A verdade sobre os alienígenas já é uma realidade entre nós-Pesquisas e depoimentos

Divulgadas imagens secretas de Vênus que mostram possível existência de vida no planeta

O Instituto de Pesquisa Espacial da Academia de Ciências publicou uma série de fotografias, tiradas pela sonda Venera, que mostram supostos organismos vivos em Vênus. Pelo menos foi isso o que explicou o doutor em ciências físicas e matemáticas Leonid Ksanfomaliti, do Instituto de Pesquisa Espacial. Segundo Ksanfomaliti, as imagens captadas há 30 anos revelam a movimentação de objetos estranhos sobre a superfície de Vênus. Para defender sua hipótese, Ksanfomaliti publicou as fotografias, as quais, supostamente, retratariam vários objetos que aparecem e desaparecem, por meio de uma sequência de fotogramas. Após a recente descoberta de vários exoplanetas com condições similares às de Vênus, o pesquisador decidiu voltar a estudar a possível existência de vida nesse planeta.

A Força Aérea dos EUA informa sobre Roswell-24/06/1997Em 24 de junho de 1997, oficiais da Força Aérea dos EUA publicaram um relatório de 231 páginas negando relatos de longa data sobre um acidente com uma nave espacial em Roswell, no Novo México, quase 50 anos antes.

O interesse público em objetos voadores não identificados, ou óvnis, começou a surgir nos anos 40, quando avanços em viagens espaciais e o início da era atômica fizeram com que muitos americanos voltassem suas atenções para os céus. A cidade de Roswell, localizada perto do rio Pecos, no sudeste do Novo México, virou um ímã para os que acreditavam em óvnis devido a estranhos eventos no início de julho de 1947, quando o fazendeiro W.W. Brazel encontrou um estranho e brilhante objeto espalhado em um trecho de sua terra. Ele, então, mostrou-o ao xerife, que, por sua vez, entregou-o às autoridades de uma base da Força Aérea nas proximidades. Em 8 de julho, oficiais da Força Aérea anunciaram que haviam recuperado restos de um “disco voador”. Um jornal local noticiou a história em suas manchetes e lançou Roswell ao centro das atenções do fascínio público por óvnis.

Mas logo a Força Aérea voltou atrás na sua história, dizendo que os destroços eram apenas de um balão meteorológico. À exceção dos fanáticos por óvnis ou ufologistas, o interesse público no chamado “Caso Roswell” foi desaparecendo até o final dos anos 70, quando surgiram alegações que os militares tinham inventado a história do balão meteorológico como um acobertamento. Apoiadores dessa teoria argumentavam que os oficiais, na verdade, haviam recuperado vários corpos alienígenas da nave acidentada, os quais estavam alojados na misteriosa Área 51, em Nevada. Para afastar essas suspeitas, a Força Aérea lançou um relatório de mil páginas em 1994, afirmando que o objeto acidentado era, na realidade, um balão meteorológico de grande altitude lançado de um local de teste de mísseis nas proximidades, como parte de um experimento confidencial que pretendia monitorar a atmosfera para detectar possíveis testes nucleares soviéticos.

Em 24 de julho de 1997, quase uma semana antes da comemoração exótica do 50º aniversário do incidente, a Força Aérea publicou outro relatório sobre o controverso assunto. Intitulado como “The Roswell Report, Case Closed” (O Relatório de Roswell, Caso Encerrado), o documento afirmava, em tom definitivo, que não havia nenhuma evidência no Pentágono(?) de que qualquer forma de vida havia sido encontrada na área de Roswell com relação a supostos avistamentos de óvnis, e que os “corpos” encontrados não eram alienígenas, porém manequins utilizados em testes de paraquedas realizados naquela região(???!!!);isso supostamente colocaria um fim à discussão sobre o acobertamento,que foram em vão, já que ufologistas furiosos correram para apontar as inconsistências do relatório. Com teorias de conspiração ainda vivas e sólidas na internet, Roswell continua sendo um assunto obrigatório quando flamos em Òvnis.

Esta é a pedra encontrada perto de Roswell com inscrições parecidas com a de um círculo inglês ou alguma mensagem intergaláctica-Pedra encontrada em Roswell pode ser de origem extraplanetária

Uma pedra com propriedades magnéticas incomuns, com marcas profundas que parecem ser as fases da Lua, um eclipse solar e a representação de uma supernova, foi descoberta nos arredores de Roswell, Novo México, assustando os investigadores, cientistas e todos que a examinaram. Se for provado que esta pedra é de origem extraterrestre, será a segunda vez em menos de um século que a área de Roswell se envolve com contatos do espaço. Sam D. LaGrone, prefeito de Roswell, e que de fato viu e tocou a pedra declarou: “É uma pedra muito estranha. Toquei nela, a senti e não identifiquei como poderia ter sido produzida”, completando que ela é mais um elemento que evidência o mistério que envolve a cidade, o Caso Roswell, mesmo 61 anos depois e que supostamente foi acobertado pelas autoridades militares. O objeto é colorido e tem uma cor avermelha bem intensa, mede menos de cinco centímetros e pesa aproximadamente 40 gramas. Ela foi encontrada em setembro de 2004, por Robert Ridge, enquanto caçava cervos na Cedar Hill, que fica 17 milhas do incidente ocorrido em 1947. “Vi algumas pegadas recentes no solo e as segui. Foi quando notei a pedra parcialmente exposta ao lado de um buraco na areia. Mas não a peguei porque pensava que havia cervos um pouco mais para cima da colina”, declarou Ridge alegando que depois voltou ao local só pegar a pedra. Depois de mostrar a pedra para a família e seus amigos, ele a guardou em uma caixa num depósito seguro até o ano passado, quando teve a curiosidade para descobrir sua verdadeira história.

 

Em julho do ano passado que Robert Ridge foi apresentado aos ufólogos Chuck Zukowski e Debbie Ziegelmeyer e mostrou o material. Ridge informou que os ufólogos ficaram bastante impressionados chegando até a mostrar a pedra a vários especialistas, incluindo os melhores antropólogos do Novo México e todos eles afirmaram que jamais viram algo parecido com isto. Segundo Zukowski não havia nenhum jeito desta pedra ter sido marcada ou perfurada sem equipamentos modernos e sofisticados e sem o uso de laser ou jatos d’água de alta velocidade para alimentarem as brocas. A imagem do artefato parece literalmente ter sido arrancada da superfície da pedra de minério ferroso e vermelho. Este objeto retém polaridades magnéticas capazes de fazer o ponteiro de uma bússola girar e registrar seu campo magnético há metros de distância. “A pedra oval também irá girar quando um imã for colocado em cima da superfície da imagem dependendo de sua posição” acrescentou Zukowski. Arqueólogos que viram a pedra querem submetê‐la a uma análise de laboratório, o que eles chamam de fase dois de suas investigações. Um antropólogo descreveu a pedra como sendo semelhante a um magneto. Os magnetos foram mencionados na literatura durante séculos como pedras possuindo propriedades mágicas e místicas. Existem lendas antigas onde as pessoas informam que quando seguravam os magnetos em suas mãos o seu corpo tremia e que este tipo de pedra já curou uma porção de doenças, inclusive picadas de cobra e dores de cabeça.

Enquanto isso, os ufólogos afirmam que o desenho contido na pedra é parecido com os círculos ingleses que apareceram em várias cidades da Inglaterra, indicando a possibilidade da pedra conter uma mensagem do espaço. Priscilla Woolf, de Tijeras, uma norte‐americana conhecida por ter poderes sobrenaturais, visitou o local onde a pedra foi encontrada e afirmou que sentiu uma vibração em suas mãos quando segurou a pedra e que percebeu que uma luz veio do céu quando a colocou no local onde foi encontrada. “Embora a pedra tenha sido encontrada parcialmente exposta na superfície, a área arenosa na qual esta foi achada é conhecida por sua erosão constante, o que possivelmente escondeu a pedra durante vários anos”, explicou Zukowski. “Depois que tive contato com esta pedra por alguns meses, comecei a pensar que ela poderia ser algum tipo de código, ou até mesmo uma mensagem”, finalizou Ridge.

FORMATO IMPRESSIONOU OS PESQUISADORES

Novas imagens apontam para autenticidade do agroglifo de Prudentópolis

A Ufologia Brasileira tem acompanhado com interesse crescente o fenômeno dos agroglifos nos últimos anos, desde seu surpreendente surgimento em Ipuaçu, Santa Catarina, a partir de 2008. Agora, pela primeira vez, esses enigmáticos desenhos surgem no Paraná. O agroglifo surgiu da noite de segunda‐feira (05) para terça‐ feira (06) na Chácara Santini, bem à beira da estrada que liga a BR‐277 a Prudentópolis, e a não mais do que 1 km da cidade, de onde pode ser visto com clareza. Pode‐se então chegar à primeira conclusão, seria impossível alguém ou um grupo de pessoas fazer a figura sem ser visto. Mas esta não é a única razão para a imagem ser dada como autêntica, como se verá. O agroglifo estava em uma plantação de trigo ainda verde e muito viçosa, nesta fase impropria para colheita. A figura foi descoberta na tarde de terça‐feira (06) e filmada naquela mesma noite, mas sem clareza. Na manhã seguinte, quarta‐feira (07), foi filmada novamente por Tito Santini, um dos proprietários da localidade, que enviou fotos e vídeos à Rede RPC, levando ao conhecimento do fato à Revista UFO. Ele próprio ficou impressionado em ter visto aquilo na chácara, que está com sua há décadas. Disse que ali nunca ocorreu nada de anormal. A Revista UFO recebeu as imagens às 13h00 de quarta‐feira (07) e às 14h00 seu editor, A. J. Gevaerd, já se dirigia para o local, onde chegou às 16h00. Lá foi constado que a figura tem exatamente os mesmos padrões de várias outras anteriormente analisadas, tanto no Brasil, em Santa Catarina, de 2008 a 2014, quanto na Inglaterra. Chamava a atenção o fato de seu formato não poder ser visto a partir do solo, por ser muito grande. Para as imagens aéreas contou‐se com a ajuda do drone pilotado por Cauê Quadros, contratado pela Novelo Filmes para um documentário sobre agroglifos para o History Channel para o qual a Revista UFO é parceira, e que sobrevoou detidamente a imensa figura. A partir de 150 metros de altura ficaram nítidos o impressionante formato e suas enormes medidas, que foram uma grande surpresa. O drone esteve ativo por mais de uma hora e registrou as imagens de vários ângulos. Enquanto o trabalho de filmagens e fotos do alto era realizado, deixando cada vez mais clara a autenticidade da figura, Gevaerd e o grupo de estudiosos Rama, de Guarapuava, faziam as medidas dos elementos da gigantesca figura. João Gabriel de Oliveira, um dos membros da equipe, providenciou um croqui inicial, que será usado como base para a elaboração do croqui oficial pelo perito criminal e conselheiro especial da Revista UFO, Inajar Antonio Kurowski. FORMATO IMPRESSIONOU OS PESQUISADORES A figura contém dois anéis de diferentes tamanhos, mas com cerca de 50 metros cada, que se interseccionam em cerca de 35% de sua área, dentro de qual há um círculo central de 20 metros de diâmetro. Tanto os anéis quanto o círculo têm as plantas dobradas, mas não quebradas, em sentido anti‐horário, o que se verifica também em 4 círculos menores, mas de tamanhos diferentes, encontrados a leste, na extremidade do além à direita. Seus tamanhos aumentam gradativamente. É importante destacar que havia chovido um pouco em dias anteriores, o que fez com que parte do trigo dobrado, pelo solo molhado, tendesse a voltar à posição normal, mas isso se verificou com a minoria das plantas. Não foi notado danos extensivos à lavoura e ao agroglifo por pisoteio de curiosos até o final da tarde de quarta‐feira (07). Entretanto é provável que isso ocorra, pois os interessados e curiosos já formavam uma pequena multidão no final da tarde de quarta‐feira.

Quaisquer vestígios de ação humana ou mesmo ferramentas esquecidas, já foram verificadas em tentativas de fraudes, e cuja ausência, assim verificada, igualmente contribui para a autenticidade da figura. Também deve ser notado que a plantação é entrecortada por rastros de pneus de trator usado para fumigação da lavoura. Isso é absolutamente comum em cenários de agroglifos. É muito importante o detalhe de que várias testemunhas relataram ter visto luzes sobre a propriedade tanto da noite de segunda-feira (05) para terça-feira (06), quanto por volta de 22h30 de terça-feira. Seus depoimentos estão nos arquivos da Revista UFO. Pessoas também relataram que faltou energia elétrica em toda a cidade no meio da madrugada que precedeu terça-feira. Não se sabe se estes fatos estão interligados ao agroglifo. A Revista UFO seguirá acompanhando o caso, e em breve, em sua edição impressa, apresentará a completa cobertura de mais uma ocorrência de agroglifos no sul do país, como vem se repetindo incessantemente desde 2008.

 

Em 1998, o engenheiro elétrico John J. Williams encontrou o que parecia um conector elétrico projetando-se do solo. Ele começou a cavar e descobriu que o conector de três pinos estava embebido numa pequena rocha.Segundo Williams, o artefato foi descoberto durante uma excursão realizada numa área rural na América do Norte, distante de assentamentos humanos, complexos industriais, aeroportos, fábricas ou instalações nucleares. Embora isso possa ferir a credibilidade de sua descoberta, Williams se recusa a revelar a localização exata do achado, por medo de que a revelação possa provocar a pilhagem de outras relíquias misteriosas no local.Conhecido como “Enigmalito”(uma combinação de das palavras ‘enigma’ e ‘monólito’) ou “Petradox”, o artefato apresenta a aparência indiscutível de um componente eletrônico embutido numa pequena pedra de granito natural sólido composta de quartzo e feldspato (incluindo uma pequeníssima porcentagem de mica).

O relativo sigilo sobre o local da descoberta e teorias de caráter ufológico sobre o objeto têm levado muitas pessoas da comunidade científica a categorizarem o achado como uma farsa produzida para trazer fama e fortuna a seu proprietário. Não obstante, Williams diz que o Petradox está à disposição de qualquer investigador que queira analisá-lo científicamente, mas cientistas têm ignorado a oferta.Segundo Williams, que consultou engenheiros e geólogos para verificar o espécime, o componente eletrônico embutido no granito não apresenta sinais de ter sido colocado ou soldado na pedra e, se isto ocorreu, certamente foi feito por algo ainda desconhecido pela ciência atual; na verdade, chegou-se à dedução de que o objeto já existia no momento em que a pedra se formou em torno dele. Análises geológicas posteriores da pedra, estimaram que a mesma tem cerca de 100 mil anos de existência, o que torna o objeto técnicamente impossível de existir se levarmos em conta a cronologia aceita atualmente.

MAS O QUE SERIA ESSE OBJETO?

O objeto embutido no Petradox tem sido comparado por alguns cientistas a um conector eletrônico tipo XLR ou algo similar. Ele apresenta um leve campo magnético e leituras de ohmímetro para verificar condução elétrica demonstram a presença de resistência próxima a que conhecemos hoje em circuitos abertos.Seus três “pinos” parecem ser compostos por algum tipo de metal e a matriz inserida na pedra foi identificada como cerâmica ou outro material parecido. Foi totalmente descartada a possibilidade desta peça de 8 mm de diâmetro ter sido feita de madeira, plástico, borracha, metal ou algum material semelhante.Embora Williams não permita que se quebre a rocha, análises com potentes raios-x (porque raios-x comuns não conseguiram penetrar a pedra) indicam que o componente matriz se prolonga numa estrutura interna opaca que inclui uma cavidade.

Apesar do ceticismo extremo, Williams está convencido de que a relíquia é genuína de uma tecnologia humana antiga ou alienígena e espera que cientistas possam autenticá-la, mas insiste que ele esteja presente durante as análises, que a rocha na seja danificada e que ele não tenha de pagar pela pesquisa.Alguns acreditam que cientistas se distanciem do artefato porque estão temerosos do que podem encontrar(?). Embora análises científicas possam vir a confirmar que esta seja uma elaborada farsa, isso também poderia mudar radicalmente nosso entendimento da história humana.Se o espécime for genuíno, pesquisadores teriam também de considerar seu design. Por que tal componente estaria embutido numa rocha? Que propósito teria esse objeto?Williams acredita que a localização do artefato oferece mais evidências de uma civilização perdida ou uma presença extraterrestre. Ele tem buscado uma equipe de cientistas de mente aberta para investigar o local.

Vistas do Petradox (Internet)

Oopart (Out Of Place ARTifact), ou “Artefatos Fora do Lugar”, é o termo aplicado a dezenas de objetos pré-históricos encontrados em vários lugares ao redor do mundo os quais possuem um nível tecnológico que está em completo desacordo com a idade do objeto determinada com base em características físicas, químicas e/ou geológicas. Ooparts frequentemente são frustrantes para os cientistas convencionais e atiçam os investigadores aventureiros e indivíduos interessados em teorias científicas alternativas.

PROGRAMA ESPACIAL MERCURY

O Programa Espacial Mercury tinha como objetivo colocar um único homem a bordo de uma cápsula espacial, dando poucas voltas ao redor da Terra. O primeiro astronauta norte-americano foi ao espaço através do Programa Mercury. Já na primeira missão tripulada houve registro de objetos luminosos no espaço

Em quase todas as missões espaciais houveram registros de naves alienígenas. Tais objetos foram fartamente registrados, documentados, filmados e fotografados. Foram criados termos específicos para serem utilizados pelos astronautas em suas missões, em caso de presença alienígena. Bogey (duende), Papai Noel, fogo, entre outras denominações. Desde as primeira missões tripuladas houveram avistamentos de OVNIs. O Projeto Mercury foi pioneiro, pois foi o programa que colocou o primeiro norte americano no espaço. Em cada missão da Mercury eram enviados ao espaço um astronauta, que dava poucas voltas ao redor da Terra.

Missão Mercury Atlas ­ 6

Um dos primeiros registros de avistamento de OVNI`s foi o do astronauta John Gleen Jr. John foi enviado ao espaço na missão Mercury Atlas ­ 6, no dia 20 de fevereiro de 1962. Ele foi o primeiro norte americano a ir ao espaço. Em órbita da Terra, o astronauta observou pequenas luzes voando no espaço próximo à sua capsula espacial. Não havia vazamentos ou pedaços da nave ou do foguete impulsor que pudessem ser confundido naquele momento. Ao reentrar na atmosfera terrestre, ele viu um globo luminoso. Ao retornar à Terra, o Dr. Roberto Boas, que foi responsável pelo treinamento psicológico do astronauta, afirmou que ele estava visivelmente surpreso com a experiência. Missão Mercury Atlas ­ 8 Nas missões posteriores, os avistamentos de OVNIs continuaram. Scott Carpenter foi ao espaço na missão Mercury Atlas 8, em 24 de maio de 1962. Sua missão era dar três voltas ao redor da Terra. Este astronauta observou durante o vôo orbital um OVNI, o qual fotografou. Este objeto era cilíndrico, e houve confirmação de um outro menor, de formato discoidal que saiu deste primeiro. Ao regressar para a Terra aconteceu algo estranho: A nave estava orientada perfeitamente, seguindo para o ponto previsto para aterrissagem. No entanto, a cápsula se desviou 400 quilômetros, o que é muito, visto que a missão foi extremamente planejada. O mistério que ainda não foi explicado pela NASA é como a cápsula se desviou de sua trajetória.

Missão Mercury Atlas ­ 9

Na missão seguinte foi a vez do astronauta major Gordon Cooper, que foi ao espaço 16 de maio de 1963, a bordo da cápsula espacial Mercury. No espaço, a cápsula passava sobre a estação Muchea, na Austrália, quando Cooper avistou um objeto luminoso, de coloração esverdeada vindo em sua direção. Na estação de Muchea, os radares captaram o objeto, o que confirma o acontecimento. Houveram aproximadamente 200 pessoas em Terra, que puderam observar a cápsula do astronauta e o outro objeto. Durante a quarta passagem do astronauta sobre o Havaí, no dia 15 de maio de 1963, as comunicações entre os controladores em Terra e a cápsula foram interrompidas por uma misteriosa linguagem. Esta interrupção causou espanto e irritação nos oficiais da NASA. As investigações posteriores não puderam identificar a natureza da linguagem. Gordon Cooper já tinha avistado OVNIs anos antes, quando voava a bordo de F­86 Sabrejet, sobre a Alemanha Ocidental. Os objetos observados na ocasião, eram metálicos e de formato discoidal. Em uma outra ocasião, Gordon Cooper discursou nas Nações Unidas, afirmando que: “Eu acredito que veículos extraterrestres e seus tripulantes estejam visitando nosso planeta … a maioria dos astronautas eram relutantes em discutir os UFO`s”.


O FENÔMENO ÓVNI NO MUNDO-COMO OS PAÍSES ENCARAM ESTA QUESTÃO

O Fenômeno OVNI manifesta-­se em todos os lugares do planeta Terra. Todos os países, desde aqueles localizados em regiões polares até os países localizados ao longo da linha do Equador são palco de ocorrências envolvendo estranhos objetos voadores cujas principais características são a alta tecnologia empregada na construção destes veículos e a presença de uma inteligência controlando suas evoluções. Por essa natureza insólita os mais diversos países ao redor do globo criaram comissões específicas com o objetivo de pesquisar as ocorrências ufológicas em seus territórios. Os Estados Unidos foram os mais envolvidos com a questão, não só registrando as ocorrências mas também criando unidades específicas com o objetivo de abater estes objetos para estudo. Em algumas oportunidades o Governo Estad­unidense teve êxito em resgatar estes objetos acidentados em território americano bem como barganhar estes objetos com governos de outras nações. Através da captura e posterior análise destes objetos foi possível desenvolver novas tecnologias empregadas em diversas áreas. Os norte-­americanos foram também pioneiros no acobertamento de fatos envolvendo o Fenômeno OVNI. Os outros países apenas seguiram as determinações ou adotaram o padrão americano. Entretanto, nos Estados Unidos este acobertamento foi muito mais intenso e atuante que em outros países. O Governo Americano utilizou diversos meios lícitos e alguns ilícitos com o objetivo de acobertar os casos e denegrir a imagem de pesquisadores. Existem indícios muito fortes de vários ufólogos foram silenciados por esta máquina governamental. Em outros países, felizmente, a situação foi menos delicada. Desde 1947, quando o Fenômeno OVNI passou a preocupar, vários países admitiram, em alguma ocasião, a realidade do Fenômeno ou ainda estiveram seriamente envolvidos com o estudo do tema.

O EXEMPLO FRANCÊS

A França, históricamente, foi o primeiro pais a criar uma lei específica destinada ao acesso à documentos do governo no ano de 1974. Na área ufológica também foi pioneira. O GEPAN, entidade criada com a finalidade de investigar fenômenos aeroespaciais anômalos, gerou uma grande quantidade de informações e documentação. Um dos documentos, o Relatório Cometa, repercutiu no mundo inteiro. Outros países seguiram o exemplo francês. Em fins de novembro de 2002, a Inglaterra liberou, por meio da Lei de Liberdade de Informação, mais de 200 páginas de documentação sobre OVNI`s. Atualmente são mais de 790 páginas de documentos oficiais sobre OVNIs, disponíveis no site do Ministério da Defesa da Inglaterra. O Brasil, também já realizou investigações sobre o fenômeno OVNI. Sempre de caráter confidencial, estas investigações foram confirmadas através de documentos ufológicos do governo brasileiro que “vazaram” e chegaram às mãos de ufólogos. Nos links abaixo, poderemos conhecer um pouco da relação entre governos mundiais e o Fenômeno OVNI. Procuraremos disponibilizar todos os documentos governamentais que já conseguimos acesso (mais de 10 mil páginas estarão à disposição em breve). Estes documentos são bem conhecidos da maioria dos ufólogos e provém de diversas instituições nacionais e internacionais.

Documentos Oficiais
Austrália
Brasil
Canadá
Chile
Dinamarca
Espanha
Estados Unidos
França
Reino Unido

ATUALIZAÇÕES

1-Os participantes do Instituto SETI fizeram uma declaração de “princípios” sobre como devemos nos comportar durante o contato com seres de outros planetas. Nela, constam os seguintes conselhos: certifique-se de que o sinal que você recebeu é realmente de origem alienígena antes de anunciar a descoberta; a confirmação deve ser espalhada imediatamente a toda a imprensa e canais científicos; antes de levar a notícia ao público, porém, recomenda-se avisar outros estudiosos do assunto; e, por último, deve-se fazer um estudo minucioso da mensagem antes de enviar qualquer resposta.

2-Circulou recentemente na internet um falso boato de que a ONU teria criado um órgão e até um embaixador para “assuntos extraterrestres”. O organismo seria a UNOOSA (Agência das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Exterior) e o embaixador (ou embaixatriz), a astrofísica malaia Mazlan Othman. Ela seria a responsável pela diplomacia no caso de um provável primeiro contato. Ocorre que a UNOOSA realmente existe e Othman é, de fato, sua responsável, mas a função do órgão é promover a cooperação internacional no uso pacífico do espaço e fortalecer o uso da ciência e tecnologias espaciais. Nada de embaixador para assuntos extraterrestres, portanto.

3-Os lugares do Sistema Solar mais propícios à vida extraterrestre são o planeta Marte,(já houve a divulgação oficial da existência de água pela NASA) além das luas Europa (do planeta Júpiter), Titã (do sistema da Saturno) e Tritão (de Netuno).Até agora foram descobertos em torno de mil planetas fora do Sistema Solar, mas os astrônomos suspeitam que esse número seja infinitamente maior. Alguns acreditam que a maior parte das estrelas possui planetas girando ao seu redor. Levando em conta que as galáxias menores possuem cerca de 100 bilhões de estrelas e as maiores, como a M87, trilhões de astros… quantos planetas você acha que existem no Universo? Um lembrete: existem outras 100 bilhões de galáxias no Universo visível.

VISÃO PESSOAL….

Estamos abordando aqui casos famosos ,depoimentos, artefatos,abduções, avistamentos e todo tipo de informação á respeito de vida e presença ET de que se tem notícia.Mas, cabe aqui na altura das informações já disponibilizadas,fazer uma pequena  recapitulaçao de algumas terminologias, que consideramos necessárias para que os leitores e interessados possam melhor se situarem no contexto extraterrestre.

1-OVNI é a sigla para Objeto Voador Não Identificado, também chamado de UFO (sigla de Unidentified Flying Object) em inglês.

2-A expressão disco voador (flying saucer) é usada para definir o OVNI como um objeto com características semelhantes a pires ou pratos voadores.

3-Além do formato disco voador, foram classificados outros dois tipos de OVNIs: o cigarrete (naves longas, normalmente em forma de charuto) e as esferas (naves no formato de esferas).

4-Ufologia é o estudo dos registros visuais, evidências físicas e relatos relacionados aos objetos voadores não identificados.

5-Contatos imediatos é uma expressão normalmente usada para se referir a contatos de seres humanos com supostas naves e seres alienígenas. Os contatos imediatos de zero grau são avistamentos de naves à longa distância. Contatos de primeiro grau é quando as testemunhas avistam detalhes da espaçonave. Contatos de segundo grau, é quando o possível OVNI pousa e deixa vestígios de sua passagem. De terceiro grau são as observações de tripulantes/ETs na nave. Os de quarto grau ocorrem quando há contato direto e comunicação com os tripulantes. Com os de quinto grau ocorrem viagens na nave e contatos normalmente chamados de abduções.

6-A abdução acontece quando a pessoa é levada por entidades não-humanas contra a vontade para o interior do OVNI, onde é submetida a experiências e exames clínicos.

7-SETI é um projeto que visa analisar sinais enviados por possíveis civilizações alienígenas. A sigla em inglês significa Search for Extra-Terrestrial Intelligence, que quer dizer Busca por Inteligência Extraterrestre. Os sinais são recebidos por radiotelescópios como o de Arecibo, em Porto Rico.

Com estes postulados bem explicados, alguns /fatos/testemunhos e estatísticas deixaremos registrados;

1-São José dos Campos, no interior de São Paulo, é a cidade com maior número de relatos de abduções do mundo.

2-Os países com o maior número de fenômenos OVNIs (contatos de zero a quinto grau) são os Estados Unidos, México, Peru, Brasil, Rússia e Chile.

3-Os ufólogos estimam que o número de ocorrências/contatos em todo o mundo esteja na casa dos 8 milhões desde 1 947.

4-Ninguém sabe o porquê(?!), mas mais de 60% dos casos de avistamento de OVNIs ocorrem nos Estados Unidos.

5-Pesquisas feitas no final da década de 1 990 revelaram que 12% dos norte-americanos acreditam que já viram UFOs e outros 48% acreditam nos relatos de quem afirma ter visto.

6-Segundo o Centro para Estudos Ufológicos de Chicago, a maior parte das aparições de OVNIs ocorrem por volta de 9h da noite ou 3h da madrugada.

7- Várias personalidades/autoridades que afirmaram categóricamente já terem avistado OVNIs:Uma delas,foi Jimmy Carter (ex-presidente dos Estados Unidos).

8–O fenômeno UFO mais conhecido do mundo (e o preferido dos ufólogos) é o caso Roswell, supostamente ocorrido na cidade de mesmo nome, no oeste dos Estados Unidos.

9-No Brasil, o caso que mais deu o que falar foi o do ET de Varginha, no interior de Minas Gerais. A história ganhou inúmeras versões, até se transformar em uma das principais e mais difundidas lendas(?) urbanas no país(abordaremos em breve,aqui no blog)

10-Outros casos de grande repercussão no Brasil foram a Noite Oficial dos UFOs e a Operação Prato. A Noite Oficial dos UFOs ocorreu em 1 986, quando radares detectaram cerca de 20 OVNIs nos céus de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. O incidente durou cerca de 3 horas e, segundo os ufólogos, a Força Aérea chegou a acionar diversos aviões de combate para seguir os objetos. No dia seguinte, ele foi confirmado pelo próprio ministro da Aeronáutica. Mais tarde, o governo justificou que pode ter havido uma falha nos radares. A Noite Oficial dos UFOs ainda intriga estudiosos do assunto no Brasil e no exterior(já abordamos em nossa série)

11-Operação Prato foi o nome dado à investigação de uma série de aparições de supostos OVNIs nos Estados do Pará e do Maranhão em 1 977. Brasília enviou diversos estudiosos para o local, que acabaram confirmando as aparições.

12- Área 51 é uma base secreta do estado norte-americano de Nevada onde, acredita-se, são realizadas pesquisas e feitos testes com tecnologia alienígena. Muitas pessoas já declararam ter visto objetos estranhos sobrevoando o local. O governo nega, mas o fato é que o local realmente serve de base para operações secretas das forças armadas dos Estados Unidos(Já abordada aqui no blog).

13-Outras cidades e locais que ganharam fama por supostas aparições de naves e OVNIs: Peruíbe (SP), Serra do Roncador (MT), Guarabira (PB) e Itaara (RS).

14-O Triângulo das Bermudas é uma área do Oceano Atlântico entre o estado norte-americano da Flórida, a ilha de Porto Rico e o arquipélago das Bermudas que ficou famosa pelos súbitos desaparecimentos de aviões, barcos e navios. Ocorreram mais de 50 eventos dessa natureza, a maioria entre 1 945 e 1 950. Muitas teorias foram criadas para explicar o fenômeno e um deles é justamente a ação de extraterrestres.(na pauta do blog para realizarmos a matéria)

Com tantas evidências e fatos comprovados,além de políticas oficiais e extra-oficiais sobre o assunto “vida extraterrestre”,pesquisas ouvindo a população e evidências materiais(Crop Circles e artefatos que “vazaram”,sem contar os ocultados em áreas militares),não estamos discutindo mais se há ou não vida extraterrestre,mesmo considerando sómente a existência de água e microorganismos;estamos ampliando o conceito de vida no Universo inteiro já que, até o incidente de Roswell, só tínhamos evidências arqueológicas,alegorias bíblicas,aparições consideradas milagrosas ,fotos de avistamentos ridicularizadas e consideradas forjadas e depoimentos considerados fantasiosos.Vamos prosseguindo com esse tema,pois temos inúmeros fatos e evidências ainda por esclarecer e informar,para que cada um de nós possa tirar suas próprias conclusões e ampliar seus conceitos deste tema tão apaixonante e necessário nesta Transição Planetária.

Inspiração…

Exopolitica
Paola Harris
 Biblioteca Documento UFO- A pedra de Roswell-O caso dos Agroglifos no Brasil
UFO Magazine
A Ameaça
David Jacobs-PhD
Human Encounters with alies-Abduction
 John Macks-PhD
 Acidente alienígena-
Jesse Marcel
 Segredo de Estado
Javier Serra
Recomendo….
Anúncios

O Silêncio e o Universo In-formado

post-06-24-1

O silêncio interior é a chave para acessar este núcleo de conhecimento do Universo.

Os seres humanos são como cebolas, temos camadas que são camadas energéticas emocionais/mentais dentro de nós com o nosso Eu genuíno obscuro, quando crianças e bebês não temos camadas, temos consciência infinita pura e não adulterada, então ficamos cheios de informações ao longo do tempo, isto enche nossa mente e perdemos a consciência da nossa verdade interior e nossa capacidade natural de processamento de energia (processamento emocional) é diminuída ou interrompida completamente e começamos a formar camadas e camadas de ego.

O ego é a nossa identidade separada, individual, que se manifesta em contradição com o nosso EU universal, ele é formado pela necessidade de lidarmos com toda essa informação/energia que recebemos, mas que não foi processada corretamente.

Isto está diretamente relacionado ao nosso sistema educacional, como aprendemos a viver e perceber o mundo através dos nossos pais, professores, meios de comunicação e basicamente todo mundo que nós encontramos, simplesmente ao observarmos.

Para dissolver as camadas do ego criadas ao longo do tempo, precisamos apenas aprender a viver no silêncio interior em vez de viver na mente.

E ao fazê-lo acessamos nossa inteligência inata, a nossa verdade interior e o conhecimento vai começar a vir através de nós diretamente do campo, com a informação vindo através de nós, acontece o inverso, em vez de se formarem camadas nós irradiamos energia que penetra nessas camadas empurrando-as para a superfície e finalmente dissolvendo-as.

Quando aprendermos esta forma estaremos livres para aprender a partir de fontes externas tais como livros e assim por diante, mas finalmente não precisaremos mais deles pois seremos capazes de canalizar todas as informações diretamente da Fonte que é o lugar de onde todos os livros, filmes, músicas, obras de arte e ideias vieram originalmente.

Essa mudança não vai demorar centenas ou milhares de anos, mas irá ocorrer dentro de algumas gerações… E essa mudança já está em curso dramaticamente desde o século passado, basta olhar para a forma como o mundo mudou, nós já estamos vendo essa evolução ocorrendo agora dentro de todos os indivíduos.

A era da informação está ocorrendo agora do lado de fora, mas também dentro de nós mesmos, saímos da era da impressão para sermos capazes de fazer download de informações (livros, filmes) a partir da Internet sem fio em poucas décadas, agora nesta era da informação interna também estamos saindo da era da impressão para sermos capazes de fazer download de informações dentro de nós mesmos a partir da internet galáctica também dentro de poucas décadas.

Todos os que estiverem vivos têm o potencial para fazer essa mudança interior, se nós nos comprometermos com uma prática meditativa energética para elevar nossa consciência.

Como as camadas energéticas de seu ego são empurradas para a superfície e dissolvidas através desta prática, você vai encontrar não só mais inteligência, poder, imaginação e aprendizado estupendo como também habilidades criativas dentro de você, vai ressoar mais com a própria verdade, então você vai se tornar completamente aberto para o Universo e o Universo estará completamente aberto para você e seremos UM.

Interpretando energia através interior silêncio

A fim de fazer isso acima de tudo devemos esvaziar nossa mente e nos tornarmos plenamente conscientes do que está acontecendo dentro de nós, isto é feito através da pratica do silêncio interior, quando nos fixamos na ideia de aprender a partir de fontes externas de informação como a única maneira de aprender como todos nós temos feito até certo ponto pelo nosso condicionamento educacional, estamos ignorando a sabedoria e o verdadeiro conhecimento que é inerente a todos nós.

Há sabedoria e conhecimento inerente a cada um de nós, mas a fim de acessá-lo é preciso desaprender tudo o que aprendemos, devemos nos tornar abertos para que esse conhecimento se torne evidente para nós, não precisamos ler milhares de livros a fim de descobrir esse entendimento, apenas um grupo seleto dos corretos a fim de fazer essas mudanças necessárias na nossa percepção ao longo do caminho, o que é mais importante é que incorporemos esses novos entendimentos perceptivos e os exercitemos através do silêncio interior.

Quando aprendermos a acessar as informações do campo estaremos lidando principalmente com energia, tudo tem energia na verdade tudo é energia e dentro da energia de tudo (dos livros, da música, da arte, de outro ser humano) encontram-se codificadas todas as informações, acredito que podemos chegar a um ponto em que não precisaremos ler um livro podemos simplesmente segurar o livro, sentir sua energia, ao senti-la podemos absorver todas as informações do livro que estão codificadas dentro de sua energia.

Assim como as conversas são codificadas pela energia interior para serem transmitidas através do vácuo para as energias do seu celular, o mesmo já acontece com o restante, tudo no universo irradia energia em uma frequência específica e tudo o que há para saber está codificado dentro dessa onda de energia.

Com nossa tecnologia podemos detectar a frequência de objetos no Universo, mas apenas com a nossa consciência é que podemos interpretar e decodificar as informações dentro dessa energia.

A energia de tudo é irradiada para o vácuo e está disponível em todos os lugares ao mesmo tempo, para acessar essa energia é necessário ser sutil através do silêncio interior para permitirmos que essas impressões fiquem conscientemente à nossa disposição.

Não é uma prática de trabalho duro, porque quanto mais difícil nós pensamos que temos de trabalhar para conseguir algo mais baixo é o nível de consciência que estaremos operando para tentar manifestar, como você vê já estamos fazendo isso o tempo todo, isto é o que os nossos pensamentos fazem, temos ajustando a nós mesmos como seres vibracionais de uma certa frequência para a nossa percepção e em seguida os pensamentos que se manifestam dentro de nós a partir da inteligência infinita do Universo são os pensamentos que são da mesma frequência que estamos sintonizando.

Para acessar as novas informações a partir do campo sintonize-se com uma frequência superior, esta nova informação vai efetivamente nos dar uma nova experiência de vida, da realidade e também irá nos dar a percepção de acessarmos as informações do campo, porque os pensamentos e ideias que virão até nós vão ser novos, verdadeiramente inspiradores e inteligentes, nos levando a concluir que estamos acessando as informações do campo, mas na realidade estaremos tocando no que já estava disponível dentro nós o tempo todo.

Como Bruce Lipton disse, “somos parte do campo que está sendo baixado em nossas mentes e corpos”, não nos damos conta de que já estamos baixando informações do campo em cada momento, porque na maior parte estamos operando em níveis normais de consciência.

Estamos fazendo as mesmas coisas dia após dia e estamos mantendo um fluxo constante de pensamentos que narram a nossa história de vida e da natureza do nosso mundo para nós perpetuamente, o que temos de fazer é quebrar essa narrativa com o silêncio interior e assim que abrirmos essas lacunas vamos encontrar novas informações que vem através de nós.

2Cultive o silêncio interior

Aumentar a nossa vibração e acessar as informações do campo, pode ser resumido como uma intenção singular: cultivar o silêncio interior.

Não é algo que podemos alcançar, mas sim, é algo que se acumula ao longo do tempo, cada momento gasto no silêncio interior aumenta nossos reservatórios de silêncio interior que nunca são esgotados e que sempre podemos acessar repetidamente, quanto mais tempo passamos no silêncio interior mais fácil se torna acessar este estado interior.

Neste lugar no silêncio interior que é realmente a experiência de receptividade definitiva para o Universo teremos ao longo do tempo nos tornados tão vazios que iremos refletir o Universo em tudo o que fazemos e em tudo o que somos, ao procurar o silêncio interior estaremos fazendo nós mesmos nos esvaziar, nos esvaziamos da mesquinhez, da raiva, da auto importância e das preocupações que definem o nosso ego.

E por esvaziarmos nós mesmos de toda a energia inferior que nos tornamos disponíveis para a energia superior do Universo, porque nós somos seres vibracionais e quando deixamos de manter energias inferiores em nossos corpos e mentes tudo o que resta são energias positivas que ressoam com os níveis superiores da energia/informação do Universo e assim as manifestamos, nós manifestamos em nossas mentes como pensamentos positivos, em nossos corpos como saúde, em nossas vidas como abundância, sucesso e prosperidade.

Este é o poder do silêncio interior.

Todas as informações estão disponíveis dentro de você

Como eu toquei brevemente na aprendizagem interior uma das mudanças mais importantes na nossa autoimagem e nas nossas crenças que podemos fazer é começar a nos vermos como seres vibracionais e o entendimento de que não somos recipientes para o conhecimento, mas somos o próprio conhecimento.

O universo é definido por um colapso até a singularidade, portanto tudo no Universo é parte dessa curvatura infinita, (Dinâmica do Buraco Negro), como tal tudo é UM e porque nós somos extensões energéticas deste campo estamos literalmente em tudo e temos acesso a todas as informações do Universo através de nós mesmos.

Tudo o que sabemos não está armazenado em nosso cérebro mas dentro da nossa mente/campo que não é local, portanto não está dentro de nós e se continuarmos com a suposição de que a única maneira para se aprender alguma coisa é uma fonte externa (um livro, um filme, um palestrante) estamos negando a natureza mais fundamental de nós mesmos e do Universo.

O Universo é energia e tudo o que nós aprendemos é gravado no Universo de nossas mentes como energia pura, quando nos lembramos de algo tudo o que estamos fazendo é nos sintonizar nesta energia, em seguida ela aparece em nossas mentes, portanto podemos nos sintonizar espiritualmente com novas energias através do silêncio interior e simplesmente nos tornando disponíveis para o Universo, podemos nos sintonizar com todos os pensamentos, ideias e conhecimentos que existem no Universo.

O princípio fundamental é o alinhamento, isto é o que os estamos fazendo quando nos sentamos em silêncio na meditação, estamos em alinhamento com o Universo, se pudéssemos treinar para nos sentarmos calmamente a cada dia e nos abstermos das distrações da televisão, de filmes, da sociedade em geral e até mesmo da maioria das nossas interações com outras pessoas pelo menos por um tempo, o alinhamento acontecerá naturalmente com nós mesmos e o Universo.

E o resultado final deste processo é que vamos limpar toda essa perturbação dentro do nosso campo da mente, dissolvendo as camadas do nosso ego vamos canalizar a informação, o conhecimento e a auto expressão criativa que é exclusiva para nós como uma expressão individual do Universo e vamos chamar isso de ser nós mesmos.

Visão pessoal….

Esse conceito de In-formação é bastante interessante e acredito que tem bastante em comum com as teorias da psicologia Transpessoal e Analítica, entre outras. Este conceito esbarra no conceito de Inconsciente Coletivo, que abarca a memória ancestral da humanidade, onde encontramos os arquétipos, princípios universais, idéias estruturantes comuns a todos os homens. Muitas vezes citamos sobre arquétipos, quando falamos das imagens arquetípicas de um sistema oracular, mas o campo da “in-formação”, me faz refletir o que seria uma espécie de “inconsciente universal”, até mesmo sobrehumano, além planeta Terra, ao qual tem os dados genéticos de toda criação, mas que não excluem os nossos arquétipos, visto que somos todos oriundos do mesmo ponto BIG BANG. Humanos com expansão da consciência muitas vezes retratam que o encontro com o numinoso é algo complexo de conceituar, quando não experienciar e suportar esses “dados akáshicos” de outras dimensões, mas lidamos com ele dentro dos limites de nossas percepções. Digamos que o processador de nossa mente não é ainda muito atualizado.Segundo o físico Ervin Laszlo, através de estudos científicos percebe-se que tribos que não nunca tiveram contato entre si compartilham informações. Em laboratório, pessoas demonstram a capacidade de transferência de impressões e imagens, principalmente quanto possuem algum tipo de vínculo afetivo, ou da mesma genética. Isso é muito análogo ao que o grande mestre Carl Jung escreveu a respeito sobre a teoria dos arquétipos e inconsciente coletivo. Mas as conexões vão ainda mais além.Então, compreendendo: podemos pensar a in-formação no sentido de algo que dá forma, estrutura e que compõe todos os tipos de sistemas, seja ele do micro ou macro cosmo. É algo que organiza a matéria e suas diferentes faixas vibracionais. Tudo é composto de átomos, partículas e a in-formação é o que diz como vai ser estruturada a energia que forma a matéria, seja em árvore, gato, humano ou galáxia. Ao que tudo indica, isto também ocorre com os pensamentos, fato que são energia.Os elétrons que temos hoje são os mesmos, desde a aurora dos tempos. Ou seja, um elétron que estava em uma estrela, pode estar trafegando por você neste instante na grande dança cósmica, enquanto a informação da matriz cósmica mantém a integridade da forma de cada coisa como conhecemos. E nos elétrons está toda a informação vivenciada pela estrela e agora por você.
Inspiração….
O Campo Akáshico- A teoria integral de tudo
Ervin Laszlo Ph.D
 Macroshift
 Quantum Shift-Global Brain
Ervin Laszlo Ph.D
The Immortal Mind
 Ervin Laszlo Ph.D
 Um salto quântico
Ervin Laszlo Ph.D
 The self-actualizing Cosmos
Ervin Laszlo Ph.D
 O Terceiro Milênio-O desafio e a visão
Ervin Laszlo Ph.D
Monicavox
Recomendo….

 

A Iniciação na Era Aquariana

O QUE SIGNIFICA A ERA DE AQUÁRIO?

Há algum tempo, todos estamos ouvindo falar a respeito da Era de Aquário. Provavelmente, escutamos opiniões que, a partir desta Era, seremos mais evoluídos, que a humanidade entrará em uma nova fase, que acabarão todos os problemas que nos assolam. Seria isto verdade? Além disso, quando, afinal, começaria a tão falada Era de Aquário? Vamos tentar responder a estas duas perguntas através deste post.Antes, é necessário entender o que é uma ‘era’. O pólo celeste (extensão imaginária do pólo terrestre) executa um movimento circular, de leste para oeste, que leva 25.794 anos (este número ainda não é um consenso entre os estudiosos) para voltar ao ponto de onde saiu. À medida que vai descrevendo este movimento, há um deslocamento em relação à constelação que marca o equinócio de primavera no Hemisfério Norte. Assim, há cerca de 2 mil anos, era a constelação de Áries que inaugurava o equinócio de primavera. Agora é Peixes que está lá. Breve, será Aquário (note que o zodíaco é percorrido de trás para a frente). Astronômicamente, portanto, a primavera no Hemisfério Norte está se iniciando com a constelação de Peixes, embora astroló,gicamente o signo que represente a primavera continue a ser Áries.

Dividindo-se 25.794 anos por doze signos, podemos dizer que cada era astrológica duraria cerca de 2.149 anos. Agora vamos tentar responder à pergunta: a Era de Aquário já começou, e, se não, quanto tempo faltaria para ela começar? A resposta para esta pergunta é controversa. Há estudiosos que dizem que a Era de Aquário já começou, e outros acreditam que ela se iniciará daqui a cerca de 150 anos. 

Entretanto, embora haja discussões a respeito de quando a Era de Aquário irá de fato começar, a maioria dos astrólogos crê que estejamos em uma fase de transição entre a Era de Peixes e a de Aquário, ou seja, que ainda estejamos vivemos de acordo com todos os padrões da Era de Peixes, mas já mesclados com os desafios da próxima Era.

É necessário entender um pouco o que é cada Era para que possamos falar da do que significa esta transição, e para onde estamos indo. Cada Era costuma ter símbolos que atingem a máxima importância durante a sua vigência. Assim, por exemplo, durante a Era de Touro (aproximadamente, entre 4000 e 2000 anos antes de Cristo), o touro foi adorado no Egito, representado como o boi Ápis e como o culto ao minotauro (criatura com cabeça de Touro e corpo humano). Na Era seguinte, Áries, o cordeiro surgiu em inúmeras manifestações religiosas (como Amon-Rá, o deus com cabeça de cordeiro, ou o mito do velocino de ouro). E, na Era de Peixes, naturalmente o peixe se tornou o animal sagrado. Cada Era tem também seus ‘avatares’, que seriam figuras históricas que concentrariam todas as características que elas carregam. Moisés, por exemplo, que guiou o povo judeu através do deserto teria sido um avatar da Era de Áries, bem como Cristo teria sido um avatar da Era de Peixes.

Cada Era traz à tona todas as questões do signo que o representa, mas também do signo que se opõe a ele. Assim, por exemplo, a Era de Touro conheceu o represamento (Touro, signo do elemento Terra, relacionado a forma) das águas do Nilo (Escorpião, signo do elemento Água), e sabe-se que este fato teve fundamental importância no desenvolvimento da civilização egípcia. Foi nesta Era que surgiram as religiões ligadas à terra, e que o ser humano começou a se estabelecer, deixando de ser nômade. Conflitos de dominância e poder (típicos do eixo Touro e Escorpião) estiveram presentes durante toda esta Era.A Era de Áries foi caracterizada por guerras, disputas e pelo surgimento de deuses mais masculinos (Áries é um signo de polaridade masculina), em oposição às deusas que predominavam até então. Nesta época também se desenvolveram a cultura e as artes (Libra, signo oposto a Áries), e surgiu o budismo, uma religião tipicamente libriana, por pregar o ‘caminho do meio’.A Era de Peixes desloca a ação do Oriente para a Europa. O Cristianismo nasce junto com a Era de Peixes, e grande parte dos fatos estão relacionados com ele: desde a perseguição dos primeiros cristãos até o momento em que a Igreja Católica angaria um poder incalculável. Durante a Idade Média, a Igreja controla toda e qualquer forma de conhecimento, e seus preceitos exercem uma inflexível influência sobre as pessoas. É o auge da força da crença (Peixes), em que a ameaça não é tomar algo real da pessoa ou exercer outra forma de punição, e sim, condená-la a queimar eternamente no fogo do inferno (ativando a natureza impressionável inerente à Peixes). Porém, são os interesses mundanos (reflexos de Virgem, signo da Terra, de natureza material) que movem a venda de perdões (as chamadas ‘indulgências’) e outras benesses celestiais.

A Era de Peixes também conhece as cruzadas religiosas, as ‘guerras santas’, e, igualmente, o trabalho dos jesuítas na difusão da sua religião. Ela é marcada por por um intenso fervor religioso. A filosofia da Era de Peixes (ainda que muitas vezes aplicada de maneira inteiramente distorcida) é a necessidade de redenção, salvação, superação da matéria e devoção a um ideal. O signo de Virgem, oposto a Peixes, também se manifesta nesta Era, quando traz o desenvolvimento da ciência, bem como os subprodutos disso, como o racionalismo excessivo, o ceticismo e o descarte de qualquer coisa que não possa ser comprovada e classificada nos moldes conhecidos. Virgem é também o signo ligado ao corpo, ao orgânico, ao animal, ao vegetal, e nunca a Terra, como um grande organismo, é tão ameaçada, ao mesmo tempo em que nunca o ser humano vai tão longe em sua capacidade de desvendar meticulosamente (Virgem) como cada parte do mundo funciona. Virgem é também o signo da manipulação e intervenção, e a Era de Peixes traz uma possibilidade sem precedentes de modificação do ambiente físico. De muitas maneiras, utilizamos mal esta possibilidade, dizimando espécies animais e vegetais, poluindo o planeta, e também criando um estilo de vida desvinculado de ritmos naturais, em que o endeusamento do trabalho (um dos temas de Virgem) e da vida produtiva em excessivo (gerando doenças físicas e psicológicas).

Por outro lado, desenvolvemos remédios e soluções inovadores. Criamos inventos que nos abriram possibilidades. Hoje nós temos inúmeros confortos e facilidades graças ao interesse virginiano por soluções práticas.

A era Peixes-Virgem contém uma profunda necessidade de significado, mesmo que, em muitos momentos, isto fique obliterado pela manipulação religiosa (Peixes) ou pelo materialismo (Virgem). Vivemos, no final da Era de Peixes, o chamado para a Era de Aquário. O desenvolvimento científico se acelera. Começam a surgir religiões e sistemas de crença mais baseados na força da mente e na crença de que também podemos ser deuses (um modo aquariano de pensar). Há um forte desejo por resolvermos nossas diferenças e sermos mais tolerantes e abertos, e por nos libertarmos de velhos condicionamentos que nos acompanham há milênios. Por outro lado, pensadores começam a imaginar um futuro feito por uma racionalidade tão fria que poderia simbolizar a ‘sombra’ de Aquário. Um mundo em que um sistema social fosse tão rigidamente organizado em prol do conjunto que chips fossem implantados no cérebro das pessoas, anulando suas vontades individuais e criatividade (as quais são simbolizadas pelo signo de Leão, oposto a Aquário). Um mundo com tanto poder de intervenção que praticamente poderíamos ‘fabricar’ um ser humano ao nosso gosto (com todos os perigos que isto embute). Um mundo em que a tecnologia (Aquário) fosse tão dominante que isto pudesse abrir espaço para terríveis formas de controle e centralização (reflexo de Leão), com a sufocação da liberdade (uma das necessidades aquarianas mais fortes).Na realidade, em todas as Eras houve dificuldade em se equilibrar os dois signos envolvidos. A humanidade passou boa parte da Era de Peixes tendo sua capacidade de análise e discernimento (simbolizada por Virgem) bloqueada por crenças impostas de cima para baixo. Quando, a partir do século XIX, o espírito científico começou a se desenvolver, daí foi Virgem que assumiu a supremacia. Descartou-se tudo o que não se podia explicar e iniciou-se um período de excessiva racionalidade e fragmentação, que resultou no surgimento em massa de doenças emocionais decorrentes da falta de conexão com algo maior (por que você acha que tantas pessoas se drogam no mundo?).

A Era de Aquário não é, portanto, uma Era que automáticamente vai nos conduzir a fraternidade, a um entendimento extraordinário de quem somos e do que o mundo é, a uma nova forma de organização, a uma descoberta sem precedentes de nosso poder mental e a um uso adequado dele. E por que não?

Porque Aquário não é um signo melhor do que Peixes, assim como Peixes não é melhor do que Áries, assim como nenhum signo é melhor do que outro. Em cada Era, nós temos escolhas a fazer. A tecnologia, principal promessa da Era de Aquário, tanto pode nos levar a uma separação do nosso lado instintivo, tornando tudo excessivamente lógico e frio, como pode ser tão aperfeiçoada que nos leve a sanar os problemas que até agora criamos com o uso dela. A penetrante mente aquariana tanto pode nos levar a finalmente rompermos com antigos comportamentos danosos quanto nos trazer agitação, alienação e rebelião, sintomas já presentes atualmente. A Era de Aquário será, sem dúvida, caracterizada por uma grande mudança em relação às outras Eras, porque isto faz parte do símbolo de Aquário. Mas isto nos levará a um mundo realmente melhor? Afinal, quem tem razão: os intelectuais que prevêem um mundo frio, excessivamente racional e controlado, ou os místicos que falam em uma era de amor?

O potencial da Era de Aquário seria para que nos víssemos como uma só raça (já que até agora nosso passatempo foi nos aniquilarmos mútuamente), e, a partir disso, nos uníssemos, sendo capazes, por esta razão, de avanços inimagináveis, e de criarmos um novo sistema de vida, que rompesse integralmente com o que de negativo vivemos até aqui. Uma Era de Aquário realmente avançada também não descartaria que viéssemos a realizar um intercâmbio com outros habitantes de outros planetas, seja através do desenvolvimento de tecnologias revolucionárias, seja porque finalmente estaríamos prontos para isto.

Uma Era de Aquário ‘bem feita’ teria de ter presente os atributos positivos de Leão, como a valorização do indivíduo e da criatividade, do coração e do calor, para que a sociedade não se tornasse por demais fria, mecânica e lógica. O bem estar do indivíduo (Leão) teria de ser levado em consideração tanto quanto o bem estar do grupo (Aquário), pois um não pode predominar sobre o outro sem que isto gere desequilíbrios.

Só que a Era de Aquário não vai trazer tudo isto ‘de bandeja’. Nós teremos de conquistar esta ‘promessa’ positiva que está embutida nela. Estaremos sendo chamados a escolher tanto quanto fomos em outras Eras. Por exemplo, a Era de Peixes poderia ter sido muito especial em termos de compaixão, abrandamento de nossas características mais destrutivas e agressivas, e não o foi. Ao invés disso, apareceu o lado negativo de Peixes, como a cegueira, a incompreensão e a histeria (as Santas Inquisições, por exemplo).

Você talvez se pergunte o que pode fazer, como indivíduo, para que possamos realmente começar uma nova Era, um novo tempo, transpondo para o coletivo o potencial que já existe em indivíduos mais evoluídos, mas que nunca existiu em escala maior. Simplesmente desenvolva o lado positivo de Aquário. Olhe mais para o coletivo. Interesse-se mais por ele. Não veja a sua vida como limitada apenas a sua casa e às pessoas próximas. Enquanto houver pessoas miseráveis e escravizadas no mundo mesmo o mais lindo recanto com a maior harmonia poderá ser atingido. Aquário quer dizer que todos somos um povo só. A hora em que nos virmos como o povo da Terra, que é por ela responsável, aí sim estaremos entrando em uma nova Era. Sem o desenvolvimento disso, a Era de Aquário será como todas as outras, até que resolvamos mudar. A escolha será de cada um de nós.

AS INICIAÇÕES ESPIRITUAIS NA ERA AQUARIANA

A primeira iniciação está intimamente relacionada ao centro planetário que é a própria humanidade.

Produzirá, uma vez passada, estimulação crescente do intelecto na medida em que se expresse como atividade ordenada no plano físico. Está também intimamente relacionada com o terceiro Raio da Inteligência Ativa. Este terceiro raio tem estado em manifestação objetiva desde 1425 A.D. e permanecerá em encarnação por toda a Era Aquariana. Seus ciclos são os mais longos de qualquer ciclo de raios. Entretanto, dentro desses ciclos maiores há períodos de atividade intensificada que são como a batida ou a pulsação do coração, e esses períodos duram aproximadamente três mil anos. São chamados, quando fora de encarnação, “ciclos de retirada mas não de abstração”. Estão também três mil anos em encarnação.

Um desses períodos de expressão de três mil anos está aqui agora e podemos esperar por grande desenvolvimento da faculdade intelectual e um marcado aumento do trabalho criativo durante este tempo. Este ciclo particular de expressão marca um ponto culminante no ciclo maior. Durante a era vindoura, a inteligência da raça e seu desenvolvimento ativo assumirão proporções reais e isto com muita rapidez.

A intensificação da vida do centro humano prosseguirá aceleradamente e esta é a razão porque tantas pessoas , receberão a primeira iniciação. Os estudantes costumam esquecer que a primeira iniciação pode ser descrita, na verdade, como:

a) A fundamentação ou exteriorização do princípio Crístico na humanidade como um todo e no plano físico.

b) O florescimento da inteligência, podendo assim o iniciado trabalhar poderosamente no plano mental e a própria humanidade ser elevada e daí auxiliada na totalidade.

c) A vinda à atividade do centro da garganta e (porque o terceiro raio é intimamente ligado ao primeiro raio) a primeira débil orientação do homem espiritual em direção a Shambala poderá ter lugar, tornando-se mais e mais intensificada e pronunciada ao tempo da terceira iniciação. Gostaria de apontar aqui as correspondências numéricas:

1 – O terceiro grande centro mundial – humanidade.

2 – A atividade do terceiro raio – inteligência ativa.

3 – A terceira iniciação que marca a consumação da 1a., como a 4ª. iniciação marca a consumação da segunda, e a quinta a da terceira.

4 – O terceiro centro maior – o centro da garganta.

5 – A terceira raça – a ariana, ao expressar a primeira raça estritamente humana, a lemuriana.

6 – O terceiro plano – o físico, o reflexo do terceiro plano superior, o átmico.

7 – O terceiro veículo periódico: – a personalidade.

8 – O terceiro aspecto divino – inteligência.

9 – O terceiro grau do mensageiro divino – Hércules.

10- A Vida sustentadora, o terceiro Solou exterior – o sol físico.

Estas são algumas das correspondências que é útil termos em mente por revelarem qualidade divina, intenção espiritual e objetivos universais.Durante a Era Aquariana e durante um terço de sua expressão, isto é, durante o primeiro decanato, esotéricamente considerado, a vitalização do centro humano (considerado espiritualmente) e em relação ao Plano e ao firme crescimento da ampla atividade criativa, será vista de maneira crescente tanto no indivíduo quanto na raça. Isto será devido ao trabalho e influência de Saturno, que é governado pelo terceiro raio. Este planeta é o planeta da oportunidade, do discipulado e do teste, e a raça pode esperar por uma crescente expressão da atividade Saturnina à medida que essa grande Vida divina continue Sua tarefa benéfica.

A segunda iniciação está intimamente relacionada à Hierarquia como um centro planetário e à atividade do segundo raio.

Esta iniciação produz no iniciado um sentido cada vez maior de relacionamentos, de unidade básica com tudo que respira, e um reconhecimento da Vida Una que levará finalmente àquele estado de fraternidade manifestada, que é a meta da Era Aquariana trazer à existência. Este centro maior, a Hierarquia, traz a focalizada vida do amor para apoiar a humanidade, e é este amor básico que o segundo decanato de Aquário – governado como é, por Mercúrio – trará à manifestação. Mercúrio, o mensageiro dos Deuses (isto é, da Hierarquia de almas), leva sempre a mensagem do amor e estabelece um inquebrantável inter-relacionamento entre os dois grandes centros planetários, a Hierarquia e a Humanidade.

Temos novamente nesta conexão, certas correspondências numéricas fundamentais que estão baseadas na vinda à atividade de um centro cardíaco desperto na raça. Este é o segundo grande centro no indivíduo e está situado acima do diafragma, e através dele a Hierarquia pode alcançar toda a humanidade e, ao mesmo tempo, os reinos sub-humanos.

1 – O segundo centro planetário – a Hierarquia.

2 – A atividade do segundo raio – amor-sabedoria.

3 – A segunda iniciação, que relaciona o plexo solar ao coração, a humanidade à Hierarquia, e os raios egóico e da personalidade ao segundo, que sempre está basicamente em manifestação.

4 – O centro do segundo raio – o centro cardíaco.

5 – A segunda raça (atlante) ao culminar na quarta, a raça seguinte.

6 – O segundo plano – o plano astral. Este é o reflexo do segundo plano superior.

7 – O segundo veículo periódico – a alma.

8 – O segundo aspecto divino – amor-sabedoria.

9 – O segundo tipo ou grau de Mensageiro – Cristo. Buda.

10 – A Vida sustentadora, o segundo ou Sol subjetivo – o coração do sol.

A todos estes o sexto raio está relacionado como aliado ou subsidiário do segundo.

Neste ciclo mundial pode-se dizer que a ênfase de todo poder espiritual está colocada na Hierarquia que é, presentemente, o intermediário divino, interpretando a vontade de Deus, que é o propósito de Shambala. Ela transmite ou reduz a energia divina para que a utilização segura à Humanidade se torne possível. Fica claro, portanto, porque no segundo decanato de Aquário pode a Hierarquia, como representante de Shambala e com a ajuda de Mercúrio, trazer à manifestação física o Avatar vindouro. Isto se torna possível quando o trabalho do primeiro decanato esteja concluído e quando Shambala tenha liberado e finalmente reorientado as energias do terceiro grande centro, o da Humanidade. Esta liberação e reajustamento levam à expressão criativa e renovada vida espiritual. Um alinhamento planetário pode ter lugar, e este é um objetivo planejado para o qual a Hierarquia se prepara e para o qual o Próprio Avatar está se preparando em Shambala.

A terceira iniciação está conectada com Shambala como centro planetário e com a atividade do primeiro raio.

Deve ser lembrado ser esta a primeira iniciação na qual personalidade e alma são unidas e fundidas de maneira a que os dois aspectos formem uma Unidade. Quando esta iniciação tiver ocorrido, acontecerá que pela primeira vez alguma de suas implicações grupais mais amplas,que se tornarão realidade e daí em diante constituirão o impulso motivador da vida do iniciado. A aspiração termina e tem lugar a mais intensa convicção. É interessante notar também que agora Vênus entra em controle no terceiro decanato da Era Aquariana. Vênus é reconhecida esotéricamente como aquela força misteriosa, que é a mistura de amor e sabedoria, de inteligência e síntese, e de compreensão e fraternidade. Dentro da própria Hierarquia os dois grandes Mensageiros que personificaram a energia dual venusiana foram Buda e Cristo. O Mensageiro Que virá mais tarde e expressará o impulso de Shambala para a síntese, a aspiração hierárquica pelo amor e o desejo da humanidade pela atividade inteligente, combinada com poder, reunirá todos em Si Mesmo.

Todas essas qualidades se concentração n’Ele, além de outra qualidade ou princípio divino do qual a raça dos homens, todavia, nada sabe e para o qual ainda não há nome. Será um grande e potente Avatar e não está, absolutamente, seguindo a linha da nossa humanidade.

As correspondências numéricas poderão ser percebidas como segue, lembrando-se que a terceira iniciação é, na realidade, a primeira iniciação da alma, após completa identificação com a personalidade dentro da vida e consciência da Mônada, o Uno e o Primeiro:

1 – O primeiro centro planetário – Shambala.

2 – A atividade do primeiro raio – vontade ou poder.

3 – A terceira iniciação, que é a primeira iniciação da alma, relacionando a base da coluna ao centro da cabeça e a alma à Mônada.

4 – O primeiro centro principal – a cabeça.

5 – A verdadeira primeira raça divina – a raça final.

6 – O terceiro plano, que é em realidade o primeiro plano da consciência da alma, o reflexo do plano superior, o Logóico.

7 – O primeiro veículo periódico – o monádico.

8 – O primeiro aspecto divino – vontade ou poder.

9 – O primeiro, ou o tipo mais elevado de Mediador – o Avatar vindouro.

10- A Vida sustentadora, o sol espiritual – o sol central espiritual.
Consideraremos agora a tendência dos tipos e das estações no que concerne aos raios:

RAIO I – Este raio ainda está fora de manifestação mas começando a trazer efeito decisivo no plano mental; aí ele influencia as mentes dos discípulos em todos os lugares e prepara a cena para o aparecimento de um certo grupo de discípulos de Shambala. Daqui a dois mil anos, a influência deste raio será sentida poderosamente no plano físico. Conseqüentemente, em cem anos sua potência será percebida no plano astral.

RAIO II – Este raio está sempre em manifestação subjetiva e muito potente porque é o raio de nosso sistema solar e particularmente agora, no presente, pois a Hierarquia está se aproximando mais intimamente da humanidade em preparação para a “crise do amor” e uma iminente iniciação planetária maior. Atualmente, entretanto, o segundo raio está-se tornando objetivo em sua influência sobre o plano físico. E assim será de maneira crescente nos próximos dois mil e duzentos anos, quando retirar-se-á gradualmente para o segundo plano.

RAIO III – Este raio permanecerá em encarnação objetiva, do ponto de vista humano, por um longo período – tão longo que seria inútil antecipar sua influência desvanecedora. Este centro planetário, que é a própria Humanidade, necessita ainda da aplicação intensa dessas forças para, assim, estimular até os “mais inferiores filhos dos homens”.

RAIO IV – Este raio, como sabeis, começará a entrar em encarnação no princípio do próximo século (XXI) e – em colaboração com a influência fomentadora de Saturno – levará muitos ao caminho do discipulado. Quando a peculiar energia, à qual damos o nome, de certo modo insatisfatório, de “harmonia através do conflito” e as forças daquele planeta, que estabelecem oportunidade para o aspirante, estiverem trabalhando em combinação e numa síntese ordenada, então poderemos esperar por um ajustamento bem rápido nos assuntos humanos, particularmente em conexão com o Caminho. Este quarto raio é, em última análise, o raio que ensina a arte de viver com a finalidade de produzir uma síntese de beleza. Não há beleza sem unidade, sem idealismo concretizado e sem o desabrochar simétrico resultante. Este não é o raio da arte, como tão freqüentemente alegado, mas a energia que traz à realização a beleza daquelas formas vivas que personalizam idéias e os ideais procurando expressão imediata. Muitas pessoas afirmam ser do sexto raio porque sonham com a expressiva vida artística. Como disse antes, a arte criativa expressa-se em todos os raios.

RAIO V – Este raio tem estado em manifestação por quase setenta anos. Passará (por arranjo único e especial) em mais cinqüenta anos, interrompendo assim seu próprio ciclo normal porque julgou-se que o impulso especial necessitado fora adequado e o ímpeto dado ao “espírito humano de pesquisa” tenha servido seu propósito. Qualquer intensificação maior dos processos mentais agora (exceto através do efeito geral penetrante do terceiro raio) mostrar-se-ia desastroso. Os ciclos de raio são geralmente fixos e determinados, mas, em colaboração mútua e por causa da iminente Crise espiritual da Aproximação, o Senhor do Quinto Raio e o Senhor do Mundo decidiram retirar temporariamente este tipo de força. Levará cerca de cinqüenta anos para o realizarem.

RAIO VI – Este raio está saindo de manifestação há já algum tempo, e continuará assim com crescente rapidez.

RAIO VII – Este raio está agora vindo à manifestação; pouco há aqui para acrescentar à massa de informações que já temos.

Um ponto de interesse mas de nenhuma urgência especial para nós, é que os Senhores dos Raios, através de Seus Representantes planetários, constituem um corpo de Forças dirigentes em colaboração com o Senhor do Mundo em Shambala. Sua competência é consultora e orientadora ,mas não autoritária. Isto pode ser considerado por alguns de nós como a  informação mais interessante . Se é essa nossa atitude, então apenas mostra nosso despreparo para o ensinamento verdadeiramente esotérico. Os estudantes necessitam de um maior senso de reais valores dirigentes e senso de proporção espiritual. Fatos planetários e fatos solares , podem estimular nossa imaginação e alargar nosso horizonte; para aspirantes e discípulos isso é de maior valor. Toda informação e acontecimentos em conexão com Shambala são sempre excitantes ao neófito que está pronto a esquecer que deve tornar seu contato com a Hierarquia mais familiar, antes que a percepção verdadeira e relacionada seja sua.

DISCIPULADO E OS RAIOS

1º Raio, Força, Energia, Ação – O Ocultista.
2º Raio, Consciência, Expansão, Iniciação – O Verdadeiro Psíquico.
3º Raio, Adaptação, Desenvolvimento, Evolução – O Mago.
4º Raio, Vibração, Resposta, Expressão – O Artista.
5º Raio, Mentalização, Conhecimento, Ciência – O Cientista.
6º Raio, Devoção, Abstração, Idealismo – O Devoto.
7º Raio, Encantamento, Magia, Ritual – O Ritualista.

Na Era Aquariana, como resultado da combinação existente de influências de raio, a humanidade entrará em uma expansão de consciência que lhe revelará relações grupais em lugar de seus relacionamentos individuais e auto-centrados. Lembrando que Aquário é encontrado na metade superior do círculo zodiacal e está exatamente em oposição a Leo, que é encontrado na metade inferior. Leo é o signo do desabrochar individual, e do eu como auto-afirmativo. Este signo altamente individualizado consuma-se em Aquário, no qual o indivíduo encontra plena expressão por meio do grupo, passando do serviço para si mesmo e expressão de si mesmo como personalidade, ao serviço do grupo e de uma crescente expressão da Hierarquia da qual ele, firmemente, se aproxima cada vez mais. Para esse fim, as influências de raio serão, crescente e firmemente, dirigidas. A humanidade alcançou um estágio no qual o sentido de individualidade está emergindo rapidamente. Em todos os campos de expressão humana, homens e mulheres estão se tornando, decisivamente, auto-afirmativos. O Velho Comentário refere-se simbólicamente a isto nas seguintes palavras:

“O Leão começa a rugir. Ele se precipita para frente e, em seu anseio para viver, manipula a destruição. Então, novamente, ele ruge e – precipitando-se para a corrente da vida – bebe profundamente. Assim, tendo bebido, a magia das águas age. Ele permanece transformado. O Leão desaparece e aquele que carrega o aquário aparece e dá começo à sua missão”.

 

Visão pessoal….

Os que têm visão podem ver isto acontecendo hoje em toda parte. O carregador de água (um outro nome para o servidor mundial) está dando início à sua tarefa auto-proposta. Daí o ancorar na terra do Novo Grupo de Servidores Mundiais, cujos representantes são encontrados em todos os países e em toda grande cidade. Isto,  teve lugar sem exceção em todos os diferentes raios; expressam muitos pontos de vista; seu campo de serviço é amplamente diversificado e suas técnicas tão diversas que, em alguns casos, para a pessoa de mentalidade tacanha, não é fácil compreender. Mas, revertendo à linguagem do simbolismo, todos carregam ao ombro o cântaro contendo a água da vida, e todos emitirão a luz, de alguma maneira, através de seu ambiente.A nós, que vivemos e trabalhamos neste período intermediário e neste ciclo de transição, com todo o caos e revolta exteriores resultantes, é dada a tarefa de expressar firmeza, serviço e doação. Essas são as três palavras chave.  

Inspiração…

Raios de Luz Espiritual
Francisco Valdomiro Lorenz
 
La Curacion Esotérica
BAILEY, A
O Homem e a Nova Era-Espírito de Ramatis
Hercílio Maes
A Era do Aquário-O fim da ilusão humanista
 Jean Sendy
 As Profecias de Saint Germain sobre a Era de Aquário
Summith Lighthouse
 Passos atuais
Trigueirinho
 Iniciação na Era de Aquário-em busca de um novo homem
Jean Spinetta
Monicavox
Recomendo….

Conhecendo as Merkabas e como elas podem mudar sua vida

A Merkaba é o veículo de luz do ser humano, capaz de transportar o espírito (em estágios mais avançados até o corpo físico) para outras dimensões.

Mer Ka Ba são palavras egípcias que significam: MER (LUZ), KA (ESÍRITO), e BA (CORPO). Esta Estrela Tetraédrica de oito pontas é o nosso veículo pessoal de Luz , onde os dois triângulos separaram-se com o ponto de cada triângulo juntando-se no terceiro olho para criar um diamante: A MER-KA-BA é um campo de Luz que gira ao contrário e que afeta o Espírito e o corpo simultâneamente. Os dois triângulos fundidos representam a alma e o seu Eu do Raio Divino que recriam seu Corpo de Luz. Trata-se de um veículo de Luz interdimensional.

O MERKABA é um campo contra rotacional de luz, gerado pela rotação de formas geométricas específicas, que afetam positivamente e em simultâneo o nosso espírito e o nosso corpo. É um veículo que pode ajudar a mente, o corpo e o espírito á elevação e experimentar outros planos da realidade, outros potenciais de vida. Efetivamente, o MERKABA é muito mais do que isso. O MERKABA é uma ferramenta que ajuda os seres humanos a alcançar o seu pleno potencial. É um campo de energia cristalino que é composto de geometrias sagradas específicas, que alinham a mente ao corpo e ao coração. Este campo de energia criado a partir da Geometria Sagrada, estende ao redor do corpo até uma distância de cerca de 20 metros. Estes campos de energia geométricos giram normalmente ao redor do nosso corpo a uma velocidade próxima da velocidade da luz, mas para a maioria de nós eles tornaram-se mais lentos ou pararam de girar completamente, devido à falta de atenção e de uso.

Há círculos e outras formas aparecendo neste planeta em plantações de cereais, aparentemente inexplicáveis para nós. Estas impressões são freqüências, não um processo ou uma ação. Trata-se de uma melodia, uma história, que está sendo implantada na superfície da Terra com os símbolos de uma linguagem. Tais símbolos chegam para estabelecer determinada frequência e sua tendência é aumentar. Estão sendo abertos muitos portais na realidade da terceira dimensão para trazer evolução à Terra. Passaram-se muitos ciclos desde as últimas guerras, até os portais de energia poderem abrir-se novamente para deixar a luz entrar. Essa hora chegou. A luz está sendo orquestrada para voltar ao planeta e aumenta a cada dia. Para que a energia possa trabalhar a nossa consciência, ela precisa instalar-se aqui.

A inteligência penetra em forma de ondas, formando figuras geométricas na Terra. Chegará o tempo em que, literalmente, uma enorme onda de luz cobrirá toda a Terra. As formas e figuras geométricas são portadoras de inteligência e são ondas de frequência que podem ser moduladas e alteradas. Estas figuras que chegam à Terra assemelham-se a ondas de energia, ou faixas de energia. Elas contêm inteligência e estão sendo enviadas para, na seqüência, formar uma rede inteligente ao redor do planeta. Esta rede terá uma frequência que a humanidade poderá usar para evoluir.

COMO USAR AS MERKABAS

Ao utilizarem os Merkabas, Decretos e Orações, muitos aspectos negativos que estão inseridos dentro da nossa geometria são desativados, transmutados ou eliminados de forma a restabelecer a estrutura original. Quando  criamos um Merkaba geométrico e passamos a direcionar um fluxo de pensamentos e informações para essa geometria e o seu significado, permite que diversas energias possam ser liberados e trabalhadas dentro do nosso corpo Causal (que representa um grande arquivo eletromagnético dentro de todas as realidades existenciais que tenha se manifestado). Então, gradualmente os contratos de poder, os elementais negativos, os implantes de chips vão desacoplando, uma a um, até que possamos estar livres da matrix de controle. Aos poucos acabamos por gerar campos de proteção e de contenção dos controles e chips externos. Quando uma pessoa aprende a se libertar, as novas informações também são acopladas ao Corpo Causal e passa gradualmente a transmutar as informações contrárias já existentes dentro da estrutura. O Conselho Cármico utiliza o Corpo Causal, como foco de avaliação das atividades de cada alma que está manifestando o seu projeto na Terra ou nos outros planetas.

Aos poucos estão sendo revelados segredos dos Planos Etéricos para acelerar a nossa evolução, pois não temos muito tempo, e trabalhar com a geometria sagrada nos permite obter uma aceleração de todos os nossos corpos sutis, nossas vidas passadas e paralelas.  É o veículo de nossa ascensão e a mais destacada e importante iniciação que vamos atravessar. Este acontecimento é o começo de nossa ascensão para entrar na quinta dimensão, o mundo da Unidade. Este processo é uma ampliação de nosso estado de amor e a aplicação desta energia através do conhecimento de nossos padrões de geometria sagrada.As formas geométricas sagradas contêm códigos- chave que vão despertar em nós, os códigos Sagrados Ascensionais, códigos que estavam dormentes há séculos no campo do DNA humano. Ao meditar sobre essas formas sagradas que lhe são atraídas, seus códigos dormentes experimentarão um maciço despertar. Alguns de nós têm experimentado isso sem perceber conscientemente. Quantas vezes  já sentimos dores estranhas subindo pelo nosso corpo que desaparecem pouco tempo depois? Estes são alguns dos sinais do nosso despertar para os Códigos Ascensionais. Se sonharmos com formas geométricas, isso indica que elas estão trabalhando dentro de nós.

A ciência já provou à muito tempo que os nossos corpos são sistemas geométricamente desenhados. O nosso subconsciente reconhece os símbolos complexos da Geometria Sagrada que têm sido usados desde tempos imemoriais. Apesar das nossas mentes conscientes não os entenderem, e mesmo achá-los estranhos, a Geometria Sagrada tem um efeito poderoso no nosso estado mental e também no nosso corpo físico.As meditações para limpar os circuitos de energia do corpo, e ao combiná-las com a imaginação geométrica e a separação da respiração do ar e a “Força”, são uma ferramenta poderosa para modificar nossa freqüência celular e chegar a ter acesso aos aspectos mais elevados de nosso Ser. A medida que nos acostumamos ao nosso Merkaba, este fará parte de nós. Chegará o momento em que estaremos consciente todo o tempo, deste campo vivo que nos rodeia. Quando chegar a este ponto, sómente devemos permanecer conscientes de nosso Merkaba, do fluxo da “Força”, e da respiração, que assim floresce todo o processo que nps trouxe até aqui.

É como dizer um Mantra, até que você se transforme no Mantra, e o Mantra seja você. Com  intenção, intente que o Merkaba se ative e gire da cabeça aos pés. Se não puder ver o giro de seu Merkaba, não importa, confia que sua intenção já ativou seu Merkaba. Combinando o Merkaba com o padrão da Flor da Vida se abrirá a porta de ascensão fora deste mundo virtual.

FALANDO SOBRE A MALHA GEOMÉTRICA QUE ENVOLVE O PLANETA TERRA~Drunvalo Melchisedek

Para se ter uma forma de vida num planeta, ela não pode existir e evoluir nesse planeta a menos que haja uma rede geométrica e eletromagnética difundida por todo o planeta associada a esse nível de consciência. Essas coisas são ligadas. Então, todo bicho, toda planta, toda árvore de certa espécie tem sua própria rede e sua própria geometria. Os humanos têm três redes diferentes lá na Terra. Então, há três tipos diferentes de humanos no mundo, totalmente diferentes, que vêem as coisas de modo inteiramente diferente.Muito tempo atrás, estávamos numa rede muito específica, e quando caímos essa rede foi destruída. Caímos aqui, neste nível de consciência, e então reconstruímos outro nível para sobreviver e ficar aqui. Nos últimos 13 mil anos, a Grande Fraternidade Branca vem trabalhando em conjunto com as 72 ordens para restabelecer o primeiro nível dessa rede. Não se pode regressar ao topo. Não é possível fazer isso num único salto, é demais. O que eles estão invocando agora é a consciência Crística. É o primeiro passo. Há muitos níveis de consciência Crística. Não apenas um, há muitos níveis e interpretações dessa forma de ver. Então, eles têm trabalhado para reconstruir essa rede. Essa rede está agora concluída. Se restou algo para fazer não tenho certeza do que seria. De fato, o máximo que posso dizer e o que me disseram é que os níveis de rede planetária estão totalmente prontos para a ascensão da Terra. Podemos realizar este salto de consciência neste momento. Nada resta a fazer. Está tudo pronto. Ainda não conseguimos; e então é uma questão de tempo a esta altura. Então agora que a rede está concluída, é facílimo daqui em diante.

Esta é a estrutura básica externa da rede que circunda a Terra. É um dodecaedro estrelado com estas pontas em volta. Então, é uma combinação do icosaedro – dodecaedro. É nele que estamos entrando. Os russos conceberam isso por volta de 1950. A América foi um pouco mais lenta. Havia outra rede, uma que a maioria das pessoas está usando no mundo neste momento, baseada em triângulos e quadrados. Ela é interessante, pois se a mapearmos na superfície da Terra, por alguma razão todas as bases militares ficam nos pontos nodais. Durante a Guerra Fria, eles sabiam que quem quer que controlasse a rede controlaria a consciência humana e isso continuou por muito tempo. Os próprios militares estão atravessando uma imensa iluminação neste momento, e isso é realmente bom. Estão mudando rapidamente e de forma muito saudável. Tenho uma boa impressão do que ando sabendo deles neste momento.

Esses dois formatos, aliás, são a base do ADN humano. A molécula de ADN nada mais é que uma relação icosaedro-dodecaedro. Se quisermos, podemos vê-lo como um cubo giratório a rodar em ângulos de 72 graus.

Mas aquele do qual falo é mais preciso. O que na verdade temos agora ao redor da Terra é uma molécula de ADN. É interessante observar que a NASA acaba de descobrir que o âmago de ferro fundido da Terra, considerado antes uma grande esfera de ferro quente dentro da Terra, mudou de formato. É agora um dodecaedro pentagonal.

Se vocês quiserem estudar esses formatos e se quiserem estudar o DNA, consultem o I Ching. As 64 mudanças do I Ching são uma réplica exata e perfeita do DNA. É impecável.A MerKaBa pode ser utilizada como proteção, mas o que realmente devemos considerar é a intenção e a direção de nossos pensamentos, e para ativá-la precisamos sentir AMOR INCONDICIONAL. No momento em que ocorrer a transição e mudança dos Pólos Terrestres, será preciso que estejamos conectados com O AMOR, A BELEZA, A CONFIANÇA, A HARMONIA, A PAZ E A VERDADE.

Inspiração…

FLOR DA VIDA

UM SHOW DE GEOMETRIA SAGRADA PARA RELAXAMENTO E MEDITAÇÃO

http://www.light-weaver.com/slide2/a.html
Meditação para formar uma merkabah pessoal

Monicavox

 

Visão pessoal….

Drunvalo Melchisedek nos aconselha também, a trabalharmos nossos medos, pois na quarta dimensão tudo o que pensamos é manifestado na realidade externa. De acordo com ele, todo o nosso planeta ascensionará e todos que estiverem dispostos a despertar e colaborar, não vão ficar para trás, já que neste momento, podemos contar com a ajuda de inúmeros seres de luz e temos a atenção de todo o Universo.É como se toda a Criação estivesse interessada no processo da ascensão terrestre.O importante é sentir amor por toda a existência e reconhecer a presença do Plenum Cósmico/ Deus nos olhos de cada pessoa que encontrarmos. O amor move montanhas ,literalmente.

Recomendo….

Malha Cósmica-A malha de Calibração Universal

A Malha de Calibração Universal (Universal Calibration Lattice® – UCL) é um sistema dentro da anatomia energética humana composta de fibras de luz e energia que irradiam dos chakras.Cerca de 60 cm acima do topo da cabeça há um centro energético chamado Centro de Cima, que se liga às energias superiores do Eu. Cerca de 60 cm abaixo dos pés há um centro energético chamado Centro de Baixo, que se conecta à Energia da Terra.As fibras verticais de luz e energia circundam o indivíduo. São ao todo 12 longas fibras de informação verticais principais, localizadas da seguinte maneira: três na frente, três atrás e três em cada lado (direito e esquerdo).

As fibras longas da parte de trás contêm informações sobre a nossa história. As laterais, de ambos os lados, processam a energia de informação que damos e recebemos do mundo e as fibras longas à frente contêm informação relacionada ao nosso potencial ou “futuro”.Estas fibras de energia horizontais formam a figura de oito (loops do infinito ou loops autocalibradores) que se conectam às longas fibras de informação verticais de energia que envolvem e permeiam a nossa anatomia energética, transmitindo informações dos centros de energia às longas fibras e vice-versa.

A imagem acima também mostra a Energia do Centro, uma coluna de energia que irradia verticalmente ao longo do corpo e que se conecta ao Centro de Baixo e ao Centro de Cima e vice-versa. Essa ‘Energia do Centro’ representa o presente, o Agora.

NOTA;É um sistema de malha multidimensional, sendo sua conexão pessoal com a Fonte de Energia Universal (Malha Cósmica).

OS BENEFÍCIOS

Com a UCL fortalecida você se torna cada vez mais conectado com a Malha Cósmica. Você aumenta a sua habilidade de co-criar com o Plenum Cósmico /Deus.A UCL nos permite fazer uso da energia ilimitada da Malha Cósmica de maneira muito semelhante àquela de um transformador elétrico, transferindo energia de um circuito para outro.A UCL permeia todos os nossos corpos em todas as dimensões. Esse sistema aparentemente infinito de fibras de luz e energia é a soma total do campo eletromagnético que sustenta nossos vários corpos de energia, nossas estruturas cristalinas de memória e o nosso código de DNA.A calibração do indivíduo, realizada através da EMF Balancing Technique, é única e determinada pela sabedoria interior de cada um.

EMF Balancing Technique®

EMF Balancing Technique® (EletroMagnetic Field Balancing Technique®) é o sistema energético projetado para trabalhar com a Universal Calibration Lattice®(Malha de Calibração Universal), um sistema na anatomia energética humana.A técnica é um procedimento simples e sistemático que qualquer um pode aprender e utiliza o efeito de humano com humano sobre o campo eletromagnético.
São 13 fases, cada uma projetada para fortalecer a Universal Calibration Lattice.Foi desenvolvida pela Peggy Phoenix Dubro. E através de movimentos semelhantes aos do Tai Chi, intenções e verbalizações específicas, o campo eletromagnético da pessoa vai se equilibrando de acordo com sua própria sabedoria interior.

QUEM É PEGGY PHOENIX DUBRO

 Peggy-Phoenix-DubroPeggy-Phoenix-Dubro
Co-fundadora da The Energy Extension, Inc.
Descobridora da Universal Calibration Lattice® (Malha de Calibração Universal) ;Originadora da EMF Balancing Technique®, um sistema de equilíbrio energético de humano para humano com praticantes e professores em mais de 60 países em todo o mundo.;Co-fundadora da Energy Extension Inc., uma organização mundial dedicada à evolução da consciência humana. Co-autora do livro “Elegant Empowerment” (Evolução Elegante), um estudo profundo combinando espiritualidade e ciência. O primeiro livro a documentar a Universal Calibration Lattice (Malha de Calibração Universal), um sistema em evolução na anatomia energética do ser humano e seu relacionamento com a EMF Balancing Technique.
Desde sua infância , Peggy Phoenix Dubro tinha um profundo desejo de “lembrar-se de Deus”. Em sua juventude ela teve uma série de experiências profundas resultando na abertura espontânea de todos os seus chakras. Esta abertura produziu uma consciência do amor incondicional, e a percepção da conectividade de todas as coisas no Universo.Seu desejo de conhecer ainda mais, e de viver sua vida diária na consciência deste estado conduziram a uma jornada de quinze anos que resultou em outra abertura profunda, desta vez uma experiência inimitável originando a descoberta da Universal Calibration Lattice® (UCL). A princípio, o foco de Peggy era em sua própria evolução espiritual. Ao trabalhar diretamente com a natureza eletromagnética da UCL ela percebeu que existia a possibilidade de desenvolver uma forma de auxiliar os outros em seus processos evolutivos. Em sua cidade natal, a notícia sobre os resultados das sessões de Peggy logo se espalhou.

EMF BALANCING TECHNIQUE 01-legendado em espanhol-Peggy Dubro explica a técnica

Após trabalhar regularmente com clientes por vários anos, e estimulada por seus pedidos para saberem mais sobre o que estava fazendo, Peggy desenvolveu um programa de treinamento para ensinar a outros a teoria e o método de como realizar as sessões, e assim nasceu a EMF Balancing Technique®. Quando estes praticantes recentemente treinados começaram a realizar as sessões, seus resultados também foram notórios. Vários anos depois, baseado nos contínuos resultados de natureza positiva Peggy desenvolveu outro programa, desta vez um programa de professores.Agora Peggy estava transmitindo a outros a habilidade de ensinar o trabalho.

Estes programas de treinamento levaram ao status atual do trabalho – Peggy Phoenix Dubro é hoje conhecida mundialmente como a originadora da EMF Balancing Technique, e a principal autoridade na Universal Calibration Lattice. Atualmente a técnica é praticada e ensinada em 70 países ao redor do mundo, onde pessoas de diversas culturas e religiões ressonam com a intenção original do trabalho da EMF – conhecer e viver a própria vida da maneira mais plena possível em uma consciência da energia do amor, a conectividade de todas as coisas, e a natureza única e sagrada de cada ser humano.

O benefício principal de uma sessão da EMF Balancing Technique é o fortalecimento da Universal Calibration Lattice– um sistema complexo na anatomia energética humana com um propósito simples – sustentar a maior carga elétrica que está agora disponível para todos os seres humanos.A UCL é o circuito para a carga elétrica que serve como fundação para o próximo nível de nossa evolução pessoal. Este sistema em nossa anatomia energética é uma extensão de nosso sistema nervoso simpático e parassimpático, que nos assiste no desenvolvimento de nossas habilidades de nos expressarmos integralmente. Qualquer um no caminho do crescimento pessoal consciente se beneficiará de um maior conhecimento de sua Universal Calibration Lattice, já que ela afeta tudo o que fazemos.EMF Balancing Technique® trabalha com uma parte da anatomia energética do ser humano e a premissa de que a responsabilidade pessoal desempenha um importante papel no processo co-criativo na vida diária.A Técnica possui mais de 10.000 praticantes ao redor do mundo e está presente em mais de 70 países.

Benefícios documentados das sessões de EMF incluem paz profunda, maior mestria em sua própria vida, melhora no bem estar e, às vezes, até mesmo curas físicas memoráveis – os benefícios são ilimitados à medida que aprendemos a sustentar e expressar nossa maior carga energética. Estamos aprendendo a explorar, traduzir e formatar nosso mundo como seres multidimensionais. O trabalho fortalece qualquer um que deseje continuar a crescer, desde o novato até o sábio experiente que sabe que a jornada é eterna e o crescimento é ilimitado.Em alguns países como os Estados Unidos, Austrália e Canadá, as sessões também são oferecidas em Planos de Saúde. A EMF Balancing Technique é uma parte dos cursos curriculares do Instituto de Psicologia Integral na Rússia e da Universidade Internacional Reidman de Terapias Alternativas em Israel.

Fases da EMF Balancing Technique®

– Fase I: Sabedoria e Emoções
Esta sessão libera o stress e reforça o padrão de equilibrar a sabedoria e as emoções.

– Fase II: Auto direcionamento e auto suporte 
O propósito dessa fase é promover a auto-direção e o auto-suporte através da liberação de bloqueios energéticos de velhas questões emocionais que não nos servem mais. Os fatos ocorridos em nossa vida não mais são vistos como âncoras que nos prendem e sim como experiências vividas.

– Fase III: Irradiar a Energia do Centro 
Esta fase tem por objetivo ativar a força e a inteligência espiritual do ser, proporcionando a irradiação da energia do centro – a nossa força interior. Através desse alinhamento expressamos nossa inteligência espiritual e experimentamos paz profunda.

– Fase IV: Realização energética
Proporciona a ativação e manifestação de intenções e projetos pessoais na realidade do Agora. Nós possuímos um potencial ao qual nos referimos como futuro. Nessa fase é realizada uma calibração com a intenção de co-criar nossa vida em sintonia com o Criador.

– Fase V: Padrão do Amor Infinito
Nessa fase ativamos o padrão de Amor Infinito, fortalecendo a expressão do amor através do coração. O foco é a transformação na energia infinita do amor.

– Fase VI: Padrão da Compaixão Infinita
Nessa fase ativamos o padrão de Compaixão Infinita. São purificados velhos padrões de energia e liberados os conhecimentos para co-criarmos a vida mais iluminada que pudermos. O foco é a compaixão e ação infinita na energia do amor.

– Fase VII: Padrão da Presença Infinita
Nessa fase ativamos o padrão da Presença Infinita. Trabalhamos com a Sombra, integrando-a à Luz e dando nascimento a um novo nível de consciência. O foco é a presença infinita na energia do amor.

– Fase VIII: Padrão da Sabedoria Infinita
Nessa fase ativamos o padrão da Sabedoria Infinita. As conexões interdimensionais de Luz entre o Ser Físico e o Ser Infinito são aumentadas. Há também um aumento de ressonância para que você possa conhecer a si mesmo como um ser infinito energético. O foco é a sabedoria infinita na energia do amor.

– Fase IX: Padrão do Humano Universal 
Nessa fase ativamos o padrão do Humano Universal e nos focamos em manifestar e manejar nossa energia através da terceira malha.

– Fase X: Padrões dos Pais Universais
Nessa fase fundimos a energia do nosso Eu Infinito, nos tornando nossos próprios pais universais. Este é um profundo presente de totalidade/sacralidade para todas as gerações.

– Fase XI: Padrões do(a) Parceiro(a) Universal
Nessa fase recordamos a frase “Amai-vos uns aos outros como a ti mesmo”. A energia da união pura gerada dentro do seu ser (Eu Infinito) e calibrada através da sua malha (lattice) produz a consciência de um novo amor próprio descoberto.

– Fase XII: Padrões do Evolucionário Emergente
É o Novo Humano vivendo dentro da transformação energética da Nova Terra! Dentro dessa profunda nova expressão do ser, você saberá que se transformou e estará equipado com novas ferramentas para manejar sua evolução

– Fase XIII: O Caminho do Evolucionário
Nas Fases I-IV você aprendeu sobre a Universal Calibration Lattice. Na Fase I sua energia se calibrou para equilibrar sua sabedoria e suas emoções. Na Fase II sua energia se calibrou para integrar a sabedoria de sua história. Na Fase III focou em sua energia do centro e em estar presente no agora. Na Fase IV expressou a intenção consciente conforme calibrou seu potencial.

Nas Fases V-VIII, como um mestre em prática, fez escolhas conscientes de praticar os nobres atributos de mestria em sua vida diária. Estas escolhas criaram novos padrões energéticos que continuam lhe apoiando em sua evolução.

Nas Fases IX-XII desenvolveu sua habilidade de usar a terceira malha para manifestar a energia da liberdade em seu ser e em sua vida. Você ganhou uma profunda compreensão da sua Energia do Centro como a expressão definitiva de seu Ser, o Eu Infinito

Na Fase XIII, como um evolucionário e um observador quântico, você se torna cada vez mais consciente das cargas energéticas que está gerando. Essa sessão é o alfa e o ômega, o início e a completude deste evolucionário trabalho que é praticado ao redor do mundo e é uma combinação das 12 fases da EMF.

As Sessões de EMF Balancing Technique®

Cada sessão é única e as fases podem ser recebidas em sequência. Após receber uma sessão de cada fase, o cliente poderá repetir qualquer uma das fases e quantas vezes desejar.Cada uma das fases corresponde a um padrão energético distinto e a uma intenção específica.A sessão dura aproximadamente 1 hora e 15 minutos a 1 hora e meia e cada sessão fortalece a Malha de Calibração Universal permitindo uma melhor circulação de energia favorecendo melhorias em sua vida diária.

A aplicação das sessões das Fases I a VIII é feita com o cliente deitado na maca.
As sessões introdutórias e as Fases IX a XIII são feitas com o cliente sentado em uma cadeira.Durante a sessão o praticante fará movimentos que trabalham com a Malha de Calibração Universal do paciente.Em alguns momentos o praticante poderá tocar o paciente em algumas áreas para facilitar o fluxo energético.As primeiras 4 fases formam a base da EMF, fortalecendo e equilibrando a sua energia.As fases V-VIII proporcionam a oportunidade de praticarmos a mestria em nossa vida diária e sustentar uma carga energética ainda maior.Nas Fases IX-XII se usa a terceira malha para manifestar a energia da liberdade em seu ser e em sua vida. E também há uma profunda compreensão da sua Energia do Centro como a expressão definitiva de seu Ser, o Eu Infinito.A Fase XIII é uma combinação de todas as 12 fases da técnica e pode ser recebida individualmente ou em grupo.

*********************************************************************************************************************

 

Visão pessoal…..

 O trabalho de Peggy Dubro em seu livro “Evolução Elegante”,existe um trabalho dentro de todos os nossos corpos, um padrão com níveis de vibração única, e os nossos organismos controlam todas as suas funções que são renovadas por algo chamado Linhas Axiatonais dos Meridianos; estas linhas Axiatonais não são limitadas, ou seja, não terminam em nossos corpos físicos mas estão abertas; estas “linhas” realmente se estendem transpassando nosso corpo, e elas podem nos conectar mais plenamente ao universo.As linhas axiatonais fazem parte de um sistema circulatório de quinta dimensão combinando cor e som, que são utilizadas para obter do corpo do Eu Superior a energia básica usada para as funções renovadoras do corpo humano em evolução. Quando o Homem descobrir a conexão entre o espaço de sua própria vida e as grades Axiatonais, a humanidade vai entrar  em um novo nível de “super” ciência conhecida como astronomia médica.Astronomia médica refere-se a cura em todos os níveis, mente, corpo, espírito e fala sobre a mudança na formação adequada de nossos membros, sobre um passo à frente em um novo nível de interação consciente com o Universo. As linhas axiatonais sendo as linhas de grade do Universo, são parte de um maior sistema supradimensional que combinam cores e som, luz e informação.Nosso Eu Superior traz essa energia e informações básicas e renova todas as funções do nosso corpo humano, nosso corpo energético e nosso corpo evolutivo, e funciona em todos os níveis, celular, atômico, molecular, genético, cerebral, emocional, etc. Quando começamos a manter isso em uma forma contínua, as redes permitirão o intercâmbio de informações genéticas, e todas as informações que fluem em nossas células e em nossa formação adequada. Podemos curar uma doença, regenerar membros e órgãos, podemos avançar na Terra com maior nível de luz e de informações em nossas células.Muitas pessoas perguntam o que estamos reconectando? Estamos  reconectando com nosso Eu, o Universo e o Potencial. E como sabemos quando estamos fazendo isso? Nós não sabemos. É um processo em curso, é uma experiência em andamento. Que está acontecendo agora.

Inspiração….

-Evolução Elegante
Peggy Dubro
2-Momento de despertar
Shakti Gawain
3-As Chaves de Enoch
J.J. Hurtak
4-Malha de Calibração Universal
Peggy Dubro
5-Ascenção Cósmica-roteiro para os reinos desconhecidos da luz
Dr Joshua David Stone
6-Sua missão ascencional-O seu papel no Plano Maior
Dr Joshua David Stone
7-Ascenção Cósmica
James Tyberonn
8- O processo da Iluminação Espiritual
Judith Blackstone
9-Modern Physics and Vedanta
 Swami Jitatmananda
Monicavox
Recomendo….

O TRÍPLICE MODELO DO UNIVERSO-FENOMÊNICO,IMAGINAL E EXPERENCIAL

O Tríplice Modelo do Universo, refere-se ás áreas de perfeição e juízo, que nos motivam quando nos movemos através do mundo. Este modelo demonstra não sómente como sempre estamos nos movendo através de um reino externo e outro interno, mas também que um terceiro reino ou Universo, está contínuamente informando nossas decisões e nossas percepções.

A História Cósmica contém numerosos modelos de realidade,cada uma com um diferente aspecto que se refere a diferentes níveis e ordens  de Dimensionalidade,Hierarquia e Totalidade ou “Holarquia”–governo do inteiro. Toda a História Cósmica participa em ordens holárquicas e/ou hierárquicas.Já que a natureza da realidade muda com a percepção, necessidade e modo de operação, o homem noosférico planetário deve mover-se simultâneamente através de diferentes mundos para alcançar seus fins. Isto significa que o homem planetário opera com múltiplos modelos de realidade.Podemos pôr nossa atenção nesses 3 princípios;

1-Para discriminar os modos de realidade há o Tríplice modelo do Universo.

2-Para discriminar os modos de conhecimento há o Modo de Quatro pilares.

3-Para discriminar níveis e ordens do ser há o Modelo Simultâneo do Universo.

 TRÍPLICE MODELO DE UNIVERSO 

Quando falamos de um modelo de realidade, estamos falando sobre uma estrutura subjacente, que constitui um sistema de crenças. O que é um sistema de crenças?Às vezes as pessoas usam esta frase sem considerar realmente o seu significado. A maioria das pessoas não é consciente do que crê, embora a maioria delas creia em algo ou não, que poderia existir no dia á dia.

Um sistema de crenças é um padrão fixo de comportamento, pensamento habitual e padrões de pensamento. O que se tende a repetir em uma base diária, para criar uma semelhança de continuidade de um padrão de vida, constitui um sistema de crenças.Pensemos sobre isso. Quais são algumas partes constitutivas de nossa agenda diária?A maioria das pessoas se levanta pela manhã, faz a sua rotina diária de cuidar-se e ir ao trabalho.

Quando temos milhões de pessoas participando de uma forma particular ou modo de vida, estão todos operando por um sistema de crenças comum. Este sistema inteiro de crenças, então,realmente constitui uma estrutura ou um modelo de realidade. De modo que temos  o sistema de uma espécie singular de preparação ou educação, para alcançar as habilidades necessárias a adquirir algum tipo de trabalho. Tem-se em conta que a maioria dos empregos estão realmente programados de acordo com os conceitos gregorianos, de semana, de trabalho, de fim de semana e, consequentemente, mantém e suporta a tecnosfera. Isto é, no presente, a soma coletiva de vida.

Podemos reduzir o sistema de crenças, em sua duração em tempo, ao conceito da semana, porque a semana é repetida uma e outra vez, e tem os diferentes dias de trabalho e tempo livre, e ainda os tais “festivos”.Esta estrutura de crenças sustenta que o propósito de vida é trabalhar duro para conseguir certa quantidade de dinheiro, de modo que se possa desfrutar algum tipo de ócio ou lazer, no que se denomina “fim de semana”, ou “horas livres”.

Tudo isso forma um modelo de realidade que é mantido junto pelo micro-programa do calendário gregoriano, e é reforçado em todo nível singular por todas as diferentes formas de comunicação,meios e educação pública.Este macro-programa coletivo atual acredita em seu crescimento, na formação de uma família(obrigatóriamente, não por opção, para aumentar o consumo), no trabalho, aquisição de bens de consumo e que, talvez, voce seja feliz quando se aposentar.Quando vislumbramos esse modelo de realidade, não há nada nele que signifique que é para ser transcendido.

È apresentado como um tipo de meio para promover a afluência material da ordem social mais elevada.O ser humano é justamente uma espécie de peça da engrenagem de serviço industrial, há engrenagens de indústria pesada, há engrenagems de indústria financeira, farmacêutica, alimentícia,da vaidade,da mídia,da guerra,da manipulação mental e assim sucessivamente.

Este modelo de realidade é absorvido por mais crenças, como democracia, civilização ocidental e globalização, que é a grande concha que abrange todas as outras crenças. Todas essas crenças e subníveis de crenças constituem aquilo a que nos referimos como um sistema de crenças dominante, que pode ser resumido como o materialismo histórico. O materialismo histórico tem dado como resultado a criação do híbrido homo sapiens, do humano planetário.E este híbrido humano não será mais tradicional por mais tempo.Ele é o adjunto da Tecnosfera alimentada pelo sistema nervoso eletrônico, e como resultado é consequentemente “destribalizado” e sem tradição, até chegar ao ponto de um híbrido humano planetário desarraigado. È este Humano Planetário o que vem a ser a base para a Noosfera. O passo seguinte é dissolver o anual modelo mundial.

A violência nunca é a resposta.Agora temos que dissolver o sistema de pensamento e substituí-lo com um novo modelo positivo que é a História Cósmica.Estamos aqui para descobrir como tudo é intrinsicamente sagrado. O que é a Ordem Sagrada?

A HOLONÔMICA-O ESTUDO DO SISTEMA INTEIRO

A razão pela qual tudo é sagrado é porque tudo é forma parte desta ampla totalidade, e ela é o que descreve a História Cósmica.Definindo este ordenamento, estamos realmente aproximando-nos de uma nova definição da realidade, na qual a totalidade do Universo retorna á totalidade e entendimento do Sagrado,governado pelo Omnicoordenador princípio do Plenum Cósmico.Deste modo, tudo é visto como UM TODO INTERCONECTADO, INTER- RELACIONADO, que é a verdadeira fábrica da Ordem Sagrada. O profano sómente existe na secularizada, não teológica e consequentemente fragmentada, mente do homem moderno.

Novamente, quando falamos sobre a História Cósmica, estamos descrevendo um novo modelo de realidade. Para começar a construir, a partir da base, falamos em capítulos anteriores, sobre inserir uma nova Matriz de Tempo, ou substituir a antiga Matriz por uma Harmônica. Assumindo-se que a matriz harmônica está em seu lugar,pode-se estabelecer novos modelos de realidade que ilustrem as sempre crescentes ordens de perfeição harmônica, que atuem sintrópicamente para promover os outros.

De modo que, ao invés de haver uma degradação entrópica de energia, haverá um incremento sintrópico dela, porém será energia psíquica.A energia psíquica cresce contínuamente, em oposição á energia física que tende a degradar-se em variados espaços de tempo.Assim veremos que os modelos de realidade da História Cósmica são opostos aos modelos de realidade do materialismo histórico.

Ao contemplar os diferentes modelos de realidade, podemos pensar neste processo de 3 passos;

1-Primeiro ali existe um campo omninvasor de inteligência

2-Este campo de inteligência é logo popularizado por meio de simples princípios de desenho de forma.

3-Desses simples princípios de desenho-forma ,emergem formas de códigos luminosos.

O Tríplice Modelo de Universo é uma dessas formas.

REINO FENOMÊNICO

È o reino dos dados primários percebidos por nossos sentidos.Inclui o reino biológico,o reino da microfísica, a macrofísica e a psicofísica. O corpo é a faculdade de sentir o mundo fenomênico, e é o portal para o reino denso.As pessoas só vêem aquilo para o que foram programadas para ver ou programadas para achá-lo útil, de acordo com a sua intenção de vida.Em um nível muito fundamental, organizamos o reino fenomênico por intermédio de nossas percepções, porém, a maioria das pessoas se esquece disto.

Para a maioria das pessoas, o reino fenomênico é absolutamente aceito como concedido, tanto que se pensa muito pouco nisso. O efeito de viver na Tecnosfera também diminui muito a interação potencial entre o humano e o assim chamado mundo fenomênico externo. Para muitas pessoas ,o mundo fenomênico entendido como o que é exterior ao corpo, é primariamente caracterizado por mudanças no clima, embora para a  maioria dos humanos o porque destas mudanças acontecerem, seja de pouca importância.

Também provavelmente não ocorre o entendimento de que o mundo fenomênico, em sua maioria, é organizado primeiro por sensibilidade visual e segundo por sensibilidade auditiva. A ideia de que o mundo fenomênico é tudo o que existe, é grandemente realçada pelo impacto e influência desmedida da ciência materialista contínua, investigando os mais minuciosos e sutis aspectos deste mundo fenomênico, investindo em surpreendentes microcomponentes. Um propósito desta micro ou nanotecnologia aceleradora é encontrar componentes genéticos que possam ser usados para propósitos comerciais, e um exemplo disto é a modificação genética.

Na área da física, similarmente, a busca é de microcomponentes de ordem fenomênica comercialmente produzíveis e que possam ser usados em algo, desde a tecnologia do computador, ás formas de ficção científica de armamento.Enquanto o reino fenomênico é a maior parte do que a atual construção mundial percebe como realidade, para a História Cósmica não é senão um subconjunto da ordem sensorial.Como tal, o reino fenomênico será explorado mais extensivamente na Ciência Cósmica, o estudo que abrange o que geralmente pensamos como reino fenomênico.

REINO IMAGINAL

È acomodado no reino físico,por nosso sistema nervoso e cérebro e tem contato com o físico, através do sistema sensorial.Este contato sensorial nos traz informação á qual respondemos. O que determina nossa resposta?Onde existe esta resposta?de onde vem estas imagens?

A imaginação é a faculdade sensitiva da mente e é o portal do reino sutil.Geralmente se assume que a informação sensorial encadeia disparadores neurais que atingem o cérebro, e logo liberam informação armazenada em forma de imagens. Seja verdadeiro ou falso, não necessáriamente dá conta de um exercício de vontade, com a intenção de produzir imagens dentro da mente.Como pode a produção de um pensamento ter um efeito na produção de uma imagem?O fato de poder fabricar um pensamento, e com esse pensamento criar uma imagem que pode ser completamente elaborada, é importante de ser considerado. Especialmente quando se sabe que a produção de uma imagem interna pode exercer um intenso efeito sobre o corpo mental/emocional, como uma imagem fenomênica percebida.

O reino imaginário contém pensamentos, ideias, visões, sonhos, intuições, estados alterados, arquétipos,percepções e fantasias.È importante reforçar que o reino imaginário não depende em nada do reino fenomênico para sua ativação, nem a palavra “imaginal” poderia ser confundida com o imaginário. Ao contrário, imaginal é o nome dado ao íntegro reino interno da experiência, assim como” “fenomênico”, se refere ao reino externo.

O reino imaginal constitui a integridade de todas as funções e capacidades da mente e do corpo emocional. O campo da inteligência se refere á capacidade para organizar o reino imaginal em diferentes estruturas, que enfocam particulares intenções para métodos propositivos, afirmações e visões.

Em outras palavras, o reino imaginal é o lugar dos pensamentos e sonhos, enquanto que, o campo da inteligência é a capacidade para enfocar a intenção no reino imaginal, para criar um padrão inteligível, uma estrutura ou visão coerente, que comunique algum sentido de propósito.

REINO EXPERENCIAL

Entre os dois reinos, refletindo a natureza externa e interna do homem, há um terceiro reino, o experencial .Este reino tem a ver com assuntos referentes ao bem/mal,certo/errado,etc. Não somente a existência de sonhos, imagens e reflexos de experiências no mundo, mas também a ocorrência de sentimentos de juízo, de fazer o bem, de errar, do belo, do feio, etc.Isto parece ter a ver com o cultivo da alma. Num sentido de propósito humano, tem tudo a ver com valores e experiências com esses valores.

Vivemos em um universo fenomênico de Causa e Efeito, e estamos dotados de capacidade para entrar no reino imaginal, no entanto, antes, há o reino experencial/espiritual, que é um fator interpenetrante entre os demais reinos. O reino experencial tem a ver com a redenção, o aperfeiçoamento do ser e o aumento da consciência.A alma está sempre transcendendo entre o mundo e a mente. Pensamentos são constantemente emitidos a partir da mente, na forma de retroalimentação oriunda do mundo.Deste modo, vemos que a alma está constantemente negociando entre a retroalimentação do mundo e a interpretação da mente. O mundo sugere certas coisas ou idéias e a mente responde. Ou, a partir do ponto de vista do reino experencial, o mundo se apresenta á mente com algo, logo, a inteligência experencial tem que determinar que resposta será benéfica para a alma.

A ALMA É A FACULDADE SENSORIAL DA DIVINA VONTADE, E É O PORTAL PARA O REINO PURO, O ABSOLUTO,ONDE SÓ HÁ ESPÍRITO.

Visão pessoal…

Do ponto de vista da História Cósmica, o propósito de introduzir este Tríplice Modelo do Universo é demonstrar que a real experiência vivencial de cada dia é multicolorizada e multidimensional,quer se saiba ou não. Chegando a ser consciente dos universos fenomênico, imaginal e moral, que sempre estão em operação simultaneamente, é que se pode começar uma ampla avaliação de Quem se é realmente e o Quê se está fazendo aqui.Quais são os fatores que determinam se a evolução prossegue ou se paralisa?O fator final é o experencial, porque se pode ser muito engenhoso,porém,falta ainda a experiência.O progresso evolutivo tem significado somente em relação á inteligência evolutiva da Alma. A Alma tem que experimentar o todo neste processo, senão como poderemos dizer que algo é finalmente mau?cada etapa tem sua forma particular de experiência ou código de comportamento.

Inspiração

O Tempo e a Tecnosfera
Jose Arguelles
Los Mayas Y La Entrada na Quinta Dimension
Dilzik Moysen
O Tempo do Buda
Lama Surya Dass
Sobre o Tempo
Norbert Elias
Monicavox
Recomendo..

A APARIÇÃO EM FÁTIMA-PORTUGAL-CONTATO IMEDIATO DE TERCEIRO GRAU?

As supostas manifestações da virgem a três pastorzinhos em uma vila portuguesa em 1917, são um fato aceito pela Igreja Católica. No entanto, desde a década de 60, investigadores e estudiosos de fenômenos anômalos tem advertido que algumas características das aparições de Fátima são típicas de encontros com OVNIs. Parece não haver dúvida de que algo aconteceu em Fátima em 1917. Ao escutar o nome de tal localidade portuguesa, todos lembramos as aparições da virgem Maria a três humildes pastorzinhos e é por isso que hoje esse local é famoso e recebe anualmente milhares de peregrinos de todo o mundo. “E o que têm que ver as aparições de Fátima com os Objetos Voadores Não Identificados?“, perguntaremos. Mas o certo é que, se examinarmos esse caso e o compararmos com algumas características dos avistamentos modernos de OVNIS, as semelhanças são notáveis. Aqui é preciso esclarecer que quando falamos de “OVNI” não nos referimos a “veículo extraterrestre”, que é o conceito com  que a maioria das pessoas relaciona essa sigla, mas a um fenômeno real que parece estar guiado por algum tipo de inteligência ou forma de consciência cuja origem – seja esta qual seja – ainda nos é desconhecida. A nossa  intenção aqui é analisar com  mais dados científicos/ufológicos sérios, afim de fazermos uma avaliação  das crenças limitantes que poderia lançar algumas luzes sobre aquilo que chamamos “o divino”.

A Senhora de Fátima tal como nos relata o historiador, investigador e jornalista alemão Michael Hesemann em seu livro “The Fatima Secret” , no domingo 13 de maio de 1917, cedinho, Lúcia dos Santos e seus primos Francisco e Jacinta Marto foram à missa, como faziam sempre, após o qual levaram suas ovelhas para pastar, coisa que faziam diariamente. Lúcia tinha dez anos, Francisco estava a ponto de completar nove e sua irmã Jacinta tinha apenas sete. Os três pertenciam á famílias camponesas e viviam no pequeno povoado de Aljustrel, que forma parte da vila de Fátima, e, igual à grande parte da população rural portuguesa de 1917, eram analfabetos e fervorosamente católicos. Naquele dia levaram as ovelhas que estavam sob seu cuidado para pastar num lugar chamado Cova da Iria (literalmente, “a Gruta de Irene”, uma antiga santa local), uma depressão coberta de pasto de 450 metros de diâmetro, rodeada de montanhas e localizada a 3,2 quilômetros de Fátima. Pouco depois de haver terminado seu lanche do meio ­dia, os pastorzinhos foram surpreendidos por um súbito relâmpago(?).

Apesar do céu limpo, as crianças acharam que o clima poderia mudar repentinamente, o que fez Lúcia pensar que seria melhor retornar. Francisco e Jacinta estavam prontos para segui-­la, mas apenas se viraram para começar seu caminho de regresso e outro relâmpago rasgou o céu. Então, as crianças olharam para a direção de onde havia partido o raio e ficaram pasmos com o que viam. Ali, a apenas um metro e meio de distância, sobre um pequeno arbusto de azinheira, flutuava uma “senhora” vestida completamente de branco, “mais resplandecente que o Sol”, como a descreveu Lúcia. Segundo relataram posteriormente as crianças, a senhora aparentava uns 18 anos, media ao redor de um metro e 20 cm de altura e tinha olhos escuros. Suas roupas consistiam em um comprido vestido branco e uma capa com capuz que lhe cobria a cabeça. Suas mãos estavam juntas, como em oração, e sustentavam um rosário de brilhantes contas brancas, terminado numa cruz de prata.

Usava um colar comprido que lhe chegava até a cintura e do qual pendia um objeto redondo. – “Não tenham medo. Não lhes vou fazer mal“, lhes disse a aparição, em português. – “De onde sois?“, lhe perguntou Lúcia. – “Sou do Céu“, respondeu a Senhora. – “E que estais fazendo neste mundo?“, voltou a perguntar a menina. – “Estou aqui para pedir que venham a este lugar no décimo ­terceiro dia de cada mês durante os próximos seis meses, a esta mesma hora. Então lhes direi quem sou e o que quero. Depois disso, virei uma vez mais, por uma sétima vez“, foi a resposta da senhora.(nota pessoal;o “divino” especificando data/ hora e impondo condições,sem nenhuma explicação plausível) Em seguida houve um breve diálogo no qual Lúcia perguntou se ela e seus pequenos priminhos iriam ao céu, ao que a senhora respondeu afirmativamente, e também perguntou se a guerra continuaria por muito tempo mais (recordemos que a Primeira Guerra Mundial estava em curso), ao que a aparição contestou que “não poderia dizê-­lo agora, assim como tampouco posso dizer  o que quero“.(nota pessoal;o “divino” mais uma vez não tem como fazer previsões de nada,pois não seria da alçada deste “divino” e também faz mistério em dizer a que veio).

Então, a entidade perguntou aos pastorzinhos se estavam dispostos a oferecer-­se a Deus e a aceitar os sofrimentos que Ele lhes enviaria para ajudar a ressarcir os pecados do mundo, ao que Lúcia respondeu afirmativamente, por ela e por seus companheiros.(nota pessoal;o “divino” que usa crenças limitantes baseadas no medo do sofrimento e levando em conta a religião fortemente enraizada nestas crianças,juntando com a culpa pelos tais “pecados do mundo”, jogados nas costas destas mesmas crianças analfabetas e inocentes-) Finalmente, a Senhora lhes pediu que rezassem o rosário todos os dias “para a guerra terminar e trazer a paz ao mundo“. Então começou a elevar-­se lentamente e se dirigiu para leste, depois  desapareceu quando estava muito distante. “Quando a visão começou a desaparecer, (as crianças) escutaram uma detonação surda, ‘como um foguete explodindo à distância’ ou como uma espécie de trovão subterrâneo que vinha do arbusto de encina… Ficaram petrificados, olhando para o lugar até onde havia ido a Senhora.(nota pessoal;fica claro que esse “divino” tenha vindo em algum transporte com alguma espécie de propulsão)

“Levou algum tempo para eles voltarem a tomar consciência do mundo real“, escreve Hesemann . Lúcia foi a única dos três que conversou com a senhora. Jacinta havia escutado o diálogo, mas seu irmão Francisco só havia visto os lábios da senhora movendo-­se, sem escutar nada do que ela ou Lúcia diziam.(nota pessoal;o “divino” provávelmente se comunica utilizando-se da capacidade parapsicológica de cada um, ou seja, Lúcia seria a mais desenvolvida, pois conversava-entendia, comunicava-se e ouvia-, Já Francisco não conseguiu ouvir,pois só teve a visão dos lábios movendo-se e Jacinta só escutava-) Todo o episódio durou ao redor de dez minutos.

SEGUNDA E TERCEIRA VISITAS

Jacinta, a mais nova dos videntes, não pode manter silêncio e relatou o sucedido á sua mãe. Ela duvidou da história da filha, apesar desta ser corroborada por Francisco. Em pouco tempo o rumor começou a espalhar-se pelo povoado e em 13 de junho cerca de 50 vizinhos acompanharam as crianças até a Cova da Íria em seu segundo encontro com a senhora. Ela apareceu igual à ocasião anterior, flutuando sobre a mesma encina depois  que um relâmpago assinalou sua chegada. Naquela oportunidade, a entidade voltou a pedir às crianças que rezassem o rosário diáriamente e lhes pediu também que aprendessem a ler e a escrever. Também profetizou a prematura morte de Francisco e Jacinta. Testemunhas deste encontro disseram haver escutado a voz de Lúcia e um “murmúrio misterioso” como resposta. Maria dos Santos Carreira, uma moradora local, descreveu este barulho “como se escutasse uma voz à distância, algo como o zumbido de uma abelha“(nota pessoal;o “divino” só era compreendido pelas crianças em português, mas , neste caso do testemunho da moradora, ela só podia entender uma espécie de zumbido de abelha, o que poderia ser a linguagem da entidade;quanto ás previsões da morte das crianças-Jacinta e Francisco- ficam as especulações….eles foram acometidos pela gripe espanhola, que dizimou a Europa naquela época…. seria  uma visão do futuro, baseada no espaço-tempo linear, já que essas criaturas poderiam viajar no tempo, vindo de outra dimensão?Pensemos) , mas não pôde distinguir palavras .

Assim passou outro mês, durante o qual, a história das aparições se propagou ainda mais e os pequenos videntes tiveram que enfrentar tanto o interesse de curiosos como os ataques de céticos. Em 13 de julho de 1917, as três crianças foram acompanhados por uma platéia de cerca de quatro mil e quinhentas pessoas . Alguém havia colocado um arco de madeira com uma cruz para marcar o local das aparições.Os pastorzinhos chegaram ao lugar e começaram a rezar o rosário. Pouco tempo depois, Lúcia anunciou a chegada da senhora. Manuel Pedro Marto, o padre de Francisco e Jacinta, recordou haver visto só uma pequena nuvenzinha cinza sobre a azinheira, mas ao mesmo tempo notou que “o calor havia diminuído e soprava uma suave brisa, algo incomum em pleno verão” e posteriormente escutou “um zumbido, mas não pode distinguir palavras” . Lúcia ficou olhando em êxtase para a senhora, em silêncio, a tal ponto que Jacinta se impacientou e lhe disse “Lúcia, diz algo! Não vês que a senhora está aqui e quer te falar?“. Então Lúcia se dirigiu à aparição com a mesma frase com que começava suas peculiares entrevistas com a entidade: “O que vossa graça deseja de mim?“A senhora voltou a solicitar-lhes que voltasse no dia 13 de cada mês e que continuassem rezando o rosário para trazer paz ao mundo e o fim da guerra. Lúcia recordou que alguns peregrinos lhe haviam pedido que rogasse à mãe de Deus por ajuda e cura. “Gostaria de lhe pedir que nos diga quem és e que realize um milagre para que todos acreditem que aparece a nós“, lhe disse a menina. “Sigam vindo todos os meses. Em outubro lhes direi quem sou e o que quero e também realizarei um milagre, de modo que todos que o vejam, acreditem“, respondeu a senhora. Depois de prometer o milagre para outubro, foram revelados às crianças (ao que parece, só a Lúcia e Jacinta) os que chegaram a ser conhecidos como os Os Tres segredos de Fátima.

Este é um tema que por si só daria para escrever um extenso texto/post.Resumindo, o primeiro segredo foi uma visão do inferno e o segundo, a revelação de que a guerra terminaria, mas que “se as pessoas não deixassem de ofender a Deus, outra guerra mais terrível ainda começará “durante o reinado de Pio XI  e que para impedir que isso acontecesse, ela vinha solicitar a consagração da Rússia á seu imaculado coração, porque, de outro modo, “a Rússia propagará seus erros pelo mundo, começando guerras e perseguindo a Igreja” (nota pessoal;o “divino” ameaça todos com a visão do inferno já que todos eram católicos fervorosos,afim de causar o medo e o pânico , caso houvesse alguma dúvida ou desobediência;depois, mais uma vez outra crença, desta vez citando o Papado(outra crença limitante ligada á religião, já que o Papa era o sumo pontífice e chefe da Igreja);e por fim, o avanço do comunismo na Rússia com a Revolução Bolchevique, que eliminou a religião do regime e ameaçou a soberania da Igreja no mundo.Podemos perguntar se o “divino” estava aqui para alguma mensagem de fé e esperança ou para mais doutrinação, medo e manipulação de interesses?).

O TERCEIRO SEGREDO DE FÁTIMA

Terceiro Segredo de Fátima esteve envolto em mistério durante décadas porque foi uma das informações mais zelosamente guardadas pelo Vaticano. Muitas lendas alarmistas circularam em torno dele, mas finalmente a Santa Sé entregou uma versão em 2000, que falava do assassinato de um “bispo vestido de branco” e de outros dignatários da Igreja. Lúcia e os membros do clero com os que compartilhou o segredo acreditavam que o “bispo vestido de branco” era o Papa João Paulo II, que ficou  “convencido” de que a virgem de Fátima lhe salvou a vida durante o atentado que sofreu numa quarta-feira 13 de maio de 1981 (quando se completavam exatamente 64 anos desde a primeira aparição da senhora) na praça de São Pedro, em Roma, e que desse modo mudou seu destino(??) Mas voltando aos eventos de 13 de julho, depois de confiar as três profecias, a senhora se retirou. Nesse momento “escutamos um forte trovão e o pequeno arco de madeira, do qual pendiam duas lanternas, tremeu como se houvesse se produzido um terremoto. Lúcia, que ainda estava de joelhos, apontou até o céu e gritou ‘Lá vai! Lá vai!’“, relatou posteriormente Manuel Marto .

O SEQUESTRO DOS VIDENTES

Os incidentes em Cova da Íria começaram a ser publicados nos jornais de Portugal, chamando a atenção de mais fiéis e curiosos, mas também de céticos. Um dos principais inimigos das aparições foi Arturo d’Oliveira Santos, maçom, editor de um jornal republicano local e alcaide (cargo semelhante à prefeito) de Vila Nova da Ourém, a cujo distrito pertence Fátima. Três dias antes da quarta aparição, Santos se reuniu com os pais dos videntes e com Lúcia, sem conseguir que a menina lhe revelasse o terceiro segredo. Na manhã de 13 de agosto, compareceu ao lugar das aparições – onde haviam se congregado umas 18 mil pessoas e, depois enganar as crianças, os levou a Ourém. Foi por isso que as crianças faltaram a seu encontro de agosto. Enquanto os pastorzinhos estavam em Ourém, um trovão, seguido por um relâmpago, marcou a chegada da senhora na Cova da Íria. Os que estavam mais perto da azinheira(arbusto típico do lugar) das aparições se afastaram um pouco, assustados, e algumas testemunhas disseram haver visto uma pequena nuvem, muito branca e delicada, que posou sobre o arbusto por um momento, para depois elevar-­se e desaparecer. “Quando miramos ao redor, todos vimos o mesmo, que voltou a suceder durante os meses vindouros. Nossos rostos refletiam as cores do arco-­íris: rosa, vermelho e azul. Os arbustos pareciam ter brotos em vez de folhas, como se cada folha se houvesse transformado em uma flor. A terra brilhou com todos as cores, à semelhança das nuvens…“, escreveu posteriormente María Carreira(testemunha).

Segundo Jacques Vallée, astrônomo, doutor em ciências de computação e um dos ufólogos mais influentes e respeitados, durante uma investigação canônica sobre a aparição, Manuel Pedro Marto declarou sob juramento haver visto um “globo luminoso girando nas nuvens“. “As testemunhas também presenciaram a ‘queda de flores’, o famoso fenômeno dos ‘cabelos de anjo’ tantas vezes reportado depois da passagem de um OVNI e interpretado às vezes como um efeito de ionização“, agrega Vallée . Enquanto isso, os videntes ainda se encontravam sequestrados em Ourém. Quando se deu conta de que eles não lhe confiariam seu segredo, Santos os levou de volta a Fátima em 15 de agosto. Quatro dias depois, enquanto pastoriavam suas ovelhas em um campo conhecido como “Valinhos”, perto de Aljustrel, ali pelas quatro horas da tarde, a entidade se apresentou a eles de novo, reiterando que não deixassem de rezar o rosário e confirmando que um “grande milagre” teria lugar durante sua última aparição. Segundo se supôs depois, ao mesmo tempo que as crianças tinham seu quarto encontro com a senhora em Valinhos, em Aljustrel, se registrou um fenômeno atmosférico peculiar, muito parecido com o visto em Cova da Íria em 13 de agosto. Algumas testemunhas – entre as quais se encontravam Theresa dos Santos, irmã de Lúcia, e seu marido – asseguraram que a temperatura diminuiu notavelmente e que o Sol se tornou de várias cores, refletindo-­as em objetos próximos e nas roupas dos que presenciaram o fenômeno.

O ENCONTRO DE SETEMBRO

A aparição de 13 de setembro foi uma das mais memoráveis. Cerca de 30 mil pessoas  lotaram os caminhos rurais que levavam a Fátima para comparecer na Cova da Íria nesse dia Entre eles ,se encontravam dois sacerdotes que haviam vindo, com uma grande quota de ceticismo, para comprovar em primeira mão o que estava acontecendo no lugar. Hesemann identifica  um deles como “um alto dignatário de a Igreja, monsenhor João Quaresma”. Até o meio-dia reinava um silêncio que só era interrompido pelos murmúrios das orações. Mas repentinamente, se levantaram vozes de alegria e elegias à virgem, enquanto muitos apontavam até certo ponto do céu claro, sem nenhuma nuvem. “De súbito, para minha grande surpresa, vi claramente uma esfera brilhante se movendo majestosamente nos céus, movendo-­se de leste para oeste. Meu amigo (o sacerdote que o acompanhava) também teve a boa sorte de ver esta maravilhosa e inesperada aparição”Repentinamente, a esfera desapareceu e só restou uma luz muito incomum“, disse monsenhor Quaresma, segundo Hesemann(nota pessoal;pelo modo de deslocamento e o tipo de luz, podemos afirmar que poderia sim, se tratar de um OVNI).

Posteriormente, a testemunha notou que uma menina que estava perto dele ainda via a esfera e disse que ela estava descendo. Durante o encontro, os pastorzinhos voltaram a ver  a senhora no centro do globo de luz, que lhes reiterou que continuassem rezando o rosário, disse que Deus estava compadecido com seus sacrifícios e, ante uma nova petição de Lúcia para que curasse aos enfermos, assegurou que sanaria só a alguns.(nota pessoal; o “divino” reitera suas instruções/ordens,por meio do mesmo medo, e demonstrando bondade em nome de “deus”,resolve curar só alguns, como demonstração de piedade ;convenhamos, típico comportamento altamente arbitrário, que não condiz com a divindade).

Antes de retirar-­se, voltou a anunciar um milagre para outubro e depois, de acordo com o relato de monsenhor Quaresma citado por Hesemann, outro menor apontou o céu, gritando que a esfera estava se retirando. “As crianças haviam visto a mesma mãe de Deus, enquanto que a nós só nos foi permitido ver o veículo que a trouxe do céu“, agrega o prelado . Tanto Vallée como Hesemann assinalam que muitos dos presentes foram testemunhas da queda de “pétalas de rosa”,que desapareciam quando apenas chegavam ao solo.

A DANÇA DO SOL

A manhã de 13 de outubro de 1917 não parecia muito promissora. Mas apesar do chuvisqueiro e das nuvens negras que cobriam o firmamento, entre 50 mil a 70 mil peregrinos chegaram a Fátima para presenciar o milagre prometido. À duras penas, um grupo de crentes locais abriu passagem para que as crianças chegassem até a azinheira das aparições. Em muitos havia aumentado a incredulidade porque já tinha passado do meio­ dia e ainda não acontecera nada, quando Lúcia assegurou que havia visto o relâmpago e que a senhora viria.Ante a maravilhosa visão, as três crianças se ajoelharam e Lúcia perguntou pela por última vez: “O que vossa graça deseja de mim?“. A entidade disse que queria que se construísse uma capela naquele lugar em sua honra, depois do qual se identificou como “a Senhora do Rosário“. A seguir voltou a pedir aos pastorzinhos que seguissem rezando o rosário todos os dias e adicionou que a guerra terminaria e que os soldados voltariam logo á suas casas. Pouco depois, a aparição se elevou lentamente e se perdeu na direção do Sol. E foi então quando ocorreu o fenômeno mais recordado dos eventos de Fátima: a “dança do Sol”, termo cunhado pelo sacerdote Joseph Pelletier, autor, precisamente, do livro “O Sol Dançou em Fátima” – um dos os textos mais completos sobre os fatos acontecidos na Cova da Íria – no qual se basearam Vallée e Hesemann

Sacerdotes, laicos, analfabetos, homens de ciência, crentes e céticos viram e descreveram o Sol abrindo passagem entre as nuvens, realizando fantásticas evoluções, mudando de cor e assustando aos peregrinos. A maioria dos textos sobre o milagre de Fátima incluem o testemunho “autorizado” de um cientista, o professor Almeida Garrett, catedrático da Universidade de Coimbra,que declarou que pouco depois das 13:30 horas escutou “gritos provenientes de milhares de pessoas” e viu que “os olhos da multidão se haviam retirado do local da azinheira e agora todos olhavam na direção oposto, até o céu“.

“O Sol, que havia estado escondido detrás das nuvens escuras, saiu e brilhou. Olhei na mesma direção e vi o Sol, claramente definido e radiante, mas não me ofuscou os olhos. Não estou de acordo com a descrição, que escutei bastante em Fátima, de que o Sol parecia um disco de cor prateado escuro. Sua cor era mais intensa, mais clara e mais brilhante. Não se parecia em nada à Lua em uma noite clara. Não era esférico como a Lua e não tinha a mesma cor. Parecia uma roda resplandecente feita de madrepérola. Tive a impressão de que se tratava de um ser vivo“, relata. “Descrições de ‘opaco’, ‘difuso’ ou ‘velado’ não se aplicam a este disco.O fenômeno irradiava luz e calor e tinha contornos claramente definidos…

O Sol não ficou em seu lugar, mas começou a dar voltas a grande velocidade. Logo, gritos de terror se elevaram da multidão. Parecia como se o Sol, girando de forma selvagem, se houvesse desprendido do céu e se dirigisse para a terra, como se fosse nos abrasar com seu fogo. Estes foram momentos terrificantes. Durante este fenômeno solar, as cores da atmosfera foram mudando“, agrega o doutor Almeida Garrett, depois do qual descreve como os objetos e pessoas ao seu redor adquiram tonalidades vermelhas, púrpuras, azuis e amarelas, antes das coisas voltarem à normalidade .Milhares de pessoas gritaram e choraram. Outros se ajoelhavam, confessando seus pecados em voz alta. Muitos não crentes se converteram. Ao cabo de cerca de dez minutos tudo havia terminado. Ainda incrédulos ante o que haviam visto, centenas de pessoas notaram que o solo e suas roupas, até só um momento atrás empapados pela chuva, agora estavam secos. Dessa forma, a senhora cumpriu com o milagre que havia prometido.

AS PROFECIAS SE CUMPREM

Também se cumpriram suas outras profecias. A Primeira Guerra Mundial terminou no ano seguinte, mas outra pior começou em 1939, no mesmo ano em que morreu o Papa Pio XI. Mas as profecias também se cumpriram para os pequenos videntes. Entre outubro e dezembro de 1918, Francisco e Jacinta contraíram a influenza (gripe espanhola). Em 4 de abril de 1919, Francisco faleceu com a idade de dez anos, como consequência de uma pneumonia severa. Jacinta morreu em 20 de fevereiro de 1920, sem haver conseguido completar dez anos. Em 12 de setembro de 1934 os restos de Francisco e Jacinta foram enterrados juntos. Se disse que quando exumaram o corpo de Jacinta para realizar esta operação, se comprovou que este se encontrava incorrupto. Ambas as crianças foram beatificados pelo Papa João Paulo II em 2000.

Lúcia elegeu a vida contemplativa. Em 17 de junho de 1921 entrou para o colégio da Ordem de Santa Dorotea, congregação em que foi aceita em 24 de outubro de 1925. Em 13 de maio de 1948 se uniu à ordem das monjas Carmelitas e viveu enclausurada em um convento de Coimbra, ao norte de Portugal, toda sua vida, até sua morte. Em raras ocasiões recebeu os altos dignatários da Igreja e em duas ou três oportunidades saiu do claustro para reunir­-se com o Papa durante visitas que distintos pontífices realizaram ao santuário de Fátima. A irmã Maria Lúcia do Imaculado Coração, que foi o nome que adotou ao entrar na ordem das monjas Carmelitas , morreu em 13 de fevereiro de 2005 no convento carmelita em Coimbra, aos 97 anos. O Papa João Paulo II, nesta ocasião, rezou por Irmã Lúcia e enviou o Cardeal Tarcisio Bertone para o representar no funeral. Em 19 de Fevereiro de 2006 o seu corpo foi trasladado de Coimbra para o Santuário de Fátima onde foi sepultada junto dos seus primos.

FÁTIMA SOB A LUPA UFOLÓGICA

Para os primeiros ufólogos, os anos 50 e 60 foram décadas movimentadas, pois durante aqueles anos estiveram muito atarefados reunindo antecedentes sobre avistamentos de objetos voadores de origem desconhecida – e os esporádicos informes sobre aterrissagem dos mesmos – que estavam fazendo das suas, principalmente na Europa e Américas do Norte e do Sul. Mas as aparições de Fátima os inquietaram. Havia algo suspeitosamente familiar nos testemunhos mais detalhados das testemunhas de 1917. Desse modo, ao final dos 60, o escritor Paul Misraki anunciou a possibilidade de que a “dança do Sol” de Fátima tivesse sido obra de um “disco voador”. A idéia não parece tão absurda se levar em conta a seguinte declaração emitida pela Igreja em outubro de 1930, depois de 13 anos de laboriosa investigação sobre o acontecido em Fátima: “O fenômeno solar de 13 de outubro de 1917, descrito na imprensa da época, foi maravilhoso e causou uma grande impressão naqueles que tiveram a felicidade de presenciá-­lo… Este fenômeno, que não foi registrado por nenhum observatório astronômico e que portanto não foi natural, foi visto por pessoas de todas as categorias e classes sociais, crentes e não crentes, jornalistas dos principais periódicos portugueses e inclusive por pessoas a algumas milhas de distância. Fatos que descartam qualquer explicação baseada em uma ilusão coletiva” . Ou seja, a “dança do Sol” foi um fenômeno local, observado só desde Cova da Íria e locais vizinhos. Aquele dia o astro rei não se moveu de seu lugar no espaço. Ao final dos anos 70, a doutora Fina d’Armada e o historiador Joaquim Fernandes, investigadores portugueses, começaram a indagar sobre o assunto e incluíram suas conclusões em um livro que intitularam “Intervenção Extraterrestre em Fátima”, se definindo por uma interpretação “extraterrestre” para explicar os eventos de Cova da Íria. O desaparecido escritor catalão Antonio Ribera comenta em seu livro “Encontros com Humanóides” que o principal aporte de Fina d’Armada ao estudo das aparições de Fátima, é que ela investigou “de primeira mão” e teve acesso aos “Arquivos Formigão”, deixados pelo canônico doutor Manuel Formigão, um dos poucos que conseguiu ganhar a confiança dos videntes e que em 27 de setembro de 1917 os interrogou detalhadamente sobre suas visões.

A partir dessa fonte, Fina D’Armada construiu um “retrato-­falado” da entidade, que não se parece muito a a imagem “oficial” da Senhora de Fátima, a qual, segundo Ribera, “é obra do imaginário de J. Thedim, que se inspirou em uma imagem de Nossa Senhora da Lapa e não nas descrições de Lúcia” (“Entre os acontecimentos de Fátima se contam esferas luminosas, luzes de cores estranhas, uma sensação de ‘ondas de calor’, todas elas características físicas que comumente se associam com os OVNIS. Entre elas se inclui até o típico movimento de ‘queda de folha’” do disco que zigzagueia no ar. Além disso, também abarcam curas e profecias e a perda da consciência normal por parte das testemunhas… que é o que temos chamado de componente psíquico dos avistamentos de OVNIS”, afirma Vallée em sua análise de caso ). O doutor Vallée também nos recorda que, ainda que o encontro de 13 de maio de 1917 tenha sido o primeiro entre os videntes e a senhora, suas visões sobrenaturais começaram vários meses antes, especialmente no caso de Lúcia. “Em abril de 1915, quando Lúcia tinha oito anos, se encontrava recitando o rosário perto de Fátima quando viu uma nuvem branca transparente e uma forma humana. Esse episódio teve lugar mais uma vez durante esse ano e se repetiu uma terceira vez em outubro. Porém no ano seguinte, em 1916, Lúcia foi visitada três vezes pelo anjo“, escreve Vallée, que por segunda vez aborda as aparições de Fátima em seu livro “Dimensões” , o primeiro de uma trilogia excepcional na qual o cientista resume suas investigações e conclusões obtidas depois de décadas de estudo do fenômeno OVNI.

A primeira visão de 1916 teve lugar durante o primeiro trimestre. Lúcia se abrigava da chuva junto a dois de seus primos  em una gruta do monte Loca do Cabeso. Depois de comer seu almoço, a chuva havia cessado e as crianças brincavam na entrada da gruta, quando escutaram o rumor de um vento poderoso ­ outra constante no comportamento dos OVNIS, adverte Vallée,­ e viram uma luz branca que se deslocava pelo vale, sobre a copa das árvores. Dentro da luz havia um jovem que aparentava uns 14 ou 15 anos, de admirável beleza, que se aproximou deles e lhes disse: “No temam. Sou o anjo da paz. Orem comigo“. Depois, ele lhes ensinou uma oração que as crianças repetiram uma vez após outra, como em transe, até ficarem exaustos. O segundo encontro com o anjo ocorreu ao meio ­dia de um quente dia de verão, em 1916. A entidade apareceu a eles de súbito, chamando-­lhes a atenção e exortando-­os a rezar muito e a fazer sacrifícios em suas vidas diárias. “As crianças ficaram paralisadas. Só perto do crepúsculo recuperaram seus sentidos e começaram a brincar de novo. Como no caso anterior, as testemunhas não quiseram discutir o sucedido, nem sequer entre elas“, revela Vallée . Este efeito de paralisia é um dos elementos mais característicos – ainda que não necessáriamente imprescindível – dos encontros imediatos com OVNIS. O anjo apareceu às crianças uma vez mais durante o terceiro trimestre de 1916. Nessa ocasião lhes deu a comunhão. Bem… Temos evoluções de um globo de luz, fortes estrondos, zumbidos misteriosos, entidades luminosas, encontros prévios com um “anjo” e a queda dos “fios da virgem” ou “pétalas de rosa” vistos em Fátima, todas características associadas com os avistamentos modernos de OVNIS, como já foi dito. Porém para traçar um paralelo, revisaremos dois casos em que choveram filamentos brancos… porém não durante uma aparição da Virgem Maria, mas depois da passagem de formações de OVNIS.

PARADAS AÉREAS

Em seu livro “The truth about flying saucers”, o já falecido engenheiro acústico, matemático e escritor científico francês Aimé Michel, um verdadeiro pioneiro no estudo de informes sobre avistamentos de OVNIS, relata duas aparições de objetos desconhecidos no sudoeste da França, que deixaram à sua passagem “fios da virgem” ou “teias de aranha”, como ele as chama. O primeiro destes avistamentos teve lugar em 17 de outubro de 1952 na cidade de Oloron, às 12:50 horas. Michel cita o testemunho de senhor Yves Prigent, inspetor geral do colégio de Oloron, que junto à sua família pode observar o fenômeno da janela de seu apartamento quando se preparavam para almoçar. Os Prigent disseram haver observado um cilindro estreito, aparentemente inclinado em 45 graus, movendo-­se lentamente até o sudoeste, a uma altura estimada de dois a três quilômetros. “O objeto era branco, opaco e muito definido. Uma espécie de nuvem de fumaça branca escapava de sua extremidade superior.À frente do cilindro, a certa distancia, cerca de outros 30 objetos seguiam a mesma trajetória. A olho nu, pareciam bolas de fumaça, porém ao observar com pequenos binóculos pode distinguir uma esfera vermelha central, rodeada de uma espécie de anel amarelo inclinado em cada um deles… Estes ‘discos se moviam aos pares, seguindo uma trajetória quebrada, que se caracterizava no geral por rápidos e curtos zigzagues. Quando dois disvos se afastavam um do outro, se produzia um raio branco entre eles, como um arco elétrico“, relata Prigent, citado por Michel . “Todos estes estranhas objetos deixaram uma abundante esteira, que começou a cair no solo em a medida em que se ia dispersando. Durante várias horas, montes desse material estiveram pendurados nas árvores, fios elétricos e sobre os tetos das casas“, agrega a testemunha. Diferente de Fátima, em que as “pétalas de rosa” desapareciam ao chegar no solo, neste caso as testemunhas puderam examinar punhados de material. Segundo Michel, as fibras se assemelhavam à lã e ao nylon. Quando se convertia as fibras em uma bola, se tornavam gelatinosas rapidamente, depois do qual se evaporavam no ar e desapareciam. Outras testemunhas citadas por Michel disseram que colocar no fogo, as fibras se queimavam como o papel celofane.

Perto das 17:00 horas de 27 de outubro de 1952, o fenômeno tornou a repetir-­se sobre os céus de Gaillac. A essa hora, a senhora Daures foi até o seu galinheiro, alertada pelo ruidoso alvoroço que estavam fazendo suas galinhas. Ao levantar a vista para o céu viu o mesmo que haviam observado os habitantes de Oloron dez dias antes. Imediatamente, a senhora Daures chamou a seu filho e a três vizinhos. Segundo Michel, outros habitantes de Gaillac também haviam se apercebido do fenômeno, que foi observado por “cerca de 100 testemunhas conhecidas” . As descrições eram quase idênticas ao visto em Oloron: um cilindro do qual escapava uma nuvem de fumaça, inclinado em 45 graus, viajando lentamente até o sudeste em meio de uma vintena de “discos” que reluziam ao sol e voavam de dois em dois em rápidos movimentos em zigzag. “A única diferença (com o visto em Oloron) é que neste caso alguns pares de pratos ocasionalmente desciam bastante baixo, a uma altura estimada pelas testemunhas em uns 300 ou 400 metros. O espetáculo durou cerca de 20 minutos, até que o cilindro e seus discos desapareceram no horizonte“, precisa Michel. Depois da passagem dos objetos, montes de fios brancos caíram sobre Gaillac, e esse material exibiu as mesmas propriedades que o recolhido dias antes em Oloron. Finalmente, Michel dá conta de outros dois casos muito similares, porém nos Estados Unidos. O primeiro ocorreu em 22 de outubro de 1954 em Jerome, Ohio, onde um objeto com forma de cigarro emitiu um jato de “cabelos de anjo” enquanto sobrevoava a zona, eo segundo teve lugar em 27 de outubro de 1955 em Whitsett, Carolina de Norte, onde várias testemunhas observaram grandes quantidades de “cabelos de anjo” caindo ao mesmo tempo que uns dez objetos, que pareciam “resplandecentes bolas de aço“, sobrevoavam a área.

Existe um caso chileno que, por suas circunstâncias e características, tem uma certa semelhança com as manifestações de Fátima. Ocorreu no domingo, 9 de novembro de 1968, no bairro de El Salto (Santiago do Chile) e seus protagonistas foram as irmãs Afrodit y Eugenia Lovazzano ElFar, de 12 e 9 anos, respectivamente. Segundo o publicado pelo jornal “El Mercúrio” , dois dias depois do acontecido, às 23:30 horas do domingo em questão, quando se encontravam brincando na porta de sua casa, as meninas viram subitamente “uma grande bola de fogo que vinha dos morros e que chegava até a frente da porta de sua casa“. A primeira a notar o fenômeno foi Afrodit, que avisou a sua irmã. “Estava na porta de casa, com a bicicleta, quando uma luz vermelha despontou no morro. Era como uma estrela incandescente que brilhava com grande intensidade. Era uma luz gelatinosa que de vermelho  mudou para verde claro. Dentro da bola havia uma mulherzinha que tinha uma grande boca, que se movia muito… Não tinha senão essa boca que nos chamava e umas orelhas pontiagudas, como as dos duendes“, relatou Afrodit a “El Mercúrio”Recordemos que durante a aparição de 13 de setembro de 1917, a Senhora da Cova da Íria também se apresentou em um “globo” ou “esfera de luz”, que foi vista por várias testemunhas, e notem que, ao menos durante os primeiros encontros, Francisco só via mover-­se os lábios da entidade, sem escutar suas palavras, como parece haver ocorrido também no caso de El Salto.Posteriormente, Afrodit e Eugenia afirmaram que “a mulherzinha” se aproximou de Afrodit e que, quando a menina quis fugir, foi sujeitada “por uma espécie de força ou ventania” que lhe levantou a blusa e a sustentou no ar. As meninas adicionaram que “a força” as soltou quando chegaram na porta da cozinha, porém Afrodit ficou com dor de ouvidos e na cintura, onde sofreu arranhões, além de perda de voz que ainda a acometia quando conversou com “El Mercúrio”. O jornal logrou determinar que outra menina de 12 anos, Mônica Patricia Lagos, também viu a aparição, que descreveu como “uma bola de fogo, como ‘uma bolha iluminada’, que se movia para todos lados e que depois, desapareceu como se houvesse explodido“.

OUTRAS APARIÇÕES ANTERIORES ÁS DE FÁTIMA;SERIAM TAMBÉM OVNIS?

A primeira vez, foi em 19 de Setembro de 1846, em La Salette (nos Alpes franceses) perto de Grenoble, quando a Entidade surgiu a duas crianças de 12 anos de idade (Melanie Calvat e Maximin Giraud) que também viram surgir sobre um rochedo uma bela senhora que brilhava como uma luz e lhes sorria amávelmente, tendo em seus braços um ramo de rosas e uma grinalda na cabeça, tendo falado com as crianças para transmitir a seguinte Mensagem:(PROFECIA?)

“O TEMPO CADA VEZ MAIS SE APROXIMA, O ABISMO ABRE-SE. DESGRAÇADOS SERÃO OS HABITANTES DA TERRA QUANDO A ÉPOCA DO CASTIGO CHEGAR. SATANÁS OBSCURECEU A INTUIÇÃO DOS HOMENS E EM ESPECIAL DOS SUPERIORES DA IGREJA, E, COMO SENHOR DAS TREVAS, FICOU DOMINANDO ENTRE ELES. ASSIM QUE CHEGAR A HORA DA PUNIÇÃO, A PAZ FICTÍCIA SERÁ DESTRUÍDA, O CULTO FALSO EXTERMINADO, E OS POUCOS QUE SE LIBERTAREM SERVIRÃO UNICAMENTE A DEUS TODO PODEROSO. GUERRAS SANGRENTAS, FOME E GRANDES TRAGÉDIAS VIRÃO, CIDADES INTEIRAS DESAPARECERÃO, MONTANHAS RUIRÃO E O FOGO E A ÁGUA SERÃO OS ELEMENTOS PURIFICADORES DA TERRA… TODOS SOFRERÃO SE NÃO SE MODIFICAREM… “

A Igreja, porém, modificou as coisas e tomou conta da situação, dizendo apenas que a “Virgem Maria foi vista em La Salette e chorou lágrimas amargas pelos pecados da Humanidade”… pouco mais restando da mensagem original que a maioria das pessoas desconhece. Seis anos depois foi erigido no local um Santuário ou Basílica que levou 13(?) anos para  ser construído.

A segunda vez, foi em 11 de Fevereiro de 1858, quando a Entidade Luminosa apareceu em Lourdes, velha cidade dos Pirinêus na ­ França, e falou com uma criança de 14 anos de idade, Maria Bernarda Soubirous (mais conhecida por Bernardette), dizendo algo semelhante à primeira mensagem. Durante 15 dias a jovem deslocava­-se à gruta de Massabielle, onde surgiu a luminosa aparição que a fazia sentir­se muito feliz. Porém, a jovem sofreu imensamente quando transmitiu a mensagem que lhe fora revelada, dizendo que o próprio Clero não estava servindo o céu e sim o inferno. Por causa disso, Bernardette foi acusada de ser uma farsante e “amotinadora”. Foi preciso um milagre para que o povo acreditasse nela e isso aconteceu com uma nascente de água cristalina que brotou da rocha, com propriedades curativas no local onde se deu a Aparição. Lourdes tornou-­se assim um lugar visitado hoje por muita gente (crente e não crente) que vai ali na esperança de encontrar a cura de seus males…

Visão pessoal…

Faz quase 100 anos que ocorreu algo extraordinário em Fátima,considerado sobrenatural(??), interpretado em termos religiosos. Os casos OVNIS que cito neste post são só uma amostra de dezenas de eventos similares que tem ocorrido em todos as partes do mundo e em todas as épocas, que compartilham muitas das características do fato sucedido na Cova da Íria, porém que não necessariamente tem sido interpretados através de um prisma religioso. Ao mesmo tempo, este post é um chamado para investigarmos este tipo de fenômenos com uma mentalidade aberta, sem juízos preconcebidos, para tentar chegar a compreender a escorregadia inteligência que parece estar por detrás de muitas destas manifestações.A expressão “disco solar como uma lua de prata” dispensa interpretação. Localizou-se testemunhas em cidades vizinhas que viram um estranho objeto fazendo movimentos oscilatórios irregulares, descendo e subindo. A súbita secagem das roupas demonstra uma forte irradiação térmica ou de micro-ondas, numa descarga controlada em todo o ambiente circundante. E assim se explica o chamado Milagre de Fátima: nada mais, nada menos do que uma manifestação ufológica.Decidi disponibilizar este material , afim de trazer mais esclarecimentos e dados para uma questão de crença limitante a ser analisada á luz da Ciência e Ufologia sérias, já que estamos na Transição Planetária e todas essas conclusões do passado devem ser questionadas por todos.Portanto, julgamos que o “milagre”foi na verdade, um fenômeno local restrito à pequena Fátima. Mas, é um chamado à verdade, aos ensinamentos puros que desde sempre têm sido oferecidos por seres superiores que já passaram por este planeta, sem dogmas, mistificações, medo e coação.  Isso nos impele a repensar nos excessos cometidos pelas religiões.

************************************************************************************************

Um homem que está livre da religião tem uma oportunidade melhor de viver uma vida mais normal e completa.

Sigmund Freud

Quando pratico o bem, sinto-me bem; quando pratico o mal, sinto-me mal. Eis a minha religião.

Abraham Lincoln

 

Inspiração…

“The Fátima Secret”
Michael Hesemann
“El Colegio Invisible”
Jacques Vallée
“Encuentros con Humanoides”
Antonio Ribera
“The Truth about Flying Saucers”
Aimé Michel
“Dimensions”
Jacques Vallée
“Fátima-nos bastidores do segredo”
Joaquim Fernandes-Fina d’Armada
Intervenção Extraterrestre em Fátima
Joaquim Fernandes-Fina d’Armada
Heavenly Lights-UFO in Fátima
Joaquim Fernandes-Fina d’Armada
 
Through Alien Eyes
Wesley Bateman
Os tres segredos de Fátima
Ian Higgins
O segredo de Fátima
Irmã Lúcia
Monicavox
Recomendo….

A CRENÇA CEGA NAS ALEGORIAS BÍBLICAS E A PROVA DE CONTATOS EXTRATERRESTRES

Aert de Gelder, Batismo de Jesus, 1971“Ele olhou e viu , e eis que a sarça ardia no fogo mas não era devorada.”  (Êxodo 3, 2)  Bíblia

Que fogo intenso era este, que Moisés viu sobre tal arbusto (sarça) mantendo-se sem arder? Que poderosas energias seriam essas, emanadas em tamanha luz e dimensão? Poder de Deus e luz de Deus ou, o que se reconhece hoje, de uma magnitude superior em tecnologia e propagação de evocação estelar?Textos antigos revelam que a Arca de Noé foi construída com ajuda de extraterrestres e que de fato era um submarino feito especialmente para ajudar as pessoas e animais a sobreviverem da grande inundação, dizem os peritos.O autor desta afirmação é o estudioso da antiguidade, dos textos sumérios e outras atribuições geniais,inclusive estudioso  bíblico Zecharia Sitchin ,que chegou a esta conclusão analisando a versão original em hebreu do velho testamento e outras escrituras antigas. De acordo com esses textos,Noé  foi aconselhado a construir um barco com a cobertura e a parte de baixo lacrados herméticamente, disse Sitchin. Não deveria haver nenhuma cobertura, nenhuma brecha, em que o sol pudesse entrar.

O barco deveria ser uma embarcação que poderia virar e submergir. O único tipo de barco que se ajusta a esta descrição, disse Sitchin, sem dúvida é um submarino.Ele ainda acrescenta que o termo bíblico para arca se origina da palavra “afundado” do antigo hebreu. Somente um submarino poderia ter resistido os 40 dias e noites de uma tão furiosa inundação.Nenhuma embarcação comum de superfície poderia ter sobrevivido às ondas tumultuosas sem ter afundado. Sitchin também estudou textos antigos dos sumerianos, que hoje é parte do Iraque. Em uma passagem de um desses textos, disse ele, Noé explica que sobreviveu à inundação graças a ajuda de seres superiores de outro planeta, que o teriam orientado e o ajudado a construir a arca. Como um submarino moderno, a arca teve tanques de lastro que permitiram a Noé submergir e emergir, disse Sitchin. Antes do dilúvio, Noé levou uma provisão de oxigênio e depois apareceu para conseguir mais ar.

Brad Steiger, renomado investigador do fenômeno OVNI, concorda que a Arca de Noé realmente era um submarino e que nenhum homem naquela época conhecia a tecnologia para construir tal barco e que certamente precisou da ajuda de extraterrestres. Alguém deve ter aconselhado e orientado Noé a construir uma embarcação que permitisse a sobrevivência dele, disse Steiger. Hayden Hewes, diretor da Internacional UFO Bureu,concorda e diz que não existe a menor dúvida que a Arca de Noé era um submarino,construído por Noé com orientação extraterrestre.

A Bíblia é rica em passagens que demonstram a presença diária de extraterrenos, que desde aquela época tentavam transmitir ao homem da Terra ensinamentos preciosos. Os profetas que escreveram os textos da Bíblia tiveram contato com ETs. Estes profetas os descreviam como carruagens de fogo, nuvens ardentes e a voz de Deus. Alguns profetas,como Enoque, viajaram em discos voadores e descreveram suas viagens da maneira como sabiam, pois não entendiam o que era uma nave espacial. A relação da Bíblia como Fenômeno UFO é tão evidente, que o livro de Enoque foi considerado apócrifo pela Igreja, por conter revelações que feriam os dogmas religiosos, existindo ainda a possibilidade desta obra ter sido escrita a partir de um contato do profeta com extraterrestres, e não com divindades.No capitulo 7, versículos 1 e 2, o profeta Enoque revela que “200 anjos desceram e tiveram relações amorosas com as filhas da Terra (as mulheres terrenas) que deram nascimento á gigantes”. Nos últimos anos, tivemos a confirmação desse fato quando várias ossadas fósseis de seres de altura gigantesca foram encontradas em Território Indiano . Já no oitavo capítulo, existem citações curiosas pertinentes aos ensinamentos transmitidos pelos anjos aos homens. No livro do profeta Enoque está escrito “O anjo Barayal ensina a arte de observar estrelas, Tamiel ensina a astronomia e Asaradel ensina os movimentos da Lua”. Esses fatos estão em um livro milenar que falava em movimentos da Lua e que por séculos integrou a Bíblia.

Devemos nos lembrar de que, em fevereiro de 1600,Giordano Bruno  morreu queimado na fogueira inquisitória por ter afirmado que existiam” …milhares de sóis e de terras girando em torno de seus sóis, como os sete planetas giram em torno do nosso Sol, com seres vivos habitando esses mundos”. Aqueles que mataram muita gente no passado julgavam, com tais atitudes, defender idéias, pensamentos e fundamentos religiosos legados pela Bíblia. Esse pensamento não poderia ser mais contraditório, pois o livro sagrado não só revela a existência de outros mundos habitados, como também a presença de extraterrestres em nosso planeta. No capítulo 13, Enoque descreve uma jornada em direção à morada dos anjos, empreendida no interior de uma nuvem. Essa mesma imagem apareceu no ano de 1974, ao norte de Sagunto, na Espanha, quando um UFO criou uma nuvem à sua volta e sobrevoou lentamente a cidade.

Toda a Bíblia, inclusive o Genesis , encontra-se repleta de narrações dos encontros entre os homens da Terra e as divindades. Essas criaturas que mistificaram nossos antepassados, estavam longe de ser divindades. Eram seres de avançada tecnologia e possuidores de dotes parapsíquicos, que tentavam passar aos seus irmãos terráqueos,conhecimento tecnológico e leis morais, como a igualdade e a fraternidade.

A VISÃO DE EZEQUIEL; UM CONTATO EXTRATERRESTRE DE TERCEIRO GRAU?

O relato mais impressionante de um contato de 3° grau narrado na Bíblia foi, no entanto, o legado pelo Profeta Ezequiel. Podemos ler em seu livro detalhes dessa narração:

“Aconteceu no trigésimo ano, no quinto dia do quarto mês que, estando eu no meio dos exilados, junto ao rio Quebar, se abriram os céus, e eu tive visões de Deus (…) Olhei, e eis que um vento tempestuoso vinha do norte, e uma grande nuvem, com fogo a revolver-se; e esplendor ao redor dela, e no meio disto uma coisa como metal brilhante que saía do meio do fogo”. Teria o profeta tido um contato com algo ligado ao mundo divino? O relato é muito claro, e segue um padrão lógico. Inicialmente, Ezequiel situa a época em que o fato aconteceu para, em seguida, situar o local da ocorrência e depois detalhar o acontecimento.Sua descrição é muito clara, sendo suficiente para descartarmos a possibilidade de ter mantido contato com algum fenômeno meteorológico ou mesmo astronômico. O profeta faz referência inclusive a uma onda de choque, que ele define como vento tempestuoso,provocada pela aproximação de um objeto voador. Nos versículos seguintes, o profeta revela seu contato com uma criatura de aspecto humano que, para ele, seria Jeová, a divindade maior. Esta criatura acaba por se comunicar fazendo uma série de previsões sobre o futuro do povo israelita. É evidente que nossa interpretação ufológica para este acontecimento poderia ser questionada, mas neste caso específicamente existe um estudo detalhado a favor da idéia de um contato com uma nave extraterrestre.

Deve-se entender que segundo os ufólogos, todas as civilizações tiveram algum tipo de interferência extraterrestre que ocasionou tais escritos.Como uma visitação de aeronaves extraterrestres poderia ser relatada por observadores primitivos? Os registros dos profetas são aclamados como provas dessas visitações. O exemplo mais utilizado pela ufologia encontra-se no Livro Bíblico de Ezequiel. O profeta foi detalhista no relato de sua visão e expressou minuciosamente a glória de Deus.Contudo, teríamos neste livro indícios de alguma visitação alienígena? Seriam as manifestações de Deus apenas visitações extraterrestres?Apesar dos mentores da ufologia procurarem nas Escrituras evidências de manifestações extraterrestres, uma das dificuldades que encontram é a inconsistência da mensagem bíblica que é incoerente desde Gênesis até Apocalipse, já que foi alterada inúmeras vezes.

Visto que  pretensiosamente a Bíblia se propõe a abranger  toda a história humana e foi escrita e modificada durante um período de cerca de 1500 anos, tendo cerca de 40 escritores inspirados, tem portanto demonstrado que muitas narrativas são inconsistentes  no conteúdo de sua mensagem. Contudo, esforçam-se os ufólogos em fazer interpretações que indicam algumas passagens como visitações. Vejamos um exemplo dessa associação, observemos o livro de Ezequiel

.

Visões Celestiais Interpretadas como Visitações Extraterrestres

Um exemplo popular da associação de visitações extraterrestres às visões celestiais é comentada no livro Eram os deuses astronautas. Citando a visão de Ezequiel,procuram simular uma visitação de astronautas .Perguntas: Quem falou com Ezequiel?Que espécie de seres eram? “Deuses”, segundo a concepção tradicional, certamente não eram, pois esses provávelmente não necessitavam de um veículo para ir de um local a outro. A nós, essa espécie de movimentação nos parece incomparável com a concepção de um Deus Todo-poderoso. Sobre o motivo da visita dos astronautas, afirmam: Os“deuses” falaram com Ezequiel e pediram para que doravante restaurasse a lei e a ordem na Terra.As Escrituras têm um padrão moral e espiritual que objetiva restaurar o homem á uma relação aprovada diante de Deus. Também ensinam as Escrituras, que isso sómente é possível mediante Jesus Cristo(mais manipulação). Por outro lado, alguns ufólogos dizem que determinadas decisões governamentais são fruto de interferências alienígenas. Isto é, os extraterrestres visitavam a Terra periódicamente e comunicavam alguma orientação aos povos. Isso, afirmam, foi feito aos diversos povos espalhados pelo mundo. Em outras palavras, veríamos traços alienígenas em todas civilizações. Semelhantemente, afirmam que as intervenções divinas na nação de Israel seriam” intervenções alienígenas” e não do “Deus Vivo”.

O engenheiro aeroespacial Josef F. Blumrich , que foi chefe do Departamento de Projeção e Construção da NASA, estudou de maneira detalhada todo o relato do profeta. Blumrich acreditava que poderia provar técnicamente que Eric Von Däniken (supostamente o primeiro a defender a tese de uma nave extraterrestre para o caso de Ezequiel) estava errado. Porém, após seus estudos e análises, acabou por comprovar justamente o oposto. A essência de suas conclusões mostrou uma espaçonave técnicamente concebível e muito bem projetada para as necessidades exigidas em suas missões.Segundo o engenheiro, tratava-se de um aparelho voador lançado provávelmente de uma estação espacial que estava na órbita terrestre na época – há 2500 anos atrás!

Blumrich chegou inclusive a recalcular detalhes do processo propulsivo utilizado na espaçonave.Mas não é só no Antigo Testamento que existem referências aos UFOs. Também no Novo Testamento encontramos muitas revelações. E uma das passagens mais interessantes é, sem dúvida, a relacionada à Estrela de Belém. Segundo o texto bíblico,este objeto inicialmente foi observado em movimento, para em seguida ficar pairando sobre o ponto onde Jesus havia acabado de nascer. No segundo capítulo de Mateus,versículo 9, podemos ver essa narrativa: “Depois de ouvirem o rei, partiram e eis que a estrela que viram no ocidente os precedia, até que chegando parou sobre onde estava o menino”. Os anjos bíblicos, na interpretação dos ufólogos, ora são vistos como mensageiros, ora como os próprios extraterrestres em processo de colonização da Terra.

A abdução do Profeta Elias.

Uma outra passagem bíblica, que aos olhos de nossa civilização atual revela sua possível realidade tecnológica, é aquela referente à ascensão do Profeta Elias ao céu. Como podemos ler no segundo livro dos Reis, o profeta foi levado para o céu no interior de um carro de fogo, que provocou uma espécie de redemoinho. Conforme o relato bíblico,houve uma testemunha ocular do fato, Profeta Eliseu, que tomou o lugar do próprio Elias na condução do povo israelita. Muitos não acreditaram que Elias não estivesse mais na Terra, e se lançaram na busca do mesmo, sem, entretanto conseguirem encontrar qualquer vestígio do abduzido.

ERAM OS DEUSES ASTRONAUTAS?

Seriam extraterrestres as aparições bíblicas?Em 1859, quando Charles Darwin publicou seu livro “A Origem das Espécies”, a teoria da evolução iniciou uma jornada que levaria tal teoria ao status de única explicação acerca das nossas origens. Muitas fraudes e equívocos acompanharam a teoria da evolução, na mesma época, muitas vozes criacionistas se levantaram em favor da criação.Semelhantemente, em 1968 foi lançado um livro que suscitaria ilusões sobre a origem e o desenvolvimento da humanidade. Erich von Däniken, escreveu o livro: Erinnerungen anDie Zukunft, (Recordações do Futuro), ou conforme o título em português: “Eram os deuses astronautas?” Este livro trouxe aplausos dos céticos e a revolta no meio evangélico.Estariam os seres humanos sozinhos no universo? Existiriam outros seres com uma tecnologia avançada que manipulava a história humana? Seriam os Escritos Sagrados,normas morais desenvolvidas pelos alienígenas? As visões dos profetas e seu cumprimento foram interferências de extraterrestres? Depoimentos de “raptos”, visitações,contatos imediatos de primeiro, segundo e terceiro grau; merecem crédito?

Däniken sugeriu que o desenvolvimento da humanidade ocorreu devido a constantes visitações de astronautas (extraterrestres) ao nosso planeta. Desde as primeiras civilizações até ocasiões de delicados relacionamentos diplomáticos, astronautas visitavam a terra e cooperavam no desenvolvimento da civilização humana. Até mesmo no aspecto genético, afirmam que houve influência de elementos extraterrestres, outros conjecturam que a humanidade seria uma experiência genética ou cobaia de outros mundos, apostam alguns ufólogos.Essas visitações eram excitantes para os humanos, e então lhes imputavam uma posição de deuses. Como observadores que desconheciam qualquer tecnologia poderiam expressar as visitações de astronautas? Os estrondos, aspectos cintilantes e as roupas espaciais teriam um esplendor magnífico que forneceriam as visões registradas nos livros sagrados .

Visão pessoal 

Ao longo de toda a Bíblia, há vários eventos misteriosos pelos ares, por isso, muitos acreditam que é o poder de Deus, mas os cientistas relatam que pode ser contato com Òvnis e seus tripulantes. Temos que levar em conta, que na época em que os textos sagrados foram escritos, os autores não tinham noção do que seria um foguete, aviões, ou qualquer outra forma de tecnologia presente nos dias atuais.Por isso acreditavam que essa tecnologia era divina e vinha de Deus, passavam a julgar todos os fenômenos naturais como intervenção divina. Mas a verdade pode ser outra.Sintetizando;

1-No livro de Elias, narra que ele teve contato com um carro de fogo, a que talvez tenha sido um OVNI, e não um carro de fogo. Elias sabia que sua vida estava em perigo e por isso pediu a Deus para ajudá-lo, quando de repente, foi cercado por carros de fogo ao redor como cavalos, e um deles o sequestrou e foi para o céu. Essa história é muito parecida com supostos sequestros envolvendo OVNI nos dias atuais.

2-Com Moisés, no Êxodo, o Faraó permitiu a Moisés que levassem todos os israelitas, mas depois se arrepende e decide ir atrás deles. A Bíblia nos diz que a água do Mar Vermelho foi aberta e Moisés atravessou com os israelitas, e depois com a ajuda de Deus o mar foi fechado, matando todo o exército do Faraó. Agora os ufólogos acreditam que poderia ser um OVNI voando sobre a água, e, assim, o mar foi aberto. Isso explica a grande nuvem que os seguiu durante a travessia(?). Moisés e seu povo vagaram por 40 anos no deserto e sempre ele mencionava que uma grande nuvem no céu os guiou e os protegeu. Por que será que Deus se esconderia atrás de uma nuvem(?). Essa mesma nuvem que os seguiu, mandava alimentos e água para o povo de Moisés, e de noite, os iluminavam(iluminar no deserto á noite?). Uma noite, Deus disse a Moisés para acordar cedo e ir até ao Monte Sinai. Deus disse que todas as pessoas deviam ficar longe, exceto Moisés, que subiu ao monte. Estando lá, se encheu de fumaça e penetrou na nuvem.E se não fosse uma nuvem? e se fosse realmente uma nave extraterrestre(? )talvez quiseram mostrar algo a Moisés. Quando a nave baixou, Moisés trouxe os 10 mandamentos.(!)

3-A Estrela de Belém, cuja aparência é tão intimamente ligada ao evento do nascimento de Jesus , como pode ser vista nos Evangelhos.De acordo com relatos bíblicos, os Magos do Oriente (também conhecidos como os Reis Magos) viram a estrela no leste e a  seguiram, presumívelmente enquanto se movia para o oeste. Agora, isto é mais ou menos normal, se tivessem seguido a sua progressão no céu por dias ou semanas … mas então o objeto celestial misterioso fez algo incomum, parou supostamente no mesmo local onde nascera o “Messias esperado”. Então, o objeto enigmático parou em sua progressão no céu, de modo que o Magos do Oriente descobriram onde estava o menino. O que esta “estrela” era? Além de parar,  Mateus detalhou e destacou também  outros atributos extraterrestres. O misterioso objeto era extraordináriamente brilhante e colorido , chamando a atenção dos Magos do Oriente. Mas pesquisas recentes indicam que os Reis Magos eram grandes astrólogos persas. Então essa suposta estrela, o que poderia ter sido muito normal na aparência, tinha algum significado astrológico para eles(uma conjunção astrológica entre Vênus e Jùpiter?Talvez o sinal dos Magos veio da constelação de Leão.Para os antigos israelitas, essa constelação era considerada significativa e sagrada. Uma conjunção muito próxima entre Vênus e Júpiter teria sido visível no céu do Oriente Médio em 12 de agosto do ano três a.C.Mas isso não explica como é possível parar no céu exatamente em cima do lugar do nascimento do “Messias Bíblico”).Uma “estrela” que se move e tem também o poder de parar(?).Se fosse mesmo uma estrela ou um fenômeno astrológico como uma conjunção planetária, não seria inteligentemente controlada.

4-A Bíblia diz que Ezequiel foi sequestrado por um corpo celeste: “quando olhei havia uma tempestade de vento norte se aproximando, e uma grande nuvem com um brilho em torno de um fogo constante sobre o fogo como o bronze mais brilhante” O que Ezequiel viu? Ele acha que teve um encontro com Deus. Mas especialistas agora acreditam que poderia ser um OVNI que Ezequiel efetivamente observou,e que, depois de muito estudo , acredita-se que seja uma nave alienígena.

5- Sobre Sodoma e Gomorra, a Bíblia diz que essas cidades eram” pecadoras” , não teriam mais salvação, e deveriam ser exterminadas. Diz-se que começou a chover fogo sobre as cidades que pôs fim a esses lugares e todos os que lá viviam. Alguns cientistas acreditam que seja verdade sobre Sodoma e Gomorra, e mais, encontraram os supostos locais a sudeste do Mar Morto onde seriam o local dessas cidades. Mas o que caiu do céu? A evidência mais lógica é de um ataque nuclear, pois, no suposto local em que essas cidades se localizavam, encontraram vestígios de energia nuclear.Poderia ser uma guerra intergaláctica acontecendo naquele momento e as cidades é que “pagaram o pato?”

Estamos irrevogavelmente em um caminho que nos levará às estrelas. A não ser que, por uma monstruosa capitulação ao egoísmo e à estupidez, acabemos nos destruindo.

Carl Sagan

Inspiração…

1-La Science de la Religion
Max Müller
2-Eram os Deuses Astronautas?
Eric Von Daniken
3-Obra completa de Zecharia Sitchin-vários
Biblioteca Virtual
4-A Bíblia e os Discos Voadores
Fernando C.N. Pereira
5-Os Anjos que caíram do céu
Kenner Roger Cazotto Terra
6-Os Profetas Maiores
Antonio Renato Gusso
7-Moisés-O Príncipe e o Profeta
Levi Meier
8- Os Profetas-Interpretações
João de Jesus Moutinho
9-Vestigés des Principaux Dogmes Chrétiéns
R.P. De Premare
10-Introduction de L’histoire des Religions
Theodore Robinson
11-Elias e os grandes profetas
Joy Melissa Jensen
12-Ararat-Em busca da Arca de Noé
Edouard Cortes
13-A Bíblia-versão não autorizada
Adam Grzibowsk
14- Sodoma e Gomorra-
Marcel Proust
15-Through Aliens Eyes
Wesley H. Bateman
16-A História políticamente incorreta da Bíblia
Robert J. Hutchinson
17-DVD Chariots of God
Harald Reinl
18-Eles estão entre nós-Não há mais como negar esta realidade
-C.R.P. Wells
Monicavox
Recomendo….

PADRÕES QUÂNTICOS-Mensagem de Kryon, por Lee Carroll

NOTA IMPORTANTE-Para ajudar o leitor, esta mensagem foi re-canalizada [por Lee e Kryon] e complementada, para permitir um entendimento mais claro. Inclusive algumas informações foram incluídas. Geralmente as canalizações ao vivo têm uma energia implícita que carrega um tipo de comunicação que o texto escrito não traz. Então, aproveite esta mensagem aprimorada, transmitida em San Antonio, Texas.
—-…..—==II==—-…..—-
Saudações, queridos, Eu sou Kryon do Serviço Magnético.Este é o momento em que meu parceiro se afasta. Dizemos isto mais uma vez, para que vocês saibam que ele não faz parte da consciência desta mensagem. Canalizar pode parecer algo misterioso e estranho para vocês, pois utiliza o intelecto, a educação, a voz, a maturidade e a sabedoria do Ser Humano, mas a mensagem vem de outro lugar. Meu parceiro chama isto de um fluxo constante de grupos de pensamentos intuitivos. Meu parceiro está aqui, mas não está aqui. Quando digo que ele “se afasta”, é porque ele literalmente abre este recipiente [corpo] e, através da sua pineal e do seu Eu Superior, vem a mensagem que vocês ouvem. Estou lhes contando isto para que saibam não é ele que está falando.

Existe energia ao redor de vocês, assim como há coisas invisíveis à sua volta. Hoje de manhã nós falamos sobre a “Comitiva de Kryon”, e ela ainda está aqui. Ela não é calculável, pois é pura energia. Muito do que vocês vêm, percebem e sentem em torno de si é energia. A energia vem de muitas e muitas formas, e algumas, inclusive, nem são consideradas energia. Para acreditar nesta mensagem sobre energia, geralmente os Seres Humanos precisam quantificá-la e qualificá-la. Vocês querem medir seus atributos vibratórios e algumas vezes não conseguem. A razão disto é que sua Ciência ainda não chegou lá. Isto não é uma crítica à Ciência, mas o simples fato de que há mais a aprender. O som acontece independentemente de haver ouvidos para escutá-lo, e a luz está aí independentemente de haver olhos para vê-la.

AS IDEIAS PRECONCEBIDAS DA CIÊNCIA

Há uma pergunta para Kryon que já me fizeram antes: “O mundo esotérico é algo que algum dia conheceremos melhor através da Ciência?” A resposta é SIM. Neste momento, devido à Terra ainda não ter sido reconhecida pelo que ela é, existem muitas coisas que são separadas e linearizadas e, por isto, não são bem entendidas. Já falamos sobre isto antes – os melhores colégios e universidades do planeta resolveram separar todos os estudos em categorias, tendo em vista a especialização. Mas isto tem um preço.Física, Química, Biologia e Medicina são abordadas como se fossem Ciências independentes. É claro que elas são relacionadas, mas não existe nenhum lugar no campus universitário onde haja um “edifício de integração” para colocá-las todas juntas. Alguns dirão: “É óbvio que tem que ser assim, porque cada uma precisa do seu próprio currículo de estudo. Simplesmente não existe nenhuma forma de juntarmos todas elas, já que precisam ser estudadas de forma independente; há coisas demais para serem aprendidas sobre cada uma delas.”

Deixem que lhes diga algo, queridos Humanos. Na verdade, existe um modo de juntar essas coisas. Vocês simplesmente ainda não pensaram nele e ainda não consideraram a “fase de integração” deste quebra-cabeça. Se conhecessem a profundidade do relacionamento que tudo tem com tudo, entenderiam imediatamente que é necessária uma mudança. Vocês poderiam ter “etapas de integração” ou revisões. Mas até mesmo isto está faltando.

Uma coisa leva a outra e descobertas são feitas. Mas como vocês estudam as propriedades isoladas de cada área da Ciência, as descobertas geralmente beneficiam apenas uma única Ciência. Química leva a mais Química, por exemplo… e somente os químicos são envolvidos. De fato, existem enigmas em cada estudo independente que só podem ser resolvidos pela integração com o estudo de outras Ciências. Mas geralmente eles continuam sendo enigmas, porque ninguém está “olhando ao redor” para as outras áreas de estudo. Vocês sabiam que foi apenas recentemente que a Ciência postulou a ideia de que o campo magnético da Terra é necessário à vida? Eu lhes contei isto em 1993, mas ainda não existe nenhuma Ciência exata que apresente isto, mesmo com todos os seus recursos. A tendência a separar as Ciências tem mantido muitas coisas distantes de vocês. Vocês simplesmente não querem juntar Física com Biologia!

Existem meios de integrar todas elas, especialmente Química e Física. Quando começarem a fazer isto, queridos, serão levados a grandes descobertas, mas isto não acontecerá enquanto elas estiverem separadas. Vocês têm especialistas num campo e especialistas em outros. Às vezes eles se reúnem em festas e só isto. Eles não se reúnem realmente para discutir suas especializações. Como podem separar estas coisas e ser um cientista completo?

Foram necessários mais de 20 anos para se descobrir que mais de 90% do DNA é informação e não química codificada. Durante esse tempo todo isso foi chamado de “sucata”, porque vocês fizeram um diagnóstico errado. Foi preciso que linguistas descobrissem isso! Eles enxergaram padrões de linguagem e não padrões químicos. É isto que acontece quando se tem apenas químicos e biólogos tentando decifrar complexos e desconhecidos enigmas da Química. Suas suposições e idéias preconcebidas os mantiveram afastados desta bela informação durante décadas.

A CHEGADA DA INTEGRAÇÃO DA CIÊNCIA

Então, a primeira previsão que lhes oferecemos é acadêmica. Há uma nova consciência chegando e, com ela, uma nova sabedoria. Haverá certo “bom senso científico” que perceberá o valor incrível de alinhar confluências de estudos que costumavam estar separados. Isto é o melhor que posso lhes oferecer… sem os detalhes. Entretanto, é tão óbvio que precisa ser assim, que chegará um dia em que vocês olharão para trás e dirão: “O que será que estávamos pensando?!” Vocês podem imaginar um mundo em que nenhum alimento fosse misturado com outro para uma refeição, até que, de repente, alguns chefs especializados se unissem e fizessem descobertas importantes na área de alimentação? Ingredientes fáceis de serem cultivados se combinam e criam refeições melhores. Que idéia!Podem imaginar como seria a comunicação se, ao tentarem aprender um idioma, vocês tivessem que frequentar o edifício dos verbos, depois o departamento de adjetivos e, finalmente, o pavilhão dos substantivos?! Ninguém seria capaz de falar o idioma; apenas discutiriam sobre as peças que o “quebra-cabeça” contém. A linguagem da Física será descoberta e lhes trará algumas revelações sobre Biologia, Química e consciência.

A canalização de hoje é sobre a nova consciência que está chegando e como isto mudará tudo. Há algumas coisas que desejamos lhes contar e outras que desejamos discutir com vocês. Amamos conversar sobre o futuro da humanidade e os potenciais que estão diante de vocês.

O VASTO MUNDO INVISÍVEL QUE SE ENCONTRA DIANTE DE VOCÊS

O que sabem sobre coisas invisíveis? Falemos primeiro de coisas invisíveis que não são esotéricas – aquelas que são reais para vocês, mas também invisíveis. Vamos à mais básica das coisas invisíveis. Existem inúmeras energias físicas, intensas e poderosas à sua volta, que interagem com vocês todos os dias, mas que são totalmente invisíveis para vocês como Seres Humanos. Entretanto, vocês as aceitam e trabalham com elas e dizem: “Bem, elas são invisíveis, mas as coisas são simplesmente assim. Isto não me incomoda.”

GRAVIDADE – Todas as pessoas da Terra são afetadas pela gravidade! Mas ela é invisível! Já lhe oferecemos várias canalizações sobre a Física da Gravidade, e lhes dissemos que ela é variável e controlável, e que vocês acabarão descobrindo por quê. Dissemos-lhes que ela não é necessariamente ligada à massa da maneira empírica que vocês pensam. De fato, vocês podem ajustá-la ao valor que desejarem, se conhecerem um pouco mais sobre como alterar a massa dos objetos. É apenas uma questão de tempo e descoberta, e o que se seguirá será muito razoável e cientificamente lógico. Uma coisa leva à outra e à outra e, finalmente, haverá descobertas que lhes permitirão fazer coisas que, no passado, pareciam cientificamente ridículas. Um dia será possível ver e medir a gravidade com instrumentos que vocês ainda não descobriram. Quando conhecerem mais sobre a Física da Gravidade, vocês saberão como enxergá-la em toda sua glória. Isto está chegando!Qualquer tipo de Ciência torna-se mais real para vocês quando vocês conseguem enxergar seus padrões físicos. A propósito, quando finalmente puderem ver os padrões da gravidade, entenderão um pouco mais sobre como alterá-la. Alguns segredos serão revelados nos padrões que vocês não conseguem enxergar neste momento. As coisas quânticas não existem numa forma que vocês possam vê-las do jeito que estão acostumados na terceira dimensão. Serão necessárias descobertas – que estão chegando! – descobertas científicas desenvolvidas com um novo entendimento e uma nova consciência. Esta é apenas uma(1).

OS PRÓXIMOS PADRÕES

Meu parceiro fala constantemente sobre o campo magnético. Vocês sabem que ele existe porque suas bússolas apontam para o topo dele. Alguma coisa está fisicamente aí, mas é invisível. Esta camada de consciência na qual vocês se encontram, e que está intimamente ligada à força vital do planeta, é completa e totalmente invisível. Entretanto, chegará um tempo em que não será mais. Seus olhos não a verão, queridos, mas ela será vista pelos instrumentos que estão para chegar. Já se imaginaram vendo a gravidade? Já se imaginaram vendo o campo magnético? Como serão eles? O que lhes dirão os instrumentos sobre as cores e vibrações? Haverá padrões, ou simplesmente uma massa rodopiante de energia?Deixem-me contar-lhes um segredo que não é segredo para nenhum físico ou biólogo. Tudo tem padrões – tudo. Os fractais estão sempre lá. Do grande ao pequeno, do pequeno ao grande, e as próprias formas dos padrões e desenhos de tudo que vocês veem, são literalmente revelações daquilo que os criou. Isto os levará à etapa seguinte, onde entenderão por que a grade magnética faz o que faz e como ela se alia à Biologia e ao pensamento humano. Vocês serão capazes, inclusive, de sintonizá-la ligeiramente para a saúde! Estas coisas estão todas chegando. Tudo isto será Ciência e não será esotérico, mas conduzirá a belas descobertas esotéricas.

Já lhes dissemos inúmeras vezes que chegará um tempo em que estes instrumentos serão direcionados para o Ser Humano e ocorrerá uma revelação na Ciência. Será revelado claramente que os Seres Humanos possuem uma espécie de aspecto quântico ao redor deles. À medida que os instrumentos se tornarem mais afinados, haverá formas de realmente enxergar e medir os padrões ao redor do Ser Humano. Queridos, esta é a Física Sagrada do Ser Humano – a Merkabah.É bom vocês juntarem logo estas coisas, porque se continuarem dentro das caixas e compartimentos, não receberão respostas. Não entenderão as correlações e confluências e como cada uma trabalha com a outra. Cientistas, está na hora de pensar fora da caixa da especialização! Esta é uma abordagem linear para resolver problemas que são circulares.

AS PREVISÕES DO FUTURO

Prevejo todas estas coisas acima. Posso prevê-las porque os potenciais estão aqui. Potenciais idênticos a estes foram vistos antes, em outras sociedades que chegaram ao ponto em que vocês estão agora, com a Ciência semelhante à que vocês têm. Posso prever isto porque já aconteceu antes, e alguns que estão nesta sala entenderão que “a bola está rolando” . É inevitável. Neste exato momento, existem cientistas que estão tendo insights que levarão a estas mesmas descobertas no futuro. Tudo isto está vindo ao encontro de vocês. Existe uma progressão lógica para o pensamento e a sabedoria. Vocês andam antes de correr e, portanto, posso lhes dizer que estas coisas estão chegando.Deixem-me contar-lhes uma coisa sobre esta sala onde vocês se encontram – não tenham medo! [Kryon fazendo graça]. Sabem que existem coisas invisíveis nesta sala que são perigosas? Sabem que agora mesmo, nesta sala, existem coisas invisíveis movendo-se furtivamente por aqui e que podem levar a doenças, se vocês não tiverem cuidado? Sabiam disto? Elas estão aqui com vocês! Epa!…Mas não tenham medo, porque são apenas germes!Agora, se eu tivesse dito isto há 100 anos atrás, ninguém acreditaria. “Ah, isto não passa de conversa esotérica; tal coisa não pode ser real! ” Muitos dariam gargalhadas diante desta ideia. Mas a sua Ciência tornou isto real para vocês. Quando desenvolveram instrumentos que poderiam ver os minúsculos atributos de vida, todo um mundo novo se abriu. Ele estava escondido, até então, mas de repente a Ciência o tornou real. Estão percebendo onde quero chegar com isto? Queridos, vocês têm a incumbência de chegar a um ponto em que sua Ciência, sua Física e seu Conhecimento comecem a se unir às confluências de uma consciência nova e mais sábia. Vocês terão novas invenções, e estas descortinarão muitas áreas que lhes serão tremendamente úteis.Estas invenções lhes assegurarão toda a água que precisarem para cultivar o que quiserem e para beber, em quase todos os lugares da Terra. O sal dos seus oceanos será facilmente removido com invenções eficientes que usarão o magnetismo. A energia será obtida com mais facilidade e produzida em abundância, com aquecimento gratuito e abundante. O crescimento populacional não será um problema, pois a consciência mais elevada criará a sabedoria para se saber quando ter filhos e se é oportuno tê-los (como os indígenas vêm fazendo há milhares de anos). Um dia vocês olharão para trás e dirão: “Como éramos tolos! Não sabíamos nada de nada; é até espantoso que tenhamos sobrevivido.” Estou lhes contando isto devido ao que está por vir. Isto me leva a falar sobre a consciência Humana.

A CONSCIÊNCIA HUMANA

O que vocês acham que a consciência é? “Bem, Kryon, é o pensamento. É o jeito que as pessoas pensam. Pode-se dizer que consciência é a descrição do paradigma do pensamento.” De fato é! Mas vocês deixaram de lado a avaliação de pensamento superior e inferior. O que aconteceria se vocês desenvolvessem instrumentos que conseguissem realmente ver a consciência? “Kryon, você quer dizer que ela é visível?” Claro, ela é física! O que acontece quando alguém está frustrado e seu computador trava ou uma bateria descarrega? Isto não é uma interação com coisas físicas? Uma descoberta importante, usando satélites meteorológicos, mostrou uma correlação constante entre variações na intensidade do campo magnético e a consciência coletiva de compaixão Humana. Em outras palavras, ao contrário do que supõe o conhecimento predominante, o campo magnético reage a desastres e celebrações mundiais!(2) A consciência está relacionada à Física. Com o equipamento certo, um dia vocês enxergarão os padrões. Isto está chegando.

OS PRÓXIMOS PADRÕES DA HUMANIDADE

Quero lhes revelar algo que nunca revelei antes… como serão os padrões de consciência da Humanidade. Bem, nós estabelecemos a premissa de que a Física Multidimensional tem o potencial de revelar muitos padrões de coisas antes invisíveis. Quase tudo que envolve energia quântica terá padrões para serem vistos. Não é surpresa nenhuma. Como vocês acham que seriam os padrões, se pudessem enxergar a consciência de uma pessoa? Estamos falando da consciência individual e não da consciência de massa. Este padrão será físico, individual e terá um campo. Finalmente, graças a isto, ela será mensurável e terá uma padronização – a sua padronização pessoal.

Acham que isto é exagero? Se descobertas e experimentos simples já captaram a Física da alteração da consciência coletiva, por que duvidar que isto será aprimorado no futuro? Como será isso? Vou lhes dar dois exemplos. Os dois maiores produtores de energia de consciência estão em pares: medo e ódio, compaixão e amor. Eles se encontram nas duas extremidades do espectro e ambos são poderosos, extremamente poderosos. Eles podem disparar alarmes; podem travar o seu computador; podem abrandar seu coração; podem afetar sua química, e podem fazer isto através da sala ou através do planeta. Vocês nunca se sentaram em uma sala onde alguém estava com raiva e vocês perceberam? Isto é palpável; vocês podem senti-lo. Quando isto acontece, vocês não querem permanecer lá; vocês têm vontade de ir embora. Quando alguém está bravo ou com raiva, vocês dizem: “Há uma nuvem escura aqui.” , porque estão sentindo a energia e seu padrão específico. Seria uma energia diferente se a pessoa fosse um mestre e estivesse vibrando amor? Sim! Então vocês diriam: “Amo este lugar! Quero ficar aqui e absorver este sentimento.” Vocês acabaram de definir o padrão de consciência!

Toda energia, em qualquer lugar do Universo, tem um jeito de ser medida e vista. Sempre haverá um modo de enxergar padrões em tudo. Podem começar como simples ondas, mas, com o tempo e melhores instrumentos, serão vistos padrões elegantes. Aqueles que estiveram no mesmo ambiente que os grandes mestres deste planeta sentiram o amor intenso e a compaixão da fonte criativa. Estes vêm em ondas de euforia; e fazem as pessoas chorarem de alegria porque estão conectadas a tudo. Isto é energia! Percebem o que estou dizendo? Pode-se medir o amor? Sim! Ele é padronizado e vocês podem vê-lo. Todo um novo mundo acabará se abrindo. Deixem-me mostrar-lhes o que são os padrões.

PADRÕES INFERIORES

Agora, estas são as previsões. Mas são previsões devido ao potencial que está a caminho. O potencial é tão forte que é uma certeza! Chegará um dia em que estes padrões poderão ser vistos. Quando forem padrões de consciência Humana, vocês verão algo muito interessante. Os padrões dos quais vou lhes falar agora serão validados quando isso ocorrer. Esta canalização será ouvida por milhares de pessoas, portanto será fácil de ser encontrada para referência.

Primeiro, falemos sobre a consciência que é a mais baixa, mas muito poderosa. Entendam que a consciência inferior traz consigo um poder incrível, da mesma forma que a consciência superior. Entretanto, inferior e superior não são medidas do seu poder efetivo, mas apenas uma medida de vibração. Não confundam isto com frequência, pois a tecnologia disto não é tão linear. O que é visto na padronização é a vibração do pensamento e aonde ele pode ir ou aonde ele não pode ir, ou o quanto ele é restritivo ou expansivo. Poder, ou força, é algo muito profundo. Vocês já sabem disto. O poder do ódio cria o mal, e o medo é muito forte. O poder do medo pode escravizar nações se elas não tiverem cuidado. Vocês conhecem este poder devido ao seu passado. Então, falemos sobre o padrão específico que ele vai criar num instrumento que está para chegar, quando for medido em um indivíduo que tem esse atributo.

A consciência inferior criará padrões extremamente básicos e simples. Estes padrões criarão ou emanarão um círculo forte – uma confluência de energias que se juntarão para formarem uma barreira contra vibrações superiores. Parecerá um círculo ao redor do indivíduo ou da energia de consciência que o indivíduo está criando. O círculo é como uma prisão padronizada, ou um fractal básico que não se repete. Ele se mantém dentro de si mesmo, e o padrão não terá consciência de nada que esteja fora do seu próprio círculo. A força vem do fato de ele ser tão poderoso, que outros podem ser influenciados por ele e facilmente se unirem a ele, formando um círculo mais forte. Este círculo se tornará mais amplo e maior em sua capacidade de aprisionar consciência ao seu redor, tornando-se um círculo maior ainda, mas continuando a ser apenas um círculo único.

Talvez estejam pensando que estou falando numa linguagem que vocês não entendem. Pode ser que sim, mas o fato é o seguinte: ele é simples. É um recipiente que é um círculo e que não consegue enxergar nada do lado de fora de si mesmo; só enxerga a si mesmo, e só sabe do seu próprio mal. Ele faz julgamentos e toma decisões baseadas apenas no que conhece dentro de si próprio. Esta é a consciência inferior. Sua programação é ela mesma, e ela não consegue ver nada mais. O círculo pode escravizar aqueles que estão pensando do mesmo modo; pode tornar-se um círculo maior, mas nunca pode sair de si mesmo; não consegue ver além daquilo que ele conhece. Não existe nenhum padrão fora do círculo que pertença ao círculo. Ele é restritivo, limitador. Será profundamente óbvio: simples, de baixa vibração e sobrevivência básica.

PADRÕES SUPERIORES

Falemos agora do outro padrão. Esta é uma consciência mais elevada, de amor, compaixão, pensamento generoso, carinho e integridade. Como se parece? Esperem, porque não posso lhes dar a informação toda… Essa consciência cria fractais múltiplos. Cria uma confluência de energia que, por sua vez, cria mais de si mesma em forma de harmônicos de si própria [muito mais fractais de frequências superiores, que são múltiplos específicos do original]. Estas ondas fractais irradiam para fora, ampliando o que está ao redor delas num ciclo infinito. Essa consciênca é expansiva, é cativante, é estruturada de um modo complexo; e os harmônicos criam outros fractais muito além do seu próprio âmbito. Ela tem uma influência junto a outras matérias em todo lugar.

Então, do mais simples ao mais complexo, o que vocês percebem que é a verdadeira diferença entre os dois padrões? Um é restritivo e poderoso em sua singularidade. O outro é expansivo e poderoso em sua expansividade múltipla. Até este momento, queridos, a consciência Humana neste planeta vem tendendo a se fechar no círculo da vibração mais baixa possível: ódio, guerra, atitudes críticas, grosseria, indelicadeza – porque tudo isto fazia parte da sobrevivência. Vencer era a única coisa dentro do círculo. Foi assim que os Humanos sobreviveram! Depois passou a ser grupo contra grupo, nação contra nação, círculo contra círculo, e foi isto que vocês obtiveram deste padrão. Ele criou morte em massa e uma tristeza incrível. Humano contra Humano foi outra coisa que vocês obtiveram. E o padrão circular era aquele onde a consciência não podia se expandir. Então, tudo o que ela fazia era repetir-se, repetir-se, repetir-se. Bem-vindos à história deste planeta!

Não havia nenhum harmônico para enviar para fora, e não havia nenhuma expansividade. Não havia nenhum crescimento, apenas estagnação, e ela se repetia. Ela não tinha para onde ir, uma vez que não conseguia “enxergar” nada superior a ela mesma.

Queridos, a energia deste planeta vai mudar os velhos padrões. Os padrões de consciência encontram-se nos atributos da grade magnética do planeta, conforme alterados pela heliosfera do sol. Esta grade, combinada com o novo lugar que vocês ocupam no espaço [para onde seu sistema solar está se dirigindo], vai modificar os padrões destes dois exemplos de consciência e vão fazer com que o mais complexo – o dos fractais – seja muito mais poderoso do que o da sobrevivência básica. Conseguem entender isto? A nova energia está mudando o modo da humanidade reagir a outros fractais Humanos! Está na hora de crescer! A consciência Humana vai evoluir e não haverá mais uma escala de luz e sombra como a balança da justiça, porque a influência do mal terá um peso muito menos poderoso em relação às vibrações harmônicas e compassivas. A luz simplesmente superará os padrões simplistas do mal por uma margem enorme!

AS TREVAS NÃO CONSEGUEM ENXERGAR PARA ALÉM DE SI MESMAS

Quero lhes oferecer, mais uma vez, uma prova de algo incomum e muito revelador do modo que as baixas vibrações funcionam. Na primeira canalização deste ano [2016], falei sobre o jovem líder norte-coreano. Vou falar de novo, como um exemplo profundo de como a consciência inferior não consegue enxergar acima de si mesma. Isto significa que ela só consegue trabalhar com o que enxerga e conhece. Por mais poderosa, esperta e intelectual que ela pense que é, não consegue sair do seu próprio círculo.

O ex-líder da Coreia do Norte foi um egotista clássico. Quando ele faleceu, seu filho assumiu e poderia fazer qualquer coisa que quisesse. Este menino vinha observando seu pai há décadas e sabia que algum dia ele próprio teria que assumir a liderança. Naturalmente, ele herdou os atributos que seu pai lhe ensinou de presunção e ostentação e também passou a ser conduzido pelo máximo do egocentrismo. Quando assumiu o poder, ele teve a oportunidade de fazer mudanças que lhe permitiriam ser maior ainda do que seu pai. Ele queria algo que elevasse seu nome e sua posição à situação mais egocêntrica que se possa imaginar. Seu pai era o modelo, e naquele momento, ele poderia fazer o que bem entendesse para ser ainda mais famoso. O que aconteceu é clássico. Ele perdeu completamente a maior oportunidade que qualquer homem teve de se tornar a pessoa mais famosa e amada na Terra. Esta idéia nunca lhe ocorreu. Embora tenha sido educado no mundo ocidental, ele a deixou escapar.

Se tivesse considerado o caminho mais elevado e incluído o planeta todo ao invés da população limitada do seu próprio país, ele teria sido o líder mais famoso e querido da Terra, por toda sua vida. No momento em que assumiu, ele só tinha que pensar além do seu círculo. Ele estava na posição rara de um “curinga”, onde poderia fazer algo incrível – como unificar a Coreia do Norte e a do Sul, acabar com a zona de morte que havia entre as duas nações, unir novamente as famílias depois de gerações de separação, suspender os programas nucleares dos quais ele não precisava, a não ser para parecer importante, e assim, dar a seu povo abundância, alimento para todos e paz em sua região. Toda a Coréia o adoraria e a Terra daria um suspiro de alívio em agradecimento pela sua sabedoria e coragem.

Ele seria ovacionado em pé ao entrar no salão das Nações Unidas e todos se curvariam diante dele e lhe ofereceriam os maiores prêmios de paz. Seu ego seria afagado, afagado e afagado, e ele seria infinitamente maior do que seu pai jamais fora. Mas isto nunca lhe ocorreu. Ao contrário, ele perpetuou a caixa escura que herdou, e agora preside a energia mais baixa possível, representando a energia mais perigosa e repudiada do planeta. À custa de manter seu povo pobre e depauperado, e criando instabilidade em sua região, ele consegue ser uma pessoa poderosa e famosa por um momento no tempo, em um pequeno povoado. Ele não durará muito. Ele não consegue ver que o que está fazendo não tem o apoio da maioria da população do planeta, e que ele vai perder tudo.

Não é interessante que o círculo seja tão forte a ponto de manter a baixa vibração sempre baixa? Tudo isto está começando a mudar, queridos. Se observarem as pessoas individualmente e a forma que elas agem, vão ver que a mudança está chegando. Vocês vão reconhecê-la.

OS INDIVÍDUOS

Digamos que um indivíduo se aproxime de vocês com muita raiva. Ele é rude e indelicado. Tudo que sai de sua boca é grosseiro e detestável. Quando vocês saem dessa experiência, ficam pensando: “O que há de errado com ele?!” Quero lhes dizer o seguinte: não há nada de errado com ele. Ele simplesmente está investindo na sobrevivência. Indelicadeza e grosseria vão chamar a atenção e fazer com que esse indivíduo seja notado. Elas carregam uma energia que, embora talvez não lhes agrade, impõe atenção e até mesmo autoridade, através do medo. Repito, vocês podem não gostar, mas é disto que uma pessoa como essa sobrevive, e muitas são assim. Numa energia antiga, isto funcionava para elas, e essas pessoas não conseguem ver nada que possa substituir esse tipo de comportamento. Para elas, isso garante que elas sobreviverão num mundo onde todos querem o que elas possuem. De fato, muitas culturas de hoje – ainda hoje! – continuam investindo na grosseria, porque dizem que compaixão e bondade é sinal de fraqueza. Pensam: “Não vamos conquistar ninguém com bondade e compaixão. Isto é para os fracos deste planeta!” Do ponto de vista dessas pessoas, elas não podem sair do círculo da sobrevivência, então até hoje abordam os outros com baixa energia, grosseria e indelicadeza. Elas não têm nem ideia de que exista algo melhor.

Hoje em dia, quando vêem isso, vocês estão começando a sentir que é algo que não querem. A maioria dos Seres Humanos está cansada desse tipo de abordagem e está procurando um modo muito mais elegante de ser. Uma pessoa compassiva não é, de forma alguma, uma pessoa fraca. A energia que envolve uma pessoa compassiva é convidativa, acolhedora. Enquanto a que envolve uma pessoa rude os repele, os empurra para fora. Conseguem perceber as diferenças das quais estamos falando? Qual dessas duas vocês prefeririam ter?

Eu apenas lhes apresentei padrões. O que estou lhes dizendo é o seguinte: a consciência Humana está começando a se elevar acima do que era, porque a proporção entre luz e trevas do planeta mudou, e a luz está começando a vencer. Isto significa que compaixão, integridade e bondade irradiam uma luz tão intensa, que as pessoas as verão muito mais fácil e rapidamente do que a indelicadeza e a força. Grosseria e descortesia vão acabar sendo vistas como comportamento disfuncional e vocês se afastarão delas. Elas dizem muito a respeito da energia da pessoa, do ponto onde ela se encontra e o que ela pensa. Para muitos, esse é o velho modo de sobreviver. Mas o novo tipo de sobrevivência será uma consciência elevada e leve, e muitos vão começar a vê-la.

Aqueles que têm atributos mais elevados vão viver mais tempo. Acabarão tornando-se seus líderes, e isto é o que vocês querem. As eleições vão mudar por causa disto, os negócios vão mudar por causa disto, e vocês vão ver mais luz, mais compaixão e soluções mais reais devido ao efeito cascata, onde os harmônicos dos fractais vão para todo lugar. Quando vocês são compassivos, todo mundo percebe isto. Sabem que uma pessoa compassiva é considerada de confiança? Segura, de confiança! “Vamos ficar junto dessa pessoa porque ela ouve e porque é agradável sentar perto dela. Sentiu a energia ao redor dela? Não é maravilhosa?”

Estes indivíduos equilibrados dão uma impressão de segurança… é seguro estar junto deles. Eles não vão feri-los; não vão competir com vocês, nem vão lhes dizer coisas indelicadas ou insensíveis; eles vão ouvi-los e amá-los. Vocês vão querer isto nos negócios, não vão? Ou isto é estranho demais para vocês? É estranho demais pensar que, no futuro, este será o normal? Vocês serão capazes de ver e medir esse padrão e, inclusive, de saber como ele funciona. Isto vai mudar o planeta!

Isto não é apenas Ciência, queridos. A consciência Humana vai acabar saindo da sobrevivência. Ela vai sair da escuridão e entrar num tipo de sobrevivência mais elegante – um sistema no qual os que sobreviverem serão capazes de juntar as coisas elegantemente, e não através de conquista violenta e destruidora. Estas serão pessoas normais que enxergarão acima do julgamento e das diferenças dos sistemas de fé. São indivíduos que verão Deus em todo lugar, em todos os sistemas, e esperam coisas boas em primeiro lugar. Eles verão as diferenças dos sistemas de crenças do mesmo modo que veem diferenças na escolha do tipo de alimentação. Assim será [e assim é] o Ser Humano sábio e equilibrado.

Tudo isto está chegando, e algumas coisas já estão aqui. Era isto que eu queria lhes dizer nesta mensagem.

Onde vocês estão? Qual é o seu padrão? Estão começando a sentir a realidade disto tudo? Está começando a ficar seguro, queridos. É seguro relaxar, baixar a guarda um pouco, olhar ao redor e ser mais compassivo e mais bondoso. Alguns de vocês ainda estão esperando algo ruim. É como se tivessem saído de uma caverna e ainda não estivessem totalmente seguros de que o tigre de Bengala tenha realmente ido embora. Os tigres são a velha energia, e eles estão fugindo em todas as direções. Os remanescentes desta energia antiga – o mal e as trevas – estão perdendo terreno por todo lado. A realidade da diminuição dessa escuridão está em todos os lugares; e ela está começando a se mostrar, a se concentrar, sabendo que seus dias estão contados. Quando virem esta luta, saibam que é uma boa notícia. Significa que está chegando o fim da consciência deste velho mundo.

Se fizerem uma pesquisa nas nações do planeta, entre homens e mulheres com famílias, verão que eles querem paz! Eles não querem conquistar uns aos outros, e não querem líderes que façam isso. Eles não querem aniquilar uns aos outros por recursos escassos ou apenas para serem mais poderosos. A maré mudou e a consciência do planeta também deseja, intensamente, o que cada mãe e pai deseja para seus filhos. Isto é o início de um movimento de centenas de países se unindo e planejando modos de criar uma paz equilibrada e uma unidade – para se relacionarem bem e progredirem. Diferenças culturais sempre existirão. Mas compaixão e equilíbrio são atributos comuns a todos os Seres Humanos. Vocês todos têm muitas coisas em comum que a nova sabedoria vai lhes mostrar.

Vocês não tinham este equilíbrio há 100 anos atrás. É isto que é diferente hoje e que é diferente para o seu futuro. Vocês vão parar de repetir o passado e, em vez disto, vão crescer em maturidade e na sabedoria dos belos fractais e harmônicos da compaixão.

Bem-vindos à Nova Terra! Ela está chegando!

E assim é.

KRYON

—-…..—==II==—-…..—-
OBSERVAÇÕES IMPORTANTES-(1) Esta canalização ocorreu alguns dias antes da descoberta das ondas gravitacionais pela LIGO Scientific Collaboration, no dia 11 de fevereiro. Considerada uma das maiores descobertas da Física, ela ajuda a provar as ideias originais de Einstein, apresentadas há quase exatamente 100 anos atrás, em 1916.
(2) https://www.heartmath.org/research/global-coherence/
Esta informação é gratuita e está disponível para que a imprima, copie ou distribua como desejar. No entanto seus Direitos Autorais proíbem sua venda de qualquer forma, exceto pelo editor.
Lee Carroll
Fonte: http://www.kryon.com/CHAN2016/k_channel16_sanantonio-16.html

Inspiração e Recomendação…

LIVROS DE KRYON

Os livros estão disponíveis em português nos links abaixo;

Monicavox

Uma nova realidade espiritual e planetária se aproxima…..

A Transição Planetária, acontecimento inevitável que já está ocorrendo, mas que as mudanças mais visíveis e identificáveis ainda virão em breve, é um fato cósmico individual de interesse em nossa vida, porque geralmente nós não estamos nos sentindo à vontade neste mundo, nessa cultura, nessa maneira de viver, neste corpo que nós estamos vestindo no momento.Por isso a oportunidade que nós nos demos pode ser ampliada a um ponto tal que quando nós entramos no cinturão de fótons, no novo padrão vibratório, nós tenhamos passado esse período mais sombrio sem deixar muitas sequelas traumáticas em nosso ser. A questão não é ficar ou não ficar desencarnado, todo mundo vai desencarnar algum dia, a questão é ter um mundo melhor para reencarnarmos depois, ou para ficarmos encarnados. Esse mundo melhor é inevitável.

Agora  nós não esperamos aquele aspecto cataclísmico, nós esperamos o aspecto de mudança vibratória. No entanto, até essa mudança vibratória nós podemos passar por algumas dificuldades, não no sentido de ameaça ao planeta, mas dificuldades no sentido de viver numa cultura ruindo, é essa dificuldade que nós vamos poder sofrer agora mas, quanto mais consciência nós tivermos, menos seremos atingidos pelas dificuldades ambientais de uma cultura em desorganização, uma cultura em início de caos, ou com pleno caos, mas já é muito mais abrandável do que estava aí a nossa frente.Se nós mantivermos essa faixa vibratória em crescimento em nós, até mesmo as dificuldades culturais poderão ser abrandadas, individualmente, pelo nosso comportamento, pelo nosso sentimento, pelo nosso padrão de entendimento da realidade.

Por isso, o que é que nós podemos fazer agora, para melhorar mais ainda?

De acordo com as nossas possibilidades interiores, de acordo com o nosso amadurecimento consciencial, procurar se aprimorar ao máximo para estimular o lado positivo da gente, o lado bonito, o lado amoroso, o lado desapegado, o lado compreensivo, tolerante, paciente, desenvolver a nossa conexão com Deus, não importa a religião que a gente siga, ou nenhuma, nenhuma instituição ou ordem estabelecida, mas que nos conectemos conscientemente, que  ancoremos nesse corpo nossa consciência divina, nossos corpos de luz, que possamos ser guiados internamente, que nossos pensamentos, que nossos sentimentos possam ser guiados pelos nossos corpos luminosos, pela nossa consciência superior. Mas não como uma coisa fraca, como uma coisa teórica, mas como uma coisa que a gente pratique ali, com nossa mãe, com nosso pai, com nossos irmãos, com os nossos filhos, com nosso vizinho, com o porteiro do prédio, com o síndico, com o condutor do veículo que está dividindo a estrada com a gente, com a pessoa do comércio, com as nossas relações profissionais.

O esforço agora tem que ser no sentido em que essa conexão aumente, mas não teoricamente, não dogmaticamente, uma coisa que flua espontaneamente, mas que a gente possa, com a vontade direcionada, ampliar esse estado de espírito positivo. Isso vai gerar uma vibração tão boa,  que vai equilibrar essa balança da mudança, fazendo com que aquela carga negativa de muitos que não estão conseguindo elevar suas frequências vibratórias, que ela não penda muito ,a balança do equilíbrio das culturas, das populações.Doenças, conflitos regionais vão acentuar, isso é inevitável. Quem não se harmonizar com as forças cósmicas não vai conseguir se manter vivo por muito tempo nesse corpo. Chegou o momento: ou entra em harmonia ou a roda das Leis da Vida esmagará o indivíduo, ou a população em questão.

Cada vez mais pessoas vão despertar para ver que não é o que elas têm, não é o que elas sabem que realmente será a credencial para sua felicidade, a felicidade não depende do que se tem nem do que se sabe, muito menos em saber se vai ter comida para pôr no estômago ou não. Por incrível que pareça vamos descobrir isso. Por isso, para nós nos prepararmos para transição basta mantermos o nosso crescimento interno no ritmo das nossas possibilidades… o inevitável está se desdobrando ali, em breve nós seremos alcançados por esse inevitável. A mudança já está ocorrendo, no entanto esse período de ajuste, ele será turbulento. Se tivermos estabilidade interior a turbulência externa não nos afetará tanto, se não tivermos estabilidade interior, a turbulência externa nos afetará.

Por isso a sua responsabilidade é com você mesmo, não é com mais ninguém. O outro será uma consequência do seu crescimento, você agirá de forma mais harmônica com o próximo porque você está harmonizado. Então isso é fundamental: direcione para se auto aprimorar. Naturalmente que não é auto aprimorar egoísticamente, auto aprimoramento e egoísmo não andam juntos. A gente se auto aprimora exercitando AMOR. Amor é uma coisa importante para  elevar a nossa frequência vibratória, sem Amor não se eleva a frequência vibratória. A mudança vai ser interna. No mundo inteiro as pessoas, que de repente tinham uma vida bem comum, começam a questionar aquela maneira inconsciente de viver, e começam a demonstrar um padrão de consciência maior.

SINTOMAS DO SER ESPIRITUAL ACERCA DAS ENERGIAS DA TRANSIÇÃO PLANETÁRIA

• Não tem ligação nenhuma com qualquer religião ou dogma, reconhecendo suas mentiras e manipulações.
• Aceita apenas ensinamentos que tragam soluções espirituais, fundamentados no verdadeiro conceito de liberdade e não na ameaça, medo e destruição.
• Aceita os ensinamentos de mestres, filosofias e líderes espirituais sem importar a origem, porém sem idolatra-los.
• Aprimorou seus conhecimentos históricos e filosóficos reconhecendo a diferença entre DEUS-FONTE e TODAS as falsas divindades nas quais estão fundamentadas as religiões e culturas no planeta.
• Sabe que não é mais preciso o apadrinhamento cósmico, sabe que a solução dos desafios e respostas se encontra em cada um e não num ser celestial, entidade, santo, guia etc.
• Reconhece sua essência e multidimensionalidade aceitando conselhos apenas do seu grande professor: seu EU SOU.
• Sabe que os segredos da criação estão na natureza e que só é possível alcançar seus conhecimentos no perfeito respeito e comunhão com o planeta e todos os seus reinos.
• Não aceita o KARMA.
• Não tem mais CULPA.
• Conhece como funciona a matrix e as artimanhas dos seres que dominam o planeta.
• Reconhece a sua força e poder de criar.
• Cuida de seus pensamentos e sentimentos.
• Caminha rumo à misericórdia e amor incondicional.
• Luta pela verdade e liberdade.
• Não tem mais preconceitos.
• Reconhece-se como parte da Criação, merecedor do bom e do melhor.
• Sabe da responsabilidade de ajudar ao próximo, porém sem hipocrisias e falsa caridade, apenas se limitando àquilo que se encontra a seu alcance.
• Respeita a vida. Por isso se preocupa pela sua saúde, alimentação e cuidado energético.
• Reconhece a espiritualidade como um atributo intrínseco à alma, por isso sabe que é um ser espiritual capaz de extravasar todos os limites condicionantes tendo possibilidade de alcançar a sabedoria e iluminação.

Visão pessoal….

Percebe-­se uma busca intensa pela espiritualidade. Pessoas estão sendo convidadas, estimuladas e até convocadas a se espiritualizarem.Observa­-se um grande movimento com objetivo de atrair as pessoas para o “mundo espiritual”. Fala-­se da NOVA ERA, em trabalhar a espiritualidade, em meditação, em grupos de estudos, fala-­se em desenvolvimento de potenciais físico-biológico-espiritual, em mantras/mudras/terapias holísticas e em retiros espirituais; as pessoas estão cada vez mais em busca de algo que lhes dê a sensação de estarem “consigo mesmas”, de conseguirem se expressar, tanto na vida prática do dia á dia, como na vida interior, sendo mais autênticas, mais desbloqueadas, mais felizes, mais amorosas, mais centradas.Esses são alguns dos “atributos” e características do Ser Humano desta Nova Era ESPIRITUAL, onde nos aprofundaremos cada vez mais na verdade e na responsabilidade da consciência da nossa Co-Criação, quando também saberemos a importância da nossa presença no planeta, o que nos levará à libertação definitiva da matrix ou rede que foi criada para nos prender nessa falsa realidade. Estaremos, assim, entrando em uma Nova Realidade Espiritual onde a Vida, o Amor, a Liberdade e o Respeito imperarão nas nossas vidas.

Inspiração….

A Era de Aquário – Fraternidade Rosacruz

Transição Nova Era.pdf – Federação Espírita Brasileira

Monicavox

Recomendo….

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre a transição planetária

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre a transição planetária

Resultado de imagem para imagens sobre livros sobre a transição planetária