamente, devido à falta de atenção e de uso.

Há círculos e outras formas aparecendo neste planeta em plantações de cereais, aparentemente inexplicáveis para nós. Estas impressões são freqüências, não um processo ou uma ação. Trata-se de uma melodia, uma história, que está sendo implantada na superfície da Terra com os símbolos de uma linguagem. Tais símbolos chegam para estabelecer determinada frequência e sua tendência é aumentar. Estão sendo abertos muitos portais na realidade da terceira dimensão para trazer evolução à Terra. Passaram-se muitos ciclos desde as últimas guerras, até os portais de energia poderem abrir-se novamente para deixar a luz entrar. Essa hora chegou. A luz está sendo orquestrada para voltar ao planeta e aumenta a cada dia. Para que a energia possa trabalhar a nossa consciência, ela precisa instalar-se aqui.

A inteligência penetra em forma de ondas, formando figuras geométricas na Terra. Chegará o tempo em que, literalmente, uma enorme onda de luz cobrirá toda a Terra. As formas e figuras geométricas são portadoras de inteligência e são ondas de frequência que podem ser moduladas e alteradas. Estas figuras que chegam à Terra assemelham-se a ondas de energia, ou faixas de energia. Elas contêm inteligência e estão sendo enviadas para, na seqüência, formar uma rede inteligente ao redor do planeta. Esta rede terá uma frequência que a humanidade poderá usar para evoluir.

COMO USAR AS MERKABAS

Ao utilizarem os Merkabas, Decretos e Orações, muitos aspectos negativos que estão inseridos dentro da nossa geometria são desativados, transmutados ou eliminados de forma a restabelecer a estrutura original. Quando  criamos um Merkaba geométrico e passamos a direcionar um fluxo de pensamentos e informações para essa geometria e o seu significado, permite que diversas energias possam ser liberados e trabalhadas dentro do nosso corpo Causal (que representa um grande arquivo eletromagnético dentro de todas as realidades existenciais que tenha se manifestado). Então, gradualmente os contratos de poder, os elementais negativos, os implantes de chips vão desacoplando, uma a um, até que possamos estar livres da matrix de controle. Aos poucos acabamos por gerar campos de proteção e de contenção dos controles e chips externos. Quando uma pessoa aprende a se libertar, as novas informações também são acopladas ao Corpo Causal e passa gradualmente a transmutar as informações contrárias já existentes dentro da estrutura. O Conselho Cármico utiliza o Corpo Causal, como foco de avaliação das atividades de cada alma que está manifestando o seu projeto na Terra ou nos outros planetas.

Aos poucos estão sendo revelados segredos dos Planos Etéricos para acelerar a nossa evolução, pois não temos muito tempo, e trabalhar com a geometria sagrada nos permite obter uma aceleração de todos os nossos corpos sutis, nossas vidas passadas e paralelas.  É o veículo de nossa ascensão e a mais destacada e importante iniciação que vamos atravessar. Este acontecimento é o começo de nossa ascensão para entrar na quinta dimensão, o mundo da Unidade. Este processo é uma ampliação de nosso estado de amor e a aplicação desta energia através do conhecimento de nossos padrões de geometria sagrada.As formas geométricas sagradas contêm códigos- chave que vão despertar em nós, os códigos Sagrados Ascensionais, códigos que estavam dormentes há séculos no campo do DNA humano. Ao meditar sobre essas formas sagradas que lhe são atraídas, seus códigos dormentes experimentarão um maciço despertar. Alguns de nós têm experimentado isso sem perceber conscientemente. Quantas vezes  já sentimos dores estranhas subindo pelo nosso corpo que desaparecem pouco tempo depois? Estes são alguns dos sinais do nosso despertar para os Códigos Ascensionais. Se sonharmos com formas geométricas, isso indica que elas estão trabalhando dentro de nós.

A ciência já provou à muito tempo que os nossos corpos são sistemas geométricamente desenhados. O nosso subconsciente reconhece os símbolos complexos da Geometria Sagrada que têm sido usados desde tempos imemoriais. Apesar das nossas mentes conscientes não os entenderem, e mesmo achá-los estranhos, a Geometria Sagrada tem um efeito poderoso no nosso estado mental e também no nosso corpo físico.As meditações para limpar os circuitos de energia do corpo, e ao combiná-las com a imaginação geométrica e a separação da respiração do ar e a “Força”, são uma ferramenta poderosa para modificar nossa freqüência celular e chegar a ter acesso aos aspectos mais elevados de nosso Ser. A medida que nos acostumamos ao nosso Merkaba, este fará parte de nós. Chegará o momento em que estaremos consciente todo o tempo, deste campo vivo que nos rodeia. Quando chegar a este ponto, sómente devemos permanecer conscientes de nosso Merkaba, do fluxo da “Força”, e da respiração, que assim floresce todo o processo que nps trouxe até aqui.

É como dizer um Mantra, até que você se transforme no Mantra, e o Mantra seja você. Com  intenção, intente que o Merkaba se ative e gire da cabeça aos pés. Se não puder ver o giro de seu Merkaba, não importa, confia que sua intenção já ativou seu Merkaba. Combinando o Merkaba com o padrão da Flor da Vida se abrirá a porta de ascensão fora deste mundo virtual.

FALANDO SOBRE A MALHA GEOMÉTRICA QUE ENVOLVE O PLANETA TERRA~Drunvalo Melchisedek

Para se ter uma forma de vida num planeta, ela não pode existir e evoluir nesse planeta a menos que haja uma rede geométrica e eletromagnética difundida por todo o planeta associada a esse nível de consciência. Essas coisas são ligadas. Então, todo bicho, toda planta, toda árvore de certa espécie tem sua própria rede e sua própria geometria. Os humanos têm três redes diferentes lá na Terra. Então, há três tipos diferentes de humanos no mundo, totalmente diferentes, que vêem as coisas de modo inteiramente diferente.Muito tempo atrás, estávamos numa rede muito específica, e quando caímos essa rede foi destruída. Caímos aqui, neste nível de consciência, e então reconstruímos outro nível para sobreviver e ficar aqui. Nos últimos 13 mil anos, a Grande Fraternidade Branca vem trabalhando em conjunto com as 72 ordens para restabelecer o primeiro nível dessa rede. Não se pode regressar ao topo. Não é possível fazer isso num único salto, é demais. O que eles estão invocando agora é a consciência Crística. É o primeiro passo. Há muitos níveis de consciência Crística. Não apenas um, há muitos níveis e interpretações dessa forma de ver. Então, eles têm trabalhado para reconstruir essa rede. Essa rede está agora concluída. Se restou algo para fazer não tenho certeza do que seria. De fato, o máximo que posso dizer e o que me disseram é que os níveis de rede planetária estão totalmente prontos para a ascensão da Terra. Podemos realizar este salto de consciência neste momento. Nada resta a fazer. Está tudo pronto. Ainda não conseguimos; e então é uma questão de tempo a esta altura. Então agora que a rede está concluída, é facílimo daqui em diante.

Esta é a estrutura básica externa da rede que circunda a Terra. É um dodecaedro estrelado com estas pontas em volta. Então, é uma combinação do icosaedro – dodecaedro. É nele que estamos entrando. Os russos conceberam isso por volta de 1950. A América foi um pouco mais lenta. Havia outra rede, uma que a maioria das pessoas está usando no mundo neste momento, baseada em triângulos e quadrados. Ela é interessante, pois se a mapearmos na superfície da Terra, por alguma razão todas as bases militares ficam nos pontos nodais. Durante a Guerra Fria, eles sabiam que quem quer que controlasse a rede controlaria a consciência humana e isso continuou por muito tempo. Os próprios militares estão atravessando uma imensa iluminação neste momento, e isso é realmente bom. Estão mudando rapidamente e de forma muito saudável. Tenho uma boa impressão do que ando sabendo deles neste momento.

Esses dois formatos, aliás, são a base do ADN humano. A molécula de ADN nada mais é que uma relação icosaedro-dodecaedro. Se quisermos, podemos vê-lo como um cubo giratório a rodar em ângulos de 72 graus.

Mas aquele do qual falo é mais preciso. O que na verdade temos agora ao redor da Terra é uma molécula de ADN. É interessante observar que a NASA acaba de descobrir que o âmago de ferro fundido da Terra, considerado antes uma grande esfera de ferro quente dentro da Terra, mudou de formato. É agora um dodecaedro pentagonal.

Se vocês quiserem estudar esses formatos e se quiserem estudar o DNA, consultem o I Ching. As 64 mudanças do I Ching são uma réplica exata e perfeita do DNA. É impecável.A MerKaBa pode ser utilizada como proteção, mas o que realmente devemos considerar é a intenção e a direção de nossos pensamentos, e para ativá-la precisamos sentir AMOR INCONDICIONAL. No momento em que ocorrer a transição e mudança dos Pólos Terrestres, será preciso que estejamos conectados com O AMOR, A BELEZA, A CONFIANÇA, A HARMONIA, A PAZ E A VERDADE.

Inspiração…

FLOR DA VIDA

UM SHOW DE GEOMETRIA SAGRADA PARA RELAXAMENTO E MEDITAÇÃO

http://www.light-weaver.com/slide2/a.html
Meditação para formar uma merkabah pessoal

Monicavox

 

Visão pessoal….

Drunvalo Melchisedek nos aconselha também, a trabalharmos nossos medos, pois na quarta dimensão tudo o que pensamos é manifestado na realidade externa. De acordo com ele, todo o nosso planeta ascensionará e todos que estiverem dispostos a despertar e colaborar, não vão ficar para trás, já que neste momento, podemos contar com a ajuda de inúmeros seres de luz e temos a atenção de todo o Universo.É como se toda a Criação estivesse interessada no processo da ascensão terrestre.O importante é sentir amor por toda a existência e reconhecer a presença do Plenum Cósmico/ Deus nos olhos de cada pessoa que encontrarmos. O amor move montanhas ,literalmente.

Recomendo….

O mistério da raça humana estaria no sangue?Rh negativo, Origem Extraterrestre

Os seres humanos têm quatro tipos sanguíneos gerais: A, B, AB e O. Dos tipos de sangue humano, O é o mais comum, é um tipo de sangue universal. Tipos de sangue são divididos em dois grupos, negativo e positivo.O fator Rh é uma proteína encontrada no sangue humano que está diretamente ligada à do macaco Rhesus. Se o seu sangue é positivo então você tem essa proteína em seu sangue. Se o seu fator for negativo, você não tem essa proteína em seu sangue. A maioria das pessoas, cerca de 85%, tem sangue Rh positivo, o que suporta a idéia de que os humanos seriam uma espécie com a mesma origem de outros, como os primatas criados da mesma fonte.

 Apenas 15% dos seres humanos têm sangue Rh negativo.Genéticamente, pelas leis da hereditariedade, se o pai é portador de sangue tipo O e fator RH positivo, e a mãe possui o tipo B com o mesmo fator, conseqüentemente os filhos do casal deverão ter um ou outro tipo, mas invariávelmente o fator RH positivo — poderão ser tipo O, fator RH positivo ou tipo B, fator RH positivo. No entanto, no caso dos filhos da maioria dos abduzidos por exemplo, temos encontrado tipos de sangue diferentes dos pais.(dados da Revista UFO). Em alguns casos, o fator RH é que muda e, em outros, é o tipo sanguíneo. Um exemplo dessa aberração é o caso da Família F, que teve os pais abduzidos por extraterrestres. O pai tem sangue tipo O e fator RH positivo, a mãe tem sangue tipo B e fator RH positivo, mas a filha do casal nasceu com sangue fator RH positivo, porém de tipo A. Em outro acontecimento investigado, a vítima de uma visita ao seu dormitório apresentou sangue tipo B e fator RH positivo, mas ao aprofundarmos a pesquisa sobre seu caso, descobrimos que, antes dele, sua mãe já havia tido experiências com alienígenas quando jovem — e ela tinha sangue tipo A e fator RH positivo. O pai do abduzido apresentava sangue tipo O e fator RH positivo. Essa é, senão uma impossibilidade biológica, pelo menos uma raridade considerável. Outro caso interessante que analisamos conta com ambos os progenitores com o mesmo tipo e fator sangüíneo, mas seus filhos tiveram mudança no fator RH, ainda que o tipo permanecesse inalterado. Nesse caso, o pai e a mãe eram abduzidos com sangue tipo O e fator RH positivo e seus filhos nasceram ambos com tipo O e RH negativo.

Fatores Sanguíneos - Tô no CosmosQuando o tipo de sangue é herdado de seus pais, sabe-se que este elemento do fator de sangue humano é a característica mais consistente transmitida aos descendentes.No norte da Espanha e sul da França é onde podemos encontrar algumas das mais altas concentrações do fator Rh negativo. Em geral, cerca de 40-45% dos europeus têm o grupo Rh-negativo. Apenas cerca de 3% dos descendentes africanos e cerca de 1% de asiáticos ou descendentes nativos americanos tem o grupo de Rh-negativo. Devido ao maior número de europeus, é uma aposta segura, que foi onde ele foi introduzido no código genético humano.O tipo sanguíneo é uma das características menos mutáveis, e a questão que vem intrigando os cientistas há muito tempo é: De onde vem o Rh negativo?

 

SOMOS UMA RAÇA “CRIADA”?

Isso fortalece a teoria de que a raça humana foi realmente “criada”, como alguns povos antigos já sugeriam.Estranho ou não, alguns cientistas sugerem que num passado distante, seres extraterrestres visitaram a Terra e criaram através de “manipulação genética”,  com a intenção de criar uma raça de “escravos”.Segundo as tabuletas sumérias, seres de outros planetas visitavam a Terra, e seriam os criadores da raça humana, algo bem similar há algumas criações e mutações genéticas que vemos hoje em dia em laboratórios.Em nenhum outro lugar ocorre naturalmente a incompatibilidade sanguínea na natureza, quando o corpo da mãe rejeita o filho por ter o fator sanguíneo diferente. Esse fato aponta para uma possibilidade no passado de um cruzamento entre duas raças similares, mas genéticamente diferentes.
Até hoje foram descobertos 145 genes misteriosos em nosso DNA, que não vieram de nossos antepassados. O filme Prometheus, nos mostra um caso de manipulação genética entre raças de diferentes planetas.Em um estudo publicado no Genome Biology sobre HGT (transferências horizontal de genes), foi constatado que 145 genes do DNA humano não é de origem ancestral, o que nos leva a resposta de que é de origem extraterrestre.Pessoas com o Rh negativo, são consideradas terem como características gerais,ou uma,ou outra ou ambas: QI mais alto, visão sensitiva, alta pressão arterial, baixa temperatura do corpo, e a principal, não pode ser clonada.

Curiosidades….

Uma porcentagem mais alta de pessoas com RH negativo afirma que foi abduzida por alienígenas do que as pessoas que afirmam o mesmo e têm RH positivo.Então, o que significa isso? O que se pode concluir?
O aparecimento de sangue Rh negativo não seguiu o caminho usual.Isso seria dar crédito que o fator RH negativo foi introduzido a partir de uma fonte externa. Poderia ser a fonte de seres humanos como de outro planeta? Ou talvez não sejam tão estranhas, na medida em que, nós somos um produto da sua manipulação e interferência. Eles poderiam ter vindo aqui e manipulado formas já presentes na terra para criar o homem moderno?Muitos textos antigos/escrituras dão suporte a esta teoria. Muitas histórias nos textos antigos, especialmente textos pré-cristãos, nos falam sobre uma raça que veio do céu para a Terra,e criou o homem à sua imagem. O Homem viu-os como deuses, vivendo vidas longas e “realizando milagres”,voando no céu. O homem viu como esses deuses construíram casas enormes e gloriosas e criou belas cidades para si mesmos. A partir do ponto de vista homem primitivo, eles eram deuses. Mas isso foi sobre o ponto de vista o homem primitivo .
Os índios americanos tinham a tradição de fazer bons amigos, “irmãos de sangue”, se eles achassem que eram dignos. Isso poderia ter sido por uma razão? Poderiam realmente verificar se eles eram irmãos de sangue (o sangue do mesmo tipo)? A aglutinação que ocorre quando o sangue Rh positivo e Rh negativo são misturados é visível a olho nu. Poderiam ter sido dito, pelos seus antepassados, que seu sangue era diferente da do resto da humanidade, exceto pelos seus irmãos e irmãs, de outras tribos, espalhados por toda a terra. A tradição indígena declara que seus antepassados eram de origem cósmica. O totem indígena é realmente uma genealogia da família.Por que toda essa preocupação com a genealogia entre diferentes pessoas espalhadas por toda a terra? Nenhum outro animal na terra tem essa preocupação com ascendência. De onde é que esta tradição vem?Pessoas espalhadas por toda a terra, que não tinham contato uns com os outros todos, simultâneamente, tem o desejo de traçar a árvore genealógica.
Por quê?O quão importante isso pode ter sido para os homens das cavernas primitivas? Lutando para sobreviver, para traçar sua genealogia? Eles não tinham a compreensão da genética moderna e herança. Então, por que eles deveriam preservar isso? Foi dito a eles, por antigos astronautas, para preservar a sua herança, até uma data futura, quando eles voltariam e tudo seria compreendido? Até um tempo, como agora, quando seus descendentes seriam capazes de compreender a mensagem ?
Quem eram os deuses? As antigas histórias nos dizem muito sobre esses deuses. Eles óbviamente tinham tecnologia avançada capaz de viagens espaciais e viagens aéreas. Eles sabiam sobre metalurgia da aviação, o universo, a progressão cósmica, medicina e evidentemente genética. Eles sabiam sobre a energia atômica e armas e as usaram. Evidência disso pode ser encontrada na Terra. Eles sabiam sobre agricultura e como criar grãos mais nutritivos e outros alimentos. Todos os grãos básicos dos quais os seres humanos dependem para se alimentar foram determinados e todos apareceram ao mesmo tempo, abrangendo um período de cerca de 10.000 anos. Um tempo muito curto, geológicamente falando. E nenhum novo grão inédito,desconhecido, desde então tem sido desenvolvido.
Nossos textos antigos nos dizem que começaram a tomar os seres humanos para seus cônjuges.Tinham muitos filhos.Os primeiros seres humanos não eram um produto de cruzamentos. Mas pequenas porções de seres humanos são um resultado deste cruzamento e seu tipo de sangue pode provar isso.
Quando os seres humanos modernos foram criados, eles eram um produto de duas espécies
geneticamente semelhantes, mas não relacionados.A combinação do DNA dos homens originais e os deuses foi produzida “artificialmente” em um laboratório. Se os deuses tinham a tecnologia para criar uma nova espécie, talvez não tenham tido nenhum problema para superar o problema dos híbridos estéreis. A manipulação genética já não seria um problema.Três protótipos dos seres humanos foram criados; Cada um sucessivamente cada vez mais avançados. O Homem de  Neandhertal não é suspeito de ser um humanóide criado pelos deuses, mas o Cro-Magnon foi definitivamente um produto de sua intervenção. O próximo tipo é a quem chamamos de pré-humana e, em seguida, temos o homem moderno. O homem moderno foi o resultado de cruzamento entre os deuses e pré-humanos. Este cruzamento para a maior parte não criou problemas na prole resultante, exceto por uma linha que herdou, de seus pais “tementes aos deuses”, o tipo de sangue RH negativo.Isto é suportado pelo fato de que estes seres humanos não herdaram a proteína encontrada no sangue que está diretamente ligada à do macaco Rhesus. Eles não herdaram, porque um de seus pais não tinham a proteína do macaco. Esta proteína está presente sómente combinando DNA do Cro-Magnon com o DNA dos deuses.Portanto, em conclusão, pode-se conjecturar que o homem moderno é uma criação de uma raça altamente tecnológica de seres que visitaram a Terra.No entanto o fato de ate hoje existirem tipos sanguíneos com o RH positivo demonstra que o homem original ainda se encontra na Terra com seu DNA intacto.Estes seres avançados ainda estão entre nós hoje e ainda estão muito ativos nos assuntos do homem. Para que fim, só podemos fazer suposições.
MUTAÇÃO ALEATÓRIA?O QUE DIZ A CIÊNCIA
A parte interessante é que nenhuma explicação científica sólida existe a respeito de como ou por quê o sangue Rh- surgiu. Alguns Presumem ser o resultado de uma mutação aleatória.O tipo de sangue Rh negativo é dito ser de origem desconhecida. Não há um cientista que pode dar uma única razão para sua existência que não seja uma mutação que ocorreu dezenas de milhares de anos atrás. Mas também não há nenhuma razão conhecida para ele que não seja uma mutação.Outro fenômeno estranho são referências a esse tipo de sangue em filmes de ficção científica,(?) como “Invasion”, onde uma mulher com AB  negativo ,supostamente teria sido um hospedeiro natural dos extraterrestres recém-chegados.
Um cientista genético, respondeu que o tipo O positivo era o tipo sanguíneo mais velho.O fator Rh-negativo tem sido um assunto digno de atenção,principalmente com relação ás  gestantes;mães Rh-negativo que carregam uma criança Rh-positivo , seus próprios anticorpos matam o feto. No entanto, este cenário tem levado a várias especulações em todo o mundo sobre a sua origem.
 
Visão pessoal…
Se toda a humanidade evoluiu a partir do mesmo ancestral, seu sangue seria compatível.De onde é que os humanos de sangue Rh negativos vêm? Se eles não são os descendentes do homem pré-histórico, eles poderiam ser os descendentes dos Deuses?
Todos os animais e outras criaturas conhecidas pelo homem podem cruzar com qualquer outro de sua espécie.Por que a doença hemolítica do recém -nascido(Eristoblastose Fetal) ocorre em humanos, se todos os seres humanos são da mesma espécie? Doença hemolítica é a reação alérgica que ocorre quando uma mãe Rh negativo está carregando um filho Rh positivo. No sangue acumulam-se anticorpos para destruir uma substância estranha (da mesma forma que seria um vírus), seríamos nós um vírus para as pessoas ditas “puras”?Por que o corpo de uma mãe rejeita sua própria prole? Em nenhum outro lugar na natureza isso ocorre naturalmente, só com MULAS; Mulas – um cruzamento entre um cavalo e um burro. Este fato por si só aponta para a possibilidade distinta de um cruzamento entre duas espécies semelhantes, mas genéticamente diferentes. Uma espécie “pura” e um HÍBRIDO.Então podemos perguntar; Além de alegações de linhagens aristocráticas da história da Europa,o tal “sangue azul” e várias outras reivindicações duvidosas no passado ligados a Rh-negativo, a ciência diz que o sangue Rh-negativo também não é capaz de ser duplicado ou clonado. Pesquisas e experimentações estão sendo feitas sobre esses tipos de sangue para melhorar ou encontrar novas vacinas e outros benefícios médicos ou ajuda, além de doações de sangue ,tão necessárias ainda,pois o O- é o sangue mais raro de todos e é doador universal,mas só pode receber de O-.Poderíamos perguntar também o porque disto ocorrer, já que os organismos são fisiológicamente iguais,os componentes do sangue também, os órgãos são morfológicamente iguais e se irrigam do mesmo sangue,COM EXCEÇÃO DA PROTEÍNA RH-;Os indivíduos de Rh-negativo hoje, têm apresentado certos traços únicos e relativos a seu sangue ;Agora, a realidade da questão é esta:A respeito do sangue RH Negativo, os cientistas dizem que suas origens são desconhecidas e não podem ser rastreadas até os primatas(?).As pessoas com sangue RH negativo não têm o “fator Rhesus” ou “antígeno D”. Um antígeno D é um alerta que faz parte do sistema imunológico que envia sinais para a produção de anticorpos. Um dos 5 principais antígenos mais importantes em nosso sangue é o “D”, e se você não tem esse antígeno presente em seu sangue, você é Rh negativo.Ou seja, você não descende dos macacos, das bizarras experiências genéticas do Senhor Enki.(vide O livro perdido de Enki-Zecharia Sitchin) ;Sua linhagem é pura – um parente do povo das estrelas.

Inspiração

1-Sequenciando o Genoma Humano
 Lygia da Veiga Pereira
2-O Projeto Genoma Humano
 Mônica Teixeira
3-Ètica e Direito na Manipulação do Genoma Humano
 Matilde Caroni Conti
4-La Conquista del Genoma Humano
 Kevin Davies
5-Genética Médica-Tompson&Tompson
 Robert Nussbaum
6-Avanços da Biologia Celular e da Genética
 Sean Carroll
7-Genética e Evolução Humana
Clàudio Cunha
8-Genética-Um Enfoque Conceitual
Benjamin Pierce
9-Eram os deuses astronautas?
 Erick Von Daniken
10-Extraterrestrials,UFO,NASA, CIA, Aliens mind
Jean Maximillien de la Croix
11-Genética Molecular Humana
Jack Pasternak
12-O livro perdido de Enki
 Zecharia Sitchin
13-O DNA do espírito e os extraterrestres
Domingos Iezzi
14-There Were Giants Upon The Earth-DNA Alien
Zecharia Sitchin
15-Urantia Book
 
16-Terra-Laboratório Biológico Extraterrestre
Marco Antonio Petit de Castro
Monicavox
Recomendo…

10 teorias que substituem a teoria do big bang

Resultado de imagem para imagens sobre o big bang

O escritor Terry Pratchett descreveu de forma bem humorada a visão convencional da criação do universo: “No começo não havia nada, que explodiu”. A visão atual da cosmologia é a de um universo em expansão que se originou do big bang, que é bem apoiada por evidências como a radiação de fundo cósmico e a mudança de luz distante em direção ao fim vermelho do espectro, sugerindo que o universo está se expandindo constantemente.No entanto, nem todos estão convencidos disso. Ao longo dos anos, várias hipóteses alternativas e variadas para o início do universo foram apresentadas. Algumas são especulações interessantes que permanecem, infelizmente, não verificáveis pelas provas ou tecnologias que temos atualmente. Outras são divertidos, porém menos plausíveis, voos em direção ao mundo da fantasia.

Estado estacionário

De acordo com um manuscrito recentemente recuperado de Albert Einstein, o grande cientista dava credibilidade à teoria do astrofísico britânico Fred Hoyle de que o espaço poderia continuar expandindo indefinidamente, mantendo uma densidade consistente se nova matéria fosse constantemente introduzida pela geração espontânea. Durante décadas, muitos desconsideraram a teoria de Hoyle, mas o documento sugere que Einstein, pelo menos, considerou seriamente suas ideias.A teoria do estado estacionário foi proposta em 1948 por Hermann Bondi, Thomas Gold e Fred Hoyle. Foi derivada do princípio cosmológico perfeito, que afirma que o universo parece essencialmente o mesmo de todos os locais dentro dele em todos os momentos (em um sentido macroscópico). Isso era filosoficamente atraente, pois sugeria que o universo não tem começo nem fim. A teoria foi popularmente aceita por muitos na década de 1950 e 1960.

 Quando confrontados com evidências de que o universo estava se expandindo, os proponentes sugeriram que havia nova matéria sendo criada espontaneamente em uma taxa constante, mas pequena – alguns átomos por milha cúbica por ano.

A observação de quasares nas galáxias distantes (e, portanto, mais antigas, do nosso ponto de vista) que não existem em nossa região estelar atenuou o entusiasmo pela teoria, e finalmente ela foi desconsiderada quando os cientistas conheceram a radiação de fundo cósmico. No entanto, enquanto Hoyle estava promovendo sua teoria favorita, ele fez uma série de estudos que provaram como átomos mais pesados ​​do que o hélio tinham aparecido no universo. (Eles foram criados pela alta temperatura e pressão das primeiras estrelas passando por seu ciclo de vida). Ele também, ironicamente, foi quem criou o termo “big bang”.

 Luz cansada

Edwin Hubble observou que os comprimentos de onda da luz de galáxias distantes deslocavam-se em direção ao fim vermelho do espectro em comparação com a luz emitida por corpos estelares próximos, sugerindo que os fótons perdiam energia de alguma forma. Este “desvio para o vermelho” geralmente é explicado no contexto de uma expansão pós-big bang como sendo uma função do efeito Doppler. Os defensores dos modelos de estado estacionário do universo, entretanto, sugeriram que os fótons de luz perderiam energia gradualmente ao percorrer o espaço, movendo-se para o comprimento de onda mais longo, o fim vermelho menos energético do espectro. Esta teoria foi proposta pela primeira vez por Fritz Zwicky em 1929.

Há uma variedade de problemas com a hipótese da “luz cansada”. Primeiro, não há nenhuma maneira pela qual a energia de um fóton possa ser alterada sem alterar o seu ímpeto, o que resultaria em um efeito de desfocagem que não observamos. Em segundo lugar, ela não explica os padrões observados na emissão de luz das supernovas, que em vez disso correspondem mais aos modelos para um universo em expansão, com a relatividade especial causando dilatação do tempo.

Finalmente, a maioria dos modelos para a teoria da luz cansada baseia-se em um universo não expansível, mas isso levaria a um espectro de radiação de fundo que não corresponde às nossas observações. Com os números, se a hipótese de luz cansada fosse correta, toda a nossa radiação de fundo cósmica observada teria que vir de fontes que estão mais próximas de nós do que a galáxia Andromeda M31 (nossa galáxia vizinha mais próxima), e qualquer coisa além disso seria invisível para nós.

 Inflação eterna

A maioria dos modelos modernos do universo inicial postula um curto período de crescimento exponencial (conhecido como inflação) causado pela energia do vácuo, em que partículas vizinhas rapidamente se separaram por vastas regiões do espaço. Após essa inflação, a energia do vácuo deteriorou-se em uma sopa de plasma quente que eventualmente formou átomos, moléculas e assim por diante. Na teoria da inflação eterna, esse processo de inflação nunca terminou. Em vez disso, as bolhas do espaço teriam deixado de inflar e entraram em um estado de baixa energia e, em seguida, expandiram-se para o interior da inflação. Essas bolhas teriam sido como bolhas de vapor em um pote de água fervente, exceto que, nesta analogia, o pote sempre está ficando maior.

Nesta teoria, nosso universo é uma bolha entre muitos em um multiverso caracterizado pela inflação contínua. Um aspecto desta teoria que pode ser testável é a noção de que dois universos que estão próximos o suficiente para se encontrarem causariam interrupções no espaço-tempo de cada um deles. O melhor suporte para esta teoria seria uma evidência de tal ruptura encontrada na radiação de fundo cósmica.

O primeiro modelo inflacionário foi proposto pelo cientista soviético Alexei Starobinksy, mas ficou famoso no ocidente pelo físico Alan Guth, que teorizou que o universo inicial poderia ter super-resfriado para permitir um crescimento exponencial antes do big bang. Andrei Linde tomou essas teorias e as desenvolveu em sua “eterna expansão caótica”, o que sugeriu que, em vez de exigir um grande golpe, dada a energia potencial correta, a expansão pode acontecer a partir de qualquer ponto do espaço escalar e está acontecendo constantemente ao longo do multiverso.

“Em vez de um universo com uma única lei da física, a eterna inflação caótica prediz um multiverso auto-reprodutor, eternamente existente, onde todas as possibilidades podem ser realizadas”, de acordo com Linde.

Miragem de um buraco negro 4D

O modelo padrão para o big bang afirma que o universo explodiu de uma singularidade infinitamente densa, mas isso dificulta explicar por que ele tem uma temperatura quase uniforme, dado o curto período de tempo (cosmicamente falando) que passou desde esse evento violento. Alguns acreditam que isso pode ser explicado por uma forma desconhecida de energia que fez o universo expandir-se mais rápido do que a velocidade da luz. Uma equipe de físicos do Instituto Perimeter de Física Teórica propôs que o universo possa, de fato, ser uma miragem tridimensional gerada no horizonte de eventos de uma estrela de quatro dimensões que desabando em um buraco negro (!).

Niayesh Afshordi e seus colegas estavam observando a proposta de 2000 de uma equipe da Universidade Ludwig Maximilians, em Munique, que afirmava que nosso universo era apenas uma membrana existente dentro de um “universo a granel” que tem quatro dimensões. Eles perceberam que, se este universo em massa também continha estrelas 4-D, elas podem se comportar de forma semelhante às suas homólogas 3-D em nosso universo – explodindo em supernovas e entrando em buracos negros.

Os buracos negros tridimensionais são cercados por uma superfície esférica chamada horizonte de eventos. Enquanto a superfície do horizonte de eventos do buraco negro 3-D é bidimensional, a forma do horizonte de eventos do buraco negro 4-D seria tridimensional, uma hipersfera. Quando a equipe de Afshordi modelou a morte de uma estrela de 4-D, eles descobriram que o material ejetado formou uma brana 3-D (membrana) ao redor do horizonte de eventos lentamente expandido. Eles então sugeriram que nosso universo pode de fato ser apenas a miragem formada a partir dos destroços das camadas externas de uma estrela colapsante em quatro dimensões.Como o universo em massa 4-D pode ser muito mais antigo, ou mesmo infinitamente antigo, isso explica a temperatura uniforme que observamos em nosso universo, embora alguns dados recentes sugerem que possa haver discrepâncias que melhor se adequam ao modelo convencional.

Universo espelhado

Um problema complicado para a física é que quase todos os modelos aceitos, incluindo a gravitação, a eletrodinâmica e a relatividade, funcionam igualmente bem em descrever o universo, independentemente do tempo estar indo em frente ou para trás. No mundo real, sabemos que o tempo só vai em uma direção, e a explicação padrão para isso é que nossa percepção do tempo é meramente um produto da entropia, em que a ordem se dissolve em desordem. O problema com esta teoria é que ela sugere que nosso universo começou em um alto estado de ordem e um baixo estado de entropia. Muitos cientistas estão insatisfeitos com a noção de um universo inicial de baixa entropia que conserta a direção do tempo.

Julian Barbour da Universidade de Oxford, Tim Koslowski da Universidade de New Brunswick, e Flavio Mercati, do Instituto Perimeter de Física Teórica, desenvolveram uma teoria sugerindo que a gravidade faz a direção do tempo avançar. Eles estudaram uma simulação computacional de 1.000 partículas semelhantes a pontos interagindo entre si, influenciadas pela gravidade newtoniana. Eles descobriram que, independentemente de seu tamanho ou quantidade, as partículas acabariam por formar um estado de baixa densidade e tamanho máximo. Então, o sistema de partículas se expandiria em ambas as direções, criando duas “setas de tempo” simétricas e opostas e criando estruturas mais ordenadas e complexas em dois caminhos.

Isso sugeriria que o big bang causou a criação não de um, mas dois universos, cada um dos quais com o tempo correndo na direção oposta do outro.

“Esta situação de dois futuros exibiria um passado único e caótico em ambas as direções, o que significa que haveria essencialmente dois universos, um de cada lado desse estado central. Se fossem complicados o suficiente, ambos os lados poderiam sustentar observadores que percebessem o tempo em direções opostas. Qualquer ser inteligente lá definiria sua flecha do tempo como se afastando desse estado central. Eles pensariam que agora vivemos em seu passado mais profundo”, teoriza Barbour.

Cosmologia Cíclica Conformal

Sir Roger Penrose, físico da Universidade de Oxford, afirma que o big bang não foi o começo do universo, mas apenas uma transição ao longo doe seus ciclos de expansão e contração. Penrose sugere que a geometria do espaço muda ao longo do tempo e se torna mais emaranhada, conforme descrito por um objeto matemático chamado tensor de curvatura de Weyl, que começa em zero e cresce ao longo do tempo. Ele acredita que os buracos negros atuam para reduzir a entropia no universo e que, à medida que o universo chega ao fim de sua expansão, os buracos negros engolirão a matéria e a energia remanescentes e, eventualmente, um ao outro.

À medida que a matéria deteriora e os buracos negros perdem energia através da radiação Hawking, o espaço torna-se uniforme e cheio de energia inútil. Isso introduz um conceito chamado invariância conformal, uma simetria de geometrias com diferentes escalas, mas a mesma forma. Como o universo não se identifica ostensivamente às condições no seu início, Penrose argumenta que uma transformação conforme suavizaria a geometria do espaço e as partículas degradadas se reverteriam para um estado de zero-entropia. O universo então colapsaria sobre si próprio, pronto para desencadear um novo big bang. Isso significaria que o universo é caracterizado por um processo repetitivo de expansão e contração, que Penrose divide em períodos denominados “eons”.

Penrose e seu parceiro, Vahe Gurzadyan, do Instituto de Física de Erevan, na Armênia, coletaram dados de satélites da NASA sobre radiação de fundo cósmico e alegaram ter encontrado 12 anéis concêntricos claros nos dados, que acreditam ser evidência de ondas gravitacionais causadas por buracos negros supermassivos colidindo no final do eon anterior. Esta é a principal evidência para a teoria da cosmologia cíclica conformal.

Big Bang gelado e universo contraindo

O modelo padrão do big bang postula que depois que toda matéria explodiu de uma singularidade, ela se expandiu para um universo quente e denso e então começou a expandir-se lentamente por bilhões de anos. A singularidade coloca alguns problemas ao tentar se encaixar na teoria da relatividade geral e da mecânica quântica, de modo que o cosmólogo Christoff Wetterich, da Universidade de Heidelberg,na Alemanha, argumenta que o universo pode ter começado como um lugar frio e em grande parte vazio que só se tornou mais ativo porque está contraindo, em vez de se expandir, como no modelo padrão.

Neste modelo, o desvio para o vermelho observado pelos astrônomos pode ser causado por um aumento na massa do universo à medida que ele se contrai. A luz emitida por átomos é determinada pela massa das partículas, com mais energia aparecendo conforme a luz se move em direção ao espectro azul e menos energia movendo-se para a luz no espectro vermelho.

O principal problema com a teoria de Wetterich é que é impossível provar através de alguma medição, pois só podemos comparar a proporção de diferentes massas, e não as próprias massas. Um físico queixou-se de que o modelo é como argumentar que em vez de expandir o universo, a régua com a qual estamos medindo está diminuindo. Wetterich disse que ele não considera sua teoria uma substituição ao big bang. Ele simplesmente observa que ela é tão consistente com todas as observações conhecidas do universo e pode ser uma explicação mais “natural”.

Universo vivo

Jim Carter é um cientista amador que desenvolveu uma teoria pessoal sobre o universo, baseada em hierarquias eternas de “circlons”, que seriam objetos mecânicos circulares hipotéticos. Ele acredita que toda a história do universo pode ser explicada como gerações de circlons emergentes através de processos de reprodução e fissão. Ele apareceu com o conceito depois de observar um anel perfeito de bolhas emergentes de seu aparelho de respiração enquanto mergulhava na década de 1970, e refinou suas teorias com experimentos envolvendo anéis de fumaça controlados feitos com latas de lixo e folhas de borracha, que ele acredita serem manifestações físicas de um processo chamado sincronismo do circlon.

Carter acredita que a sincronicidade do circlon constitui uma explicação melhor para a criação do universo do que a teoria do big bang. Sua teoria do universo vivo postula que pelo menos um átomo de hidrogênio sempre existiu. No início, um único átomo de anti-hidrogênio flutuava em um vazio tridimensional. A partícula tinha a mesma massa que todo o nosso universo atual e era composta por um proton carregado positivamente e um antiproton com carga negativa. O universo estava em dualidade completa e perfeita, mas o antiproton negativo estava se expandindo gravitacionalmente um pouco mais rápido que o próton positivo, fazendo com que ele perdesse massa relativa. Eles então se aproximaram até que a partícula negativa absorveu o positivo, e eles formaram o antineutron.

O antineutron também foi desequilibrado em massa, mas, eventualmente, voltou para um equilíbrio que o faria dividir em dois novos nêutrons, uma partícula e uma antipartícula. Esse processo causou a formação de um número exponencialmente crescente de nêutrons, alguns dos quais não se separaram, mas se aniquilaram em fótons, que se tornaram a base dos raios cósmicos. Eventualmente, o universo tornou-se uma massa de nêutrons estáveis, que existiram por um tempo antes de decaírem e permitirem que os elétrons se acoplassem com prótons pela primeira vez, formando os primeiros átomos de hidrogênio e, eventualmente, preenchendo o universo com elétrons e prótons que interagem violentamente para formar os elementos. Após um período chamado “A Era do Grande Fogo Gelado”, obtivemos a formação de estrelas, planetas e consciência.

A maioria dos físicos considera as ideias de Carter especulações equivocadas que não toleram o rigor da investigação empírica. De fato, as experiências de Carter com anéis de fumaça foram usadas como evidências para a agora desacreditada teoria do éter há 13 anos.

Universo Plasma

Embora a cosmologia padrão considere a gravidade como a principal força orientadora, a cosmologia do plasma ou a teoria do universo elétrico, coloca uma ênfase muito maior no eletromagnetismo. Um dos primeiros defensores desta teoria foi o psiquiatra russo Immanuel Velikovsky, que escreveu um artigo de 1946 sobre o tema, chamado “Cosmos Without Gravitation”, que argumentou que a gravidade é um fenômeno eletromagnético decorrente da interação entre cargas atômicas, cargas livres e os campos magnéticos de sóis e planetas. Essas teorias foram desenvolvidas ainda mais na década de 1970 por Ralph Juergens, que argumentou que as estrelas eram alimentadas por processos elétricos e não termonucleares.

Há uma variedade de diferentes iterações da teoria, mas alguns elementos geralmente são os mesmos. As teorias do universo de plasma afirmam que o Sol e as estrelas são alimentados eletricamente por correntes de deriva, que algumas características da superfície planetária são causadas por “super-relâmpagos”, e as caudas de cometa, tempestades de poeira marcianas e a formação de galáxias são todos processos elétricos. As teorias afirmam que o espaço profundo é permeado por filamentos gigantes de elétrons e íons, que se torcem devido a forças eletromagnéticas no espaço e criam material físico como galáxias. Os cosmólogos de plasma assumem que o universo é infinito tanto em tamanho como em idade, o que limitou a utilidade da teoria aos criacionistas, apesar da oposição à cosmologia do big bang.

Um dos livros mais influentes sobre o assunto é The Big Bang Never Happened (O Big Bang Nunca Aconteceu, em tradução livre), escrito por Eric J. Lerner em 1991. Ele argumenta que a teoria do big bang predica incorretamente a densidade de elementos leves como o deutério, o lítio-7 e o hélio-4, que os vazios entre as galáxias são muito vastos para serem explicados com um quadro de tempo pós-big bang, e que o brilho superficial das galáxias distantes foi observado como constante, enquanto que em um universo em expansão, o brilho deve diminuir com a distância devido ao desvio para o vermelho. Ele também afirma que a teoria do big bang exige muitas coisas hipotéticas (inflação, matéria escura e energia escura) e viola a lei da conservação da energia, já que o universo emergiu do nada.

Em contraste, ele argumenta, a teoria do plasma predica corretamente a abundância de elementos leves, a estrutura macroscópica do universo e a absorção de ondas de rádio como causa da radiação cósmica de fundo. Muitos cosmólogos argumentam que as críticas de Lerner à cosmologia do big bang são baseadas em noções que se sabe serem incorretas quando ele escreveu o livro, e suas explicações de observações que respaldam a cosmologia do big bang causam mais problemas do que podem resolver.

Bindu-Vipshot

Esta lista até agora evitou histórias de criação religiosa ou mitológica para a origem do universo, mas é possível fazer uma exceção para as histórias de criação hindu, que podem ser reconciliadas com teorias científicas com uma facilidade que escapa à maioria das outras cosmologias religiosas. Carl Sagan disse uma vez: “É a única religião em que as escalas de tempo correspondem às da cosmologia científica moderna. Seus ciclos correm de nosso dia e noite ordinários para um dia e uma noite de Brahma, de 8,64 bilhões de anos. Mais do que a idade da Terra ou do Sol e cerca de metade do tempo desde o Big Bang”.

O conceito tradicional mais próximo da teoria do big bang do universo pode ser encontrado no conceito hindu de bindu-vipshot, que significa “ponto-explosão” em sânscrito. Os hinos védicos da Índia antiga sustentavam que o bindu-vipshot produzia as ondas sonoras da sílaba “om”, que representa Brahman, a Realidade Suprema ou Divindade. A palavra “Brahman” vem da raiz sânscrita brh, que significa “crescer grande”, que tem algum vínculo com o big bang, como o fazem com o título das escrituras Shabda Brahman, que podem ser associados à sphota, ou “explosão”. O som primário “om” foi interpretado como a vibração do big bang detectado pelos astrônomos sob a forma de radiação cósmica de fundo.

Os Upanishads explicam o big bang como o único (Brahman) que deseja se tornar muitos, o que ele conseguiu através do big bang com uma expressão de vontade. A criação é ocasionalmente retratada como lila, ou “peça divina”, com a implicação de que o universo foi criado como parte de um jogo e o lançamento do big bang foi parte disso. Afinal, nenhum jogo é divertido quando o jogador onisciente sabe exatamente o que vai acontecer.

Resultado de imagem para imagens sobre o big bangVisão pessoal…

O buraco negro é uma coisa que gera muitas perguntas e dúvidas. Só não ganha da questão que, pra mim é a mais fundamental de todas: se o Big Bang é o início de tudo, o cataclismo que explodiu e deu origem ao nosso universo há 13,7 bilhões de anos, o que foi que o provocou?Três pesquisadores do Instituto Perimeter tiveram uma nova ideia sobre o que poderia ter vindo antes do Big Bang. É uma ideia maluca e quase desconcertante. De acordo com eles, o que percebemos como Big Bang poderia ser a “miragem” tridimensional de uma estrela em colapso em um universo profundamente diferente do nosso. Bom, eu avise que era desconcertante.Para os três cientistas – Robert Mann, Niayesh Afshordi e Razieh Pourhasan -, “o maior desafio da cosmologia é entender o Big Bang em si”.O que a gente normalmente entende sobre o Big Bang, e o que de certa forma faz parte de um senso comum do que se sabe sobre esse fenômeno, é que ele começou com uma singularidade, um momento extremamente quente e denso do espaço-tempo onde as leis normais da física simplesmente deixaram de mandar alguma coisa. E como todo evento singular, temos uma compreensão limitada deles.O problema, na opinião dos autores, é que prever o universo a partir de um momento de insanidade das leis da física parece um tanto improvável.Por isso, talvez algo mais tenha acontecido. Talvez nosso universo nunca tenha sido singular em primeiro lugar.A sugestão dos três pesquisadores é, então, que nosso universo poderia ser um rolo tridimensional em torno de um horizonte de eventos de um buraco negro de quatro dimensões. Neste cenário, o nosso universo teria surgido no momento em que uma estrela em um universo de quatro dimensões caiu em um buraco negro.Em nosso universo tridimensional, os buracos negros têm horizontes de eventos bidimensionais. Ou seja, eles são cercados por uma fronteira bidimensional que marca um “ponto de não retorno”. No caso de um universo de quatro dimensões, um buraco negro teria um horizonte tridimensional. Sendo assim, o nosso universo não está dentro de uma singularidade; em vez disso, ele teria passado a existir fora de um horizonte de eventos, protegido da singularidade. Originou-se como, e continua sendo, apenas uma característica no naufrágio de uma estrela de quatro dimensões.È de dar um belo de um nó na cabeça de qualquer um.Os pesquisadores enfatizam que esta ideia, embora possa parecer “absurda”, é solidamente fundamentada em matemática moderna descrevendo o espaço e o tempo. Especificamente, eles usaram as ferramentas de holografia para “virar o Big Bang em uma miragem cósmica”. Esse modelo também parece resolver enigmas cosmológicos de longa data, e produzir hipóteses testáveis.È claro que a nossa intuição tende a recusar a ideia de que tudo o que conhecemos surgiu a partir do horizonte de eventos de um único buraco negro de quatro dimensões. Na verdade, isso é porque nós não temos noção do que é um universo de quatro dimensões e com o que ele pode se parecer.Mas nossa intuição humana não é infalível. E, como os pesquisadores argumentam, evoluiu em um mundo tridimensional que só pode revelar sombras da realidade.Para ajudar a gente entender melhor toda essa questão, eles traçaram um paralelo com o mito da caverna  de Platão(-tem um post aqui no blog sobre este tema-) .Na história, os prisioneiros passam a vida vendo apenas sombras cintilantes emitidas por um incêndio em uma parede da caverna. “Os grilhões os impediram de perceber o mundo verdadeiro, um reino com uma dimensão adicional”, completaram. Os “Prisioneiros de Platão não entenderam os poderes por trás do sol, assim como nós não entendemos o universo maior de quatro dimensões. Mas pelo menos eles sabiam onde procurar por respostas”. Será que nós sabemos também?

Inspiração….

Origem do universo e do homem –

O Big Bang – UFSM

A história do Big Bang, a teoria da origem do Universo, foi … – UFJ

Big Bang – Evolução de uma Idéia – Astronomia, Astronáutica

Monicavox

Recomendo….

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre big bang

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre big bang

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre big bang

 

 

DNA obscuro pode mudar nossas concepções sobre a evolução

A tecnologia de sequenciamento de DNA tem ajudado cientistas a desvendar questões que a humanidade vem perguntando há séculos. Ao mapear os genomas dos animais, agora temos uma melhor ideia de como a girafa desenvolveu um pescoço mais longo e por que as cobras são tão compridas. O sequenciamento do genoma nos permite comparar e contrastar o DNA de diferentes animais e descobrir como cada um deles evoluiu de maneira única e particular.

 Mas, em alguns casos, estamos diante de um mistério. Em parte dos genomas de animais parecem faltar certos genes, aqueles que aparecem em outras espécies similares e que devem estar presentes para que eles se mantenham vivos. Esses genes aparentemente desaparecidos foram apelidados de “DNA obscuro”. E a sua existência poderia mudar a forma como pensamos a evolução.

Adam Hargreaves, pesquisador de Pós-Doutorado na Universidade de Oxford, junto a seus colegas de equipe, descobriu esse fenômeno pela primeira vez ao sequenciar o genoma do rato de areia (Psammomys obesus), uma espécie de camundongo que vive nos desertos. Em particular, eles queriam estudar os genes do camundongo envolvidos na produção de insulina, para entender por que esse animal é particularmente suscetível à diabetes tipo 2.Mas quando eles buscaram por um gene chamado Pdx1, que controla a secreção de insulina, descobriram que ele estava ausente, assim como outros 87 genes envolvidos no processo. Alguns desses desaparecidos, incluindo o Pdx1, são essenciais e, sem eles, um animal não pode sobreviver. Sendo assim, onde estariam?

Pistas e evidências

A primeira pista encontrada sinalizou que, em vários tecidos corporais desses ratos desérticos, foram localizados os produtos químicos que os genes “desaparecidos” ou obscuros são capazes de criar. Isso só seria possível se os genes estivessem presentes em algum lugar do genoma, indicando não estarem realmente perdidos, mas apenas escondidos.As sequências de DNA desses genes são ricas em moléculas G e C, duas das quatro moléculas “base” que compõem o DNA.

 Sabe-se que as sequências ricas em GC causam problemas em certos procedimentos de sequenciamento de DNA. Isso faz com que seja mais provável que os genes perdidos sejam difíceis de detectar, e não que estejam perdidos ou ausentes. Por esse motivo, a equipe nomeou a sequência oculta como “DNA obscuro” em referência à matéria escura, o material que aparentemente compõe cerca de 25% do universo, mas que ainda não conseguimos detectar detectar.

Muitas mutações

Ao estudar o genoma desse camundongo com maior precisão e atenção, descobriu-se que uma parte dele, em particular, tem muito mais mutações do que se pode encontrar em outros genomas de roedores.

Todos os genes dentro desse ponto de acesso à mutação agora têm DNA muito rico em GC e mutaram a tal ponto que são difíceis de detectar por métodos tradicionais. A mutação excessiva geralmente impedirá que um gene funcione, mas de alguma forma os genes do camundongo ainda conseguem cumprir seus papéis, apesar das mudanças radicais no sequenciamento do seu DNA. Esta é uma tarefa muito difícil para a genética. É como ganhar contagem regressiva usando apenas vogais.

Resultado de imagem para imagens sobre dnaPesquisas anteriores

Esse tipo de DNA obscuro já foi localizado em aves. Os cientistas descobriram que 274 genes estão “perdidos” em genomas de aves atualmente sequenciados. Estes incluem o da leptina (um hormônio que regula o equilíbrio energético), que cientistas não conseguiram localizar por muitos anos.Mais uma vez, esses genes têm um teor de GC muito alto e seus produtos são encontrados nos tecidos ao longo do corpo dos pássaros, mesmo que os genes pareçam ausentes nas sequências do genoma.

Iluminando o DNA escuro

A maioria das definições e conceitos da evolução indica que ela ocorre em duas etapas: mutação seguida de seleção natural. A mutação de DNA é um processo comum e contínuo, e ocorre completamente ao acaso. A seleção natural, depois, age para determinar se as mutações serão mantidas e transmitidas ou não, conforme o sucesso reprodutivo de cada alternativa.

Em suma, a mutação cria a variação no DNA de um organismo, a seleção natural decide se ele fica ou se será descartado, e portanto influencia o direcionamento da evolução.

Mas haver pontos de alta mutação dentro de um genoma significa que, em certos locais, os genes têm uma maior chance de se modificar em relação aos demais. Isso significa que esses pontos fortes podem ser um mecanismo subestimado que também influenciam os destinos da evolução, o que significa que a seleção natural pode não ser a única força motriz.

Até agora, o DNA obscuro parece estar presente em dois tipos de animais muito diversos e distintos. Mas ainda não está claro o quão geral essa condição pode ser. Todos os genomas de animais podem conter DNA obscuro? Se não, o que torna os camundongos e as aves tão únicos?

O quebra-cabeça mais emocionante a ser resolvido será descobrir o efeito que o DNA obscuro exerceu sobre a evolução animal.No exemplo camundongo, o ponto de acesso da mutação pode ter tornado possível a adaptação do animal para a vida no deserto. Mas, por outro lado, a mutação pode ter ocorrido tão rapidamente que a seleção natural não foi capaz de agir de forma rápida o suficiente para remover qualquer elemento prejudicial ao DNA.

Se for verdade, isso significaria que as mutações prejudiciais poderiam impedir a sobrevivência do camundongo fora do ambiente desértico.

A descoberta de um fenômeno tão incomum certamente levanta questões sobre como os genomas evoluem e o que se pode ter perdido em projetos existentes para o sequenciamento genético. Talvez seja necessário voltar atrás e observar melhor.

Resultado de imagem para imagens sobre mutação geneticaVisão pessoal….

Segundo uma nova pesquisa, uma mutação genética, possivelmente ligada à resistência à malária, pode ter ajudado a impulsionar a evolução do gênero Homo, o ancestral dos humanos antigos.A mutação afetou um tipo de molécula de açúcar, Neu5Gc, produzida pelos hominídeos primitivos, os primeiros grandes símios (macacos).Cerca de 2 milhões ou 3 milhões de anos atrás, conforme nossos ancestrais Homo ergaster e Homo erectus surgiram na África, uma mutação genética interrompeu a produção dessa molécula, e o sistema imunológico pré-humano começou a reconhecê-la como uma ameaça.Como resultado, alguns hominídeos já não teriam sido capazes de acasalar e produzir descendentes com outras populações, potencialmente separando os primeiros seres humanos de outros primatas.“Com o tempo, esta incompatibilidade reduziria e eliminaria os indivíduos com Neu5Gc”, concluiu o pesquisador Pascal Gagneux da Universidade da Califórnia, EUA.As células se comunicam com outras células usando moléculas de açúcar que ligam as laterais de suas membranas. Um tipo de molécula de açúcar é o ácido siálico, que é encontrado em todas as células animais.Até cerca de 3 milhões de anos atrás, os ancestrais comuns de humanos e outros primatas compartilhavam Neu5Gc, um tipo de ácido siálico; então, algo mudou.Uma mutação genética parou a produção de Neu5Gc em ancestrais humanos, possivelmente porque esta mutação ajudou a evitar um tipo de malária que infecta os chimpanzés até hoje.Em vez disso, os ancestrais humanos com a mutação criaram uma versão diferente do ácido siálico, Neu5Ac.Aqui é onde o sistema imunológico entra em ação: o corpo do ancestral humano começou a ver o Neu5Gc como uma ameaça, e criou uma resposta imune contra ele. Essa resposta teria um grande efeito sobre a reprodução humana no passado.Os pesquisadores testaram a ideia expondo esperma de chimpanzé com Neu5Gc a anticorpos humanos para a molécula. Com certeza, os anticorpos mataram o esperma de chimpanzé.Em outras palavras, uma pequena mudança em uma pequena molécula poderia ter ajudado as populações antigas a se divergirem umas das outras, pois só ancestrais Neu5Ac positivo poderiam acasalar com outros Neu5Ac positivo , e os ancestrais humanos sem a mutação eram incapazes de produzir uma prole maior.

Inspiração….

MUTAÇÕES GÊNICAS E MUTAÇÕES CROMOSSÔMICAS

Mutação – UFSM

REVISÃO DA ESTRUTURA E FUNÇÃO DO DNA

DNA – Estrutura do Cromossomo – UENF

Monicavox

Recomendo….

Resultado de imagem para imagem de livros sobre dna

Resultado de imagem para imagem de livros sobre dna

 

 

 

 

Experienciando Tudo-Que-Existe

Imagem relacionadaPodemos fazer uma conexão direta com o Todo através das In-formações que trocamos com Ele. Essa é a maior realização, o maior prazer que existe. Isso permite que entremos em fase, nos fusionemos numa experiência cósmica inigualável. Tudo está vivo, tudo está vibrando, tudo é onda, tudo é consciência, tudo é informação, tudo é energia, tudo está interconectado, tudo é sagrado, tudo que existe é Ele. Transcendente e Imanente ao mesmo tempo. Tudo é possível porque tudo é energia. O livre arbítrio existe porque Tudo-Que-Existe não pode se restringir. Tem de se expandir, infinitamente, em todas as possibilidades infinitas. Evoluindo e expressando-se em infinitas formas e maneiras; multidimensional, em universos paralelos e multiversos. Podemos ter essa experiência, se quisermos. Ela está disponível. Tudo é In-formação. Você pode experienciar tudo. Você escolhe.

Este é um Universo de pura In-formação, que nunca se perde.

Portanto, tudo evolui e se torna mais e mais complexo a cada instante pelo acréscimo de In-formação constante e infinita que acontece todo o tempo. Isso permite gerar uma Consciência cada vez mais complexa e infinita em todas as direções. Quando entramos em “fase” com essa Consciência trocamos In-formações sem cessar e nos acrescentamos desta In-formação e acrescentamos a nossa a ela. O ferramental para isso já está disponível para aqueles que querem um crescimento acelerado em todos os sentidos. Sempre fica com a pessoa a última palavra sobre o quanto ela quer evoluir e que In-formações quer assimilar. Em termos práticos não existe qualquer limite para isso. E quando falamos de In-formação estamos falando sobre tudo que existe em todos os sentidos, conforme explicado antes. Você pode aumentar a complexidade da sua consciência o quanto quiser, mudando a freqüência que emite para o Universo. Quando fizer isto passará a manifestar os seus desejos com facilidade e isso significará libertar-se totalmente dos condicionamentos. Fica à disposição dos que desejam atingir o máximo de realização em suas vidas. São infinitas as possibilidades.

TREINANDO A RESSONÂNCIA COM OS ARQUÉTIPOS-

Arquétipos negativos e/ou fracos

São aqueles que inibem a produção dos neurotransmissores, que não dão poder nem felicidade. Alguns exemplos de utilização negativa e/ou fraca:

1-Árvore nua, retorcida: solidão falta de vida.

2-Banana: é a pessoa que não tem personalidade, todo mundo faz de bobo.

3-Cigarro: sexualidade.

4-Coelho: Extrema fertilidade, sexualidade, alvo fácil para os predadores.

5-Crâneos, ossos, monstros, morte, bandeiras de piratas, fantasmas, monstros, etc., são extremamente negativos, induzindo ao comportamento autodestrutivo. Péssimo em relação ao nível de endorfinas. É o arquétipo mais poderoso do lado negativo. Deve-se dar atenção também aos seus correlatos, tais como: terremotos, maremotos, seqüestros, assassinatos, conflitos, guerras, crimes passionais, sensacionalismo, desastres, enfim tudo que estiver relacionado com morte e destruição. Provocara o conformismo, passividade, negativismo, impedindo o pensamento analítico. Juntamente com esta técnica, veicula-se um número muito grande de informações que não têm como ser digeridas pelo consumidor, isto impede que ele pense. Junte-se à esta técnica mais outra que é  classificar alguém, um fato ou um produto e o consumidor aceitará passivamente esta classificação. Tudo deve ser afirmado, pois o consumidor tem a tendência de acreditar no que é transmitido, e a seguir quem parece saber o que fala. Quanto mais for afirmado, mais ele acreditará, não importando se é mentira ou não. Veja inúmeros exemplos ao longo da história, sobre uma mentira ser tão repetida que o público passou a acreditar que é verdade. E o que a pessoa acredita que é verdade, é “verdade” para ela, para todos os fins práticos. Este arquétipo permite dosar exatamente quanto de depressão se quer numa determinada população. Isso tem implicações evidentes na atividade econômica, social, etc. Portanto, nada é por acaso. Tudo pode ser determinado e previsto em termos de comportamento humano. Não existem surpresas nessa área. Não após tantos milênios de conhecimento acumulado. O que existe é falta de conhecimento, de profissionalismo, etc.

6-Elefante: Burro de carga, peso excessivo, falta de agilidade e depressão.

7-Formiga: trabalha demais, sem individualidade, fácil presa.

8-Galinha: Procria sem cessar, fácil presa.

9-Macaco: Fraco por imitar, falar demais, roubo, agitação.

10-Papagaio e suas variações: Muito fraco, imitador, fala muito, presa fácil. Pato: Símbolo extremamente fraco, usado como referência de fraqueza, falar muito, ser passado para trás facilmente, otário, etc.

11-Pingüim: Excessiva lentidão, presa fácil, uma fria.

12-Ratos: Inquietação, doença, demônio, mal, ladrão, sempre foram considerados entre os piores símbolos possíveis, baixíssima autoestima, desonestidade, provoca desconforto assim que é visto, etc.

13-Sapo: Bruxaria, alucinação, volúpia, avareza, fecundidade, pântano.

14-Tartaruga: Excessiva lentidão, não produz, demora, devagar quase parando.

15-Vaca: Animal de corte, puxar arado, burro de carga, sacrifício.

Arquétipos positivos e/ou fortes

São aqueles que induzem a produção dos neurotransmissores que geram poder e felicidade. Produzem resultados positivos e fortes, como crescimento, riqueza, prosperidade, elevada autoestima, sistema imunológico forte, alegria, criatividade, etc. Alguns exemplos de utilização positiva e/ou forte: Águia, falcão, gavião, coruja: Produz dopamina. É um dos mais poderosos arquétipos que existem. Provoca elevadíssima autoestima, prosperidade, crescimento, realização, sabedoria, poder, etc. O impacto emocional deste arquétipo nunca deve ser subestimado. Provoca a superação de qualquer desafio, perda, luta e etc. Indispensável para vencer na vida. Sempre relacionada com deuses, Zeus, o Sol, o Cristo, São João Evangelista, adorna pias batismais na Itália, etc. Citada na Bíblia em dezenas de versículos. É o símbolo dos presidentes, empresários, campeões, líderes, impérios antigos e modernos, etc. Inúmeros casos são relatados sobre aumento de ganhos, ofertas de emprego, novas oportunidades surgidas após o início do uso deste símbolo. É extremamente forte, devendo ser usado com critério. Todas as pessoas expostas ao arquétipo receberão seu efeito, isto é, passarão a crescer, evoluir, produzir mais, etc. É o arquétipo do Macho Alpha e da Fêmea Dominante.

UMA BREVE LISTA CORRELACIONADA-Pode ser usada como referência para identificar tanto a parte positiva,para despertar qualidades,potenciais ou evitar manipulações e propagandas subliminares

1-Alce: Grande prosperidade, muita firmeza e decisão, fecundidade.

2-Âncora: Apoio, constância, garantia nas dificuldades, esperança, calmante.

3-Arco: Poder vital, força, flexibilidade, intenção, dinamismo.

4-Arco-íris: União dos opostos, ascensão da consciência, as cores ativam os respectivos chacras. Destino, visão, esperança.

5-Árvore: Importantíssimo símbolo de vida e prosperidade. Proteção, vida, abundância, crescimento. Provoca a união entre as pessoas. Estimula os relacionamentos. Poderoso símbolo para induzir estados de consciência.

6-Automóvel: sexualidade, poder, penetração, sexo, qualquer emoção pode ser associada a um carro, dependendo de sua aparência. Evidentemente nenhum carro pode ter todas as emoções associadas a ele.

7-Aquário: Provoca calma e relaxamento induzindo ondas cerebrais alfa.

8-Balança: Equilíbrio, justiça, decisão.

9-Baleia: Paz, tranqüilidade, harmonia, relaxamento, amor, relacionamento.

10-Bolo: nascimento, sexualidade, recompensa.

11-Borboleta: Transmutação, mudança, renascimento, libertação, leveza.

12-Bússola: Direção, orientação, determina o destino, precisão, rigor, imparcialidade.

13-Caixa: Algo que protege; verdade escondida, segredo, útero.

14-Cálice: Destino, grande quantidade, opulência, relacionamentos, comungar da mesma crença, em termos cósmicos de onde flui a energia vital inextinguível.

16-Canguru: Maternidade, força, velocidade, combatividade.

17-Cão: Amizade, proteção. Provocam diminuição da ansiedade.

18- Capacete: Poder, defesa, potência, inatacável.

19-Carvalho: Força, virilidade, perseverança, grande poder de relacionamento, proteção, vitória.

20-Cavalo: Elevada autoconfiança. Velocidade, decisão, independência. É o símbolo dos gerentes e diretores.

21-Chama: Regeneração, purificação, renascimento, sexualidade, expansão da consciência, divindade, um dos quatro elementos primordiais, fé, defesa, luz.

22-Chapéu: Poder, autoridade, idéia, pensamento, valor.

23-Chifre: Força, poder, virilidade, fertilidade, masculino, atividade

24-. Círculo: Unidade, sexualidade, absoluto, divindade, perfeição, iluminação, infinito, proteção, alma.

25-Colméia: Expressivo, indústria, trabalho, organização, produção.

26-Conchas: Feminilidade, geração, órgão sexual feminino, símbolo fálico, fertilidade, nascimento.

27-Cornucópia: Chifre, opulência, abastança, fálico.

28-Coroa: Poder, autoridade moral, honestidade, honra, vitória, respeitabilidade.

29-Corvo: Inteligência, predador.

30-Cristal: Pureza, transparência, clareza, arquivo de conhecimento, união.

31-Crocodilo: Poder, paciência, determinação, assimilação.

32-Cubo: Solidez, estabilidade, firmeza, solidez, segurança, completo.

33-Dado: Sorte, imprevisibilidade, fortuna, destino.

34-Escada: Ascensão espiritual ou descida ao inconsciente.

35-Escudo: Defesa, amparo, auxílio, proteção. Esfera: Universo, totalidade, terra, excelência, primor, completo.

36-Espada: Força, coragem, poder, fálico, decisão, separação, autoestima, autoconfiança.

37-Espelho: Saber, autoconhecimento, consciência, imaginação, criatividade, magia.

38-Estrela: Sorte, aspiração, destino, divindade, humanidade, pontos cardeais, cooperação.

39-Faca: Poder masculino, decisão, afastar, defender, decidir.

40-Fadas: agradável, segurança.

41-Ferradura: Ligada ao cavalo representa boa sorte e autoconfiança.

42-Ferro: Durabilidade, força, robustez, inexorável, implacável, inflexível.

43-Flecha: Poder vital, força, decisão, intenção, fálico, dinamismo.

44-Flores: Sucesso, harmonia, prosperidade, calma, paz, relaxamento, possibilidades.

45-Floresta: A vida da pessoa, a mente consciente e inconsciente, vida, sociabilidade.

46-Fonte: Inconsciente, geração da vida, retorno, abundância, conhecimento, inicio e vida.

47-Fruta: Maturidade, realização, desenvolvimento, vida, abundância, prosperidade, sucesso.

48-Garfo: Alimentação, devorar, poder.

49-Gatos: Independência, intuição, autoestima.

50-Geladeira: segurança, reserva de alimentos.

51-Golfinhos: Sociável, coragem, inteligência, movimento, alegria de viver. Ideal para lugares de reuniões, festas, etc. Não colocar no local de trabalho.

52-Grão: Abundância, riqueza, prosperidade, possibilidade, morte e vida, semente.

53-Hera: Amizade, fidelidade, sensualidade, feminilidade, crescimento, abundância.

54-Herói: aquele que dá segurança, conforto, controle, sobrevive, comanda, vivo, governa.

55-Íris: Espelho, janela, abertura, possibilidade, potencial, verdade

56-. Jardim: Lugar ideal, agradável, imaginação, feminilidade, descanso, relaxamento, esperança, realização, criatividade.

57-Jóias: Poder, riqueza, conhecimento, tesouro, realeza, nobreza.

58-Lago: Inconsciente, magia, feminilidade, abertura, profundidade.

59-Lagarto: Menos poderoso que crocodilo.

60-Lâmpada: Luz, sabedoria, previsão, inteligência, prudência, ligado ao divino, espiritualidade, escolha, conhecimento.

61-Lança: Poder, fálico, masculino, direção, decisão, coragem.

62-Leque: Proteção, nobreza, conjunto.

63-Leopardo: Ação, determinação, rapidez, altivez, força, fertilidade.

64-Leste: Onde o sol nasce; despertar, renascimento, novas oportunidades, vida.

65- Limão: Vida, pureza, proteção, incisivo, penetrante, cortante, defesa, limpeza.

66-Lírio: Luz, fálico, prosperidade, vida e morte.

67-Livro: Totalidade, Ego, conhecimento, poder, conjunto, regra, destino, lei, possibilidade, fechamento, abertura, autoestima.

68-Lontra: Guia, esperteza, rapidez, vida, feminilidade, felicidade, distração, prazer.

69-Lótus: Espiritualidade, pureza, vida, totalidade, renascimento, criação, harmonia, desenvolvimento, pureza, tranqüilidade, ascensão.

70-Lua: Fertilidade, sexualidade, feminilidade, transição, mudança, poder, inconsciente, fecundidade, receptação, suavidade.

71-Luta: sexualidade, sadismo, virilidade, trajes, grande atração sobre o público feminino (fêmeas admiram o macho alpha).

72-Luva: Direito, nobreza, realeza, pureza, defesa, poder.

73-Maçã: Fertilidade, sabor, mundo, escolha, conhecimento, afeto.

74-Machado: Força, poder, decisão, abertura, culto, justiça, separação.

75-Mãe: amor, filhos, gratidão, recompensa, sexualidade.

76-Martelo: Poder, força, decisão, razão, modelagem.

77-Milho: Prosperidade, riqueza, crescimento, abastança.

78-Montanhas, vales e nuvens: provoca um maior relacionamento entre as pessoas. Firmeza, durabilidade. Ascensão espiritual, impassibilidade, esconderijo, realização, revelação, ideal. Ótimo para comércio, restaurantes, etc.

79-Navio: Criatividade, aventura, alegria, coragem, proteção, mental, adaptação.

80-Nuvem: Relaxamento, feminilidade, fecundidade, transformação.

81-Obelisco: Culto, poder, fálico, direção, ligação.

82-Olho: Espírito, visão, atividade, futuro, visão interior, divindade, visão ampla, percepção, vigilância, onipresença, sabedoria, penetração, magia, proteção.

83-Orelha: Comunicação, lembrança, memória, percepção, inspiração, sabedoria, escolha, fálico.

84-Orquídea: Sorte, riqueza, proteção, suntuoso, luxo, brilho.

85-Ouro: inteligência, luz, eternidade, perfeição, conhecimento, purificação, prosperidade e riqueza.

86-Ovo: Fecundidade, sexualidade, vida, procriação, totalidade, inicio, nascimento, abundância, possibilidade, potencial, perfeição.

87-Palavras: dependendo do significado das palavras teremos a resposta fisiológica.

88-Palmeira: Vitória, eternidade, flexibilidade, vida, alegria, paz.

89-Pantera: Ação, volúpia, sensualidade, autoestima.

90-Pássaro: Denota a personalidade da pessoa. Alma, imortalidade, destino, força vital, evolução, criatividade.

91-Pé: Vontade, avançar, tomar conta, vencer, fálico, humildade, movimentação. Pedra: Eterno, imutável, força concentrada, proteção.

92-Pena: Poder, asas, posição social, ágil, delgado, veracidade, gracioso, tênue, ligeiro, suave, delicado.

93-Pilar: Solidez, força, sustentação, firmeza, fálico.

94-Pinha: Fertilidade, felicidade, fortuna.

95-Pinheiro: Fertilidade, vida, energia, crescimento.

96-Plantas: Unidade, sociabilidade, transmutação, vida, mudança.

97-Portão: Passagem, segredo oculto, proibição, convite e revelação.

98-Puma: Velocidade, força, autoestima, sutil, trabalha só.

99-Quadrado: Matéria, terrestre, humano, realidade.

100-Raposa: Transformação, dissimulação, esperteza, sábia.

101-Rede: Contato com o inconsciente, recolher, apanhar, pescar, laço, engenho, artifício, logro, embuste, estratagema, alçapão.

102-Relva: Humildade, paz, obediência, subordinação, dependência, docilidade.

103-Remo: Ação, decisão, flexibilidade, fálico, direção. Rombo: Sexual, fálico.

104-Rosa: Amor, simpatia, romance, alívio, ativa o chacra cardíaco, segredo, complexidade.

105-Roupa: auto aprovação, autoestima.

106-Rua: Novas experiências, contatos, vivência, vida.

107-Sabão: Trabalho, dedicação.

108-Sal: Força, proteção, purificação, firme.

109-Semente: grão, vida e morte, fertilidade, crescimento, prosperidade.

110-Sempre-viva: Proteção, vida, prosperidade, crescimento, eternidade.

111-Serpente: Proteção, alma, mudança, fálico, energia, vida, libido, inteligência, auto-renovação, universo.

112-Sexo: todo tipo de associação entre sexo e um produto criará uma resposta fisiológica em relação ao produto. Significa poder e força no caso masculino e receptividade no feminino

113-Sino: Chamado, provoca ansiedade. Sol: Luz, inteligência, vida, fertilidade, ressurreição, calor, justiça, poder.

114-Tatuagem: virilidade, rebeldia, vivência, potência, virilidade, força.

115-Tempestade: transmutação, mudança, intervenção, limpeza.

116-Terra: Mãe, útero, vida, alimentação, equilíbrio.

117-Tigela: Sexual, fálico, recepção, permanência.

118-Tigre: Força, ferocidade, protetor, esforço, provoca ação, efeito muito forte. Também não deve ser usado sem critério.

119-Tornozelo: Decisão, encruzilhada, vital. Triângulo: Poder, luz, magia, força, sabedoria, beleza, divindade.

120-Trono: Grandeza, glória, poder, sabedoria, autoridade.

121-Unicórnio: Poder, fálico, transparência, sinceridade, cura.

122-Urso: Poder, ação inconsciente, força, resistente, determinado, firme.

123-Uvas: Abundância, vida, renascimento, conhecimento, prosperidade, alegria.

124-Vela: Luz, sexualidade, proteção, pedido, orientação, fé.

125-Vinho: sociabilidade, raiz, terra, lar.

126-Vulcão: prosperidade, crescimento, morte e renascimento, ciclo.

Arquétipos e Civilizações

Todas as civilizações deram nomes diferentes aos mesmos Arquétipos. Os gregos e romanos entenderam bem isto e perceberam que estavam falando do mesmo deus com nomes diferentes. Uma lista pormenorizada destas civilizações e Arquétipos está fora do escopo deste livro. Seria refazer o que Campbell e Eliade, por exemplo, já fizeram. Existe extensa literatura disponível sobre o tema. Listaremos aqui apenas os gregos e romanos como exemplo, mas para quem quiser pesquisar, recomendo a Enciclopédia Britânica. Como indicação das infinitas possibilidades do assunto, temos arquétipos: Mesopotâmicos, Sumérios, Babilônicos, Germânicos, Nórdicos, Celtas, Egípcios, Hindus, Africanos, Incas, Maias, Toltecas, Olmecas, Nativos Americanos, Afrobrasileiros, Haitianos, Tailandeses, Vietnamitas, Chineses, Japoneses, Polinésios, Aborígenes, Tupi-guarani, etc. Apenas como exemplo da importância de entender o tema, a Segunda Guerra Mundial era prevista, porque Wotan, Deus da Guerra Nórdico, estava sendo vivenciado. Esse simples exemplo mostra o quanto vale este conhecimento para pessoas, empresas, países e instituições.

Arquétipos e a Mitologia

Existe uma extensa bibliografia sobre estes Arquétipos e inúmeros dicionários de mitologia. Todos são excelentes e dão uma ótima idéia do poder e força ou fraqueza e negatividade. Conforme a ação de cada Arquétipo tem-se a produção de determinados neurotransmissores ou não, conforme já explicado anteriormente.Foge do escopo deste post uma análise individual de cada Arquétipo. O interessante é o leitor entender o conceito, já que cada aplicação é um caso. É preciso ressaltar que cada povo ou civilização deu nomes diferentes para o mesmo Arquétipo; sendo assim é fácil perceber que o mesmo Princípio é entendido por todo o mundo com nomes diferentes, pois os Arquétipos são universais. Cada um pode dar o nome que quiser, mas a essência é a mesma. Por isso uma marca ou logotipo arquetípico funciona ou vende no mundo inteiro. Daí a importância que tem a definição de um logotipo para uma empresa ou instituição.

Arquétipos Gregos

1-Adônis: Beleza física, sexualidade não resolvida, extrema atração sobre as mulheres.2- Afrodite: Amor, sexualidade. 3-Apolo: Inclui os aspectos masculinos, beleza, sexualidade, ação, etc. 4-Aquiles: Luta, competição, guerra, ponto fraco, insensível à crítica. 5-Ares (Marte): Guerra, militarismo, etc. 6-Ariadne: Inteligência. 7-Ártemis: Independência, fertilidade. 8-Asclépio: Cura, medicina, imposição de mãos. 9-Atena: Poder, atividade. 10-Atlas: Trabalho pesado, executivo, produção, responsável. 11-Cairós: Tempo propício. 12-Circe: Feiticeira. 13-Cirene: Atividade física.14- Cronos: Tempo. 15-Dafne: Feminilidade, juventude. 16-Deméter: Fertilidade, maternidade.17- Dionísio: Vinho, alcoolismo.18- Édipo: Inteligência. 19-Eros: Sexualidade demasiada. 20-Hades: Morte, subterrâneo, profundezas. 21-Hera: Instabilidade psicológica e emocional.22- Hércules: Herói. 23-Hermes: Conhecimento oculto, inteligência. 24-Héstia: Vida doméstica. 25-Medéia: Destruição. 26-Medusa: Monstro. 27-Midas: Sorte. 28-Minos: Sublimação. 29-Narciso: Autoestima. 30-Nêmesis: Justiça. 31-Orestes: Trabalhar para cumprir o dever. 32-Orfeu: Música, amor, poesia. 33-Pã: Negatividade. 34-Perséfone: Extrema feminilidade, mundo subterrâneo. 35-Perseu: Empreendedor.36- Poseidon: Poder destrutivo. 37-Prometeu: Humanidade. 38-Selene: Deusa da Lua, intimidade, noite. 39-Teseu: Egoísmo.40- Tífon: O Inconsciente. 41-Ulisses: Herói, habilidade, militar. 42-Urano: Paternidade.43- Zeus: Poder.

Arquétipos Romanos;1- Júpiter: Poder 2-Netuno: Mar 3-Marte: Guerra 4-Apolo: Sol. 5-Juno: Deusa, Poder.6- Minerva: Ciência. 7-Vênus: Amor. 8-Vesta: Fogo 9-Ceres: Agricultura

ALGUMAS APLICAÇÕES DOS ARQUÉTIPOS

Qualquer atitude mental ou emocional negativa, visão de mundo negativa, excesso de ansiedade, atrapalha o processo. É preciso limpar tudo que esteja impedindo vir à tona uma personalidade cativante e amorosa. Que emana alegria e compaixão. O amor é o sentimento mais magnético que existe e todos os grandes mestres o tem em larga escala. Esse trabalho não pode ser confundido com levar vantagem sobre os demais a qualquer custo. É preciso limpar os tabus, preconceitos, sair da zona de conforto, não sabotar-se e mudar de paradigma para se ter os resultados excelentes que são possíveis. E são possíveis para qualquer pessoa que tenha boa vontade de mudar e grandes objetivos.

Profissionais liberais

No caso de profissionais liberais que não podem divulgar seu trabalho porque questões de ética, isto é resolvido, mudando-se o magnetismo do profissional. Atração magnética, carisma ou presença é uma qualidade física que pode ser implantada, mudada, aumentada, etc. Toda a realidade física pode ser manipulada da maneira que se quiser. Portanto a divulgação do trabalho do profissional liberal está resolvida.

Resultado de imagem para imagens sobre coachingCoaching

Todas as qualidades e habilidades são In-formações que podem ser acrescentadas ou expandidas. Desta forma, as possibilidades de crescimento são infinitas. Basta determinar os objetivos e quais os conhecimentos são necessários para alcançá- lo. Tudo que for necessário pode ser transferido para quem deseja o conhecimento.

Empregos

Num mercado tão competitivo como o de hoje é fundamental que a pessoa tenha um bom magnetismo para atrair as respostas aos currículos enviados. O controle da ansiedade, do medo, do desespero é vital para que sejamos chamados para a entrevista. Emanando-se a freqüência certa de magnetismo isso acontece rápidamente. São inúmeros os casos de solução deste problema em pouquíssimo tempo. Basta que a pessoa emita a freqüência certa que a “porta” se abra.

Competências

Todas as competências que você precisa são In-formações que podem ser acrescentadas ou potencializadas a você. Todas as habilidades são In-formações. Seja mental ou emocional tudo é Informação. No futuro todos serão formados muito cedo com toda a Informação requerida para o desenvolvimento máximo do potencial de cada um.

Resultado de imagem para imagens sobre stressStress

O controle do nível de stress é extremamente importante para que consigamos atingir todos os nossos objetivos. Isso é resultado do nível de controle emocional que temos. Tal capacidade e equilíbrio podem ser implantados e desenvolvidos no nível que se desejar. Desta forma a longevidade de nossa carreira está garantida. Além do que , quando se atinge este nível, nossa produtividade é máxima, produzindo os resultados e promoções que almejamos.

Resiliência

É a capacidade de a pessoa atuar sob pressão e mesmo assim conseguir um alto nível de produtividade e realização. Essa habilidade também pode ser implantada e exponenciada.

Relacionamentos

Nos relacionamentos o efeito é impressionante, pois o campo magnético da pessoa é mudado para uma atração positiva e em pouco tempo a pessoa começa a atrair outras. Isso também muda a produção de dopamina e a pessoa “brilha” e atrai. Os relacionamentos que não tem mais sentido desaparecem e novos são atraídos. As amizades mudam para o novo estado de freqüência da pessoa. Desta forma, atraímos pessoas sem cessar e aí acaba o problema de como achar um relacionamento. Nós atraímos aqueles que têm afinidade conosco, pela freqüência em que vibram, pelos seus pensamentos e sentimentos. Elevando estes pensamentos e sentimentos, estamos num patamar mais alto de vibração e atraímos melhores pessoas. Aliando-se ao conhecimento de como funciona o amor e os Arquétipos, torna-se muito simples conquistar o amor que se deseja. Isso tudo sem ferir ninguém e respeitando o desejo de cada um. Lembre-se de que é dando que se recebe. Amar incondicionalmente é a coisa que mais atrai em qualquer pessoa.O amor é a essência do Universo e tudo é feito de amor. Os físicos ainda descobrirão como funciona essa energia, mas talvez não dêem o nome de amor para ela. De qualquer forma o amor ressurge sempre porque ele é a nossa essência. Desta forma ele nunca deixa de existir e renasce sempre. É por isso que nós sempre procuramos amar e ser amados. É uma questão vital para nós, porque, sem isso, fenecemos.

Yin/Yang

Nos relacionamentos, as polaridades Yin e Yang são complementares. Quando se tem essa complementaridade equilibrada, forma-se um campo de atração magnética, que atrai 110 com extrema facilidade o que desejamos. É como um imã formado pelas duas pessoas. É necessário que haja um campo em funcionamento com alguém. As possibilidades de formação de um campo são infinitas e podem ser de diversas maneiras. Quando não há campo a pessoa precisa estar equilibrada em si mesma, nas energias Yin e Yang para ela mesma formar um campo consigo mesma. Normalmente isso não ocorre, portanto, é preciso formar com alguém. Esse equilíbrio pode ser implantado, aumentado, equilibrado, sendo extremamente importante que ele seja conseguido. Qualquer impossibilidade de formar campo com o outro, acarretará inúmeros problemas tanto no relacionamento quanto em outras áreas da vida. Lembrando que Yin é In-formação, Yang é In-formação. E o ideal é que sejamos equilibrados contendo as duas energias. Isso pode ser conseguido com a In-formação correta.

O poder da Ressonância Harmônica-Prof.Hélio Couto

Visão pessoal….

Para que possamos utilizar todo o potencial de uma ferramenta como a Ressonância Harmônica é preciso uma mudança total de paradigma. Uma abertura de visão de mundo para entender que estamos num Universo de infinitas possibilidades. Um Universo onde tudo é uma onda que, na sua essência, é escalar. Um Universo de pura energia, pura consciência. E que essa consciência manifesta a matéria após reduzir sua freqüência. Daí surgem os quarks, prótons, nêutrons, elétrons, moléculas, células, órgãos e seres. Toda a matéria orgânica e inorgânica.Como, na origem, não existe matéria, sómente uma onda infinita, ela pode se manifestar de infinitas maneiras. É por esta razão que a realidade pode ser manipulada da forma que se quiser. Mas a expansão da consciência é fundamental, pois sem ela é impossível entender um conceito como este.Todas as dimensões (freqüências) co-existem no mesmo lugar. Ninguém troca o rádio de lugar para sintonizar outra emissora. Sómente muda para a freqüência que quer acessar. Da mesma maneira, todas as dimensões da realidade estão no mesmo lugar. Apenas estão em oitavas acima ou abaixo da nossa. A in-formação destas dimensões também está disponível.Podemos acessar a informação de qualquer pessoa que existe, existiu ou existirá. Dela, pode-se experimentar sua visão de mundo, suas capacidades, seus pensamentos, seus sentimentos, seus desejos, toda a personalidade ou partes dela, como se queira.Podemos acessar qualquer pedaço da In-formação. Assim, enriquecemos nossa consciência com inúmeros conhecimentos e experiências, sem limite de espaço, tempo e dimensão. À medida que vamos acrescentando novas In-formações ao nosso campo, nossa capacidade de assimilá-las também aumenta intensamente.   O raciocínio e a intuição são potencializados. Passamos a ter uma visão abrangente da realidade. Nossa capacidade de análise e síntese vai aumentando progressivamente. E assim, passamos a querer mais e mais, seguindo o ritmo de evolução ininterrupta do Universo.É extremamente prazeroso crescer e evoluir em todos os sentidos. Experenciar o que já foi experenciado por outros, agregando uma nova In-formação ou personalidade à nossa; É importante salientar que nunca perdemos nossa individualidade, apenas crescemos em consciência, sem cessar.Os Arquétipos são as inteligências primordiais do Universo, energias conscientes e supra-inteligentes. Os modelos da perfeição em todos os setores. Porém, são também In-formações, como tudo que há. Existem Arquétipos para todas as áreas e atividades imaginadas. Literalmente para tudo. Isso também pode ser transferido e assimilado.Desta maneira, podemos ter um crescimento sem precedentes, em todos os sentidos.Para se ter todo o benefício disto é preciso expandir o paradigma pessoal, pois é ele que impede que cresçamos todo o possível. O que você acredita que é possível, é o seu limite.Na prática não existe limite algum, mas as crenças das pessoas é que limitam as possibilidades para elas. Quando você expandimos o que acreditamos, não existem mais limites para nós.O mesmo ocorre com o que você que está lendo agora. Será que acredita ou acha que é loucura ou ficção científica? Caso não acredite, não usará o potencial relatado aqui. Aqueles que não duvidam, trazem uma lista do que querem e já começam a receber o que pediram.Lembre-se que, em última instância, o Universo respeita o que acreditamos e não irá fazer nada à força. Ele esperará que nós tenhamos as experiências necessárias para mudar por nós mesmos o que acreditamos.O Universo é absolutamente congruente com nossos pensamentos e sentimentos.Para aqueles que querem crescimento acelerado, ele atende e propicia os meios para adquirir esse crescimento.Cada nova assimilação provoca um salto quântico na consciência, no grau de felicidade, na capacidade de realização, de análise e síntese, na produtividade, etc.Como existem Arquétipos para todos os tipos de conhecimentos não há limites para quem deseja crescer e evoluir.Os neurotransmissores são substâncias produzidas por nosso cérebro que determinam a forma como nos sentimos. Fica evidente que é possível manipular o que sentimos da maneira que quisermos. A Ressonância Harmônica transfere qualquer neurotransmissor, de maneira a propiciar o equilíbrio ideal da bioquímica cerebral, de forma que acabe o sofrimento.   A dor e o sofrimento podem ser transmutados, resolvidos e liberados.Como tudo é energia e toda energia tem um endereço, um sentimento ou dor tem um endereço. Neste local, os átomos deste sentimento estão emanando uma determinada freqüência. Essa freqüência está criando ou impedindo a criação dos neurotransmissores que nos interessam. A energia destes átomos pode ser liberada para que deixem de emitir a freqüência negativa.Desta forma, restam apenas os pensamentos e sentimentos positivos que geram a serotonina, endorfina, dopamina, etc., que nos fazem felizes, alegres, corajosos, criativos, amorosos, proativos, etc.Está claro que, com a transferência de In-formação, podemos resolver e liberar a energia negativa seja ela qual for. Como conseqüência, podemos ser extremamente positivos, alegres e tudo o mais que nos trará o sucesso que desejamos. Somados aos pensamentos corretos que acessamos, temos um conjunto perfeito.Finalmente somos capitães da nossa vida. Estamos no comando. Pensamos o que queremos pensar. Sentimos o que queremos sentir. Podemos nos realizar plenamente. E isso, sem limite.

Inspiração…..

Eletromagnetismo http://pt.wikipedia.org/wiki/Electromagnetismo http://pt.wikipedia.org/wiki/

Electromagnetismo http://www.ufsm.br/gef/Eletro.htm http://www.ufsm.br/gef/Eletro.htmhttp://axpfep1.if.usp.br/~gref/eletromagnetismo.htmlhttp://axpfep1.if.usp.br/~gref/eletromagnetismo.htmlhttp://axpfep1.if.usp.br/~gref/eletromagnetismo.html

Bio-physical Information Therapy http://www.bit-org.de/ http://www.bit-org.de/

LIVROS DO PROF. HÉLIO COUTO-AQUI
ARTIGOS DO PROF HÉLIO COUTO;AQUI

Monicavox

 

Recomendo….

Resultado de imagem para imagens sobre ressonância harmonica

 

A TÉCNICA-Aplicação da Ferramenta de Ressonância Harmônica

Como já  vimos tudo que existe é uma onda e vibra. No Vácuo Quântico está gravada toda informação que já existiu, existe e existirá. Essa informação consiste de tudo que existe, tais como todo livro, documento, curso, conhecimento, experiência pessoal, memórias, sentimentos pessoais, habilidades pessoais, pensamentos, emoções, Arquétipos, dimensões, tempos, universos, etc. Tudo que existe é pura informação. Tudo que existe tem uma In-formação intrínseca, que permanece para sempre. Essa In-formação pode ser utilizada da maneira personalizada, isto é, para uma determinada pessoa, para seu crescimento e evolução. Nós escolhemos qual In-formação queremos e como utilizá-la. Podemos usar vários meios para portar a In-formação. Uma das opções é usar um cd contendo um som de ondas de mar durante vários minutos. A In-formação está contida em ondas eletromagnéticas e escalares. E sendo assim não tem som. Portanto, deve-se colocar o cd e “tocá-lo” no volume zero. Sem som. Como a onda está em todos os locais ao mesmo tempo, não há necessidade de ficar perto do aparelho que toca o cd. Pode-se ficar a qualquer distância que seja. Isso significa que só se gasta um segundo por dia com esse método. Basta apertar a tecla “play” e pronto. Pode-se cuidar da vida que a In-formação estará chegando até você. Isso deve ser feito uma única vez ao dia. Nunca se deve repetir o processo.

OS RESULTADOS

A In-formação é absorvida pelo campo atômico da pessoa e integrada gradativamente na mente e corpo através dos receptores celulares. Depois de um mês deve-se fazer um ajuste nas freqüências, de acordo com a evolução pessoal; novos pedidos de informações podem ser feitos. Isso por, pelo menos, seis meses. Porque a cada seis meses há um salto qualitativo profundo em todos os aspectos pessoais. Até se chegar à perfeição. Durante os primeiros meses, há uma limpeza de tudo que impede o progresso da pessoa; ao mesmo tempo em que as informações solicitadas são assimiladas. Esse é um período de grandes transformações, pois há uma mudança de atitude em relação à vida. Saindo do negativo para o positivo. Muita coisa começa a dar certo e ser resolvido. O que estava parado anda.

Pessoas negativas se afastam e novas pessoas com freqüências positivas chegam. A atração pessoal é ativada e chamamos a atenção onde quer que estejamos. Nesse período deve-se deixar para trás tudo que não serve mais para nós. Alça-se vôo depois de mais ou menos seis meses, embora, depois do terceiro mês a mudança já seja muito perceptível. No sétimo mês há um grande salto de atitude e consciência. Isso se acelera mês a mês e saltos significativos acontecem a cada seis meses. Até chegar a um ponto de imensa consciência expandida, de percepção aguçada, quando se vê e se percebe o que nunca se tinha percebido.

O condicionamento é desfeito, passo a passo, e nos libertamos. A capacidade de análise de qualquer situação torna-se superior e resolvemos os problemas com facilidade, segurança e centramento. Essa mudança magnética, mental e emocional permitirá que a pessoa atraia tudo que deseja. Pois desde o instante inicial na primeira vez que “ouvir” o cd, ela já estará sendo extremamente potencializada. Aos poucos a pessoa irá mudando seu paradigma e limpando tudo que impede seu progresso. O conhecimento ou informação é armazenado no subconsciente e inconsciente, e 37 pouco a pouco será assimilado e transformado para ser usado na vida prática.

O processo é muito rápido e pode ser ajustado de inúmeras formas de acordo com as necessidades pessoais. Como é um processo que requer ajuste de acordo com a evolução da pessoa, todo mês é feita uma nova avaliação e refeitas as freqüências de acordo com a necessidade e vontade da pessoa. É comum as pessoas pedirem mais conhecimento, habilidades, etc., à medida que entendem as possibilidades do processo. Como é uma onda quântica que foi captada pela pessoa, a mudança é inevitável, pois o conhecimento já é parte da pessoa pela interferência construtiva.

Só depende dela, facilitar o entendimento e uso do conhecimento que ela mesma pediu. A mudança é contínua e cumulativa. No início, a percepção da mudança é imediata porque tudo estava parado e estagnado. Então, assim que as coisas andam, fica muito evidente. Depois a mudança continua, sutil e eficiente. Basta fazer uma série de perguntas para que a pessoa perceba o quanto mudou em todos os sentidos. Capacidade de análise, auto percepção, visão de mundo, disposição física, mental e emocional, centrada e equilibrada, segura de si, com elevada autoestima e autocontrole, focada nos resultados, atraindo tudo que quer; pessoas, negócios e oportunidades, com imenso magnetismo pessoal. A pessoa começa a perceber que sua mente cria a sua realidade. Temos casos de empresários que estavam totalmente paralisados nos negócios e que, em dois meses, retomaram todas as atividades, clientes, negócios, lucros, etc. Como se diz, tudo andou na vida da pessoa, quando se alterou a energia, informação e magnetismo pessoal. Alterando-se o magnetismo pessoal ou energia, o crescimento pessoal pode ter seu curso normal. Primeiro acontecem transformações interiores e depois exteriores, inevitavelmente. É por isso que quando se faz um trabalho como esse as coisas tomam outro rumo.

Resultado de imagem para imagens sobre ressonância harmonicaMudando-se o magnetismo da pessoa, ela passa a atrair novas oportunidades, negócios, 38 relacionamentos, vendas, emprego, etc. Porque, em suma, tudo depende do magnetismo que a pessoa emana. Através dos seus pensamentos e sentimentos. E isto é possível de se modificar. As possibilidades deste trabalho são infinitas porque se pode trabalhar com qualquer conhecimento e In-formação que se quiser. Isto é, não existe limite até onde uma pessoa pode chegar ou crescer. O conhecimento é infinito em todos os sentidos, seja mental, emocional, espiritual, etc. É só uma questão de quanto à pessoa quer se desenvolver. Caso a pessoa queira aprender pouco ou limitar a sua evolução naquele período é uma escolha pessoal. O livre arbítrio da pessoa é que decide o que ela quer, em todos os sentidos. Como tudo é infinito podem-se colocar a cada mês novos conhecimentos, habilidades, etc., de acordo com a capacidade de a pessoa absorver aquela quantidade de informação. A única limitação é a vontade da pessoa em processar a informação. Durante o processo acontece o seguinte:

1-Saímos da zona de conforto- 2-Mudamos de paradigma Limpamos os traumas e bloqueios-3- Superamos os tabus e preconceitos-4- Eliminamos a auto-sabotagem Eliminamos o condicionamento anterior-5- Libertamos nossa personalidade 6-Expressamos o Self

Depoimento do Prof Hélio Couto

“No meu caso,  fiz durante mais de uma década todo tipo de experiências com as freqüências para avaliar seu resultado, o que poderia fazer, em que quantidade, que tipo de conhecimento, que qualidade de resultado em todos os sentidos de quantidade e amplitude, etc. Todas as possibilidades foram testadas de todo tipo de conhecimento, habilidade, potencial, situação, etc. Fiz esse laboratório em mim mesmo para poder avaliar o que é possível 39 com a ferramenta. Esta pesquisa continua, mas o que já foi descoberto é infinito em termos de possibilidades. Para se ter todo o beneficio disto é preciso expandir o paradigma pessoal, pois é ele que impede que cresçamos todo o possível. O que você acredita que é possível é o seu limite. Na prática não existe limite algum, mas as crenças das pessoas é que limitam as possibilidades para ela. Quando você expande o que acredita, não existem mais limites para você. É a mesma coisa com o que você está lendo. Será que acredita ou acha que é ficção científica? Caso não acredite não usará o potencial relatado aqui. Aqueles que não duvidam, trazem uma lista do que querem e já começam a receber o que pediram. Lembre-se que, em última instância, o Universo respeita o que você acredita e não irá fazer nada à força. Ele esperará que você tenha as experiências para mudar por si mesmo o que acredita. Para aqueles que querem crescimento acelerado o Universo atende e propicia os meios para adquirir esse crescimento. O Universo é absolutamente congruente com seus pensamentos e sentimentos. Logo que a pessoa muda de freqüência é preciso ajustar novas freqüências de acordo com a nova situação e com as Informações requeridas. Nós mudamos o tempo todo e devemos ajustar tudo continuamente.”

Porque as pessoas tem tanta dificuldade em crescer

Todos os seres nascem e recebem imprints e condicionamentos os mais diversos. Isto passa a fazer parte da personalidade e a limitar o seu desenvolvimento em todos os sentidos. É possível resolver isso limpando esses imprints e condicionamentos. Transfere-se uma nova In-formação e um novo potencial é aberto. Algumas das situações mais comuns: Inveja 41 Esse é um sentimento altamente destrutivo para quem o emite. Emana-se carência de algo, pois se existe a inveja é porque a pessoa acha que o outro é melhor ou tem algo que não possui. Tudo que se emana volta para quem emanou. Chama-se eletromagnetismo. Portanto, resolver isso e transformar-se numa pessoa centrada e equilibrada deveria ser nosso objetivo máximo. Auto sabotagem Isso acontece quando, depois de um período de crescimento, a pessoa atinge uma fronteira onde está a programação limitadora. Normalmente há medo do crescimento e do sucesso. Desta forma temos as pessoas que começam e recomeçam muitas vezes; sempre apresentando um padrão de comportamento de fracasso e autodestruição. Podem perceber que existe um limite, uma fronteira bem definida; podendo ser um determinado salário, felicidade pessoal ou sucesso comercial. Podemos superar a auto sabotagem mudando as Informações que nos foram colocadas. E podemos nos programar conscientemente para o sucesso e a evolução contínuas. Zona de conforto Esse é outro problema generalizado. Como o crescimento é o normal no Universo, assim que ele é estimulado, em pouco tempo, a pessoa terá de sair da zona de conforto e crescer ilimitadamente. Conseguindo com isso tudo o que deseja e almeja. É um requisito fundamental para a pessoa que quer ter sucesso em qualquer área deixar para trás a zona de conforto. Também é possível mudar essa atitude de relutância em sair da zona de conforto implantando-se as In-formações que desejamos para o nosso sucesso. Conformismo 42 Esse é outro grave problema. Quando alguém se conforma com as condições existentes, mesmo que sejam ruins, está se condenando a uma existência muito aquém das possibilidades humanas. Paradigma O paradigma é o sistema de crenças em que a pessoa vive. Ele foi implantado desde o nascimento e passa a condicionar toda a vida da pessoa. São crenças limitadoras que impedem sua evolução. Como toda informação, pode ser trocada por outras do seu melhor interesse. Com a Ressonância fica fácil a pessoa perceber essas crenças limitadoras e substituí-las. É preciso considerar sempre que somos um campo eletromagnético e atraímos tudo que pensamos e sentimos. Consciente e inconscientemente.

 

Sendo assim atraímos os resultados de nossas crenças. Pode-se perceber o paradigma de uma pessoa de várias formas:

Como ela se veste? Como se alimenta? Como anda? Como se expressa corporalmente? O que lê? O que compra? Quais os pensamentos mais profundos? Quais os sentimentos de fundo? Como se comporta? Como trabalha? O que estuda? Como conversa com os amigos, colegas, chefe, relacionamento? Faz sexo ou faz amor? Como trata a mulher? Como trata o marido? Como trata os filhos? Como estuda? Como planeja para o futuro? Como dirige o carro? Que tipo de viagens faz? Como trata os parentes? O que fala para os filhos? Qual sua visão de mundo? Como se sabota? Quais seus preconceitos? O que pensa do passado? E do futuro? Vive o presente? Como reage às traições dos amigos, sócios, etc.? Fica procurando “chifre em cavalo”? Como é a percepção da realidade desta pessoa? Consegue soltar o que não serve mais? Procura entender como funciona o Universo? Todos esses sentimentos, pensamento, comportamentos, etc., atraem ondas com freqüências semelhantes para nós. Ondas são matéria em outro estado. Portanto, nós atraímos o que emanamos. Os acidentes de percurso são exceção à regra.

Preconceitos e tabus

Essa é outra área que também tem o mesmo procedimento de implantação na nossa infância. É preciso rever tudo isso para entender que os resultados que temos são fruto de tudo que pensamos e sentimos. Podemos mudar tudo isso com novas Informações através da Ressonância. Com esta limpeza uma nova vida de oportunidades contínuas estará aberta para nós.

Arquétipos

Arquétipos são as idéias primordiais, conforme Platão disse. O que ele quis dizer com isso? São as primeiras energias manifestas ou emanações; O Ideal;. O Modelo;. O Ser Perfeito.;Que tem um fundamento atômico, não importa de que dimensão está se falando.

Deve ficar claro para se entender como funciona este trabalho que o substrato de tudo que existe é atômico. Quando se entende que ondas eletromagnéticas e escalares atuam em todas as dimensões, entende-se todo tipo de manifestação ou fenômeno. Os Arquétipos estão localizados numa determinada dimensão. 

Existem, fisicamente falando.  Antes que qualquer coisa possa aparecer no nosso Universo, ela deverá ter um projeto arquetípico. São energias vivas, conscientes, que se expressam no nosso mundo. Pelo efeito, pode ser conhecer a causa.

São símbolos que determinam o que sentimos quando os vemos, ouvimos ou percebemos, não importa se de forma consciente ou inconsciente. Existem inúmeras definições para os Arquétipos e cada uma delas mostra um aspecto da verdade. Os Arquétipos podem ser formas, sons, gestos, símbolos, comportamentos, atitudes, situações, odores, toques, personalidades, etc. 

Como já disse, a forma mais fácil de entendê- los é pelo resultado que produzem. Por exemplo: fazer testes sobre a química cerebral de uma pessoa, em seguida ela seria estimulada por um Arquétipo e em seguida os testes seriam refeitos. Com certeza os testes mostrariam o efeito daquele Arquétipo sobre os neurotransmissores. Uma das principais características dos arquétipos é a de induzirem os seres vivos a sentirem emoções de uma forma ou de outra. Antonio Damásio no seu livro “O Erro de Descartes”, deixa bem claro que os homens estão programados para reagirem a determinados estímulos, como tamanho, envergadura de asas, tipos de movimentos, sons, etc., que seriam processadas pelo sistema límbico. É o que se chama de emoção primária. Esta é uma forma de falar de Arquétipos em termos de neurologia. Toda a gama de emoções pode ser induzida, usando-se o Arquétipo correto. Seus resultados para os seres humanos poderão ser positivos ou negativos, fortes ou fracos, bons ou maus. Resultados positivos são os efeitos que demonstram: crescimento, prosperidade, realização, saúde, alegria, amor, etc. Resultados negativos são: depressão, pobreza, doença, suicídio, vício, morte, miséria, desemprego, separação, etc. 

É claro que cada pessoa avalia se é positivo ou negativo dependendo dos seus interesses, o que não impede que exista objetivamente algo que se possa classificar como positivo ou negativo.

Isso poderá ser comprovado verificando-se os resultados em longo prazo. Hoje em dia existem vários recursos técnicos para medirem-se os efeitos dos Arquétipos: eletroencefalograma, tomografia por emissão de pósitrons, ressonância magnética funcional e exames laboratoriais para medição de neurotransmissores e hormônios. Com estes exames, é possível saber com muita precisão, o efeito que um determinado arquétipo provoca no ser humano.

Quando uma pessoa vê, ouve ou percebe um Arquétipo, determinados neurotransmissores e hormônios são produzidos pelo seu organismo, gerando emoções, depois sentimentos e provocando comportamentos. Isto tem uma tremenda implicação, porque a pessoa não tem a menor idéia da influência, que está recebendo daquele arquétipo. Ainda mais quando a percepção é inconsciente. Evidentemente, a pessoa racionalizará o seu comportamento, criando e pensando em desculpas ou razões para determinado comportamento. Quando o Arquétipo está associado a um determinado produto, inevitavelmente ela associará aquelas emoções e sentimentos com o produto associado. Isto se chama neuroassociação. Toda a percepção ocorrida num determinado momento será armazenada conjuntamente. Quando se vê um Arquétipo positivo e um produto juntos, nós imediatamente temos uma reação emocional e associamos está resposta ao produto que está junto do Arquétipo. O que pode não ter nada a ver com ele,  mas para o cérebro isso não faz diferença.

Por exemplo: uma mulher seminua perto de um produto fará com que a nossa reação fisiológica total seja associada também ao produto. O que se sente por um homem nu ou uma mulher nua é gravado no nosso cérebro junto com a marca, símbolo ou imagem do produto. Existem muitas formas de criar neuroassociações. Porque os anúncios fixam tanto uma determinada personalidade a um produto determinado? Todas as qualidades daquela personalidade estão sendo transmitidas para o produto. Aquela personalidade pode estar vivenciando um Arquétipo e pode ter um efeito tremendo no consumidor. Por isso vende e por isso pagam tanto pelo artista, esportista ou personalidade. 

Isto fará com que na hora de decidir entre um produto e outro ela tenderá a ficar com o que provoca as emoções, que serão ativadas pela exposição à que já foi condicionada (associada). Neurotransmissores A produção de neurotransmissores por uma pessoa depende de que Arquétipo ela esta vivenciando. Mudando-se isso, alteramse imediatamente os neurotransmissores e em que quantidade serão produzidos e assimilados. Neurotransmissores são componentes químicos fabricados pelos neurônios para inibir ou estimular outras células nervosas.

Acredita-se hoje que existam 100 bilhões de neurônios no ser humano. Estas substâncias provocam emoções, sentimentos e comportamentos. Podemos criar a emoção que quisermos em nós ou em outros, estimulando a criação dos neurotransmissores em nós ou em outros. As possibilidades são infinitas quando se conhece a química das emoções. O potencial de produção de neurotransmissores é variável e por isso os estímulos são extremamente importantes. Como o cérebro produz os neurotransmissores a uma determinada velocidade, o tempo de exposição ao estímulo é de suma importância. Os estímulos, como por exemplo, imagens associativas ou neuroassociações, provocam a reação do circuito  de recompensa do cérebro, fazendo com que a cada vez que seja estimulado, haja um reforço do circuito e assim por diante. Por isto o consumidor precisa ver um anúncio pelo menos seis vezes.

O Dr. Eric J. Nestler demonstrou que a exposição repetida a um estímulo provoca uma alteração na arquitetura e química cerebral. O importante é entender que o que sentimos depende de qual neurotransmissor está sendo produzido, em que quantidade e momento. Podendo regular isso, temos o comportamento humano entendido bioquímicamente e controlado. Determinados Arquétipos induzem a produção de determinados neurotransmissores e eles induzem os sentimentos e comportamentos. Essa é a explicação de como os Arquétipos controlam nossos sentimentos e comportamentos. Na realidade, a coisa é mais complexa que isso, mas para efeito de entendimento prático é suficiente. Essa é uma explicação bioquímica.

Existem outras formas de explicar a ação dos Arquétipos, mas como as pessoas querem provas científicas, podem obter estas provas analisando a produção de neurotransmissores. Por isto o marketing funciona, por isto vende, por isto os filmes dão lucros fabulosos, as músicas idem, os eleitores votam e é possível controlar completamente o comportamento humano. Existe uma vasta bibliografia sobre o tema. (Ver a matéria “Assumindo o Controle do Estresse”, de Robert Sapolsky, sobre o papel da dopamina, serotonina, norepinefrina, na revista Scientific American Brasil de outubro de 2003.).

Existem vários neurotransmissores e estes são alguns dos seus efeitos:

1-Dopamina: gera prazer, alegria, força, êxtase, euforia, poder, sexualidade, confiança, sentimento de poder enfrentar qualquer desafio. Estimula o amor de pai e mãe. É estimulante para algumas partes e inibidor para outras. Indispensável para ação motora, força de vontade, alegria e bem-estar. Toda vez que a pessoa recebe um estímulo positivo, forte, agradável, etc., seu cérebro gera esta substância, que dá a sensação de felicidade, de  estar de bem com a vida, em fluxo com o universo e todos os sentimentos decorrentes disso. A falta do nível adequado gera insegurança, inferioridade, etc. Veja a relação entre falta de dopamina e doença de Parkinson, no site “Saúde Geriátrica”. A dopamina é um neurotransmissor extremamente potente. Sua falta é arrasadora para o estado geral de felicidade e força pessoal. Sua presença traz um sentido de controle total da situação, de poder enfrentar qualquer desafio, qualquer inimigo, qualquer problema. É o neurotransmissor básico do Macho Alpha ou da Fêmea Dominante. A edição de maio/2004 da revista Harvard Business Review América Latina, trás um artigo sobre os altos executivos, ressaltando que 70% deles são Alpha.Portanto, caso um empresário ou executivo, queira ter sucesso ele precisa desesperadamente de dopamina, caso não a produza na quantidade exata para vencer os outros machos Alpha. Não se esqueçam de que na planície do Seringueti, na África, existem muitos candidatos à Macho Alpha. (Ver relação entre libido e dopamina)

2-Acetilcolina: é estimulante. Encontrada em grande quantidade e controla o funcionamento de inúmeros órgãos, movimentos, memória, concentração, atividade sexual e emoções. Controla a liberação do hormônio pela pituitária, envolvido na aprendizagem.

3-Noradrenalina: é estimulante. Deixa alerta e com boa memória. Alivia a depressão.

4-Serotonina: é estimulante para uma parte do cérebro e inibidor para outras. Alivia a depressão, a ansiedade e ajuda no sono. Atua no controle da dor, humor e provoca sono. Estabilidade emocional. Extremamente importante quanto ao sentimento de felicidade. Suicidas apresentam baixo nível de serotonina. Controla a ansiedade, proporciona serenidade, calma e otimismo. Com serotonina você é feliz e está em paz com o mundo. Usando o arquétipo correto você terá mais serotonina, sendo, portanto, feliz. A falta de serotonina lhe deixará infeliz.  Desta forma podemos regular o estado emocional de qualquer população, regulando a exposição que ela tem a determinados Arquétipos. “A serotonina é um dos principais neurotransmissores, substâncias cujas ações contribuem para virtualmente todos os aspectos da cognição e do comportamento. Um dos efeitos da serotonina nos primatas consiste na inibição do comportamento agressivo. De um modo geral, o aumento do funcionamento da serotonina reduz a agressão e favorece o comportamento social”. (O erro de Descartes, António Damásio-veja em –Antonio Damásio: A Neuropsicologia, O Cérebro a Procura da Alma).

5-Endorfinas: são extremamente importantes para o sentimento de felicidade, euforia, êxtase, relaxamento e bem-estar geral. Tem propriedades analgésicas, age como calmante, aliviando a dor. Está intimamente ligada à existência de dopamina no organismo. Provoca um sentimento de prazer generalizado, aliviando sobremaneira a depressão. Controla a resposta do organismo ao estresse, regulando a liberação de hormônios. Tem atuação variada, como em relação à memória, humor, resistência imunológica, estado mental, recuperação orgânica, aliviar a dor, adiar o envelhecimento, etc. A produção de endorfinas está relacionada com as coisas boas e positivas, diminuindo em relação à estímulos negativos. Ao recebermos estímulos positivos temos mais endorfina, senão temos menos. Ficou claro isso? As beta endorfinas proporcionam conforto, sendo a mais potente das morfinas encefálicas. Fortalece a imunidade, reforça a memória, aumenta a paciência, calma interior, diminuem o stress psicológico. Indispensável para o sistema imunológico. Daí a razão do porque as pessoas depressivas ficarem doentes mais facilmente.

6- Ácido gama-aminobutírico (GABA): diminui a ansiedade significativamente. Calma. Sem pânico.

7-Glutamato: indispensável para prevenir a esquizofrenia. Várias regiões cerebrais se comunicam com o sistema de recompensa através da liberação do neurotransmissor glutamato. Glutamato gerado pelos arquétipos: força, raio, fachos de luz.

8-Norepinefrina: ambição, energia, alegria. Pelo explicado acima e pela extensa bibliografia sobre o tema, fica claro que nosso comportamento é regulado também pela presença ou não de determinados neurotransmissores. Desta forma, qualquer estímulo que provoque sua liberação ou retarde sua absorção, terá um efeito extremamente significativo nas emoções, sentimentos e comportamentos humanos. Os Arquétipos podem induzir tudo isto.

Resultado de imagem para imagens sobre ressonância harmonicaArquétipos e neurotransmissores

Os arquétipos são poderosos ou não, positivos ou negativos, fortes ou fracos. (Veja Jung em “Os Arquétipos e o Inconsciente Coletivo”, página 188, por exemplo.) Os arquétipos provocam reações emocionais, sentimentais e comportamentais. É perfeitamente possível prever o comportamento de um grupo de pessoas em relação a um determinado arquétipo. Essa reação será o resultado da média das reações de todas as pessoas expostas a ele. É possível mensurar a reação individual a qualquer arquétipo com exames laboratoriais. Com relação à parte prática, o que interessa é que as pessoas entendam esse potencial e poder. Com isto elas podem se beneficiar destas descobertas, já que as pessoas querem resultados práticos e no fim das contas este é o melhor método para se aferir se algo funciona ou não. Já ouvi técnico de futebol dizendo que se descobrisse algo que aumentasse por menor que fosse a produtividade da equipe, ele o usaria. Resta saber se ele usaria uma ferramenta de Arquétipos, que produzisse um super time. Aí entra o que já falamos sobre auto sabotagem. É a questão da árvore que dá frutos ou não. Ficamos com as que dão frutos e cortamos as que não produzem.

 Os Arquétipos podem ser experimentados na forma de símbolos, objetos, formas, sons, odores, comportamentos, gestos, escritas, traços riscados, personalidades, etc. Eles provocam uma resposta no mais profundo nível inconsciente, trazendo à tona sentimentos, emoções, comportamentos primordiais, arquivados profundamente na mente humana. As pessoas devem estar cientes deste fato e do profundo poder que reside no âmago dos Arquétipos. Isto não é um brinquedo para crianças, pois as possibilidades de manipulação dos sentimentos e comportamentos são incomensuráveis. Usar Arquétipos é usar um poder ilimitado. Daí a importância de entender seu funcionamento.

Nunca é demais ressaltar isso porque as pessoas normalmente julgam que as estatuetas que têm em casa não provocam nenhum efeito emocional sobre elas. Vejam a geometria que os gregos usavam. Por exemplo: mudando-se o tipo de Arquétipo que uma pessoa vê, pode-se mudar profundamente a sua personalidade, sua visão de mundo, seus sentimentos e comportamentos, sua reação aos acontecimentos, sua força, seu poder pessoal, sua saúde, sua atração sexual, etc. Enfim, pode-se estimular a pessoa para qualquer tipo de sentimento e emoção, tanto positiva quanto negativa. Acrescente-se aí a possibilidade dela ser estimulada inconscientemente.

Todas as possibilidades estão em aberto, para a saúde e para a doença, para o vício ou não, para a pobreza ou riqueza, e assim por diante. Existem Arquétipos para todos os tipos de sentimentos, bastando apenas saber qual utilizar para a obtenção dos resultados desejados. Quando se define o logotipo de uma empresa estamos fazendo algo fundamental para o sucesso ou não do empreendimento. O uso de um logotipo mal definido vai causar muitos problemas e prejuízos à empresa e talvez provocar a sua falência. Muitas vezes estas questões não são devidamente analisadas por quem decide isto. Inúmeros alunos descrevem situações em que após ouvirem uma palestra minha, a empresa trocou o símbolo e passou a crescer imediatamente.

Garanto que vocês já viram muitas vezes empresas gigantescas trocarem de logotipo, cores, slogans sem uma razão aparente e com uma  freqüência, que mostra a tentativa e erro na definição dos símbolos da empresa; isto quando já não é tarde demais. Nunca será demais repetir que símbolos e Arquétipos são extremamente poderosos na definição e indução de sentimentos e comportamentos. Veja o que vale uma marca. Existem várias marcas que valem bilhões de dólares; Para quem não conhece o assunto, não estamos falando da empresa e sim somente da marca. Quanto custa para a empresa colocar uma placa em volta do campo de futebol numa Copa do Mundo? Elas são vistas numa final por três bilhões de pessoas. Quando custou por pessoa? É um bom investimento se for um Arquétipo definido corretamente e um péssimo caso contrário. Vocês sabiam que quando acontece um gol, às vezes os jogadores correm comemorando e passam por onze placas diferentes? Imagine que a sensação do gol está sendo associada com as marcas que os telespectadores estão vendo. A mesma coisa acontece quando um determinado símbolo é projetado na tela quando acontece um gol. Existem inúmeras possibilidades neste campo.Considere-se o uso que se faz dos Arquétipos como decoração de ambientes e poderá se avaliar a personalidade de quem usa essa simbologia.

As pessoas não percebem que os Arquétipos influenciam decisivamente as suas emoções, conservando em casa estímulos fraquíssimos, que afetam profundamente as suas vidas em todas as áreas. Você pode conhecer a pessoa pela decoração da casa ou da empresa. Vejam as camisetas que as pessoas usam.

Atente-se que o efeito dos Arquétipos é intensificado pela repetição, quanto mais se estimula, mais efeito faz. Antes de vermos alguns dos significados dos Arquétipos vamos verificar como o povo os usa nas suas conversas normais. Aqui veremos que as pessoas intuitivamente sabem do significado deles (já que estão armazenados no inconsciente pessoal e coletivo). Sabe-se que uma imagem vale mais do que mil palavras, portanto fica muito mais barato usar um Arquétipo como exemplo, do que explicar detalhadamente.

Visão pessoal….

As metáforas e arquétipos são a melhor forma de passar um conhecimento para alguém e por isso são usadas desde tempos imemoriais. Exemplos: A vaca foi pro brejo (o time está perdendo). A bola está na zona do agrião (usado no futebol). Eu vi um gato (um rapaz bonito). Uma gata (moça bonita). Cada macaco no seu galho/ Ele caiu como um pato (otário)/ Ele é uma raposa (esperto)./Ele é um banana (que passam para trás)/. Ele é um rato (um ladrão)./Ela parece um elefante (gorda)/ Rápido como um cavalo de corrida./Olhos de águia (vê as oportunidades)/ Firme como uma rocha./Tirar o chapéu (reconhecer o valor de outro)/ Isto sem citar o uso dos arquétipos com conotações agressivas, obscenas, etc.Os Arquétipos devem ser classificados pelos resultados que propiciam. Veja Jung, já citado anteriormente. Em relação ao lado positivo temos: crescimento, desenvolvimento, poder, autoestima, realização, dinheiro, prosperidade, emprego, saúde, união, felicidade, prazer, etc. Quanto ao lado negativo temos: doença, depressão, melancolia, tristeza, depressão do sistema imunológico, pobreza, desemprego, suicídio, morte, separação, auto sabotagem, etc.Vejamos, se prestarmos atenção podemos compreender como é que criamos a nossa própria realidade. Como re-criamos as mesmas histórias;Como sabotamos a nossa própria vida.;Como fazemos escolhas baseadas em uma crença errônea de que não somos dignos, que não somos merecedores, que não temos valor.O modo como criamos a nossa realidade é através de nossas crenças sobre quem somos e sobre a realidade. Isto é o que cria a nossa realidade percebida; podemos dizer que os nossos pensamentos, idéias e crenças são como a casa em que vivemos e que tudo ocorre dentro desta estrutura de idéias, de crenças e de pensamentos.Nossa estrutura, tanto a material como a não- física, é criada da energia e a energia é consciência. Assim ,somos um corpo de consciência. Esta energia de que somos compostos é eletromagnética, em natureza e somos realmente grandes magnetos, grandes ímãs.Agora, o universo nos dá 100% de apôio,com as novas descobertas e os novos métodos e poderosos como somos; assim seja o que for que acreditemos, acontecerá. Isto é o que percebemos como realidade. Não se trata de realidade no sentido mais amplo, mas o que percebemos, é a nossa realidade. Quando mudarmos a percepção, mudaremos também a nossa realidade. É assim que funciona. O outro componente muito poderoso para criar a nossa realidade é a emoção (e-moção/e-motion), energia em movimento. Nós podemos dizer que a emoção se liga às idéias, aos pensamentos e crenças, e o universo as supre. Semelhante atrai semelhante de/em todos os sentidos, não sómente as manifestações físicas em nossa vida, mas também as nossas experiências emocionais.A maior parte de nós vem de um espaço de carência na vida. Nunca há o suficiente, seja o amor ou o dinheiro, um novo emprego, mais diversão, uma nova casa. Quando não conseguimos, não considerando as nossas idéias e crenças sobre quem somos realmente e o que merecemos, ficamos focados no que não tems (ISSO É CARÊNCIA) e isto é o que criamos. Esta é a freqüência de nossa criação. A Ressonância Harmônica vem para quebrar este paradigma antigo e nos colocar no patamar de co-criadores, que é o que nos somos, mas esquecemos por uma série de razões que estamos agora tendo de administrar e reverter o processo, para nos despir destas idéias errôneas e vestir outra roupagem com outro foco.Continuaremos no próximo post.

Inspiração….

LIVROS DO PROF. HÉLIO COUTO-AQUI
ARTIGOS DO PROF HÉLIO COUTO;AQUI

Monicavox

Recomendo….

 

A METÁFORA DA LUZ-Ressonância Harmônica

Resultado de imagem para imagens de livros do helio coutoNormalmente, quando uma pessoa quer ter luz numa sala, não precisa fazer um curso de engenharia eletrônica, nem de engenharia elétrica para ter acesso à luz. Basta que vá até o interruptor e aperte um simples botão. E terá luz. Quando se compra um carro, ninguém discute a qualidade do aço do câmbio, nem faz curso de metalurgia ou engenharia automobilística para usá-lo. Mesmo quando há uma mudança gigantesca de paradigma, como aconteceu com o surgimento dos primeiros televisores (eu vivenciei isso), ninguém fez curso de eletrônica para assistir televisão. Por incrível que pareça, todo o planeta usa telefones celulares sem nenhuma pergunta sobre como ele funciona. Acontece que, no caso da Ressonância Harmônica, inúmeras pessoas questionam como pode funcionar. Para entenderem, seria necessário lerem e estudarem mecânica quântica até um ponto em que só faltaria freqüentar uma faculdade para tirar um diploma de físico; Isso mostra que existe algo muito especial na mecânica quântica. O acontece com ela não acontece com nenhum outro conhecimento. E isso prova que esse conhecimento é o mais poderoso que existe. Essa é a razão de tanta resistência. E prova mais uma vez até que ponto as pessoas se sabotam.

Engenharia da Informação Humana Acesso e Transferência de Informação

1-Tudo que existe tem fundamento atômico.

2-Tudo que existe tem um campo eletromagnético.

3-Todo campo eletromagnético tem uma In-formação intrínseca.  

4-Tudo que existe emana de Tudo que existe emana de um Campo Escalar.

5-Tudo que existe é uma onda. Quando os picos de duas ondas se chocam cria-se uma interferência construtiva.

6-Tudo que existe vibra em determinada freqüência.

7-Tudo é Energia e In-formação.

8-Toda In-formação existe para sempre.

9-Toda In-formação pode ser acessada independentemente da dimensão em que esteja não importa se a In-formação é Local ou Não-Local.

10-Toda In-formação pode ser transferida personalizadamente.

11-Toda In-formação pode ser transferida à distância.

12-Toda In-formação pode ser usada independentemente do Tempo. Existe uma Onda de Possibilidade. A Onda de Possibilidade transforma-se em Onda de Probabilidade. Existem Infinitas Possibilidades.

A primeira coisa que uma pessoa teria de aprender é que existe o átomo e como ele se comporta. A maioria dos seres humanos não sabe que existe o átomo. Ele é a substância da realidade. O fundamento de tudo o que existe. As leis que regem o átomo regem todo o resto. Sem entender isso, como entender todo o resto? Como responder as seguintes questões: Quem sou? Onde estou? O que estou fazendo aqui? De onde eu vim? Para onde vou? Por que sou assim? Como funciona o mundo? Quais minhas limitações?São realmente limitações? Podem ser mudadas? Onde posso chegar?

Para poder entender esse método é preciso ter uma visão quântica da realidade. Isto é, de como realmente é o Universo e de como ele funciona. Isso significa trocar o paradigma totalmente. Não é uma pequena alteração na visão de mundo. É uma mudança total, pois de uma visão de partícula, passamos para uma visão de partícula e onda ao mesmo tempo. Nós é que escolhemos com que lado da realidade vamos trabalhar. E isso traz consequências de toda ordem. Se escolhermos o lado partícula (massa ou matéria), limitamos extremamente nossas possibilidades. Ao contrário das infinitas possibilidades da Onda.

É o que a humanidade vem fazendo há milênios. Age como se só houvesse a partícula e usa a onda somente quando lhe interessa, como no caso da eletrônica e suas aplicações tecnológicas. No resto, todo o paradigma existente é voltado para a matéria, para a massa, para o materialismo enfim, onde tudo esta separado, e não existe uma unidade fundamental no Universo. Daí vem todos os problemas atuais, como os econômicos, sociais, políticos, educacionais, etc. Tudo está contaminado pela visão materialista de que tudo é partícula.

Age-se como se não houvesse a onda, mas usam celulares, televisões, rádios, bilhete único do metro, passe livre no pedágio, GPS, telescópios, mísseis e toda a parafernália eletrônica que aparece a cada dia. Usa-se tudo isso com a maior tranqüilidade, esquecendo-se qual é o fundamento que faz tudo isso funcionar. A Onda. Acontece que a Onda é o fundamento de tudo o que existe, a realidade última. A massa como conhecemos é, simplesmente, uma diminuição de frequência dessa onda, para que possamos tratá-la também como partícula. Dessa forma, um oceano primordial de energia infinita, como o Vácuo Quântico gera o que se convencionou chamar de massa ou matéria. Assim são criados os quarks, prótons, átomos, moléculas, células, órgãos e seres. 

Portanto, tudo é formado por uma Onda que vibra de diferentes formas. Além do mais, tudo isso é In-formação ao mesmo tempo em que é Energia. Toda Energia é Informação. E como nada é fixo, pois tudo vem desta Onda, dependendo de como ela vibra a massa é formada e todas as possibilidades de manifestação estão em aberto. Assim, podemos ter os Elementos da Tabela Periódica da Química, a Eletrônica e etc. Quando se começa a usar o estado de Onda? Nós daremos o primeiro passo aqui e vocês verão como as Infinitas Possibilidades estão em aberto.

ENERGIA/INFORMAÇÃO

Quando se fala em Infinitas Possibilidades em Mecânica Quântica, significa que se o Universo e a Realidade são formados puramente por energia/informação e esta energia se manifesta tanto como onda como partícula; é possível criar qualquer realidade material a partir de um “oceano de energia potencial infinita”. Isto é, o Vácuo Quântico, de onde tudo emerge. Emergir é só uma forma de expressão porque, na verdade, o Vácuo se organiza em múltiplos níveis, como sistemas dentro de sistemas. Como se fosse uma boneca russa, uma boneca menor dentro de outra, repetidas vezes. É daí que surge a primeira manifestação da matéria ou massa. Seja através do bóson de Higgs ou de Supercordas, de fato, o que importa é que uma onda de energia também pode ser tratada e manipulada como partículas, átomos, moléculas, células, órgãos, seres e assim por diante.

Esta realidade tem profundas implicações, porque tudo pode ser tratado como partícula ou como onda, ou seja, como massa ou como energia. Todos que já viram um filme mostrando uma explosão atômica, como a que aconteceu em Hiroshima em 1945, tem de acreditar que massa é energia, como prova a famosa fórmula de Einstein. Porém, também existe outra forma de usar uma das quatro forças fundamentais da natureza, o eletromagnetismo. (as outras três são a Força Forte, a Fraca e a Gravidade). Massa é energia e pode ser usada em qualquer destes dois estados. No entanto, quando se fala de eletromagnetismo estamos falando de energia e In-formação. Tudo é energia e In-formação. Portanto, podemos tratar toda partícula como onda ou como In-formação.

Existe uma In-formação intrínseca dentro da onda eletromagnética de qualquer coisa. Essa in-formação nunca é perdida e permanece para sempre. Devemos sempre lembrar que toda nossa percepção seja visual, auditiva, tátil ou olfativa envolve a captação e processamento de ondas eletromagnéticas. 

Isto significa que já usamos naturalmente a onda como In-formação também. Só que não em todo seu potencial. Tudo vibra em uma frequência que pode ser medida em Hertz. Podemos incorporar a in-formação de qualquer coisa através da interferência construtiva de duas ondas, a nossa e a da informação que nos chega. Desta maneira, assimilamos a Informação e o conhecimento. A melhor maneira de apreender um conhecimento é vivenciá-lo. Senão torna-se muito intelectual e abstrato. Quando usamos a In-formação temos certeza de que o Universo é dessa forma. Como consequência, todas as portas se abrem e as infinitas possibilidades tornam-se reais para nós.

Pois uma descoberta leva à outra e assim por diante. Nesse caminho, é preciso ir deixando de lado tudo que se mostra ultrapassado ou que não descreve mais a realidade.

Segundo o professor Hélio Couto;

“Foi assim que acabei descobrindo que tudo que existe é In-formação. Minha pesquisa prática de mais de quinze anos, testando todo tipo de frequências, me fez compreender como funciona o Universo e acessar as In-formações. Na Física encontrei as respostas de como é possível fazer tudo que se quer com In-formação. Durante esses quinze anos, isso foi feito dia e noite; todos os dias do ano, incessantemente. Pensando e testando. É assim que se descobre como funcionam as coisas. Ciência pura é algo que não tem limites de forma alguma. É preciso aceitar os fatos que vamos descobrindo e mudar as teorias que já não funcionam em relação aos novos dados. Quem deve decidir os rumos da pesquisa são os resultados alcançados. Devese querer saber a verdade, custe o que custar, ou não é  É preciso pagar o preço da descoberta, do aventurar-se no desconhecido, de rever e abandonar, às vezes, tudo que se acreditava. É preciso soltar a bagagem no meio do caminho e estar aberto a todas as infinitas possibilidades. Quando uma pessoa se apega a um determinado paradigma, sua pesquisa fica comprometida, porque é preciso aceitar os dados encontrados, não importa quanto eles estejam fora do paradigma existente. Por exemplo, no momento é muito difícil para alguns aceitar as outras dimensões da Teoria das Super Cordas. Alguns anos atrás, poucos aceitavam a Mecânica Quântica e hoje todos usam os produtos desenvolvidos a partir da sua descoberta. Portanto, em ciência, falar que é impossível é prematuro. Toda teoria é aprimorada sempre; todos os dias são descobertos dados que mudam a visão que era tida como certa até aquele momento. Em virtude disto, é preciso experimentar e vivenciar para saber se é possível ou não.”

ABRINDO AS PORTAS DA PERCEPÇÃO DA REALIDADE


Todos os seres biológicos estão limitados normalmente a só perceber um pequeno espectro eletromagnético da realidade. Nós, humanos, ouvimos numa faixa de 20 a 20 mil Hertz. Um cachorro ouve mais que isso. Existem animais que não vêem as cores que nós vemos e assim por diante. É um parâmetro. Uma limitação codificada no nosso DNA. Desta forma o cérebro atua como um filtro ou redutor das ondas e freqüências que nos chegam. Deixando-nos perceber apenas uma pequena fração da realidade que nos cerca. 

Isso cria uma série de problemas para a compreensão da realidade. Ficamos presos numa caixa de percepção e achamos que é só isso que existe. Quando temos acesso a outras In-formações da realidade esse véu naturalmente se esvai, pouco a pouco, e passamos a ter acesso a novas camadas ou dimensões da realidade. Essa é uma vantagem extrema em todos os sentidos. Porque, quanto maior a nossa visão do todo, mais eficientes, saudáveis, amorosos, conscientes e felizes somos. É por esta razão que quem usa a Ressonância expande sua visão de mundo sem cessar,até um ponto em que é feliz por si só.

 

O Universo e tudo o que existe tem um fundamento atômico.

Isto é, toda a realidade, nossos corpos, o ar que respiramos, as outras pessoas, o planeta, o sistema solar, a 18 galáxia, as outras dimensões, etc., tudo é formado por átomos. E diferentes formas de átomos, de moléculas, variando a distância entre os componentes do átomo e sua freqüência, composição, etc. Isso forma o tecido do continuum espaço/tempo e outras dimensões da realidade. O Espaço Calabi/Yau dá uma ideia de como é construído esse tecido. Também existe a Energia Escura e a Matéria Escura, mas não nos interessam no momento para estas aplicações. Uma excelente descrição do mundo atômico é encontrada no livro “A Dança do Cosmos”, de Felix Weber. O importante é a pessoa entender o conceito do átomo e a descrição feita pela física quântica.

Quando aprofundamos a observação sobre o organismo de uma pessoa, vemos os órgãos, as células, depois as moléculas, os átomos, depois as partículas quânticas, supercordas e, por último, o Hipercampo Escalar ou Vácuo Quântico ou Singularidade ou Campo de Torção ou Campo Unificado.

Para facilitar nosso entendimento devemos, por enquanto, ficar no nível dos átomos e subpartículas, como quarks e léptons. Os átomos são formados por prótons, nêutrons e elétrons, que se combinam de algumas formas específicas formando os Elementos Químicos, que estão listados na Tabela Periódica dos Elementos da Química. Manipulando-se os átomos temos todos os produtos químicos e manipulando-se o campo quântico temos toda a eletrônica.

DUALIDADE PARTÍCULA-ONDA

Uma coisa muito importante que devemos entender é a dualidade partícula-onda, já que a energia se comporta com onda e partícula ao mesmo tempo. Da mesma forma podemos escolher entre energia, matéria ou informação. Sobre vibração , o excelente livro de Itzhak Bentov “À Espreita do Pêndulo Cósmico”. O Universo é um sistema aberto porque, nele, tudo vibra; nada é estático. Desde as cordas até o Universo inteiro, tudo emite uma vibração numa determinada frequência.

Tudo está organizado em sistemas dentro de sistemas. Desde o nível mais fundamental, o que existe é uma energia que vibra. À medida que decresce a vibração, temos novos níveis de 19 organização; podemos utilizá-los e interagir com eles. Por exemplo: os prótons, nêutrons e elétrons são formados por outras subpartículas, tais como os quarks e léptons e muitas outras existem. Estas subpartículas também estão vibrando e se transformando o tempo todo. Desta forma podemos trabalhar com o nível dos átomos como faz a química e podemos trabalhar no nível quântico como faz a eletrônica. Unindo-se os átomos temos as moléculas e depois as células e depois os órgãos e depois os seres.

Manipulação e alteração do DNA

Trabalhando-se com as células temos a genética e a biologia e podemos manipular isso de inúmeras formas quando se entende o DNA, como aconteceu recentemente e começa-se a patentear formas de vida. Como o DNA é um código ele também é aberto e todas as formas de vida e suas características podem ser manipuladas e alteradas.

 Desta forma, a vida biológica também é um sistema aberto. Podemos perceber que não existem limites em nenhum sentido, nem no mundo micro nem no macro. Uma vez que podemos manipular as energias primordiais ou o microcosmo, podemos alterar ou criar qualquer coisa desde que entendamos as leis que regem isso tudo.

Até momento, a Física identificou quatro forças fundamentais: O Eletromagnetismo, A Força Nuclear Forte, A Força Nuclear Fraca e a Gravidade. Quando se entender a interação entre todas essas forças teremos dado um grande passo para entender tudo(veja o livro “A Face oculta da natureza”, de Anton Zeilinger).É um fato que ondas eletromagnéticas transportam energia e In-formação. Por exemplo, televisão, rádio, celulares, bilhete único do metrô, passe livre no pedágio, GPS, internet sem fio, etc. Portanto, tudo que existe no Universo é energia e In-formação.

Tudo está codificado e armazenado de uma forma ou de outra. Por exemplo: as ondas de propagação das transmissões de rádio feitas durante a Segunda Guerra Mundial ainda não ultrapassaram os limites do Sistema Solar. Uma transmissão de Marte para a Terra leva dez minutos. Isto nos leva a concluir que, para nós, a transmissão da Segunda Guerra é passado, mas para quem está exatamente no local da onda ,no momento, é o presente e para quem está fora do Sistema Solar é futuro. Tudo depende da Relatividade do Espaço/Tempo. É apenas uma questão de referência local/tempo. O que nos interessa, no momento, é o que se pode fazer com ondas eletromagnéticas e escalares. A aplicação prática dessas ondas é praticamente infinita e inicia um potencial infinito de progresso e evolução para qualquer pessoa. Isso está à disposição de todo mundo, porque o Universo é um sistema aberto que responde à nossa intenção.

O importante é entender certos conceitos para se obter os benefícios destas descobertas. Como esse assunto está na fronteira do conhecimento, é necessário um pouco de explicação, para que as pessoas percebam que é viável o que é explicado aqui. Da mesma maneira que um programa de televisão, de rádio ou celular é transmitido por ondas, isto é, as ondas portam a Informação que se codificou e se enviou através delas; é possível uma onda portar qualquer tipo de conteúdo, de conhecimento, de In-formação, em última instância. Uma excelente discussão sobre a informação está no livro “A Natureza do Espaço e do Tempo”, de Stephen Hawking e Roger Penrose.

Quando se entende isso inúmeras possibilidades se abrem. Um programa de televisão nada mais é que ondas eletromagnéticas transmitidas com uma informação codificada e que é decodificada pelo nosso televisor. Além disto, nós somos “banhados” o tempo todo pelas ondas da televisão, do rádio, celulares, GPS, etc. Estamos imersos num enorme oceano eletromagnético. Uma onda pode portar um curso de português, de matemática, de vendas, o Arquétipo de um jogador de futebol, de guitarrista, de cantor, de vendedor, um livro, um filme, um pensamento, uma emoção, uma consciência, um evento histórico, enfim de qualquer coisa, porque tudo é onda e informação.

Quando duas ondas se chocam em seus picos ocorre o que se chama de interferência construtiva; somam-se os efeitos ou amplitude de onda. A revista Scientific American trouxe recentemente uma matéria sobre os quatro espelhos dos telescópios da ESO no Chile. Quando se faz uma interferometria das quatro ondas dos espelhos de 10 metros cada um, tem-se um 21 resultado como se fosse um espelho de 200 metros. Isso é um exemplo de interferência construtiva. Podemos usar as ondas para transportar qualquer Informação que desejemos.

No nosso caso, usamos como ferramenta para a educação, negócios, esportes, música, etc. A Informação pode ser acessada e transferida personalizadamente. Essa é a grande vantagem. Que a informação pode ser transmitida à distância é algo que já está mais do que provado, tanto pelo uso diário das telecomunicações como pela mecânica quântica, com a comunicação entre duas partículas emaranhadas. Não importa a distância em que elas estejam, quando uma delas sofre uma alteração a outra imediatamente também se altera. E isso acontece de forma mais veloz que a luz. Portanto, existe uma comunicação não-local entre elas, como dizem os físicos e não-local é uma forma de dizer que não é deste Universo ou dimensão. É possível usar qualquer conhecimento e transmiti-lo porque tudo basicamente é eletromagnético e/ou escalar. Portanto, toda informação seja ela de que forma for, mental, emocional, espiritual, etc., pode ser transferida. Tudo que existe é pura energia. Se é energia, é informação. E não importa em que dimensão, brana ou tempo está. Cada informação que recebemos de um Arquétipo cria um novo Túnel de Realidade, que provoca um salto quântico em nosso eu e isso altera o mundo ao nosso redor. Nós mudamos a nossa realidade quando mudamos de Arquétipo(vejam uma descrição elaborada em “Psicologia Quântica”, de Robert Anton Wilson).

A prova da Transferência de Informação à Distância

A mudança que ocorre depois que recebemos as freqüências com as informações que pedimos prova, cabalmente, que a realidade se comporta como é descrita aqui. Não pode haver efeito sem causa. As transformações são profundas em todos os sentidos e áreas de atuação humana. Elas acontecem no mais profundo nível e de forma permanente. E isso pode ser repetido ad infinitum.

Repetindo: Tudo é In-formação. Tudo que existe, todos os sentimentos, todos os pensamentos, todas as coisas, todas as dimensões, todos os comportamentos, toda a consciência, enfim, tudo. Mudando-se a In-formação muda-se o resultado. Finalmente, a solução de todos os problemas está ao nosso alcance. Todas as portas estão abertas. E consegue-se isso tratando tudo como onda. O Universo inteiro é uma onda. Sem limites, sem fronteiras, sem tempo.

PESQUISAS E EXPERIMENTOS

Campos eletromagnéticos portadores de informação

Em 1908 o físico Joseph John Thompson, prêmio Nobel de Física de 1906, especulou num discurso perante assembléia da Sociedade Britânica para o Progresso da Ciência, sobre a possibilidade de que campos eletromagnéticos fossem portadores de In-formações entre pessoas.

Pressentimento

Um teste realizado com minhocas mostrou que elas tiveram um resultado consistente com os resultados humanos. Este teste foi realizado para testar a hipótese do anestesista Stuart Hameroff, da Universidade do Arizona e do matemático Sir Roger Penrose, da Universidade de Cambridge.

Mente Holográfica

Karl H. Pribam, professor emérito de psicologia e psiquiatria na Universidade de Stanford, desenvolveu um trabalho sobre a natureza holográfica da realidade. Desenhou um modelo de como as memórias ficam armazenadas no cérebro.

Emaranhamento quântico

Esse experimento mostra que quando se correlaciona duas partículas, os spin (momento angular) das duas ficam emaranhados mesmo quando são disparadas em direções opostas, não importa a distância entre elas. Elas continuam em comunicação entre si, pois quando se muda o spin de uma o outro se ajusta imediatamente, mais veloz que a velocidade da luz. Isso significa uma comunicação não-local, na terminologia dos físicos.

Superposição

Como o elétron está em todos os estados possíveis no experimento da dupla fenda; pois passa só por uma, pelas duas, retroage no tempo no experimento de tempo retardado (onde a fenda é aberta ou fechada depois que ele já passou e ele se comporta como se já soubesse o que iria acontecer), significa que há uma superposição do elétron, estando ele em todas as posições ao mesmo tempo.

Efeito Zenão-quântico

Testado em laboratório, esse efeito mostra que o ato de observar sem interrupção um átomo, faz com que ele fique nesse estado para sempre. Não há transições para outros estados. O observador congela a realidade e impede as transformações que poderiam ocorrer. E como emitimos uma determinada freqüência 27 se a mantivermos assim o resultado não mudará. Isso explica a questão de colocar o foco onde se quer resultados. Quando se deseja algo material, como casa, carro, apartamento, viagem, etc., deve-se apenas desejar e sentir que já se conseguiu a coisa(por ex; Acreditar que o carro já está na garagem, que o apartamento já foi adquirido). Depois solte, deixe que o Universo manifeste na forma de matéria ou massa, aquilo que você já criou na forma de onda. Não gere ou produza o efeito Zenão, senão você “congela” o que desejou e aquilo não acontece. 

Teoria Observacional

Essa teoria diz que o ato de observar um evento quântico altera o resultado probabilístico. Foi feito um teste gravando bits aleatórios por computador num arquivo magnético, sendo que 50% eram zeros e 50% eram uns. Depois que os bits já estavam registrados é que era feita a escolha retardada e foi um sucesso. A escolha após a gravação afetou a quantidade de zeros e uns gravados anteriormente. .

Experimento com hemácias

Esse experimento foi feito pelo Dr. William Braud, citado no livro “O coração da mente”, de Russel Targ. As células sanguíneas eram colocadas num ambiente hostil onde morreriam senão houvesse alguma intervenção. As pessoas deveriam focalizar sua atenção em algumas delas e procurar que vivessem o máximo possível. Os resultados mostraram que o fato de focalizar a atenção aumentou o tempo de vida das hemácias. 

Experimento com ratos anestesiados

Os pesquisadores Anita e Graham Watkins pesquisaram como a focalização da intenção de acordar os ratos poderia influir sobre os ratos anestesiados para acordarem mais cedo. Os resultados foram também significativos, mostrando que a intenção de acordar os ratos fez efeito sobre eles.

Informação não se perde

Segundo a Mecânica Quântica os estados quânticos evoluem de uma maneira que nenhuma informação poderia se perder. Em princípio, a informação permanece na espiral de fumaça de uma biblioteca ou livro queimado. Veja Scientific American de novembro de 2009, “Estrelas negras não buracos”.

O Universo como um gigantesco holograma

Os físicos Leonard Susskind e James Lindsay no livro “The Holographic Universe” propõem que ondas quânticas microscópicas poderiam conter toda a informação do Universo. Isso leva ao seguinte raciocínio: todos os pensamentos e sentimentos são ondas quânticas e já estão gravados para sempre; não importando o passado, presente ou futuro ou as diversas dimensões da realidade.Essas dimensões são constituídas de “grânulos” do tecido espaço/tempo. No espaço de Planck. São dodecaedros que formam o tecido e que podem variar de formato de inúmeras formas. Como cada forma emite uma freqüência podemos ter infinitas dimensões de acordo com o formato de cada “grânulo”.

O Todo e a Parte In-formada

O Todo tem o Potencial Infinito de In-formação e Possibilidades. Para que essas possibilidades possam se manifestar é preciso que as partes tenham livre-arbítrio relativo. Cada Parte tem uma parte da In-formação total. Quanto mais as Partes tiverem in-formação, mais elas estão perto do Todo. Até um ponto em que não há mais diferenciação entre Um e Outro. Neste ponto eles são Um. Eles compartem a mesma e toda In-formação. É por isso que evoluímos. Para acrescentar informação a nós e, gradativamente, entrarmos em fase com o Todo. A Ressonância Harmônica permite acelerar esse processo de maneira exponencial.

Microfone Quântico

A revista Scientific American de julho de 2010 trás uma matéria sobre um objeto visível a olho nu e com tanta “estranheza quântica” quanto um átomo. Esse objeto é formado por 10 trilhões de átomos e é um ressonador quântico. Ele permite captar a vibração de quanta individuais, como o que acontece com as moléculas durante uma reação química. O físico Wojciech Zurek, do Laboratório Nacional de Los Alamos, disse: ”Confirma aquilo em que muitos de nós acreditamos, mas alguns continuam a não aceitar – que nosso Universo é essencialmente quântico”.

Principio da Incerteza

Foi o físico Werner Heisenberg, ganhador do Nobel, que definiu esse princípio fundamental da mecânica quântica. Não podemos saber a posição e o momentum da partícula ao mesmo tempo. Ou sabemos um ou outro. Isto faz com que a Incerteza seja a natureza do Universo. Não-Localidade Alain Aspect executou um experimento que mostra a conexão entre dois objetos sem troca de sinal entre eles. Eles estão correlacionados não-localmente. Duas partículas correlacionadas mudam de estado simultaneamente, com troca de estado dos seus spins de maneira mais veloz que a velocidade da luz. (veja página 149 do livro “O Universo Autoconsciente”, de Amit Goswami). 

Condensado de Bose-Einstein

O Dr. Jeffrey Satinover, relata no seu livro “A verdade por trás do Código da Bíblia”, que dois átomos podem de fato coexistir no mesmo lugar. Cita um condensado de 16 milhões de átomos, grande o suficiente para ser visto a olho nu e fotografado.O Princípio da Inseparabilidade do Quantum, descrê a impossibilidade da separação do observador e o observado. Descrito pelo Dr. Nick Herbert.

Salto Quântico ou Tunelamento Quântico

É o que acontece quando um objeto quântico desaparece de um lugar e aparece simultaneamente em outro sem passar pelo espaço entre eles (Página 28 de “O Universo Autoconsciente”, 31 Amit Goswami e página 188 de “O Cérebro Quântico” de Jeffrey Satinover). Para citar como exemplo prático, isso é o que acontece com a energia que sai da tomada quem temos em nossa residência. Quando ligamos qualquer eletrodoméstico na tomada, a energia salta dela e aparece (entra) no plug do eletrodoméstico que está conectado.

Informação através de laser

Para ter uma idéia de como a In-formação pode ser usada para os mais diversos fins, já é possível recebê-la através de vários meios.  Apenas um laser passando por uma amostra da substância e a partir daí já está portando a Informação da substância, que, em seguida, atinge qualquer parte do nosso corpo. Um processo que terá larga aplicação no futuro.

Teleportação Quântica

Esse experimento foi realizado pela primeira vez em 1997 pelos físicos Anton Zeilinger e A. Francesco De Martini(veja descrição em “O tecido do cosmo” de Brian Greene, página 509). Quando duas partículas estão emaranhadas a mudança de spin em uma afeta o spin da outra instantaneamente; isto é, mais rápido que a velocidade da luz. Os físicos chamam isso de comunicação não-local. É assim que uma informação é transmitida instantaneamente para o Universo inteiro.

O efeito DNA-(esses experimentos foram relatados no livro “A Matriz Divina” de Gregg Braden-. Foram realizados por Vladimir Poponin e Peter Gariaev, na Rússia.)

Na presença de DNA humano os fótons se organizaram de maneira diferente do que quando estavam sem esse material. A presença do DNA afetou os fótons. Quando o DNA foi retirado do tubo os fótons continuaram ordenados. Mostrando que restou um campo atuando nos fótons. Em outro experimento uma amostra de DNA de uma pessoa foi retirada e colocada distante desta pessoa. O DNA foi medido eletricamente para saber se continuava conectado com a pessoa à distância. Quando a pessoa tinha emoções dezenas de metros distante da amostra, esta mostrava uma poderosa resposta elétrica. Significando que continuava ligada à pessoa. Outro experimento foi feito por Glen Rein e Rollin McCraty do Institute HeartMath. Usaram amostras de DNA distantes da pessoa que doou. As emoções destas pessoas afetaram as amostras dentro do tudo de ensaio. As moléculas de DNA se enrolaram e se desenrolaram; apenas com o despertar de emoções nas pessoas.

O futuro afeta o passado-(essa experiência foi citada no livro “O coração da mente” de Russel Targ e Dra. Jane Katra.)

Foi realizada por Helmut Schmidt no Mind Science Foundation no Texas. Uma pessoa pode afetar a perfuração de fita de papel feita no passado, com um gerador de números aleatórios, zeros e uns. Como ninguém viu o resultado antes, isto é, não foi observado; houve uma alteração no resultado que teria de ser de 50% para zeros e uns. A única explicação é que a pessoa voltou no passado na hora da perfuração da fita e a afetou na hora da perfuração. Até a taxa de respiração de uma pessoa antes registrada, mas não observada, foi alterada pela atividade mental de uma pessoa depois de ser registrada.

Resultado de imagem para imagens de livros do helio coutoVisão pessoal…

Existem inteligências dirigindo a evolução em todo o universo.Será que é tão difícil aceitar que no nível mais profundo da realidade existe uma única energia, da qual tudo emanou? E que esta energia é consciente, inteligente e amorosa?Nada pode surgir do nada. Isto é absolutamente lógico. Para existir um universo material como o que habitamos é preciso que os átomos surjam de alguma forma. E já foi descoberto de que forma eles se formam. E eles são energia condensada. Que percebemos como matéria ou massa. Essa energia primordial é que forma tudo o que existe. Não há nada de abstrato nesta explicação. É absolutamente concreto e lógico. E já explicado pela ciência. A questão é a Realidade Última. De onde vem tudo. O que é esta energia de onde tudo surge? Falando em outros termos essa energia “cria” tudo o que existe. Ela simplesmente transforma energia pura em massa (átomos). E faz isso de forma consciente, já que existe uma extrema organização no universo. Com leis matemáticas, físicas, químicas, etc. Leis físicas não surgem por acaso. E também tem as constantes cósmicas. São fruto de uma inteligência que administra tudo isso. E que mantém tudo isso funcionando o tempo todo. Exatamente agora se essa Inteligência parasse de manter o universo (colapso da função de onda), este desapareceria imediatamente.Tudo depende de alguém colapsar uma função de onda para algo passar a existir. Sem isso só existem infinitas possibilidades. Para que vire uma probabilidade alguém tem de colapsar. Exatamente como o carro que a pessoa quer que apareça na garagem da casa dela.Portanto, para fins didáticos damos o nome de O Todo para essa energia de onde tudo emergiu e emerge. Este é o Ser Perfeito que emana tudo.

Inspiração….

LIVROS DO PROF. HÉLIO COUTO-AQUI
ARTIGOS DO PROF HÉLIO COUTO;AQUI

Monicavox

Recomendo….

Resultado de imagem para imagens de livros do helio couto

Resultado de imagem para imagens de livros do helio couto

Resultado de imagem para imagens de livros do helio couto